SkyscraperCity banner

10861 - 10880 of 10924 Posts

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts

Todas as fábricas de automóveis do Brasil...



192958



 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
NORTE E NORDESTE RECEBERAM R$ 35 BI DE AUXÍLIO EMERGENCIAL DO GOVERNO

NORTE E NORDESTE RECEBERAM R$ 35 BI DE AUXÍLIO EMERGENCIAL DO GOVERNO
admin 10 Junho, 2020

O pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal para a população mais vulnerável do país enfrentar os impactos socioeconômicos da pandemia do Covid-19 chegou à cifra de R$ 76,6 bilhões. Deste total, o Norte e o Nordeste receberam 46,6% dos recursos, que representam R$ 35,7 bilhões.
O ministro da Cidadania destacou a importância de se fazer chegar o benefício a 58,6 milhões de pessoas entre as mais necessitadas. “Nós rodamos 120 milhões de CPFs para chegar a esse grupo”, afirmou Onyx. “A cobertura que o governo faz no Nordeste é extraordinária em função do grande trabalho feito pela Caixa, pela Dataprev e pela equipe do Ministério da Cidadania”, disse.
No Nordeste foram R$ 27,4 bilhões, ou seja, 35,7% dos recursos totais para a segunda região mais populosa do Brasil. A Bahia contabiliza o maior volume de recursos recebidos na área, com R$ 7,21 bilhões liberados.
O Norte reúne 10,9% do total de recursos pagos, o que significa R$ 8,3 bilhões. É a terceira região do país em investimento do Auxílio Emergencial. O estado que mais recebeu recursos na região foi o Pará, com R$ 4,12 bilhões.
Outras regiões
No Sudeste, são R$ 27,7 bilhões, ou 36,1%, para os estados da região mais populosa do país. São Paulo teve R$ 13,25 bilhões para o pagamento do Auxílio Emergencial.
O Sul, com 10,2% do total, ou R$ 7,8 bilhões, e o Centro Oeste, com 7,1%, ou R$ 5,4 bilhões, completam a lista. Na região Sul, o Paraná teve R$ 3,34 bilhões creditados, enquanto no Centro Oeste, Goiás teve R$ 2,46 bilhões.
Os números devem aumentar após a reanálise de 5,1 milhões de pedidos, além das novas solicitações que ainda podem ser feitas. O calendário de saques da segunda parcela segue até o sábado (13.06), seguindo o mês de aniversário dos cidadãos cadastrados no aplicativo ou site da Caixa. Em um primeiro momento, o dinheiro para esse público ficou disponível apenas para pagamentos e débito. Em 29 de maio, o repasse da segunda parcela aos integrantes do Bolsa Família foi finalizado.

 

·
Registered
Joined
·
7,698 Posts
uma pequena correção:



E atualizando situação após 7 dias:




Macapá e Rio Branco indo na mesma direção de Manaus.
A combinação de "baixa" incidência e alta letalidade mostra como tá muito subnotificado nessas cidades, prncipalmente sp, rj, em menor grau, curitiba e poa.

E na variação, a maioria com mais de 30% de aumento de novos casos em 1 semana.
Muito alto ainda e cidades por aí falando em abrir shopping...
As maiores restrições em São Luís e Recife parece ter surtido algum efeito pois tiveram uma das variações mais baixas (ou já bateram o auge do pico).
Atualizando após mais 1 semana:





Longe, muito longe, de alguma coisa estar controlada como tem gente falando por aí. Pelo contrário. Apenas o eixo tá mudando (e se espalhando). Pandemia avançando no interior não quer dizer que ela acabou nas grandes cidades.
 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Pagamentos de benefícios do garantia-safra – 2018/2019

Na safra 2018/2019, conforme normativos vigentes no Garantia-Safra, foram beneficiados 402 municípios distribuídos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Nesta safra, foi autorizado o pagamento para 364.694 beneficiários aderidos, resultando entre os meses de novembro/19 a junho/20, a disponibilização de, aproximadamente, R$ 310 milhões.


 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Bahia gera 31% de energia eólica do país do ano e assume liderança do segmento
Bahia gera 31% de energia eólica do país do ano e assume liderança do segmento


A Bahia lidera o segmento de energia gerada por fonte eólica no país. Nos primeiros quatro meses do ano, o estado gerou 31% da energia produzida pela força dos ventos que foi usada no Brasil. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), nesta segunda-feira (15), quando é comemorado o Dia Mundial do Vento.

O fator de capacidade de geração de energia do complexo eólico Ventos de Santo Abraão, da Enel Green Power, no município de Morro do Chapéu, região da Chapada Diamantina, foi de 52,1% em abril, o maior registrado no período.

“A Bahia tem 170 parques eólicos em operação, mais de 1,3 mil aerogeradores, que o povo no interior chama carinhosamente de 'catavento', e uma capacidade instalada de 4,1 Gigawatts (GW). Os R$ 16,7 bilhões investidos por essa centena de empreendimentos beneficiaram 20 municípios baianos. Ou seja, os números do estado no segmento de energias renováveis são extremamente significativos e motivo, não só de muito orgulho para nós que estamos na linha de frente da atração de investimentos, mas de esperança para a economia no pós-pandemia", destacou, em nota, o vice-governador João Leão, secretário titular da SDE.

De acordo com a SDE, a expectativa é de que 53,5 mil empregos sejam gerados pelos 38 novos parques em construção e nos outros 86 que estão em fase de iniciar suas obras. Juntos, esses novos complexos devem injetar R$ 13,1 bilhões em investimentos no território baiano, segundo a Secretaria.

Na Bahia, a energia gerada nos 170 parques ativos tem capacidade de abastecer cerca de 8,3 milhões de residências e beneficiar aproximadamente 25 milhões de habitantes - quase o dobro da população baiana, que é de 14,8 milhões, segundo o IBGE. Isto ocorre porque a energia gerada pelos ventos no estado é distribuída para todo o país, pelo operador nacional do sistema elétrico.


 
10861 - 10880 of 10924 Posts
Top