SkyscraperCity banner

1 - 20 of 324 Posts

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts


Coruche é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Santarém, no Ribatejo, com cerca de 9 000 habitantes.[1]

É sede de um dos maiores municípios de Portugal, com 1 115,72 km² de área[2] mas apenas 19 944 habitantes (2011),[3][4] subdividido em 6 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelos municípios de Almeirim e Chamusca, a nordeste por Ponte de Sor, a leste por Mora, a sueste por Arraiolos, a sul por Montemor-o-Novo e pela fracção secundária do Montijo, a oeste por Benavente e a noroeste por Salvaterra de Magos.

Desde 2002 que Coruche integra a região estatística (NUTS II) do Alentejo e na sub-região estatística (NUTS III) da Lezíria do Tejo; continua, no entanto, a fazer parte da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, que manteve a designação da antiga NUTS II com o mesmo nome. Pertencia ainda à antiga província do Ribatejo, hoje porém sem qualquer significado político-administrativo, mas constante nos discursos de auto e hetero-identificação.


134234


134226


O concelho de Coruche está dividido em 6 freguesias:

134231


134225
 

·
Moderator
Joined
·
17,867 Posts
O centro e' engracado, do resto nao gosto..
Good work nevertheless! ;)
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #3 ·
O centro tem prédios bastante engraçados. As outras zonas são normais.
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #5 ·




Coruche é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Santarém, com cerca de 9 200 habitantes. Desde 2002 que está integrada na região estatística (NUTS II) do Alentejo e na subregião estatística (NUTS III) da Lezíria do Tejo; até aí fazia parte da antiga região de Lisboa e Vale do Tejo. Pertencia ainda à antiga província do Ribatejo, hoje porém sem qualquer significado político-administrativo.

É sede de um dos maiores municípios de Portugal, com 1 113,95 km² de área mas apenas 21 332 habitantes (2001), subdividido em 8 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios de Almeirim e Chamusca, a nordeste por Ponte de Sor, a leste por Mora, a sueste por Arraiolos, a sul por Montemor-o-Novo e pela fracção secundária do Montijo, a oeste por Benavente e a noroeste por Salvaterra de Magos.
 

·
Moderator
Joined
·
17,867 Posts
fred_mendonca said:
O centro tem prédios bastante engraçados. As outras zonas são normais.
O que no nosso pais infelizmente significa mediocres.. :eek:hno:
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #7 ·
Extraído de www.cm-coruche.pt

História

Ocupando uma superfície de 1120,2 km2, onde se distribuem oito freguesias, o concelho de Coruche é o de maior em extensão do distrito de Santarém e o décimo a nível nacional. Está situado na margem sul do Tejo, numa zona de transição do Ribatejo para o Alentejo. Aliás, numa parte do seu território há nítidos relances da paisagem alentejana, que há-de dominar depois da Quinta Grande, podendo-se dizer que é o Alentejo que começa, antes que as divisões administrativas lhe tenham marcado o início.
O concelho de Coruche, um dos mais importantes centros agrícolas do País, é constituído por duas zonas distintas: as vastas lezírias do Sorraia, que este afluente do Tejo fertiliza dos seus riquíssimos nateiros e uma zona florestal, constituída principalmente por montado de sobro, do qual se extrai 10% da cortiça nacional. Parte da área agrícola é formada pela conhecida charneca que Almeida Garrett tão bem cantou nas suas "Viagens na Minha Terra": "... breve nos achamos em plena charneca. Bela e vasta planície! Desafogada dos raios de sol, como ela se desenha aí no horizonte tão suavemente! Que delicioso aroma selvagem exalam estas plantas, acres e tenazes de vida, que a cobrem e que resistem verdes e viçosas a um sol português de Julho!". Por aqui apareceram vários vestígios pré-históricos como os do Cabeço do Marco, da Fonte do Cascavel, da Herdade da Agolada e dos terraços da Azervada e da Azervadinha. Igualmente bem documentado encontra-se o período romano com os achados das herdades de Mata-Lobos, Mata-Lobinhos, dos Pavões e da Zambaninha, mas essencialmente os da Quinta Grande, que constituem o melhor e mais rico espólio romano do concelho. Da mesma época seria o Castelo de Coruche, que foi totalmente arrasado pelos árabes no ano de 1180. Dois anos depois dar-se-ia a reconquista definitiva da vila, crendo-se que a partir daí ela terá perdido toda a sua importância militar, o que pode explicar o abandono da fortaleza e consequentemente a sua ruína. O ano de 1182 marca a elevação da vila a concelho, mas no território do actual concelho de Coruche outros existiram como os de Vila Nova da Erra e da Lamarosa. Estes dois seriam extintos em 1836, pela reforma de Mouzinho da Silveira, passando ambos à categoria de freguesia e integrados no actual concelho.
Durante os 100 anos seguintes novas alterações administrativas tiveram lugar e em meados do século XX o concelho estava reduzido apenas a duas freguesias, Coruche e Couço, que tinham anexado as anteriores. A partir de 1962, ano em que foi criada a freguesia de S. José da Lamarosa, o concelho foi objecto de um reajustamento administrativo que resultaria, em 1984, na criação de mais cinco freguesias: Branca, Erra, Biscainho, Fajarda e Santana do Mato. Nestas oito freguesias guardam-se exemplares artísticos e arquitectónicos que formam um conjunto monumental de grande valor. As Antas do Peso, a Ponte da Coroa, o Aqueduto do Monte da Barca, o Centro Histórico de Coruche, com edifícios de boa traça, e o grande número de casas rurais tradicionais da freguesia de Erra figurariam obrigatoriamente em qualquer roteiro de arte. Mas é nos templos de culto que ela atinge a maior expressão. A Igreja de Nossa Senhora do Castelo, com o seu notável miradouro, é a memória da desaparecida fortaleza. Nas igrejas de São Pedro, Santo António e Santa Ana pontifica a bela azulejaria do século XVII. Da mesma época é a Igreja da Misericórdia, com pinturas de grande valor. A escultura ganha o maior sentido na imagem da Senhora Santa Ana, peça quinhentista cheia da carácter que sai fora do plano de curiosidade das interpretações populares. Os ruralismos manuelinos encontram-se bem visíveis no templo de Santa Justa.
Mas se arte plástica é cultura, a gastronomia não o é menos, principalmente quando é encarada como parte integrante do património duma região. Foi sob este espírito que nasceram as Jornadas de Gastronomia do Concelho de Coruche, realizadas no início do mês de Maio. É verdadeiramente rica a cozinha coruchense, com algumas das suas obras de arte já impressas em compêndios como "Comeres de Coruche" e "Coruche à Mesa e Outros Manjares". Iguarias como a "sopa de feijão frade do Couço", a "açorda de bacalhau à moda de Coruche", a "cachola e febra de azeite e vinagre", o "bucho recheado do Couço", a "sopa rica de bacalhau do Couço", a "cachola com batatas", o "arroz de entrecosto" oriundo da Lamarosa, e o "cabrito frito", entre muitas outras receitas, não esquecendo a doçaria, por exemplo os "bolos fintos de Coruche", as "areias do Sorraia", o "bolo de batata doce do Couço", os "bolos brancos" e o "bolo de nozes de Coruche".
 

·
I Love You... Soraia
Joined
·
27,934 Posts
gostei :) parece ser uma vila girinha e pacata :)

uma das primeiras zonas que mostraste parecia um suburbio de classe media do rio de janeiro :D
 

·
Moderator
Joined
·
179,455 Posts
É a típica vila Ribatejana do sul do tejo :D muito bonitos os edifícios mais antigos... e os novos até que nem estão mal... não foste ao novo parque ribeirinho?

Parabéns... belas fotos! Mais uma para as cidades de Portugal ! :applause:

ps: Só uma pergunta... achas que estás a meter muitas fotos e que podias escolher menos? não estou a criticar... estou a pedir a tua opinião.
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #14 ·
Acho que tens razão, vou passar a fazer uma maior selecção.
 

·
O Prof Godin
Joined
·
6,654 Posts
Coruche é uma bonita vila e toda essa zona tem magnificas quintas senhoriais. Parabéns pelo trabalho. Faltam algumas fotos da zona ribeirinha que é talvez a mais bonita. Não há piscinas em Coruche?
 

·
Whatever
Joined
·
45,866 Posts
que raio foste tu fazer para coruche?:lol: por acaso já andava há uns tempos para fazer um thread já que há coisa de dois meses tive que lá ir umas vezes a trabalho;)

então foste a coruche e não subiste ao castelo para ver as magníficas vistas do vale de sorraia?:D

já meto aqui umas fotos!;)
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #18 ·
Não tive muito tempo em Corcuhe, foi só de passagem. Foi o que deu para tirar.
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #20 ·
ya, eu postei muitas fotos. :D
 
1 - 20 of 324 Posts
Top