Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 19 of 19 Posts

·
Registered
Joined
·
1,394 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Notícia de hoje (6/12/10) no site do DNIT:

O DNIT vai duplicar 238 quilômetros da BR-163/364, entre Rosário Oeste e Rondonópolis, em Mato Grosso. O empreendimento está orçado em R$ 1,1 bilhão, e os serviços estão previstos para começar em 2011.

No projeto de duplicação está prevista a construção de uma pista nova com duas faixas de rolamento com 3,6 m de largura e acostamento de 3,0 m, variando sua posição referente à pista já existente de acordo com as peculiaridades de cada região, além de pontes, viadutos, retornos, acessos e melhorias nas travessias urbanas, segurança para os usuários.

Com essas melhorias, o DNIT ajuda a promover o desenvolvimento da região, onde a demanda por uma infraestutura logística de qualidade cresce com o aumento da indústria agropecuária. O projeto para a adequação de capacidade da rodovia foi apresentado em Cuiabá na última semana, durante audiência pública. O evento atendeu à exigência da Lei de Licitações, nº 8.666.

http://www.dnit.gov.br/noticias/dup...mento-da-producao-agropecuaria-de-mato-grosso
 

·
Banned
Joined
·
9,270 Posts
As rodovias que ligam Cuiabá ao Mato grosso do sul e a Goiás assim como a BR 364 que liga Porto Velho a CUiabá já deveriam estar duplicadas. Mesmo assim é ótima a noticia que estão duplicando pelo menos um trecho....mesmo sendo uma vergonha não ter esse trecho já duplicado, é melhor do que nada
 

·
Registered
Joined
·
1,394 Posts
Discussion Starter · #4 ·
Boa notícia :) :
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) inicia nos
próximos dias às obras de duplicação e restauração de 45 quilômetros da BR-163/364, localizados entre o município de Rosário Oeste (Km 461) e o entroncamento com a BR-364 (Posto Gil), em Mato Grosso.

Com investimentos no valor de R$ 216,9 milhões, o empreendimento compreende a construção de uma nova pista com duas faixas de rolamento, com 3,6 metros de largura e acostamento de 3 metros. As duas faixas serão construídas do lado esquerdo da pista existente para atender ao tráfego no sentido Posto Gil – Cuiabá (norte-sul). A pista antiga será totalmente restaurada e alargada, adequando-se aos padrões da nova via.

A obra contempla ainda a construção de três pontes e três viadutos. As pontes serão sobre os rios Nobres, Serragem I e Serragem II. Já os viadutos serão construídos no município de Rosário Oeste; outro no acesso ao município de Nobres (encontro com a MT-241) e o terceiro na localidade do Posto Gil (entroncamento com a BR-364, em direção a Diamantino).

A duplicação da rodovia promoverá o desenvolvimento regional e permitirá o transporte da produção agrícola do país pela utilização de modais rodoviários de qualidade e capacitados para atender a demanda do crescimento do setor agropecuário no Estado.

Fonte: http://www.vgnoticias.com.br/noticia.php?codigo=14152
 

·
Registered
Joined
·
1,394 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Me desculpe, vc tem razão.

Eu me confundi com o fato de nesse trecho a rodovia 163 coincidir com a 364, mas aí é mais 163 do que 364.

Assim, realmente faz mais sentido postar no trede da 163.
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
Pelo que eu li, ainda nao e a Duplicaçao de Cuiabá a Rondonópolis :(, e a Duplicaçao so de 45 km da BR sentido ao Norte de Mato Grosso(de Cuiabá pra cima).
Mais sera que logo logo ou ainda nem tao cedo, sera anunciada a Duplicaçao da BR 153/364 entre Cuiaba a Rondonopolis(por mim Duplicaria a BR 163 entre Rondonopolis a Campo Grande-MS, para que Cuiaba e Campo Grande ficasse Totalmente interligada com vias Dupla,mais acho dificil pq nao ha interesse Politico:( nessa parte ). Pq lembro que em 2006 o DNIT tinha acunciado a Duplicaçao da BR entre Cuiaba a Rondonopolis(isso ha 4 anos), agora sera que sai mesmo??
E sera que fica pronto mesmo ate 2014?? ..ou vai ser mais uma obra que nao vai dar tempo ate 2014??
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
^^
Nem lembrava mais desse Topico, como ninguem mais lembra e nem eu :lol: , entao vou ressusutar, porque vai ser necessário por causa das obras de Duplicaçao da BR 163/364 entre Cuiabá a Rosario do Oeste-MT. E em breve, vai ser iniciada outro Trecho entre Cuabá a Rondonópolis-MT, vamos esperar apesar que esta demorando para iniciar.


BR-364 será interditada para detonação de rochas amanhã em Nobres
Fonte: Só Notícias/Weverton Correa

O tráfego será interrompido na BR-364, nos dois sentidos, amanhã, das 12h às 16h, em Nobres. A paralisação acontecerá na altura do quilômetro 562, próximo a um posto de combustíveis, para detonação de rochas em decorrência das obras duplicação entre Rosário Oeste e o Posto Gil. A informação é da Polícia Rodoviária Federal. A recomendação aos motoristas é para que não passem pelo local no horário indicado, pois não há desvios.

As obras de duplicação da rodovia estão divididas em quatro trechos (Rondonópolis-Jaciara-Serra de São Vicente, Serra de São Vicente-Cuiabá, Cuiabá-Rosário Oeste e Rosário Oeste-Posto Gil) e devem ser concluídas em 2013. Mais de R$ 200 milhões são investidos.

http://www.sonoticias.com.br/notici...ada-para-detonacao-de-rochas-amanha-em-nobres
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
Obras de duplicação deixarão BR-364 interditada até julho
Fonte: Só Notícias/Bianca C. Zancanaro



Até o dia 26 de julho o tráfego da BR-364 será interrompido entre às 7h às 17h, para colocação de vigas no rio Serragem II, no viaduto de Rosário Oeste, no viaduto em frente ao posto Xaxim e no do Posto Gil. A Polícia Rodoviária Federal informou que o trânsito ficará impedido, nos dois sentidos, e terá a utilização de guindastes.

Durante o transporte e colocação das vigas nos locais citados, a rodovia sofrerá paradas parciais ao longo do dia.

As obras de duplicação da rodovia estão divididas em quatro trechos (Rondonópolis-Jaciara-Serra de São Vicente, Serra de São Vicente-Cuiabá, Cuiabá-Rosário Oeste e Rosário Oeste-Posto Gil) e devem ser concluídas em 2013. Mais de R$ 200 milhões são investidos.

http://www.sonoticias.com.br/notici...licacao-deixarao-br-364-interditada-ate-julho
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
Dnit fará mutirão para lançar edital de duplicação da 163 no 2º semestre

Da Editoria - Marcos Coutinho / Da Redação - Jonas da Silva

A direção do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) assumiu compromisso em nível interno para lançar no segundo semestre o edital da obra de duplicação da BR-163, entre Cuiabá e Rondonópolis.

O edital e obras serão formatados nos parâmetros do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), mecanismo para contratação de obras da Copa do Mundo de 2014 aprovado pelo Congresso Nacional. A medida é para garantir agilidade nos processos públicos.

O mutirão será feito pelo Ministério dos Transportes, Superintendência do Dnit em Mato Grosso e secretarias do governo estadual ligadas às obras.

O compromisso foi assumido pelo diretor executivo da autarquia, Tarcísio Gomes de Freitas, em audiência com o governador Silval Barbosa (PMDB), senador Blairo Maggi e o deputado federal Wellington Fagundes, presidente do PR.

Participaram ainda o deputado estadual Baiano Filho (PMDB), o presidente da Associação dos Transportadores de Cargas (ATC), Miguel Mendes e o prefeito de Rondonópolis, Ananias Filho (PR). Além presidente do Comitê Pró-Rodovias, Elmo Bertinetti.

Por sugestão na audiência, o deputado Wellington sugeriu que o regime diferencial para o edital e obras fosse feito pelo RDC.

O governador Silval Barbosa colocou técnicos de secretarias pertinentes à obra e toda a estrutura do Estado à disposição do Dnit para fornecer todas e quaisquer informações necessárias para agilizar as ações.

Silval também cobrou a inclusão de parte da obra de duplicação no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
O trecho cobrado pelo governador refere-se sobretudo aos 25 quilômetros entre Rondonópolis e o terminal da ALL (Ferronorte), que passa pelo aeroporto. Esse trecho, onde se sobrepõem as rodovias federais BR-163 e BR-364, não está no PAC.

Entre Rondonópolis, Cuiabá e Posto Gil, as obras da BR-163/364 já estão no PAC, com duplicação, embora esteja paralisado.

Cobranças

Silval, o senador Maggi, empresários e parlamentares explicaram que o trecho é um dos mais críticos nas rodovias de Mato Grosso e do Centro-Oeste.

De acordo com Silval, “o trecho tem alto índice de acidentes e mortes, é o principal gargalo das rodovias, levando em conta que Rondonópolis e não tem anel viário”.

“O Dnit precisa ter essa consciência da importância da rodovia”, clamou o empresário Elmo Bertinetti.
Para Maggi, há uma dívida grande da União com Mato Grosso, devido aos resultados que a economia agropecuária do Estado proporciona para os balanços de pagamentos e desempenho econômico do Brasil.

“O Dnit e o governo federal têm dívida muito grande com Mato Grosso. O Estado de Mato, de 1979 e 2009, teve salto significativo na produção de grãos. E os corredores de escoamento continuam praticamente os mesmos desde a década de 1970 e 1980”, cobrou Maggi.

Segundo o senador, “isso é absurdo, o maior celeiro de grãos do país, maior exportador do Brasil e responsável por sucessivos superávits da balança comercial não vem recebendo o tratamento digno dessa reputação”.

http://www.olhardireto.com.br/notic...icacao_da_163_no_2o_semestre&edt=33&id=268100


^^
Como sempre, o DNIT mostrando que nao tem competênçia, e todo ano empurra para outro Semestres as Licitaçoes. Por isso que a cada dia estou tendo mais nojo de Politicos!!! :(
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
DNIT pode usar outra forma para licitar duplicação da BR-163 em Mato Grosso

11/07/2012 - 21:44:23
Fonte: Só Notícias com Gulherme Blatt, de Brasília

O diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Tarcísio Gomes de Freitas, manifestou, hoje, ao governador Silval Barbosa, interesse em conhecer a experiência de Mato Grosso com o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) para serem contratadas empreiteiras que farão obras. O órgão, segundo o diretor executivo, avalia a possibilidade de licitar a duplicação da BR-163 entre Rondonópolis e Posto Gil, por meio do modelo RDC (embora uma parte das obras na região de Nobres, na serra, está em andamento). Freitas afirmou que Mato Grosso terá prioridade, considerando que é o Estado é o celeiro do Brasil e que o agronegócio é responsável por boa parte do PIB nacional.

O governador destacou que foi aprovado no Congresso um projeto que, caso sancionado pela presidenta Dilma Rousseff, permitirá que obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de diferentes Ministérios sejam licitadas por meio do RDC. Ele citou que seu governo está fazendo as obras, em Cuiabá e Várzea Grande, para implantar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) - primeiro no Brasil a ser licitado sob esse formato. Silval colocou toda a equipe técnica ligada à obra, bem como a estrutura do Estado, à disposição da autarquia para apresentação da experiência. "Cada dia que passa estamos aprendendo mais sobre esse modelo, que é novo. Mato Grosso saiu na frente e o VLT foi o primeiro no Brasil a ser licitado dessa forma", reiterou Silval.

http://www.topnews.com.br/noticias_ver.php?id=13527
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
Caos na BR-364 deixa marcas em famílias


A viúva Lucinéia Aparecida, a Néia, e os filhos Giovana e Mathias Neves: “O recomeço está sendo muito difícil”


Empresário Mathias Neves de Oliveira, que morreu aos 54 anos de idade


Estado em que ficou o veículo em que a família estava após colisão com carreta na BR-364


Destroços do veículo em que viajavam Osvaldo e mais dois agentes prisionais


A viúva Nelma Bezerra com a filha Tamara Nubia (enteada de Osvaldo) e a neta Ana Melissa: “O vazio é difícil de superar”


O líder comunitário Osvaldo Barros, que morreu aos 46 anos de idade


–> LIBERADO –> Todos os anos, a BR-364 no trecho entre Rondonópolis e Cuiabá, em meio ao caos do grande e intenso tráfego de veículos, principalmente carretas, contando com pista simples, provoca tragédias e, com elas, interrompem sonhos e mudam para sempre o rumo de famílias. Somente em 2011, a BR-364 registrou, em todo o Estado, 1.784 acidentes, com 828 pessoas feridas e 107 mortes. O trecho mais crítico é justamente entre Rondonópolis e Cuiabá, com grande número de vítimas rondonopolitanas.
Além do prejuízo financeiro, a falta de duplicação, associada com a imprudência, deixa marcas profundas em dezenas de famílias todos os anos. Um dos casos de maior repercussão e de maior comoção em Rondonópolis, nos últimos anos, foi a morte do empresário Mathias Neves de Oliveira, ocorrida em um acidente automobilístico no dia 28 de agosto de 2011, no trecho conhecido como “Farinha de Osso”, com expressivo histórico de tragédias. Ele era bem conhecido e tinha muitos amigos na cidade.
Mathias deixou a esposa Lucinéia Aparecida Fonseca de Oliveira, a Néia, de 51 anos, e os filhos Giovana Fonseca de Oliveira, de 25 anos, e Mathias Neves de Oliveira Filho, de 18 anos. Próximo de completar 01 ano do acidente, a família ainda sente fortemente a perda do sustentáculo da casa. Néia e os filhos receberam a reportagem do Jornal A TRIBUNA na semana que passou e falaram sobre as dificuldades para a retomada da vida e a necessidade da duplicação da BR-364 entre Rondonópolis e Cuiabá.
No acidente, Néia fraturou a bacia, o joelho, o calcanhar, seis costelas e teve o pulmão perfurado. Ficou hospitalizada três meses em Cuiabá, indo parar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por três vezes. Inclusive, foi preciso passar por hemodiálise. Já passou por duas cirurgias e, no próximo dia 15 de agosto, está prevista uma nova cirurgia, para a reconstrução dos ossos da bacia. Nesse período todo, teve que se ausentar dos negócios da família. Hoje anda com dificuldades, com auxilio de muletas.
A maior preocupação da família atualmente é dar continuidade aos negócios no ramo de papelaria. Néia e os filhos esclarecem que, ao contrário do que muitos pensam, a Papelaria do Contabilista permanece no mercado, tendo apenas mudado de endereço – ainda na Avenida Amazonas, perto do antigo endereço. Nos últimos meses, os filhos Giovana e Mathias Filho estão começando a assumir a condução da empresa. “O recomeço está sendo muito difícil. O acidente sempre pega a gente de surpresa”, diz Néia.
Apesar da dor e sofrimento, Néia faz questão de reforçar o agradecimento à toda sociedade de Rondonópolis, sem distinção, devido à ajuda, ao apoio e ao incentivo garantidos. Quanto à duplicação da BR-364, ela entende que a mobilização social é importante, mas que também falta mais atitude por parte da população, assim como interesse da classe política. A empresária avalia que os políticos de Mato Grosso não estão interessados realmente na causa, assim como não têm força perante as autoridades federais. Na verdade, avalia que precisa ser feita uma mobilização social com repercussão nacional em torno da situação da BR-364.
Conforme Néia, o governo precisa se conscientizar que o custo-benefício com esta rodovia duplicada será muito grande, diminuindo gastos com tratamentos hospitalares, aposentadorias, pensões, seguros e outros ônus. A filha Giovana observa que a duplicação do trecho da Serra de São Vicente já melhorou a situação. Se a rodovia estivesse toda duplicada, acredita melhoraria 100%. No entanto, criticou o comportamento imprudente de caminheiros no trecho, com ações que colocam grandemente em risco veículos de passeio.
Néia externou ainda que o povo precisa entender que, por mais que pareça que não, ele tem muita força. Nesse sentido, afirma que a sociedade precisa se conscientizar disso e lutar mais pela duplicação da BR. Por isso, enfatizou a importância do papel do Jornal A TRIBUNA de sempre estar mobilizando, cobrando e mostrando que é possível viabilizar a duplicação da BR-364 entre Rondonópolis e Cuiabá, não podendo desistir dessa causa. “Quantas vidas se vão e ficam por isso mesmo. Antes do Mathias, quantos Pedro, João e outros não se foram”, lamenta.

“Ficou tudo mais difícil após o acidente”, diz viúva

Outro acidente na BR-364 acontecido em 2011 com bastante repercussão local envolveu o líder comunitário e agente prisional Osvaldo Barros de Carvalho, de 46 anos de idade, que também morreu na localidade conhecida como “Farinha de Osso”, em Rondonópolis. Ele era muito conhecido no movimento comunitário local, principalmente na região Salmen. Deixou a esposa, cinco filhos naturais, além de enteados.
A viúva de Osvaldo Barros é a auxiliar de serviços gerais Nelma Bezerra de Carvalho, de 41 anos de idade, que mora na Vila Olinda. “Ficou tudo mais difícil após a morte”, analisa Nelma. O acidente fatal ocorreu em 05 de março de 2011. “Antes ficava mais em casa. Raramente trabalhava fora. Ele dizia: quero você em casa, cuidando de mim…”, lembra.
Conforme Nelma, depois de cinco meses do acidente, ela conseguiu um trabalho. Informa que, após mais de um ano da morte do esposo, ainda não recebe pensão. Nelma, que morava apenas com Osvaldo, decidiu trazer para casa a filha Tamara com o genro, para lhe ajudar.
Nelma entende que a duplicação da BR-364 ajudaria muito a salvar vidas, mas ressalta que os motoristas também precisam se conscientizar nesse trecho entre Rondonópolis e Cuiabá. Ela avalia que a imprudência é muito grande. Nesse contexto, diz que há muitas vidas sendo ceifadas por falta de sinalização e imprudência.
As saudades ainda marcam a vida da família. A viúva explica que, quando do acidente, Osvaldo estava vindo de Cuiabá, onde estava renovando contrato de serviço. Duas pessoas ficaram feridas na ocasião, sendo que uma está na cadeira de rodas. “O vazio é difícil de superar. A gente sente muita saudade. A gente vai dormir e sente falta… Tudo que faz lembra da pessoa”, diz.
A favor da duplicação da BR-364 entre Rondonópolis e Cuiabá, Nelma pede para que as autoridades olhem com mais carinho essa rodovia. “A duplicação seria uma segurança para meus dois genros, que são caminhoneiros e trafegam nessas estradas”, repassa.

http://www.atribunamt.com.br/?p=107166


^^
Tem que pegar esta Matéria que mostra a real triste situaçao das Famílias que perderam seus Entequeridos graças as Péssimas Condições dessa BR e pela falta de Duplicação. E esfregar na cara desses Políticos SAFADOS de Brasília e do Governo do Estado, que nem estao preocupados em Duplicar essa Rodovia que há anos(mais de 20 anos) espera por início de obras de Duplicação. Toda vez que se pergunta a respeito como anda os Processos Licitatório, Edital, Projetos e etc. O DNIT(Cabinão de Emprego para Corruptos e Apadrinhados do PT) toda vez fala que`"Está em estudo", estudo em que Porraaaaaa???????????? Faz anos que escuto falar vindo das palavras do DNIT, Ministério dos Transportes e Políticos, que a Duplicaçao vai iniciar em Breve(pohhh, esse "em breve" faz 7 anos que escuto...). Isso dar raiva as vezes.
O que me revolta, cujas as obras que seriam prioritárias para Populaçao, nunca é prioridade e sempre fica de fora dos Novos Orçamentos anunciados pelo Governo, ou seja, isso mostra a Falta de interesse.


Deixarei uma pergunta que ninguem vai querer me responder: Porque o Governo tem dinheiro no Orçamento no Caixa para fazer obras de Estádios e Mobilidade Urbana só onde vai trafegar os Gringos(Gringos? Esses Nortes Americanos e Europeus que nem se importam com o Brasil e ainda debocham de nosso Pais, e vem falar que o Brasil é só Floresta,Futebol,Putas,Carnaval e lá em suas Terras nos discriminam de Bandidos), e nunca e nunca mesmo tem dinheiro e sempre fica em Estudos eterno que nunca acaba, para obras que necessitam, por exemplo esse mesma da Matéria: Da tão Prometida Duplicação da BR 163/364 entre Cuiabá a Rondonópoisporque pra isso o Governo nao prioriza??, Enquanto isso... Famílias morrendo nessa Estrada Assasina...
 

·
on the road
leptokurtic
Joined
·
35,525 Posts
^^ paulo lima, comportamento birrento e histriônico à parte, será que vc precisa colar a mesma notíca e os mesmos impopérios/ataque de nervos (ou ataque de dedos-no-teclado) em 4 threads diferentes????

Pode reclamar e "extravasar" como vc gosta de defender seu estilo de postagem. Mas pq fazer spam em vários threads?
 

·
Mobilidade Urbana Moderna
Joined
·
3,898 Posts
^^ paulo lima, comportamento birrento e histriônico à parte, será que vc precisa colar a mesma notíca e os mesmos impopérios/ataque de nervos (ou ataque de dedos-no-teclado) em 4 threads diferentes????

Pode reclamar e "extravasar" como vc gosta de defender seu estilo de postagem. Mas pq fazer spam em vários threads?
Olá, e porque sâo Matérias que interessa ao posts referentes e tem haver com Assunto do Jornal, se eu colar num Post nada haver, isso sim já é errado. E outra coisa, nao sei o que vc vai fazer comigo(estou preocuado neh...), só digo uma coisa, essa Matéria que colei, e pra chamar atençao(sem tumulto como vc já está me acusando, com certeza lamentavelmente voçe torçe que eu leve suspençao e até no final eu seja banido, nâo é?). O que estou Fazendo Suburbanst, é lamentando mais um caso que o Orgão não prioriza e nao mostra boa vontade de nem se quer dar o início ao Projeto de Duplicação. E pelo jeito, vc deve ser mais um que não está nem aih com a Matéria e nunca perdeu alguem que era seu Companheiro, numa Rodovia Assasina graças ao descaso do DNIT. Eu já perdi 3 amigos por causa dessas má qualidades das BRs e tudo administrado pelo DNIT. Talvez vc nem saiba e com certeza nem se importa, mais fique sabendo disso que falo pra vc. Eu já perdi 3 amigos em Acidente nessas Estradas Federais, OK!
Por exemplo, esses Acidentes(sem culpar os Motoristas) é o resultado da má qualidade do Orgao. A demora nas Licitaçoes, Projetos e nas Licenças Ambientais. Enquanto isso vai demorando a ser prioridade ao Governo, muitos acidentes vao ocorrer, E SÓ TE DIGO UMA COISA Amigo, vc e Eu e todos nós aqui, podemos um dia ser Vítimas dessas Estradas Assasinas administradas pelo DNIT. Depois nao venha me dizer assim "Ahh, Eu só ando de Avião" e "Eu só ando nas Estradas Paulistas e no Sul do Brasil, porque sâo boas e tem Pedágios", entao tah!! Só te digo uma coisa com toda Sinceridade, Voçê um dia vai precisar de utilizar e viajar nessas Estradas assasinas do DNIT, ou seja amigo, tome cuidado para Voçe e sua Família não serem as próximas vítimas dessas BRs assasinas...(falo como amigo)

Eu sou assim mesmo amigo, gostando ou nao, vou sempre protestar contra as má qualidades oferecidas pelo Governo. Se vcs querem me calar, nao calarei porque estamos num Pais democrático e aqui no SSC Forum também temos o direito de se expressar e protestar(logico! sem ofensas e tumulto contra outra Pessoa).

Só quero que voçe Sr Suburbanist (um dos meus Inimigos aqui no SSC :lol:) que entenda a minha indignaçao. Afinal, dúvido que vc vai me responder de volta(toda vez que respondo e me defendo, vc nunca retorna e nem dar atenção... já me acostumei sem problemas :)) Pelo menos, só quero que vc entenda. OK! Abraços!
 

·
Not Registered User
Joined
·
3,978 Posts
^^ paulo lima, comportamento birrento e histriônico à parte, será que vc precisa colar a mesma notíca e os mesmos impopérios/ataque de nervos (ou ataque de dedos-no-teclado) em 4 threads diferentes????

Pode reclamar e "extravasar" como vc gosta de defender seu estilo de postagem. Mas pq fazer spam em vários threads?
:)

Meus olhos doem.
:lol:

O Suburbanist não vai fazer nada mesmo. Mas eu vou te suspender por 7 dias, por fazer spam pelo fórum.
:rofl:
 
  • Like
Reactions: luancarpe
1 - 19 of 19 Posts
Status
Not open for further replies.
Top