SkyscraperCity banner

1 - 20 of 15569 Posts

·
L2 só em 2028
Joined
·
7,784 Posts
Finalmente vai sair!
Quando vai começar as obras?
 

·
Moderator
Joined
·
38,468 Posts
Pelo ritmo da licitação, e pelo histórico da pré-qualificação do VLT da Baixada Santista, é possível que comecem entre o final do terceiro trimestre e o início do quarto trimestre de 2013.
 

·
Registered
Joined
·
19,655 Posts
Terão que interromper a circulação da linha 12 para alterar as vias e introduzir os AMVs entre a 12 e a 13?

Deveriam contemplar a possibilidade de essa linha operar em Y com a 12, pois reduziria o número de transferências até o Aeroporto.

Uma pessoa que sair da região do MASP e quiser ir até o Aeroporto por trilhos terá que pegar a linha2, transferir para a 4 ou 1, ir até Luz ou Sé, ir dessas até Brás, no transferir para a linha 12 e em Engenheiro Goulart transferir para a linha 13. Cinco linhas. Com as linhas 12/13 operando em Y, uma transferência a menos e mais conveniência.
 

·
Registered
Joined
·
19,655 Posts
(quotado do thread antigo)

Acho que já falamos a respeito por aqui, mas ainda há alguma esperança de velocidades máximas mais interessantes que 80km/h operacionais? Depois que vi - por exemplo - o release técnico da CAF com 90 a 160km/h para a linha 7XXX, voltei a acreditar.

Com mais ou menos conforto/estilo/privacidade/[suporte para bagagens], qualquer usuário gostaria de chegar mais rápido no aeroporto.
Se a velocidade for maior será porque a distância entre estações será maior, permitindo velocidades mais altas.
 

·
L3, L11 user
Joined
·
6,455 Posts
Muito bom. Uma linha extremamente útil para ligar o maior aeroporto do país a malha ferro/metroviária.
Maior cidade da América e do hemisfério sul do planeta, mais do que deveria ter um transporte sobre trilhos para seu maior aeroporto.

Seria extremamente útil um pouco a esticar a L13 e terminar em Tiquatira, onde teria ligação metroviária com a Linha 2 verde. Se a linha não vai chegar ao Brás, deveria pelo menos ter uma ligação Metroviária sem depender da L12.
 

·
Registered
Joined
·
19,655 Posts
^^ È verdade, esqueci que do Masp pode-se ir até Tamanduateí e subir ao Brás heheh mesmo assim é um número de conexões acima do ideal para uma conexão aeroportuária, especialmente para pessoas com bagagem, e não esqueçamos da distância enorme de transferência entre Linha 3 e CPTM no Brás, se a pessoa usar essa opção.
 

·
L3, L11 user
Joined
·
6,455 Posts
Fiz um mapa do trajeto da L13, baseado em editais e no mapa do Saviano.
O trajeto não é oficial, apenas para idealização. A estação Internacional de Cumbica não esta confirmada.

1 - Saída da Estação Engenheiro Goulard, pertence a L12 - Safira que será reconstruída. Plataformas da L13 ao norte da L12:


2 - L13 se separa da L12 a poucos metros da estação USP - Leste da própria L12:


3 - L13 contorna ao norte da USP, se distanciando da L12:


4 - L13 passa por cima do Rio Tietê ao lado direito (em relação ao Norte) da Rodovia Ayrton Senna da Silva. Antes do entrocamento, a linha (em elevado) passa para o lado esquerdo da rodovia (também em relação ao norte):


5 - L13 segue seu caminho rumo ao aeroporto, ao lado esquerdo da rodovia:


6 - Bom, este trajeto é meio incerto. Mas tudo indica que passe por cima do Córrego; devido a localização da estação CECAP, logo a frente.


7 - Estação CECAP, ao lado do suposto terreno para o comentado terminal de ônibus:


8 - Pista do aeroporto mais movimentado da América Latina a vista! contornando o terreno do aeroporto ainda em elevado. Imagino a visão primordial dos passageiros chegando/saindo de São Paulo vendo os trens vermelhos em elevado :lol: :



9 - Estação Terminal 4, bem em frente ao próprio T4:


10 - Bom, este trajeto não é oficialmente decretado, falam que vão construir um monotrilho ou VLT, para unir a L13 com o principal terminal. Mas se supostamente a L13 fosse esticada, seu trajeto seria mais ou menos parecido com isto:



11 - Acontece uma briga enorme neste terreno onde originalmente iria ser construído a estação Aeroporto (por isto que ela agora fica em frente o terminal 4), a estação ficaria onde na foto esta em obras de ampliação do aeroporto. Puxei a estação Internacional de Cumbica mais para o oeste...



É isto aí, espero que gostem, desculpe alguma informação equivocada. :)
 

·
Lord Chaos
Joined
·
1,334 Posts
Uma serie nova pelo que falaram.
 

·
Registered
Joined
·
26,516 Posts
Vale lembrar que a L13 surge especialmente para o público que trabalha no Aeroporto e reside na capital, que utilizam diariamente a Linha 257 EMTU GRU-Metrô Tatuapé, bem como os viajantes que também pegam esse ônibus.


Assim, da mesma forma e com as mesmas dificuldades que poucos milhares de pessoas hoje já usam a linha da EMTU todos os dias, indo até a Estação Tatuapé, essas mesmas pessoas vão continuar indo até Tatuapé, mas desta vez com objetivo de pegar a L12 e L13.

Pena que muitos funcionários de GRU (pensando preferencialmente no público fixo e diário) residentes na ZL que não entram na rede direito por Itaquera ou Tatuapé, serão obrigados a gastar um pouco mais de tempo e fazer a transferência no Brás para evitar a transferência tarifada nos horários de pico.

Imagine alguém que vem de Guaianazes ou que desce do ônibus em Penha, ambos serão obrigados a seguir pela L11 em "viagem negativa" até Brás para voltar pela L12 rumo a Eng. Goulart. Não sei se isso poderá ser modificado no futuro.


Já quem é oriundo das demais regiões de São Paulo, poderá pegar a L11 em Luz ou vir pela L10 direto para Brás (onde a transferência CPTM x CPTM é rápida e ainda há a vantagem de pegar o trem da L12 vazio).
 

·
UFABC User
Joined
·
5,628 Posts
Discussion Starter · #15 · (Edited)
^^ Dependendo do caso, tais pessoas podem observar ser mais vantajoso utilizar algum ônibus da SPTrans que pare em um dos dois terminais urbanos da Estação Tatuapé ou nas paradas ao longo da Radial Leste.

Quanto ao material rodante, não consigo dizer o que vai rodar na Linha 13, mas com certeza será um trem metropolitano de padrão mais novo, com taxa de aceleração de 1 m/s², quatro pares de portas por carro, oito carros, 50% de taxa de motorização, interior refrigerado etc
 

·
L3, L11 user
Joined
·
6,455 Posts
Qual serao os trens da.linha? 8000? serao 3 trens?
Nova série, composta por 8 trens.

Vale lembrar que a L13 surge especialmente para o público que trabalha no Aeroporto e reside na capital, que utilizam diariamente a Linha 257 EMTU GRU-Metrô Tatuapé, bem como os viajantes que também pegam esse ônibus.


Assim, da mesma forma e com as mesmas dificuldades que poucos milhares de pessoas hoje já usam a linha da EMTU todos os dias, indo até a Estação Tatuapé, essas mesmas pessoas vão continuar indo até Tatuapé, mas desta vez com objetivo de pegar a L12 e L13.

Pena que muitos funcionários de GRU (pensando preferencialmente no público fixo e diário) residentes na ZL que não entram na rede direito por Itaquera ou Tatuapé, serão obrigados a gastar um pouco mais de tempo e fazer a transferência no Brás para evitar a transferência tarifada nos horários de pico.

Imagine alguém que vem de Guaianazes ou que desce do ônibus em Penha, ambos serão obrigados a seguir pela L11 em "viagem negativa" até Brás para voltar pela L12 rumo a Eng. Goulart. Não sei se isso poderá ser modificado no futuro.


Já quem é oriundo das demais regiões de São Paulo, poderá pegar a L11 em Luz ou vir pela L10 direto para Brás (onde a transferência CPTM x CPTM é rápida e ainda há a vantagem de pegar o trem da L12 vazio).
Quando a estação Penha da L2 for construída integrada a L3, a L11 terá uma parada. Com a L2 se pega um atalho para a L12 em Tiquatira.
Teria muita transferência, por isto que defendo a L13 ir pelo menos até Tiquatira, atualmente ela esta isolada demais, extremamente dependente da L12.
 

·
AiRail
Joined
·
2,642 Posts
Essa linha vai ser usada mais para os trabalhadores e viajantes tipo mochileiro pois haja conexões em um sistema saturado.

Cumbica suporta sem problemas uma linha de trem expressa com o centro.

O que vai aliviar com a L13 é as linhas da EMTU que ligam Guarulhos com SP. Ideal seria levar a L2 ou a L19(?) até Cumbica.
 

·
L2 só em 2028
Joined
·
7,784 Posts
Vale lembrar que a L13 surge especialmente para o público que trabalha no Aeroporto e reside na capital, que utilizam diariamente a Linha 257 EMTU GRU-Metrô Tatuapé, bem como os viajantes que também pegam esse ônibus.


Assim, da mesma forma e com as mesmas dificuldades que poucos milhares de pessoas hoje já usam a linha da EMTU todos os dias, indo até a Estação Tatuapé, essas mesmas pessoas vão continuar indo até Tatuapé, mas desta vez com objetivo de pegar a L12 e L13.

Pena que muitos funcionários de GRU (pensando preferencialmente no público fixo e diário) residentes na ZL que não entram na rede direito por Itaquera ou Tatuapé, serão obrigados a gastar um pouco mais de tempo e fazer a transferência no Brás para evitar a transferência tarifada nos horários de pico.

Imagine alguém que vem de Guaianazes ou que desce do ônibus em Penha, ambos serão obrigados a seguir pela L11 em "viagem negativa" até Brás para voltar pela L12 rumo a Eng. Goulart. Não sei se isso poderá ser modificado no futuro.


Já quem é oriundo das demais regiões de São Paulo, poderá pegar a L11 em Luz ou vir pela L10 direto para Brás (onde a transferência CPTM x CPTM é rápida e ainda há a vantagem de pegar o trem da L12 vazio).

De Guaianazes o pessoal também poderia optar ir até Calmon Viana, seguir até Engenheiro Goulart e de lá pegar a L13 também, seria outra opção de transferência gratuita.
 

·
Registered
Joined
·
26,516 Posts
Perguntinha:

Visando dar conta de um público menor e sem alongar os headways, faria alguma diferença relevante deixar as composições com menos carros cada e (logo) em maior número?
 

·
UFABC User
Joined
·
5,628 Posts
Discussion Starter · #20 ·
Perguntinha:

Visando dar conta de um público menor e sem alongar os headways, faria alguma diferença relevante deixar as composições com menos carros cada e (logo) em maior número?
Simplificadamente, poderia permitir menores intervalos. Se a CPTM aproveitasse, digamos, uma série como a 2070, poderia desacoplar os TUEs. A série 2070 hoje são as formações N01, N02, N03, N04 e N05, ou seja, desacoplados, seriam 10 trens de 4 carros cada ao invés dos atuais 5 trens de 8 carros. Para uma linha como a 13, até parece bem adequado, ainda mais num primeiro momento.
 
1 - 20 of 15569 Posts
Top