Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 237 Posts

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts


Comporta é uma freguesia portuguesa do concelho de Alcácer do Sal, com 150,54 km² de área e 1 268 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 8,4 hab/km².

A freguesia é limitada a norte pelo estuário do rio Sado e a oeste pela península de Troia, da qual fica separada pela ribeira da Comporta.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Comporta

Obra-prima da arquitectura popular, o cais palafitico da Carrasqueira, único da Europa, é construído de estacas de madeira irregular, aparentemente frágeis, das décadas de 1950 e 1960, que servem de embarcadouro aos barcos de pesca que ali acostam. Ora estão enterradas no lodo, ora na água, segundo as marés.

Integrada na reserva natural do Estuário do Sado, a aldeia ribeirinha conserva uma impressionante rede de estacaria que se estende centenas de metros pelos esteiros lamacentos do rio Sado.

Ponto de atracção turística, é um dos locais mais visitados no concelho, o cais continua, no entanto, a cumprir a missão para que foi construído: permitir o acesso dos pescadores aos barcos, mesmo durante a baixa-mar.

Ao longo dos diversos cais erguem-se pequenas casas construídas em madeira, que servem de arrecadações.

http://www.cm-alcacerdosal.pt/PT/Co...vil/Paginas/CaisPalafiticodaCarrasqueira.aspx

CARRASQUEIRA

Vila de enorme simplicidade, cujo choco é o rei da gastronomia local, Carrasqueira tem no seu Porto Palafita, uma estrutura precária e labiríntica, a principal imagem de marca. Trata-se de uma rede de passadiços enterrada no lodo do sapal que entra rio Sado adentro, cujas embarcações de pesca ora estão no lodo aquando da maré baixa, ora a baloiçar nas água ao sabor do vento. Assusta caminhar por cima, numa ameaça constante de desmoronamento, mas a sua longevidade confirma a resistência da estrutura.

A poucos quilómetros da Comporta, Carrasqueira é um daqueles locais de visita obrigatória, antes da praia.

História do Porto Palafita

Os habitantes da aldeia da Carrasqueira dividem a labuta diária entre a faina do mar e o amanho da terra. A primeira pesca foi a apanha de amêijoas de cabeça (que eram vendidas a pessoas que se deslocavam à aldeia e aí as compravam). Nesses tempos não haviam balanças, pelo que eram utilizadas latas de meia arroba para servir de medida.

Depois as pessoas começaram a comprar ostras. Foi esta pesca que trouxe um grande desenvolvimento à Carrasqueira. Pelo que houve a necessidade de arranjar condições para acolher o crescente número de pescadores e respectivas embarcações.

E para que a pesca fosse possível, importava criar um acesso à água que não ficasse condicionado ao vai e vem das marés. É que, em situação de maré cheia a água atingia e às vezes galgava o “muro de maré” que defendia os terrenos agrícolas, para depois recuar na maré vazia algumas dezenas, senão centenas, de metros, entrepondo uma barreira de lodo entre a terra e a água.

Assim, escolhida que foi a melhor localização, no final de uma vala de drenagem dos terrenos agrícolas, dois pescadores lembraram-se de espetar uma estaca na borda do muro e puseram umas tábuas por cima para passarem. Os pescadores foram-se assim juntando dois a dois, constituiriam o seu bocado, espetavam mais estacas adiante do que estava e punham tábuas por cima, sendo que cada pescador atracava os barcos no seu lado. Este foi um processo evolutivo que prolongou o emaranhado de estacas e tábuas por centenas de metros.

Isto passou-se nos anos 50/60 e os pescadores eram poucos então. Reconhecendo no Estuário um manancial de riqueza tão próximo, as populações locais foram evoluindo no seu aproveitamento, abraçando cada vez mais a pesca como actividade mais lucrativa, mas sem abandonarem por completo a agricultura (a agricultura era a actividade dominante, enquanto a pesca inicialmente não era mais do que um complemento dos parcos rendimentos que a agricultura de latifúndio permitia aos trabalhadores)

E assim nasce o Cais Palafítico da Carrasqueira, que é hoje um dos locais mais visitados do concelho de Alcácer.

http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?wp=GCVR04
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts

·
O Prof Godin
Joined
·
6,652 Posts
…boa…ando à anos para lá ir…
 

·
O Prof Godin
Joined
·
6,652 Posts
…sim…diz-me onde…talvez lá passe agora na Pascoa…
 

·
Litoral Alentejano
Joined
·
2,782 Posts
…sim…diz-me onde…talvez lá passe agora na Pascoa…
Restaurantes e cafes é o que não faltam na carrasqueira. Todos na carrasqueira são bons, os da comporta não conheço e existe um embora seja um pouco afastado da carrasqueira que costuma ter sempre a casa cheia. o Restaurante a Escola nos Cachopos.

Restaurante “A Escola”
de Henrique Galvão Lopes


Morada - Cachopos – 7580 Alcácer do Sal
Telefone - 265 612 816
Especialidades - Entradas, arroz de choco c/ camarão, batatas de rebolão
Capacidade - 90 lugares
Encerra à Segunda-feira


Restaurantes na Carrasqueira

Restaurantes na Comporta
 

·
Registered
Joined
·
7,123 Posts
É realmente fantástico esse cais, e é enorme :drool: Para já não falar da sua envolvente natural...

Acho que também aqui tenho umas fotos...a ver se as encontro...
 

·
O Prof Godin
Joined
·
6,652 Posts
…obrigado pelas informações…
 

·
Litoral Alentejano
Joined
·
2,782 Posts
Restaurantes e cafes é o que não faltam na carrasqueira. Todos na carrasqueira são bons, os da comporta não conheço e existe um embora seja um pouco afastado da carrasqueira que costuma ter sempre a casa cheia. o Restaurante a Escola nos Cachopos.

Restaurante “A Escola”
de Henrique Galvão Lopes


Morada - Cachopos – 7580 Alcácer do Sal
Telefone - 265 612 816
Especialidades - Entradas, arroz de choco c/ camarão, batatas de rebolão
Capacidade - 90 lugares
Encerra à Segunda-feira
o restaurante que falava é este



uma antiga escola que foi reconvertida em Restaurante. O proprietário tem também uma pastelaria|gelataria na cidade onde existe uns croissants...:drool:
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Melhor do que isto só as garagens convertidas em restaurantes, em Lagos, perto da estação de combóios.
 

·
Registered
Joined
·
7,123 Posts
^^Quais garagens? Não estou a ver...

Esse restaurante é que ficou espectacular, bastante parecido à escola original. Duvido é que se fosse mesmo uma escola tivesse alarmes da Prosegur :lol:
 
1 - 20 of 237 Posts
Top