Skyscraper City Forum banner
1 - 1 of 1 Posts

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Universidade pública chega à região do Cuito-Cuanavale

11-08-2014

A região do Cuito-Cuanavale, palco durante a guerra civil angolana do maior combate militar em África após a segunda guerra mundial, vai receber uma universidade pública, segundo decreto presidencial a que a Lusa teve hoje acesso.


A região do Cuito-Cuanavale, palco durante a guerra civil angolana do maior combate militar em África após a segunda guerra mundial
, vai receber uma universidade pública, segundo decreto presidencial a que a Lusa teve hoje acesso.
De acordo com a decisão, publicada em Diário da República de Angola a 04 de agosto, a criação da Universidade Cuito-Cuanavale insere-se na política de "promoção da educação e ensino" do Executivo, com vista a "formar quadros nacionais nos diferentes níveis de ensino".
A nova universidade implicará uma reorganização dentro da Região Académica VIII, sul de Angola, estabelece o mesmo decreto presidencial.
Funcionará, na província do Cuando Cubango, com uma Escola Superior Politécnica, um Instituto Superior de Ciências de Saúde, uma escola superior Pedagógica e outra de Hotelaria e Turismo, além de faculdades de Economia, Direito, Medicina Veterinária e Engenharia.
Na província do Cunene integrará, incluindo escolas semelhantes, faculdades de Medicina e de várias ciências.
Além destes novos estabelecimentos de ensino superior público, a Região Académica VIII envolve a Universidade Mandume Ya Ndemofayo, que abrange as províncias da Huíla e do Namibe.
O decreto presidencial estabelece ainda que a reitoria da Universidade Cuito-Cuanavale, a nomear pelo Executivo liderado por José Eduardo dos Santos, terá agora 120 dias para, "em colaboração" com os respetivos governos provinciais daquela região, elaborar e apresentar um Plano de Desenvolvimento Institucional.
Os cursos da nova universidade angolana vão permitir a obtenção dos graus académicos de bacharelato, licenciatura, mestrado e doutoramento, além de cursos de especialização.
e acordo com dados do Executivo angolano, o ensino superior movimentou no ano letivo de 2013, no país, um total de 218.676 estudantes, num universo de mais de dois milhões de jovens com idades entre os 18 e os 22 anos.

De acordo com a decisão, publicada em Diário da República de Angola a 04 de Agosto, a criação da Universidade Cuito-Cuanavale insere-se na política de "promoção da educação e ensino" do Executivo, com vista a "formar quadros nacionais nos diferentes níveis de ensino".

A nova universidade implicará uma reorganização dentro da Região Académica VIII, sul de Angola, estabelece o mesmo decreto presidencial.

Funcionará, na província do Cuando Cubango, com uma Escola Superior Politécnica, um Instituto Superior de Ciências de Saúde, uma escola superior Pedagógica e outra de Hotelaria e Turismo, além de faculdades de Economia, Direito, Medicina Veterinária e Engenharia.

Na província do Cunene integrará, incluindo escolas semelhantes, faculdades de Medicina e de várias ciências.

Além destes novos estabelecimentos de ensino superior público, a Região Académica VIII envolve a Universidade Mandume Ya Ndemofayo, que abrange as províncias da Huíla e do Namibe.

O decreto presidencial estabelece ainda que a reitoria da Universidade Cuito-Cuanavale, a nomear pelo Executivo liderado por José Eduardo dos Santos, terá agora 120 dias para, "em colaboração" com os respectivos governos provinciais daquela região, elaborar e apresentar um Plano de Desenvolvimento Institucional.

Os cursos da nova universidade angolana vão permitir a obtenção dos graus académicos de bacharelato, licenciatura, mestrado e doutoramento, além de cursos de especialização.

De acordo com dados do Executivo, o ensino superior movimentou no ano letivo de 2013, no país, um total de 218.676 estudantes, num universo de mais de dois milhões de jovens com idades entre os 18 e os 22 anos.
http://estudante.sapo.ao/artigos/artigo/universidade-publica-chega-a-r-373241.html
 
1 - 1 of 1 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top