Skyscraper City Forum banner
1 - 18 of 18 Posts

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Moradores do Pistão Norte de Taguatinga e do Setor Noroeste serão agraciados, respectivamente, com o Taguá Park e o Burle Marx



Brasília vai ganhar mais dois parques: o Burle Marx, que será vizinho do novo Setor Noroeste; e o Taguá Park, que vai atender aos moradores de Taguatinga, Ceilândia e Guará.

Além de criar as novas áreas destinadas ao lazer, à prática desportiva e à preservação ambiental, o Governo do Distrito Federal dará atenção especial aos 12 parques mais freqüentados da cidade, entre os 68 existentes, de acordo com informações da Secretaria de Planejamento e Gestão.

Para melhorar a infra-estrutura dos parques do DF, a Subsecretaria de Meio Ambiente espera contar com a ajuda da sociedade.

De acordo com o subsecretário, Gustavo Souto Maior, as comunidades vizinhas aos espaços de lazer podem se unir ao GDF para cuidar dos parques.

“A gestão não precisa ficar centralizada no governo. Os moradores devem participar, auxiliando nos cuidados com um bem público, de uso de todos”, ressalta Souto Maior.

O subsecretário pretende colocar em prática o decreto publicado em julho de 2006, que cria o Programa de Adoção de Parques.

A proposta garante a participação da sociedade civil organizada no processo de gestão ambiental e ampliação da consciência ecológica, além de criar um mecanismo para permitir economia no orçamento público destinado à manutenção das áreas e unidades de conservação.


Como exemplo desta gestão integrada, o subsecretário destaca o Parque da Asa Sul, entre a 613 e a 614 Sul. “Os colégios da redondeza, as faculdades e as quadras poderiam se unir para auxiliar na preservação do parque, já que são os setores mais beneficiados, e até podem usar a área para proveito próprio”, comenta Gustavo Souto Maior.

Parque da Cidade

A Subsecretaria de Meio Ambiente vai concluir um levantamento das necessidades de cada espaço. O Parque da Cidade, com 4,2 milhões de metros quadrados, receberá investimento nas edificações.

A proposta do governo é melhorar a estrutura das áreas abandonadas para reduzir o número de vendedores ambulantes no local.

Gustavo Souto Maior também pretende transformar a antiga casa de madeira, ao lado da administração, no Centro de Informações Ambientais do DF, com computadores e espaço para palestras.

Ao longo do Pistão Norte de Taguatinga, 106 hectares serão utilizados pelos moradores da região para lazer, prática desportiva, entretenimento e cultura. Com um orçamento de R$ 5 milhões, a Secretaria de Planejamento e Gestão é responsável pela implantação do Taguá Park em três etapas.

A primeira fase consiste na construção de anfiteatro, academia com circuito inteligente de exercícios, espaço gastronômico e projeto especial de arborização. “A comunidade reivindicou muita área verde para o parque”, explica o gerente de projetos da Secretaria, Ênio Dutra.


Discussão com a comunidade

No Taguá Park, serão 1.500 plantados ipês roxos e 18 mil metros quadrados de grama. Haverá ainda um bosque de ipês amarelos e árvores frutíferas do Cerrado.

A ciclovia e a trilha de caminhada já estão prontas. Foram asfaltadas separadamente para evitar acidentes entre os ciclistas e os praticantes de caminhada.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) iniciará o plantio das árvores e a construção do anfiteatro esta semana. Ênio Dutra espera entregar a 1ª fase do Taguá Park à comunidade este mês.

As demais fases, que prevêem a construção de um Centro Olímpico, churrasqueiras e espaços para eventos, ainda estão em estudo.

“Todo o projeto está sendo discutido com a população. Nossa intenção é dar uma alternativa aos moradores da Ceilândia, Taguatinga e Guará, que atualmente só freqüentam o Parque da Cidade”, afirma o gerente de projetos.

A idéia tem a aprovação da servidora pública e moradora do Guará, Ivete Melo Reis, 49 anos. “Vou ao Parque da Cidade todos os sábados com minha família. Gosto de lá, mas dá muito trabalho. Se fosse em Taguatinga, gastaríamos menos gasolina e tempo”, diz.

O complexo habitacional Noroeste terá como vizinho o Parque Burle Marx. Nos mesmos moldes do Parque da Cidade, a área será implantada com um diferencial: a preservação ecológica. São 310 hectares que abrigarão pistas, quadras, playground, estacionamentos, lanchonetes e restaurantes.

As espécies do Cerrado, como piquizeiros e sucupiras, receberão cuidados especiais. De acordo com o GDF, a conclusão do Burle Marx deve ocorrer em 2008.

Fonte: Jornal de Brasília
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #2 ·
E por falar do mapa do Burle Max







 

·
Banned
Joined
·
868 Posts
Por mais que Brasília tenha sua quota de problemas urbanísticos, a presença da Novacap é essencial para tornar a cidade única :)
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #6 ·
^^ Isso mesmo, o pessoal curte fazer suas caminhadas de sunga, meias e tenis mesmo...
 

·
Registered
Joined
·
42 Posts
humm...Guará!? O Parque da Cidade está quase ao lado do Guará...não faz muito sentido sair do Guará para ir ao Taguapark em Taguatinga! Se fosse com relação aos moradores de Vicente Pires fica mais clara a questão de comodidade, enfim: quanto mais parques melhor!!!

Ainda sim, faltam parques nas outras cidades...Ceilândia e Samambaia merecem também!!!
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #8 ·
^^ Na verdade todos os bairros tem seus parques, como no próprio Guará, mas devido a alguns grileiros (chacareiros), sua total implantação está ameaçada.
 

·
Registered
Joined
·
1,553 Posts
Verdade, esse parque Burle Marx não sai mesmo...

Seria um acréscimo bem bacana para o Plano Piloto de Brasília. Uma pena.
 

·
Feira da Fruta
Joined
·
9,786 Posts


Parece Avatar.

De noite essas plantas brilham quando se toca nelas?

ps. achei estranhos esses moleques jogando bola, montagem tosca em cima daquelas fotos das crianças jogando futebol nas favelas.
 

·
Registered
Joined
·
299 Posts
A última versão do projeto do parque ainda é esta, de 2009?
Ela tem algumas diferenças do projeto original, como a maior segregação entre a área de uso e a área de preservação (na altura das quadras 914 e 916), separadas por uma das vias que conectariam Noroeste à Asa Norte.


Fonte: Jornal Correio Braziliense - edição: 21.08.09


Preocupa também a expansão das pistas do aeroclube, avançando sobre a "praça de Sombra" do projeto, que teria aquelas estranhas estruturas de bambus.
 

·
Registered
Joined
·
299 Posts
Repassando a informação que nosso colega Trebloc postou em outros threads, saiu uma lista com parte das obras que estão com recursos garantidos para serem executadas em 2014. Entre elas, tem o Parque Burle Marx:

Reforma de escolas de ensino médio
R$ 4 milhões
Reforma de escolas de ensino fundamental
R$ 4 milhões
Duplicação da via de ligação entre o Guará e o Núcleo Bandeirante
R$ 12,2 milhões
Paisagismo do Parque Burle Marx
R$ 5,7 milhões

Passagem subterrânea entre o Estádio Nacional, o Centro de Convenções e o Parque da Cidade
R$ 8 milhões
Construção de unidades básicas de saúde
R$ 5,1 milhões
Reforma de unidades básicas de saúde
R$ 3,1 milhões
Implantação de centros de atenção psicossocial (CAPs)
R$ 7,5 mil
Implantação de UPAs
R$ 10,2 milhões
Monitoramento de cidades por câmeras de vídeo
R$ 12,2 milhões
Construção de trevo na Ponte do Bragueto (Trevo de Triagem Norte)
R$ 35,7 milhões
Implantação do VLP (Eixo Oeste)
R$ 283 milhões
Implantação de ciclovias
R$ 6,6 milhões
Estrada Parque Aeroporto (Túnel e marginais)
R$ 14,1 milhões
Implementação da linha 1 do metrô (novas estações)
R$ 24,5 milhões
Metrô da Asa Norte
R$ 80 milhões
Implantação do VLT (Linha 1, Trecho 1 - Aeroporto/TAS)
R$ 153 milhões

Fonte: http://memoria811.blogspot.com.br/20...-em-obras.html
 
1 - 18 of 18 Posts
Top