SkyscraperCity banner
1 - 4 of 4 Posts

·
Eng. Tráfego e Designer
Joined
·
13,970 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Diretores da Infraero discutirão reforma do Marechal Rondon em Cuiabá
Assessoria




O diretor de operações da Infraero, Márcio Jordão e o assessor especial da Infraero, Ramos Pinto, estarão em Cuiabá, nesta quinta feira (25), para participarem de uma audiência que discutirá as obras do Aeroporto Internacional Marechal Rondon. A reunião, que foi agendada pelo deputado Wellington Fagundes (PR/MT), será às 12 horas, no Palácio Paiaguás e, contará com a presença do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR) e demais autoridades.

De acordo com Fagundes, a reforma no aeroporto é importante para o desenvolvimento da capital. “Desde 2008 participamos de várias audiências na Infraero para pedir que os diretores visitassem o aeroporto para acharem uma solução para a finalização das obras. Já são mais de 10 anos em reforma. Agora, com a escolha de Cuiabá como subsede da Copa do Mundo de 2014, será fundamental não apenas a conclusão, mas também a ampliação e urbanização do local”, destaca.

O projeto prevê a construção de uma nova ala de embarque e desembarque de passageiros, uma nova pista de pouso e decolagem de aeronaves e a construção de novas avenidas para facilitar o acesso ao aeroporto. O aeroporto tem em média 700 hectares de área e passam anualmente cerca de 1,3 milhão de passageiros, além de 5 mil toneladas de cargas. A meta do governo é que a reforma aumente a capacidade para 3 milhões de passageiros.


24horasnews
 

·
Registered
Joined
·
2,440 Posts
Obras do aeroporto ficam prontas em dezembro de 2012
Da Redação/Alline Marques
As obras de duplicação da capacidade do Aeroporto Marechal Rondon e complementação devem ser concluídas até dezembro de 2012, pelo menos é o que garantiu o diretor de Engenharia e Operações da Infraero, João Jordão. Segundo ele, a previsão inicial era março de 2013, porém o presidente Luis Inácio Lula da Silva autorizou que as obras sejam em dois turnos de serviços, com isso é possível acelerar em 40% do tempo.

O investimento total é de R$ 80 milhões e Jordão garantiu que não haverá problemas com a falta de recursos, até porque estão previsto no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele explicou que inicialmente a previsão seria de R$ 30 milhões, mas foi feita uma solicitação de um aporte maior, para ter um crescimento maior neste aeroporto como pontes de embarques, que antes não estava previsto no projeto.

O aeroporto irá mais que duplicar sua capacidade saindo de 1,3 milhão para 3 milhão de pessoas ao ano. O projeto de expansão do aeroporto foi apresentado na tarde de hoje ao governador Blairo Maggi, o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o secretário de Turismo do Estado, Yuri Bastos.

Maggi aproveitou para solicitar a construção do novo aeroporto voltado para a Avenida 31 de Março, no entanto, o pedido será levado à direção da empresa para que seja avaliado.

“Iremos levar essa reivindicação a direção da empresa, porque requer um volume maior de recursos e tempo para construção de novo terminal. Isso será avaliado e uma nova reunião será marcada. De qualquer forma informamos ao governador que estamos dando encaminhamento a ampliação do aeroporto que é necessária”, explicou Jordão.

Não conclusão

Quanto à demora para conclusão das obras da primeira etapa, o diretor explicou que houve uma avaliação dos projetos pelos órgãos de controle e auditoria interna e uma série de itens irregulares foi apontada. Mas, segundo Jordão, os apontamentos foram sanados e a obra será retomada.

O governo

O vice-governador Silval Barbosa (PMDB) reforçou o pedido para a construção de um novo aeroporto, mas adiantou que se não foi possível por falta de recursos do governo Federal, o Estado se dá por satisfeito com as novas adequações. Mas destacou que continuará lutando para que ocorra o novo terminal.

Questionado sobre uma nota para o atual aeroporto, o vice-governador Silva Barbosa (PMDB) deu nota 8 ao trabalho apresentado pela Infraero, mas cobrou que até a Copa o atendimento seja 10
 

·
Veni, vidi, vici
Joined
·
2,769 Posts
Quanto à demora para conclusão das obras da primeira etapa, o diretor explicou que houve uma avaliação dos projetos pelos órgãos de controle e auditoria interna e uma série de itens irregulares foi apontada. Mas, segundo Jordão, os apontamentos foram sanados e a obra será retomada.

:bash:Após 10 anos,eles falam que os apontamentos foram sanados,mas sao bem cara de pau a INFRAERO :lol: :lol:
 
1 - 4 of 4 Posts
Top