SkyscraperCity banner
1 - 20 of 42 Posts

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Queridos, sei que muitos sentiram falta, mas eis que retorno com meus passeios para a coleção Bairros de São Paulo.

Ontem decidi visitar um importantíssimo bairro da cidade: Santo Amaro. Infelizmente o dia estava extremamente nublado e chuvoso, o que obviamente interferiu e muito no resultado de algumas fotos; espero que compreendam.:)

Sto Amaro é um bairro pitoresco em SP, pois até 1935 era um município autônomo que foi incorporado a cidade de São Paulo.

É neste bairro também que estabeleceu-se a maior colônia alemã e escandinava da região metropolitana de São Paulo, no final do século 19 e início do século 20.

Bom atualmente o bairro de Sto Amaro é super eclético e composto por quadras e sub-bairros de alto padrão como Chácara Flora, Chácara Sto Antônio, Granja Julieta e Alto da Boa Vista. Mas também possui um centro extremamente popular como é a região do Largo 13, muito parecida com a região do Brás.

Na verdade Sto Amaro é o ponto de chegada de grande parte dos moradores dos bairros mais extremos da zona sul, sudoeste e também de municípios da grande São Paulo como Itapecerica da Serra, Embu, Embu-Guaçu, Taboão da Serra, São Lourenço da Serra e Juquitiba.

Estas pessoas descem no Terminal Sto Amaro ou nas estações de trem e metrô para prosseguirem "viagem" até outras regiões da cidade.

Aos amantes ou conhecedores de Sto Amaro, me perdoem, mas devido a chuva e o tempo fechado não pude representar a totalidade do bairro. Lugares como o moderno Credicard Hall, Hotel Transamérica entre outros ficaram de fora.

Aliás gente, também não dei ênfase às áreas residenciais mais nobres do bairro pois devido ao nublado escuro, a chuva e suas ruas muito arborizadas, as fotos ficariam horríveis.

Enfim, ficam registrados estes pormenores. :)


Localização






01



02A belíssima estação de trem de Sto Amaro. Sua estrutura metálica não está enferrujada a tôa. Na verdade é uma técnica de oxidação que protege o próprio metal.



03Esta estação faz integração com a outra belíssima estação do metrô construída sobre o Rio Pinheiros em estais.



04



05



06



07




08



09Túnel de transferência entre as estações de trem e metrô.



10Saída da Estação Sto Amaro



11



12



13Uma chuva monstro aproximava-se, para o meu desespero.


14



15



16



17Caminhava em direção ao Centro Empresarial São Paulo. Pouquíssimo divulgado aqui no SSC. É um mega complexo empresarial gigantesco em todos os sentidos. Cada prédio destes que vcs observam ao longe possui um volume impressionante, além de alguns andares subterrâneos. Infelizmente a chuva fez eu voltar para a estação.



18



19Foto tirada a partir da parede de vidro da estação do metrô de Sto Amaro. Este outro comjunto empresarial em primeiro plano foi construído mais recentemente e não pertence ao Centro Empresarial São Paulo.



20Metrô



21Tanto a linha de trem quando a de metrô possui neste trecho quase o mesmo aspecto, qualidade, limpeza e eficiência, o que torna a expressão trem/metrô uma mera formalidade.



22




23Peguei o metrô e desci na estação seguinte, Largo Treze, no coração popular do bairro, onde desembarcam pessoas vindas dos extremos da cidade e grande São Paulo. Vejam que a estação log treze já é subterrânea.




24Você sai da estação do metrô praticamente dentro do Terminal de ônibus de Sto Amaro.Isso eu adoro em SP. É praticamente tudo integrado.



25 E lá na frente o centro de comércio popular de Sto Amaro. É parecido com o Brás, porém um pouco mais feinho, eu diria.



26



27



28Momento sociológico :Lembrando o comentário de um forista sobre as regiões mais nobres de SP, onde a população encontrada na rua é majoritariamente branca, percebam que no centro de Sto Amaro as pessoas são mais morenas/pardas/negras, pois geralmente são pessoas oriundas de outros estados e que moram nos extremos da cidade. Obviamente muitas destas pessoas mais novas já são paulistanas nascidas aqui e incorporam a miscigenação da cidade.



29



30



31



32



33



34



35



36



37



38



39



40




41



42Seria aqui a sede da Ellus, grife tupiniquim de roupas? Universtiários? me ajudem...:lol:



43 Pelo trajeto que eu fiz o bairro vai lentamente transformando-se em uma área residencial.



44



45 Reparem no nome da rua/praça. Deve ser uma herança alemã/escandinava. Aliás gente, me perdoem mas não registrei a área residencial mais antiga do bairro. Deve haver muita influência germânica lá, com certeza.



46




47



48



49



50



51



52



53



54



55A maioria das travessas da Av João Dias e Sto Amaro é tudo assim, ruas bem arborizadas. Coloquei a foto mesmo com má qualidade só para vcs perceberem que não havia a menor condição de tirar fotos entrando nestas ruas, pois se já estava escuro em local aberto, imaginem nestas ruas...



56



57



58



59



60



61Ontem chovia toreencialmente e parava, chovia e parava.As vezes clareava e as vezes o céu fechava outra vez. A Tarde toda foi assim.



62



63



64




65



66



67



68



69



70



71



72



73



74



75



76



77



78



79



80Eis que chego finalmente na tão famosa, amada, odiada estátua do Borba Gato.:lol:



Manoel de Borba Gato, foi um bandeirante paulista do século XVII. Tomou parte ativa da grande bandeira chefiada pelo seu sogro: Fernão Dias Paes. O objetivo desta bandeira era encontrar esmeraldas. Entregou a Borba Gato os destinos da expedição quando teve pressentimento que iria morrer.

Viveu praticamente nas selvas, durante 20 anos, entre 1680 e 1700. Dom Rodrigo Castelo Branco, nobre espanhol, enviado para que vistoriasse as minas de ouro.

No encontro de Borba Gato com Dom Rodrigo houve grande discussão, pois ambos eram de gênio impetuoso. Dois pajens de Borba Gato, ao presenciar a discussão violenta, temeram pela vida do bandeirante, e acabaram por matar o nobre espanhol.

Borba Gato foi responsabilizado pela morte de Dom Rodrigo e foi obrigado a evadir-se do sertão, refugiando-se na casa do seu tio, às margens do rio Doce. Foi fundador dos povoados de Caeté e Sabará, mais tarde conseguiu por intermédio de sua família e amigos ser indultado do crime que lhe era imputado. Agradecido por ter sua liberdade reabilitada, revela ao Governador a localização das minas de ouro que descobrira; assim pode retornar ao convívio com seus familiares.

O governador nomeou-o Guarda-Mor, da região das Minas, com a função de recolher para a metrópole os quintos de ouro, conforme mandava a lei; apesar de uma vida de sacrifício e problemas, seus dias terminaram em paz.


81




82



83




84



85



86



87
 

·
I♥CWB
Joined
·
8,523 Posts
Mais um belo thread :applause:
O tempo nublado deixa as fotos com um ar meio "sombrio".
Conheço muito pouco dessa região, que é bem interessante.
 

·
Registered
Joined
·
2,627 Posts
Parabéns Tchelllo!!
Mais um excelente thread!
Você destacou lugares importantes da região, mesmo deixando outros de fora devido a intensa chuva, como a CENESP e a Estátua do Borba Gato.
Eu ja passei em frente à "casa" da foto 60. Fica próxima a Avenida Santo Amaro né!?

Abraços e Parabéns novamente! :)
 

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Discussion Starter · #4 ·
Parabéns Tchelllo!!
Mais um excelente thread!
Você destacou lugares importantes da região, mesmo deixando outros de fora devido a intensa chuva, como a CENESP e a Estátua do Borba Gato.
Eu ja passei em frente à "casa" da foto 60. Fica próxima a Avenida Santo Amaro né!?

Abraços e Parabéns novamente! :)
Obrigado Lukinhaaaz! Sim, esta residência que está a venda se não me engano fica próxima da Av. Sto Amaro.:)


Sto Amaro é muito grande... Mesmo sem chuva eu teria que ficar um dia inteiro passeando nele para deixar o thread mais representativo.
 

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Discussion Starter · #5 ·
Mais um belo thread :applause:
O tempo nublado deixa as fotos com um ar meio "sombrio".
Conheço muito pouco dessa região, que é bem interessante.
Camilo, o tempo fechou de tal forma, que num dado momento eram 15:30hs e o céu estava escuro como em fim de tarde.
 

·
Registered
Joined
·
31,822 Posts
Parabéns Tchello, mais um registro bem feito! Achei o bairro bem movimentado com uma boa infra estrutura de transportes. O dia estava meio escuro mesmo, mas nada que atrapalhasse as fotos. Valeu!
 

·
Banned
Joined
·
2,300 Posts
Lembra demais o interior do estado! Muito mesmo! Em suma, gostei do bairro.
 

·
Registered
Joined
·
3,341 Posts
Die Glückwünsche für die Fotos, sehr gut für das Zeigen wenig dieses Viertels kolonisierten für die Deutschen :applause:



Familias Tradicionais Alemãs de Santo Amaro Paulista: Roschel, Schunck, Fuchs, Schineider, entre outras :eek:kay:
 

·
Registered
Joined
·
3,341 Posts
Gostei bastante da estação, acho que combinou mto bem com o aspecto urbanístico do lugar.

Pena que o tempo não ajudou, a área do antigo município de Sto Amaro corresponde só a áera do bairro atualmente, não né? Parece ser bem pequeno menor do que São Caetano por exemplo!
Não. Santo Amaro compreendia também os subdistritos de: Marcilac, Grajaú, Parelheiros, Cidade Dutra, Pedreira, Jardim São Luis, Capela do Socorro e Jardim Ângela :eek:kay:
 

·
Registered
Joined
·
407 Posts
Vou ai para fazer um monte de coisas, devido a grande variedade de lojas e serviços. Valeu pelo thread!
 

·
...
Joined
·
44,068 Posts
Um otimo thread, através dele pode passear por este bairro paulista! Por sinal é muito agradavel, parece bem movimentado, a estrutura é boa, comercio forte! Gostei do clima de frio :)

ps: qual a explicação para o bairro ter sido encorporado a capital?


Valeu :eek:kay:
 

·
Registered
Joined
·
3,341 Posts
qual a explicação para o bairro ter sido encorporado a capital? :eek:kay:
Da aldeia dos índios guaianases à beira do rio Jeribatiba (Jerivá – palmeira que produz cocos e tiba – abundância), na localidade de Ibirapuera (mata grande), a aldeia do cacique Caá-ubi será base da futura cidade de Santo Amaro.
Em junho de 1556 na Capitania de São Vicente os jesuítas estavam repartidos em três locais determinados pelo Padre Provincial dos Jesuítas - Manoel de Nóbrega: Casa de São Vicente (São Vicente); - Casa de São Paulo da Companhia de Jesus (São Paulo) e Jeribatiba (Santo Amaro), locais onde os jesuítas realizavam trabalhos de catequese e educação de crianças índias e mamelucas.
José de Anchieta vindo do povoado de São Paulo de Piratininga (São Paulo), em uma das várias vezes que visitou a Aldeia de Jeribatiba percebeu que devido ao número de índios catequizados e colonos instalados na região, que era possível constituir ali um povoado, idéia aprovada pelos moradores. Para tanto se fazia necessário a ereção de uma capela, e para este fim precisava-se de uma imagem a quem esta capela seria dedicada. Sabia-se que pela região de Cupecê moravam João Paes e sua esposa Suzana Rodrigues, possuidores da imagem de um santo de sua devoção, que ao saberem da proposta de Anchieta da criação de um povoado doaram a imagem de Santo Amaro (imagem até hoje preservada) para a capela “feita de taipa de pilão, não forrada”.
Era uma época pioneira marcada por fatos notáveis como os relatos de milagres de José de Anchieta lá na Aldeia de Jeribatiba; dos registros sobre o caminho dos índios guaranis que passando por Ibirapuera ia até a Cidade do Paraguai (Assuncion – no Paraguai) ou ainda da criação em Ibirapuera da do primeiro engenho de ferro do Brasil, com minérios existentes na região, isto em 1606.
Em 1686, o Bispo do Rio de Janeiro D. José E. Barros Alarcão confirma a capela curada em Ibirapuera, distrito de São Paulo, elevando assim o povoado a categoria de freguesia com o nome de Santo Amaro.
E por muito tempo a região será conhecida por diversos nomes indígenas como: Birapuera; Virapuera; Ibirapuera; Geribatiba; Geribativa; Jeribatiba; Santo Amaro de Virapuera; Santo Amaro de Ibirapuera, até que tomasse definitivamente o nome de Santo Amaro.
Em 1829, ocorre a primeira instalação efetiva de uma colônia de imigrantes alemães no Estado de São Paulo, isto na região de Santo Amaro (Parelheiros ).

A 7 de abril de 1833, cumprindo determinação da Câmara Municipal de São Paulo, reúne-se o eleitorado paroquial, elegendo 7 vereadores para a constituição do legislativo da cidade de Santo Amaro, agora sim desvinculada e autônoma. A partir de então Santo Amaro adquire as feições de uma cidade vigorosa.

1835 - Criam-se corpos militares da Guarda Nacional em Santo Amaro, dois de infantaria e um de cavalaria.
1841 - Escola Pública.
1868 - Primeiro jornal “Santo Amaro”.
1885 - Inauguração da iluminação a querosene.

16 de novembro de 1886, inauguração da linha férrea de São Paulo a Santo Amaro e visita a Santo Amaro pelo Imperador Dom Pedro II e Dna. Leopoldina.

1894 - Mercado (atual Casa de Cultura).
1896 - Jardim Público (atual Praça Floriano Peixoto).
1899 - Inauguração da Santa Casa de Misericórdia e Capela (na atual localização).

1910 - Inauguração do prédio do Grupo Escolar de Santo Amaro, denominado posteriormente Grupo Escolar Paulo Eiró (atual Praça dos Mosaicos).
1924 - Inauguração da Matriz de Santo Amaro (atual Catedral de Santo Amaro)
1931 - Fundação do Conservatório Musical de Santo Amaro.
1932 - Plano de reurbanização de Santo Amaro (pelo Engenheiro Alfredo Agache).

1935 - Decreto de 22 de fevereiro de l935, n.º 6983 - O Governo do Estado de São Paulo, determina a extinção da cidade de Santo Amaro, incorporando-a ao município de São Paulo.

Fonte: http://www.santoamaroonline.com.br/album/albumdesantoamaro.htm
 

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Um otimo thread, através dele pode passear por este bairro paulista! Por sinal é muito agradavel, parece bem movimentado, a estrutura é boa, comercio forte! Gostei do clima de frio :)

ps: qual a explicação para o bairro ter sido encorporado a capital?


Valeu :eek:kay:
Bom, pesquisando achei isto:


''A vila de Santo Amaro terminou o século 19 rica e independente.
No início do século 20 a história mudou. São Paulo foi palco da terrível epidemia de gripe espanhola. Santo Amaro, assim como a capital, também viveu dias de muito sofrimento e morte.

Em 1907, a São Paulo Light and Power deu início à construção da represa do Guarapiranga. Logo após sua construção, a represa virou um ponto turístico na cidade. Era sobre suas águas que os primeiros aviadores da cidade faziam suas demonstrações.


Em 1935, três anos após as comemorações do primeiro centenário do município de Santo Amaro, o interventor federal, Armando Sales Oliveira, expediu um decreto que anexou a cidade de Santo Amaro à capital.


Foi assim que Santo Amaro, município vastíssimo que então fazia divisas com São Vicente e Itanhaém, tornou-se um bairro da cidade de São Paulo.


Muitos moradores de Santo Amaro foram contra a anexação e no mesmo ano em que esta ocorreu foi fundado o Centro Autonomista de Santo Amaro.


Desde então, Santo Amaro já fez longas campanhas para readquirir sua autonomia, porém nenhuma delas obteve sucesso.


A industrialização do novo bairro, na década de 1940, gerou uma ocupação desordenada do espaço. Hoje, o bairro é uma zona de contrastes sócio-econômicos e problemas de infra-estrutura.

Santo Amaro é um dos retratos mais fiéis da sociedade brasileira, pois é um bairro que possui condomínios de luxo, com casas em que os preços ultrapassam o milhão de reais e bolsões pobreza como a favela Jurubatuba.

É um bairro fraturado socialmente. Onde os ricos se divertem no Credicard Hall, no Teatro Alfa Real, no Clube Hípico de Santo Amaro e etc, enquanto os pobres se amontoam nas favelas sem saneamento básico. É um exemplo clássico, triste e terrível da realidade brasileira."

fonte: http://almanaque.folha.uol.com.br/bairros_santo_amaro.htm
 

·
Registered
Joined
·
3,939 Posts
Interessante. Nunca tive conhecimento sobre a incorporação de um município inteiro a outro.
Suas fotos estão muito boas, gostei muito do jeito que você retrata as pessoas nelas. :)
 
1 - 20 of 42 Posts
Top