Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 8 of 8 Posts

·
Registered
Joined
·
3,341 Posts
Discussion Starter · #1 ·
O empresário German Efromovich vai aportar 30 milhões de dólares para sanear problemas financeiros da empresa

Por Marcelo Onaga | 24.07.2009 | 19h01

EXAME -
O empresário German Efromovich, controlador do Grupo Synergy, acaba de fechar um contrato de opção de compra da VarigLog, empresa de transporte de cargas criada pela antiga Varig que está em processo de recuperação judicial desde março deste ano.

Efromovich, que é dono das empresas aéreas Avianca e Tampa Cargo, na Colômbia, e da OceanAir, vai administrar a empresa até a solução de pendências judiciais que envolvem os sócios. O empresário vai aportar cerca de 30 milhões de dólares na empresa para sanear problemas financeiros de curto prazo. Além disso, vai utilizar os sistemas de informática e a estrutura de suas empresas aéreas para recuperar as operações da VarigLog.

A empresa de cargas da antiga Varig enfrenta problemas desde 2007, quando o fundo americano Matlin Patterson, controlado pelo chinês Lap Chan, entrou em disputa com os sócios brasileiros Marco Antônio Audi e Marcos Haftel. Pela legislação brasileira, um estrangeiro não pode ter mais de 20% de participação na sociedade de uma empresa aérea nacional.

No caso da VarigLog, contudo, a legislação foi desrespeitada. Na prática, o fundo americano era o controlador da VarigLog. Há cerca de dois anos os sócios brasileiros passaram a contestar a situação na Justiça e tentaram assumir o controle da empresa, mas sem aporte de capital.

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou, em maio, o afastamento dos sócios brasileiros. Uma irmã de Chan, a chinesa naturalizada brasileira Chan Lup, assumiu o controle da companhia. A briga entre Chan, Audi e Haftel, no entanto, afetou o crédito da empresa, que passou a enfrentar dificuldades para conseguir financiamentos. Recentemente a companhia teve parte de suas receitas embargadas pela Justiça.

Atualmente, a VarigLog opera cinco aviões e tem faturamento anual de aproximadamente 500 milhões de reais. Caso consiga reerguer a empresa e tirá-la do processo de recuperação judicial, Efromovich deve exercer o direito de compra previsto em contrato. O principal interesse do empresário são as áreas que a VarigLog ainda possui em alguns dos principais aeroportos do país.

fonte:http://portalexame.abril.com.br/negocios/nova-direcao-486955.html
 

·
lê-se: "FÚRRIÊ!"
Joined
·
7,860 Posts
Lembremos que German Efromovich é brasileiro (embora nascido na Bolívia, snme), dono da Avianca e da O6. Torço para que dê certo esse negócio. Sempre gostei da O6, embora não sou apaixonado por Cia Aérea nenhuma (com excessão da antiga Pioneira, por supuesto).
 

·
Leão do Norte
Joined
·
222 Posts
Já percebeu que as grandes empresas cada vez se tornam maiores ainda.
Daqui a pouco, o poder e nome caberá a poucas e mais poucas xD
 

·
Christopher
Joined
·
17,520 Posts
Enquanto isso a Ocean Air, fica como a coadjuvante no cenário da aviação no Brasil.. apanhando de WebJet, Azul e Trip...

O Neelmann nunca se interessou nos slots da Ocean Air??
 

·
Leão do Norte
Joined
·
222 Posts
Monopólios e mais monopólios para quem quer ver.
 
1 - 8 of 8 Posts
Status
Not open for further replies.
Top