SkyscraperCity Forum banner
Status
Not open for further replies.
41 - 60 of 180 Posts

· arquiteto e urbanista
Joined
·
582 Posts
Foi isso que falei! A conurbação é um fator IMPORTANTE e não decisivo!
hehe, não é isso ainda. É que vc disse "A criação de uma região metropolitana é muito além disso.. as cidades tem que completarem entre si como extensão umas das outras...uma faixa contínua de urbanismo, infraestrutura, decisões politicas e administrativas unificada!". E quando disse que era o contrário, me referia principalmente ao trecho "decisões políticas e administrativas unificadas": elas vêm depois da criação da RM (até porque a função de uma é justamente uma maior integração atraves de decisões político-administrativas conjuntas), e não antes, pois não existem.

Acho que agora foi :cheers:
 

· Bruno
Joined
·
548 Posts
Concordo com você, mas estar a 100km de uma cidade vizinha já dá o direito de ser de uma região metro. ...mas precisamos saber quantas cidades aglomeradas é preciso para se criar tal metro.



Eu achei Uberlândia bem grande mesmo! De noite quando a gente chega na cidade de ônibus pela entrada leste, percebemos isso! (fiquei pasmo) ...e olhem que a cidade não possue um local realmente alto para comprovarmos sua imensidão.

RESUMINDO: A criação dessa região tem na verdade o propósito de desvincular Uberlândia com a grande rivalidade com Uberaba, que ficará medíocre ao lado de uma metrópole.
bom, logico q tem gente q vai ficar falando "Viu ! agora Uberlândia eh uma metrópole, coitada de Uberaba", pra mim a pessoa falar isso, vai mostrar apenas o senso de hipocrisia altissimo dela, eh como se crianças estivessem comparando o tamanho do p... com o do amigo/inimigo, ate pq, algo assim seria benefico pra ambos, e tanto Uberaba qto Uberlândia tem sua importancia e nenhuma das 2 cidades irao ofuscar....

eu penso o seguinte, Uberlândia(640mil, Otimo IDH e indices economicos) era de Uberaba(300mil, otimo IDH e indices economicos) e essa era de Araxá(80mil, idh bom e bons indices economicos), desde q comecou se separando de araxa, essas cidades so foram evoluindo, e nunca deixarao de terem coisas em comum, ah, vide dizer q nao existe rivalidade com a cidade mae de uberaba e vó de uberlandia, assim q eh bom !

Entao vamos parar com essa bobeira, de diminuir uma cidade por causa de outra que evoluiu excepcionalmente !

Rivalidades que eu Odeio:

Uberaba/Uberlândia
Ribeirão Preto/Franca/Sj. Rio Preto
Londrina/Curitiba
Rio/SP
Juiz de Fora/BH
 

· Registered
Joined
·
7,220 Posts
Ih...mais uma discussão sobre conurbação.

Para mim, uma RM não precisa ter todas as cidades conurbadas. Mas pelo menos algumas sim. E é fundamental que haja o dito "movimento pendular", cidades-dormitório, etc. E é claro, mais de 5 municípios e pelo menos 1.000.000 de habitantes na RM. Assim como não pode haver municípios a mais de 40km da metrópole dessa RM.
^^ Creio eu que somente 18 RMs do país se encaixariam nestes termos: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Brasília, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Campinas, Belém, Goiânia, Baixada Santista, Vitória, Natal, São Luís, Maceió e João Pessoa.
 

· 22°52'S 47°03'W
Joined
·
19,491 Posts
^^ Creio eu que somente 18 RMs do país se encaixariam nestes termos: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Brasília, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Campinas, Belém, Goiânia, Baixada Santista, Vitória, Natal, São Luís, Maceió e João Pessoa.
Então, são essas 18 RM são Regiões Metropolitanas de fato e de direito. As outras são apenas de fato...Aglomerados Urbanos promovidos à condição de Regiões Metropolitanas. Mas toda RM foi um dia AU :).
 

· Annoying ex-moderator
Usuário Rezistrado
Joined
·
17,966 Posts
^^
Com todo o respeito, talvez seja simplista usar esses critérios referentes ao movimento pendular.
Se for assim, posso dobrar ou triplicar a área da RM Campinas colocando a região de Jundiaí, de Itu e de Limeira e quem sabe, expandir até MG, perto de Ouro Fino, pois também existe movimento pendular de estudantes para a UNICAMP/PUCCAMP/UNIP/FAC, e movimento pendular de pacientes para o HC-UNICAMP...
Poderia expandir até Bragança Paulista se quisesse, mesmo estando a 60km, pois aqui existem pessoas que trabalham/estudam, ou vão à cidade fazer compras.

Claro que não há comparação da malha rodoviária da região de campinas, que pra mim é o que permite essa forte integração, por mais longe que esteja a cidade.
 

· Registered
Joined
·
5,594 Posts
As estimativas de crescimento apontam que Uberlândia tem hoje 615.000 habitantes, ou seja, seu ritmo de crescimento vem se estabilizando, os mais de 3% de acréscimo populacional de outrora acabou. Conclusão lógica: uma conurbação entre Uberlândia e qualquer outra cidade próxima (Araguari, Tupaciguara etc.) é coisa para pelo menos umas duas gerações adiante, região metropolitana de Uberlândia, então, nós não veremos tão cedo.
 

· 22°52'S 47°03'W
Joined
·
19,491 Posts
Poderia expandir até Bragança Paulista se quisesse, mesmo estando a 60km, pois aqui existem pessoas que trabalham/estudam, ou vão à cidade fazer compras.

Claro que não há comparação da malha rodoviária da região de campinas, que pra mim é o que permite essa forte integração, por mais longe que esteja a cidade.
Você tem razão, sei dessa relação que é forte. Tenho inclusive colegas de UNICAMP que moram aí. Só não saberia dizer se Atibaia tem a mesma ligação com Campinas que Bragança...
Mas ainda assim, eu acho que a RMC deveria diminuir em vez de crescer, porque Itatiba pertence à região de Jundiaí, não à de Campinas. Assim como deviam tirar Engenheiro Coelho, Pedreira e Santo Antônio de Posse, que estão muito distantes...

O título é sobre a Região Metropolitana de Uberlândia. E sinceramente não vejo vantagens em criar RMs, além das político-econômicas (mais verbas, repasses).
Eu vi a Região Metropolitana de Campinas surgir, em 2000.
O que melhorou? Quase nada. Os ônibus entre as cidades têm a mesma pintura, criou-se um conselho que ninguém conhece, os prefeitos batem cabeça e continuam a administrar suas cidades quase como antes...
 

· ontogeny recapitulates...
Joined
·
3,033 Posts
Poderia expandir até Bragança Paulista se quisesse, mesmo estando a 60km, pois aqui existem pessoas que trabalham/estudam, ou vão à cidade fazer compras.

Claro que não há comparação da malha rodoviária da região de campinas, que pra mim é o que permite essa forte integração, por mais longe que esteja a cidade.
^^

A Região Bragantina (Bragança, Atibaia, Joanópolis, Bom Jesus, Igaratá, etc) é um caso bastante curioso, na verdade sofre forte influência de três cidades / regiões:

- São Paulo
- Campinas
- São José dos Campos

São Paulo dispensa comentários. Campinas atrai moradores das cidades principais (Bragança, Atibaia) para comércio e serviços. Já São José dos Campos polariza comercialmente a parte sul da região (Bom Jesus, Igaratá), além de ser sede das redes de televisão que servem a Região Bragantina (TV Vanguarda).
 

· ontogeny recapitulates...
Joined
·
3,033 Posts
Você tem razão, sei dessa relação que é forte. Tenho inclusive colegas de UNICAMP que moram aí. Só não saberia dizer se Atibaia tem a mesma ligação com Campinas que Bragança...
Mas ainda assim, eu acho que a RMC deveria diminuir em vez de crescer, porque Itatiba pertence à região de Jundiaí, não à de Campinas. Assim como deviam tirar Engenheiro Coelho, Pedreira e Santo Antônio de Posse, que estão muito distantes...
^^

De fato, Itatiba poderia ser considerada parte do AU de Jundiaí, assim como Itupeva, Campo Limpo, Louveira, etc. O pedágio da Dom Pedro, entre Itatiba e Campinas, somado à iminente duplicação da rodovia Jundiaí - Itatiba, vão reforçar essa ligação entre Jundiaí e Itatiba.
 

· Banned
Joined
·
8 Posts
^^

A Região Bragantina (Bragança, Atibaia, Joanópolis, Bom Jesus, Igaratá, etc) é um caso bastante curioso, na verdade sofre forte influência de três cidades / regiões:

- São Paulo
- Campinas
- São José dos Campos

São Paulo dispensa comentários. Campinas atrai moradores das cidades principais (Bragança, Atibaia) para comércio e serviços. Já São José dos Campos polariza comercialmente a parte sul da região (Bom Jesus, Igaratá), além de ser sede das redes de televisão que servem a Região Bragantina (TV Vanguarda).
Essas cidades citadas acima, polarizam grandes regiões, mas também Uberlândia é a principal cidade dentre uma região de 3 milhões de pessoas, o principal centro de compras, saúde, educação, também é nela que fica a sede de várias televisões que chegam o sinal até parte do sul de minas, além do triângulo, alto paranaiba, sudeste e centro oeste de minas (Tv Integração - Globo/ Tv Paranaiba Record/ Tv Vitoriosa SBT)
 

· Bruno
Joined
·
548 Posts
^^ sim, porem amigo, a rede integraçao tem apresentacoes regionais, aki por exemplo eh mta noticia de Uberaba-Ituiutaba.... o SBT aki em Uberaba eh a Tv Alterosa.... E digo amigo que eh exageiro 3 milhoes de habitantes polarizados por Uberlandia, como se vc tivesse comparando o nivel de polarizacao de Sj dos Campos e Campinas(que realmente ambas polarizam uma quantidade absurda de cidades), acho q na nossa regiao o nivel de polarizacao de cidades esta 60% em Uberlandia(Norte do triangulo e sul de goias, cidades como Araguari e Ituiutaba sofrem bastante influencia) e 40% aki em Uberaba(Parte sul do Triângulo, Araxá e algumas cidades do norte de SP)....
 

· Registered
Joined
·
5,594 Posts
Com certeza Bruno, é muito exagero dizer que Uberlândia centraliza uma região com 3 milhões de habitantes, como se fosse pólo indiscutível de uma região metropolitana, como é o caso de BH e Ipatinga, que dominam de modo incontroverso suas respectivas regiões. Ao irmos na porção mais ao sul do triângulo e na confluência com o Alto Paranaíba em Araxá, vemos que a influência de Uberlândia é mesmo bem reduzida e a de Uberaba muito grande. Eu particularmente acho os limites de influência de Uberlândia bastante claros:

1) a oeste - Ituiutaba/Santa Vitória;

2) a leste - Monte Carmelo/Coromandel

3) a sudeste - Perdizes

4) ao norte - Catalão, em Goiás

5) ao sul, quase nenhuma, pela presença de Uberaba.
 
41 - 60 of 180 Posts
Status
Not open for further replies.
Top