SkyscraperCity banner
1 - 13 of 13 Posts

·
Banned
Joined
·
1,213 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Matéria da Gazeta do povo:
http://portal.rpc.com.br/gazetadopo...phtml?tl=1&id=766882&tit=A-Curitiba-do-futuro

A Curitiba do futuro

Planos do Ippuc prevêem mais espaços de circulação de pedestres no centro, com o fechamento de ruas para o tráfego, além de diversas obras nos bairros
Publicado em 17/05/2008 | Viviane Favretto

Daqui a 20 anos, os pedestres de Curitiba terão prioridade na circulação urbana, principalmente na área central. Veículos ficarão cada vez mais distantes do centro. Mudança que pode fazer com que as pessoas voltem a morar na região. Esses são os planos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) para o futuro da cidade.

Para isso, a proposta é que as ruas Voluntários da Pátria, Cândido de Leão e Nestor de Castro, além do entorno da Praça Osório, sejam fechadas para o tráfego normal de veículos. O conceito a ser adotado nestes pontos é o de “traffic calming”: carros até podem passar, mas numa velocidade bem menor, num piso diferenciado, onde a preferência é do pedestre.

Eco-alamedas - Estruturas dos eixos que conduzem ao Parque Linear do Barigüi

Mirantes do Barigüi - Criação de passarela metálica na continuidade da eco-alameda até o rio Barigüi, criando mirantes

Bibliodecks - Decks sobre rios, estruturados como espaço de leitura e convívio social; com bancas de revista, convênios com Faróis do Saber, escolas e bibliotecas

Museu da Água - Novo equipamento no Parque Passaúna - Congressos, eventos, feiras e fóruns relacionados ao tema; exposição permanente das bacias hidrográficas da Região Metropolitana em parcerias com AECIC, Unilivre, SMMA, SANEPAR, restaurantes de comida orgânica e pousadas ecológicas

Centro Cultural - Antigo Curtume - reciclagem das edificações do Antigo Curtume Curitiba (Rua Paul Garfunkel) e reciclagem de uso para cinema, teatro, cursos, exposições, espaço para feiras de artesanato, alimentação

Reciclovia - Estruturação urbana da área lindeira à ferrovia que cruza a parte sul de Curitiba, envolvendo cinco Regionais (Cajuru, Boqueirão, Bairro Novo, Pinheirinho e CIC)
Conselho da Cidade vai acompanhar implementação do Plano Diretor

Os 15 membros do Conselho da Cidade de Curitiba (Concitiba) tomam posse na segunda-feira. A capital paranaense é a primeira cidade brasileira a dar posse ao conselho, que terá a função de propor, acompanhar, fiscalizar e avaliar a implementação do Plano Diretor de Curitiba, além de planos, programas e projetos de desenvolvimento urbano decorrentes dele.

A Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, também foi repensada para dar prioridade ao pedestre. A proposta é a construção de calçadas bem mais largas. Também seria permitida, nesta região, a construção de estacionamentos subterrâneos. Os estacionamentos, no plano do Ippuc, têm destaque no centro, mas um pouco mais afastados para fazer com que no miolo central as pessoas circulem a pé.

Os seis planos setoriais e os nove regionais que vão indicar prioridades e ações de curto, médio e longo prazos para a cidade nos próximos 20 anos vão ser lançados na segunda-feira. “Não é para o próximo prefeito, é para muitos anos e o que vai acontecer depende da disponibilidade de recursos”, diz o presidente do Ippuc, Augusto Canto Neto. O órgão é responsável pelo planejamento urbano da capital e os planos dependem também da aprovação dos próximos prefeitos.

Canto Neto explica que nos últimos três anos a prefeitura realizou 226 audiências públicas nas administrações regionais. Entre técnicos da administração municipal e população, mais de 100 mil pessoas participaram das discussões, afirma o presidente do instituto. Segundo ele, o anseio das comunidades não se limita à solução dos problemas do cotidiano. “As pessoas sonham com a valorização do local onde moram”, completa.

Regionais

Para a Regional CIC, as propostas incluem as “eco-alamedas”, com a estruturação dos eixos que conduzem ao Parque Linear do Barigüi. Também podem ser construídas passarelas na continuidade das “eco-alamedas”, até o Rio Barigüi, criando mirantes. Outro conceito é o dos “bibliodecks”, que são decks sobre rios, estruturados como espaço de leitura e convívio social.

Ainda para a Regional CIC, a prefeitura projeta o Museu da Água, no Parque Passaúna, além do Centro Cultural Antigo Curtume. A ligação Norte–Sul, a revitalização das vias e a implantação de novas ciclovias também estão entre as prioridades para a região.

A Regional Cajuru abrigaria os “grampos do Belém”, uma nova proposta habitacional em pólos junto ao Rio Belém. A prefeitura também prevê a transferência do embarque da Linha Litorina da Rodoferroviária para as oficinas da RFFSA. Junto ao embarque seria criado um pólo gastronômico e turístico.

Na Regional Bairro Novo existe uma nova proposta de ocupação para a região do Umbará, além da preservação de fundos de vale e a criação de parques. A Regional Boqueirão, que envolve Hauer, Xaxim, Boqueirão e Alto Boqueirão, tem como prioridade a ligação Leste–Oeste. Também deve ser criado na região o Eixo de Animação e Esporte.

As “eco-alamedas” também estão programadas para a Regional Pinheirinho. Nesta região também seriam construídos os mirantes do Barigüi, além do Parque da Cerâmica, que vai utilizar a área desativada da Britanite.

A Regional Portão tem como prioridade a ligação Norte–Sul. Para o Bosque da Fazendinha existe o projeto da criação de uma “fazenda infantil”, local para que as crianças tenham contato com o meio rural. Também estão previstas a revitalização do córrego Henry Ford e a instalação de “bibliodecks” sobre ele.

Na Regional Boa Vista, a criação e recuperação de parques e rios é apontada como prioridade. Uma das propostas é o Carretel, uma ligação alternativa entre os parques da regional. Os moradores da região de Santa Felicidade também pedem ligações de longa distância no sentido Norte–Sul. A valorização do turismo, aproveitando o potencial já existente, é outra proposta para a regional.

A elaboração dos planos do Ippuc exigiu uma extensa pesquisa sobre Curitiba. Alguns dados:

A cidade

O acréscimo de população da região metropolitana de Curitiba, entre 2007 e 2020, será de 537.797 habitantes. Crianças e adolescentes correspondem a 37% do total dos habitantes da cidade. A população idosa, a 5,3%.

Habitação

Em 42 anos, a Cohab-Curitiba produziu 120.664 unidades, que correspondem a 25% das moradias de Curitiba. Segundo o IBGE, 75% dos domicílios de Curitiba são casas.

Acessibilidade

Ainda de acordo com o IBGE, o número de pessoas com algum tipo de deficiência em Curitiba é de 190.393 pessoas. A maioria delas tem incapacidade ou grande dificuldade de enxergar.

Economia

O rendimento médio das pessoas economicamente ativas é de R$ 1,126 mil.

Desenvolvimento social

A escolaridade média da população de Curitiba com idade acima de 15 anos é de 7,5 anos de estudo.

Segurança

As causas externas (acidentes e violência) representam a terceira causa de morte em Curitiba, atrás de doenças do aparelho circulatório e neoplasias. No Brasil, as causas externas ocupam a primeira posição.

Sustentabilidade

O consumo de água por pessoa varia em torno de 150 litros por dia.
 

·
Registered
Joined
·
7,569 Posts
Muito Interessante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Gostei das propostas!!!!! O planejamente não é pra imediato... estão certissimos em considerar a previsão do que a cidade vais vai se tornar, em questão de tamanho, população e ect.

Destaque para o centro, centro civico e as propostas pra região dos rios Barigui e Belem!! (Foram as que mais me chamaram atenção :))
 

·
Gyn Tônica
Joined
·
2,909 Posts
Eu sempre tive curiosidade de saber quem foi o primeiro governante que "revolucionou" em Curitiba! Quando eu visitei a cidade, conversei com um guia turístico que só falava do Jaime Lerner :lol:, mas já ouvi falar que houve várias políticos antes dele que modernizaram Curitiba... quem são???
 

·
Registered
Joined
·
4,679 Posts
Eu sempre tive curiosidade de saber quem foi o primeiro governante que "revolucionou" em Curitiba! Quando eu visitei a cidade, conversei com um guia turístico que só falava do Jaime Lerner :lol:, mas já ouvi falar que houve várias políticos antes dele que modernizaram Curitiba... quem são???
Eu acho que existe a Curitiba antes do Jaime Lerner e a Curitiba depois do Jaime Lerner, como prefeito foi genial, mas como governador...:eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
15,757 Posts
Eu sempre tive curiosidade de saber quem foi o primeiro governante que "revolucionou" em Curitiba! Quando eu visitei a cidade, conversei com um guia turístico que só falava do Jaime Lerner :lol:, mas já ouvi falar que houve várias políticos antes dele que modernizaram Curitiba... quem são???
Pelo que me parece, o primeiro prefeito "revolucionário" de Curitiba foi o Fruet.
 

·
Registered
Joined
·
1,042 Posts
O futuro de Curitiba está sendo escrito pelos empresários de ônibus.
Será mais ou menos assim:
Biarticulados, triarticulados e até heptarticulados fumacentos e sem conforto rodando para todos os lados da cidade.
Quem pode andará de carro (inclusive os donos das empresas), será estabelecido rodízios e pedágios para carros no centro e alguns bairros devido a dificuldade de mobilidade e estarão pensando a cidade para mais vinte anos à frente com mais planos lindos e imaginários que só acredita, quem não mora aqui.
Viva:lol::banana::bash::eek:hno::nuts: o ônibus, eleito por Curitiba o melhor meio de transporte do mundo, digamos "coisa de primeiro mundo".
 
1 - 13 of 13 Posts
Top