Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 27 Posts

·
Pátria Amada Brasil
Joined
·
516 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Olá pessoal,

A pergunta já tá feita, criei esse tópico para discussão de como serão nossas cidades em um contexto geral num futuro distante (50 anos no mínimo).



Digitei no google essa frase e apareceu um monte de cidades abstratas, muito conceito ecológico e rabisco, mais gostaria de saber a opinião de vocês, racional ou não quanto ao assunto.

:cheers:

Na minha opinião, esse conceito de futuro é imprevisível, mais sou meio descrente quanto a um futuro com carros voadores, sem motorista e coisa do tipo. Quando penso em futuro, o que me vem na mente, assim como gostaria que fosse é algo tipo assim:



O mundo devastado pela poluição, os dias bem escuros, com clima bem apocalíptico mesmo, as pessoas vivendo com máscaras de gás e a imagem fala por si. É doideira, mais agora é com vocês...

Como serão as cidades no futuro?
 

·
Registered
Joined
·
854 Posts
Acredito que teremos espigões realmente altos em nosso país, a violência dominando a sociedade como uma guerra civil generalizada (todos contra todos e salva-se quem puder), com enormes condomínios (fortalezas, na verdade, estilo Alphaville por tudo quanto é canto, com subadministradores e onde as pessoas ali viveriam. Só sairiam dos condomínios para passear, viajar ou visitar parentes/amigos).
Os carros terão tecnologia, como identidade visual. As ruas totalmente municiadas de câmeras, em qualquer lugar.
O comércio de rua não existiria, apenas os pobres teriam lojas nesses lugares. A sociedade iria comprar cada vez mais pela internet ou em shoppings gigantes, atrelados com hipermercados e escritórios.

Espero que tenha outros meios de locomoção, como bondes urbanos e trens bala.
É o que eu acho que poderá acontecer. Bem apocalíptico e onde a interação entre as pessoas seria cada vez mais online e as cidades seriam infestadas de violência e classe média baixa em subempregos.

Claro, isso nas grandes metrópoles, onde a maioria da população irá viver e terão empregos.
 

·
Jesus, minha salvação.
Joined
·
3,617 Posts
Milhões vão morrer pois uma grande erupção vulcânica irá ocorrer, causando uma pequena era do gelo. Isso causará uma reorganização da humanidade, influenciando os conceitos que temos hoje de cidades.
 

·
Feira da Fruta
Joined
·
9,788 Posts
Com o crescimento acelerado da população mundial principalmente nos países mais pobres, o crescimento das imigrações para os países desenvolvidos e o crescimento dos muçulmanos que não tem planejamento familiar, as cidades do futuro serão um grande cortiço misturado com favelas.





 

·
Dark Lurker
Joined
·
1,812 Posts
Muito apocalípticos vocês.... em menos de 100 anos a população mundial irá estabilizar. Se não me enganos em torno de 10 bilhões de pessoas. Com isso estará "esgotada" a expansão urbana. A única excessão será a melhoria na qualidade de vida e renda, que permitirá que as pessoas passem a consumir casas maiores e melhores. Mas no geral o número de moradias irá estabilizar junto com o de habitantes.
Os números são bem otimistas quanto ao futuro da humanidade. Caminhamos rumo ao progresso socioeconômico mundial, com rápido aumento dos níveis educacionais, renda e energias limpas. A tecnologia irá crescer exponencialmente ao longo do tempo, tornando ainda mais eficiente a condição de "bem-viver".

Recomendo este vídeo para quem pode interpretar em inglês:

E um outro bem completo, que recomendo muito:

Resumindo: o mundo é muito melhor do que imaginamos, e caminhamos para um futuro de paz e progresso humano. Basta comparar ao nosso passado recente.
 

·
Non Dvcor Dvco
Joined
·
10,211 Posts
Uma boa história alternativa: acho que o mundo não será escuro, mas acredito num esfriamento em parte do planta, especificamente no hemisfério sul. No hemisfério norte, nada demais vai acontecer.

Carros voadores e com tecnologia bem mais avançada surgiram lá em 2070, a expectativa de vida poderá superar 150 anos com facilidade. A população vai se estabilizar no planeta inteiro.

No Brasil, além de Balneário Camboriú, as cidades de Mossoró, Guarapari e São Luís (zona Norte - corredor da Av. dos Holandeses) terão aparência similar aos skylines de Doha, Xangai e Chicago.

E haverá um TGV entre Rio-Campinas-Brasília.
 

·
Mourão
Joined
·
3,496 Posts
Pra prever o futuro basta olhar para o passado, a miséria diminuirá, a violência também, as cidades serão muito melhores do que são hoje. Haverá carros voadores, mas não como nos filmes, eles terão de passar por locais específicos, onde os supercondutores à temperatura ambiente estiver presente, não em qualquer lugar!
Com a evolução da tecnologia elétrica, os carros não poluirão mais, o céu será mais limpo nas grandes cidades!
O ponto negativo, é que as pessoas serão muito fofinhas, não quero dizer gordinhas, mas boazinhas demais, o policamente correto está tomando conta de todos... que fofura!
 

·
no encalço do meliante
Joined
·
15,357 Posts
Deleitem-se com essas previsões feitas há décadas.

Ei-lo:


Isso é um texto de “Seleções” de uma coletânea publicada em 1968 que tem aqui em casa. Acho que o autor iria se decepcionar com a maiorias de suas previsões.

Só mais uma coisa, tentei grafar conforme (com os acentos diferenciais) o original, mas o Word recusou.



Daqui a 40 anos

Robert O’Brein



Como será aproximadamente o mundo no ano 2000? Nenhum homem
pode dizê-lo com certeza. Mas os planejadores, cientistas e inventores já podem fazer alguns bons prognósticos.

O País

No ano 2000 a população do Brasil terá subido dos 90 milhões para o fantástico número de 200 milhões de habitantes. A Capital de São Paulo terá crescido mais de 100% e alcançado a casa dos 19 milhões. Brasília, que hoje tem 350 mil, estará então com 1300000 moradores, o Rio crescerá dos 4 milhões de agora para 15 milhões.


Recursos e Energia

A expansão da população mundial exercerá uma pressão mais poderosa sobre os recursos naturais. No ano 2000 precisaremos 12 vezes mais alumínio do que hoje, três vezes mais madeira, duas vezes mais ferro e duas e vezes mais água doce. Nessa época, porém, a energia necessária nos será fornecida pelos átomos, a as usinas de energia nuclear extrairão do mar a água doce. Alguns cientistas calculam já será possível a utilização pacífica da fissão termonuclear – a força da bomba de hidrogênio. Neste, caso seremos capazes de “queimar o mar”, uma fonte de energia para os milhares de anos que virão.

Os Transportes


No início do século XXI seremos conduzidos em novos tipos de veículos de velocidades estonteantes. Navios e trens poderão perfazer centenas de quilômetro por hora em almofadas de ar. Os aviões elevar-se-ão com helicópteros de pequenos aeroportos nos centros das cidades e se projetarão com foguetes em vôo horizontal para viagens curtas e médias. Gigantescos jatos supersônicos cruzarão os oceanos em pouco mais de uma hora. Trens a 145 quilômetros por hora provavelmente nos transportarão em viagens serenas, com os seus pneus de borracha em trilhos de concreto com bitola de três ou quatro metros. O tráfego pesado metropolitano poderá escoar-se em alta velocidade através de monotrilhos 30 metros acima do nível da rua.

Os caminhões estarão transformados em peças de museu. Os suprimentos e as cargas provavelmente cruzarão continentes em encanamentos pneumáticos, com dispositivos eletrônicos de controle para guiar as remessas através do sistema até ao destino de cada uma.

O seu próprio automóvel será silencioso e sem escapamento, movido por células elétricas de combustível. Para pequenos passeios no perímetro urbano, bastará amarrar o cinturão-foguete e voar.

A Cidade

A cidade ideal do futuro – como os planejadores a vêem no papel – deverá ser um lugar cheio de ar, espaço, torres iluminadas pelo sol, alamedas arborizadas, fontes de águas límpidas, parques verdejantes. Os edifícios de escritórios, os teatros, os museus e os hotéis serão construídos na parte central. A usina de luz e força, as indústrias pesadas e as atividades comerciais espalhar-se-ão em torno dos agrupamentos urbanos.

O tráfego de veículos será proibido na área central. Esteiras rolantes subterrâneas levarão os suprimentos e as cargas para fora da cidade. Os trabalhadores alcançarão o anel externo metropolitano em carros particulares, em grandes trens de rodas de borracha e em “vagens humanas” levadas pelos ares por helicópteros capazes de operar em qualquer tempo. Monotrilhos conduzirão os passageiros para o centro da cidade. Calçadas móveis levá-los-ão rapidamente pelo resto do caminho.

As Comunicações

Satélites de comunicação de todas as formas, tamanhos e nacionalidades envolverão a Terra. Satélites de grandes altitudes, ao passar sobre o Brasil, captarão as mensagens de rádio, que serão emitidas minutos depois quando eles estiverem sobre outras partes do globo. Satélites no espaço exterior servirão como estações retransmissoras para a televisa mundial e os sistemas telefônicos.

Telas luminosas mostrarão quem está do outro lado da linha do telefone. Você não precisará discar números – bastará que fale diante do fone e o aparelho se encarregará do resto. Todos os automóveis terão telefones. Os aparelhos elétricos distribuídos pelos diversos cômodos da casa estarão ligados a um controle geral unificado. Quando o visitante chamar na porta de entrada você poderá logo vê-lo e conversar com ele da parte da casa onde estiver. Através os dispositivos de controle você poderá cozinhar as suas refeições, ligar o aquecimento, desligar o ar condicionado – simplesmente falando diante do aparelho. E o controle será realmente remoto. Você será capaz de operar os dispositivos de sua casa até mesmo quando estiver longe dela.

Os pesquisadores estão trabalhando em um notável projeto para aumentar a rapidez das conversações entre pessoas de diferentes nacionalidades – uma máquina tradutora do tamanho de uma pasta de documentos, com um vocabulário de mil palavras permitirá que as pessoas conversem livremente, mesmo falando línguas diferentes.

A Medicina


No ano 2000, os pesquisadores terão descoberto a cura para o resfriado comum. Os médicos gastarão mais tempo prevenindo do que curando as enfermidades. Parece provável que uma simples injeção ou pílula nos imunizarão contra todas as doenças transmissíveis. As vacinas contra o câncer poderão ser uma realidade. As doenças do coração, a pressão alta e a arteriosclerose deverão estar sobre controle.

Os cirugiões estarão em condições de substituir órgãos doentes ou danificados – corações, rins, fígado e outros órgãos vitais – por partes humanas (ou mesmo animais) retiradas de estoques. Pílulas tornarão mais lento o processo de envelhecimento. Os cientistas caminham para a cirurgia indolor e sem sangue graças a uma “varinha de condão” eletrônica. A cola cirúrgica deverá substituir as suturas para fechar as incisões.

O Espaço

As mais audazes aventuras do homem terão lugar talvez no espaço exterior. No ano 2000, as viagens à Lua serão um acontecimento comum e os astronautas estarão explorando os mais afastados recantos do sistema solar.

Em órbita da Terra permanecerão grandes em bem equipadas estações espaciais: centros de pesquisa, estações meteorológicas, centros orbitais de manutenção, terminais espaciais para viagens à Lua e aos planetas. Provavelmente o homem irá ao espaço exterior a fim de permanecer por lá. Se o uso que fará desta grande oportunidade sra para o bem ou para o mal, somente o passar dos anos poderá revelar.
 

·
Pátria Amada Brasil
Joined
·
516 Posts
Discussion Starter · #12 ·
Gostando de ver :lol:

Um filme com cenários futurista que eu me amarro é PADRE. Apesar de não ser aquele filme, tem um cenário de tirar o chapéu.

 

·
Banned
Joined
·
7,692 Posts
Se a tecnologia e novas descobertas científicas permitirem, poderíamos ter cidades flutuantes...



Se algum lider mundial além do seu tempo querer submeter a Lua ou Marte a um processo de terraformação, poderíamos ter as cidades espaciais contribuindo neste cenário...



Cidades subterrâneas ou mistas estão mais ao alcance da realidade no curto prazo, com a vantagem de proteger os civis em caso da Terra sofrer inverno nuclear, descarga de raios cósmicos ou perda da magnetosfera.

 

·
Rawr
Joined
·
18,310 Posts
Esse negocio de prever o futuro nunca dá certo. Sempre temos uma ideia de que teremos tecnologias bizarras, pessoas usando roupas alienigenas, carros voando, prédios gigantescos, a miséria se tornando incontrolavel... Essa é a visão do futuro há mais de 70 anos, e até agora nada. Pra mim será a mesma coisa que é hoje, tem muita coisa que não tem muito o que evoluir não. Carro pra mim nunca vai voar (que está sempre presente nessas utopias do futuro), podem até criar um carro que voe sem turbinas, mas a organização dos trafegos seria impossivel, seria uma baderna.
 

·
Banned
Joined
·
7,692 Posts
Estamos há 5 anos de chegar na época que o filme Bladerunner
foi ambientado. Muitos elementos exóticos e a imaginação de
que a despreocupação com a emissão de gases do efeito estufa
iria persistir nas principais metrópoles do mundo. O filme é de 82.

 

·
Pátria Amada Brasil
Joined
·
516 Posts
Discussion Starter · #18 ·
^^ concordo com vocês, mais não levem tão a sério...

...fiz o tópico em um tom de brincadeira quanto a um futuro imaginário por isso fiz no boteco, mais a moderação achou por bem trazer pro ADU e pensando bem pode render boas discussões.
 

·
to gulag!
Joined
·
28,285 Posts
E essa nau? Por acaso vamos ter um retrocesso na tecnologia de navegação? :lol:
Isso saiu de um poster do filme "a viagem" :lol:
 

·
to gulag!
Joined
·
28,285 Posts
Em 20 anos: Construirão o primeiro trilho do trem bala rio-sp
Em 40 anos: PT lança o PAC 20 da construção de estatuas da imagens do deus lula nas cidades.
Em 60 anos: A fome e guerras civis causada por politicas esquerdistas terá dizimado a maior parte da população brasileira.
Em 80 anos: O deserto irá se expandir ocupando aonde é a amazonia chegando até são paulo.
Em 100 anos: O rio e todas as cidades costeiras estarão debaixo d'água e são paulo será digna de um filme pos-apocaliptico restando apenas as ruinas das grandes cidades e o povo vivendo em vilas governadas por anarquistas.
:p
 
1 - 20 of 27 Posts
Top