SkyscraperCity banner
1 - 18 of 18 Posts

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Estava comentando em um thread sobre a situação da rede de esgoto na minha cidade, o quanto estava triste. Fui atras dos dados. Acabei colocando tb o da piramide etaria pq achei interessante e outros mais nacionais pra comparar com outras regioes, e a triste distancia entre elas. Depois da divulgação final do censo, esses dados vão mudar pq o ano que estava no site do governo federal era de 2000 nos esgotos, 2006 nas piramides e a maioria 2008 nos nacionais.

Então..... O trofeu esgoto vai para Brasilia! com 82,8% da popaulção recebendo a rede de coleta de esgoto

PS1: Coloquei mais cidades de MS pq é meu estado e cansei de fazer esses dados, então coloquei as 4 maiores de MT e GO pelo censo divulgado essa semana.
PS2: As imagens com os dados foram retiradas do site do governo federal http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/tabfusion/tabfusion.cfm


Brasília

Brasilia por HelderCosta
BrasiliaEt por HelderCosta

Mato Grosso do Sul

Campo Grande


CG por HelderCosta
CGEt por HelderCosta

Dourados

Dourados por HelderCosta Dourados por HelderCosta

Corumba

Corumba por HelderCosta
CorumbaEt por HelderCosta

Três Lagoas
3L por HelderCosta
3LEt por HelderCosta

Ponta Porã

PontaPora por HelderCosta
PontaPoraEt por HelderCosta

Aquidauana

Aquidauana por HelderCosta
Aquidauana por HelderCosta

Navirai

navirai por HelderCosta Naviraiet por HelderCosta

Nova Andradina

NovaAndradina por HelderCosta NovaAndradinaEt por HelderCosta


Mato Grosso

Cuiaba
Cuiaba por HelderCosta
CuiabaEt por HelderCosta

Várzea Grande

VG por HelderCosta
VGet por HelderCosta

Rondonópolis

Rondonopolis por HelderCosta
RondonopolisEt por HelderCosta

Sinop

Sinop por HelderCosta
SinopEt por HelderCosta

Goiás

Goiânia

Goiania por HelderCosta
GoianiaEt por HelderCosta

Aparecida de Goiânia

Apgoiania por HelderCosta
ApgoianiaEt por HelderCosta

Anápolis

Anapolis por HelderCosta
AnapolisEt por HelderCosta

Rio Verde
RioVerde1 por HelderCosta
RioVerdeEt por HelderCosta

Alguns dados Nacionais

1 por HelderCosta
2 por HelderCosta
3 por HelderCosta
4 por HelderCosta
 

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Vou deixar mais resumido aki os dados da rede de coleta de esgoto (sem as varias figuras), que era o principal obejtivo quando fui atras dessas estatisticas.

Saneamento por estado em 2008 em proporção a população atendida
  1. Distrito Federal - 96,71%
  2. Mato Grosso - 52,76%
  3. Goias - 35,09%
  4. Mato Grosso do Sul - 23,26% tb último da lista nacional

Rede de esgoto em 2000 das 4 principais cidades em nº hab de cada estado segundo dado do IBGE divulgado 04/11/2010
  1. Brasília - 82,8%
  2. Goiania - 73,3%
  3. Cuiaba - 51,8%
  4. Rio Verde - 48,9%
  5. Anapolis - 46,4%
  6. Rondonopolis - 26%
  7. Dourados - 19,7%
  8. Campo Grande - 17,6%
  9. Tres Lagoas - 13,7%
  10. Aparecida de Goiania - 13,2%
  11. Varzea Grande - 10,8%
  12. Corumba - 7,2%
  13. Sinop - 0,2%

Olha a diferença da maior parte do CO com a região SE do pais na figura que tem todos os estados, enquanto no sudeste tem varias cidades com quase 100% de esgoto duvido q tenha uma no CO que tenha quase 100%, tirando brasilia (não olhei uma por uma pra ter certeza disso).



PS3: axo q era pra ter colocado na parte de noticias do CO mas acabei colocando no forum regional do CO sem intenção, não sei como mudar
 

·
Bolsão sul matogrossense
Joined
·
933 Posts
Três lagoas está debaixo de dois aquíferos com agua mineral o preço da agua aqui é um absurdo para onde vai o dinheiro ? essa Sanesul pior empresa de saneamento do Brasil
 

·
Registered
Joined
·
2,440 Posts
Estava comentando em um thread sobre a situação da rede de esgoto na minha cidade, o quanto estava triste. Fui atras dos dados. Acabei colocando tb o da piramide etaria pq achei interessante e outros mais nacionais pra comparar com outras regioes, e a triste distancia entre elas. Depois da divulgação final do censo, esses dados vão mudar pq o ano que estava no site do governo federal era de 2000 nos esgotos, 2006 nas piramides e a maioria 2008 nos nacionais.

Então..... O trofeu esgoto vai para Brasilia! com 82,8% da popaulção recebendo a rede de coleta de esgoto
Vc criou a thread no lugar errado, peça para algum Moderador transferir a sua thread para as Noticias da Região.
 

·
CGr / MS / C-O / BR
Joined
·
18,954 Posts
Esses dados são de 2000, não de 2010, como você disse. Mas já haviam sido divulgados há muito tempo.

A rede coletora de esgoto em Campo Grande hoje gira em torno de 60% após a concessão dos serviços de saneamento básico para a iniciativa privada, que implantou o programa Sanear Morena. E o povo acha que privatização é ruim...
 

·
CGr / MS / C-O / BR
Joined
·
18,954 Posts
Já a Sanesul não quis ficar para trás e perder mais cidades, está implantando 100% de coleta de esgoto em Corumbá e Bodoquena, investindo pesado em outras cidades turísticas, Três Lagoas e Dourados.


Vamos aguardar os números de 2010.
 

·
CGr / MS / C-O / BR
Joined
·
18,954 Posts
Três lagoas está debaixo de dois aquíferos com agua mineral o preço da agua aqui é um absurdo para onde vai o dinheiro ? essa Sanesul pior empresa de saneamento do Brasil
O solo filtra. As pessoas acham que fossa séptica é um problema, quando na verdade é uma solução. O problema, é que elas não sabem o que é uma fossa séptica e acabam construindo só o sumidouro, que é um dispositivo integrante da fossa séptica, onde é despejado somente os resíduos líquidos. Os resíduos sólidos (lodo) devem ser retidos em uma caixa de concreto (a fossa, em si), onde são decompostos e recolhidos periodicamente por aqueles famosos caminhões cheirosos. :lol:

É uma forma de tratamento, e eficiente. Obviamente não pode ser utilizada em locais com lençol freático muito alto. Primeiro porque o sumidouro corre o risco de ficar "afogado" no período de chuvas, e depois deve haver uma camada de solo para cumprir o papel de filtro.
 

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #9 ·
Vc criou a thread no lugar errado, peça para algum Moderador transferir a sua thread para as Noticias da Região.
Já enviei uma mensagem pra Naipesky e Tiago Costa pedindo a alteração. Não tava sabendo como fazia isso....
 

·
Quem cala consente.
Joined
·
2,737 Posts
Esses dados são de 2000, não de 2010, como você disse. Mas já haviam sido divulgados há muito tempo.

A rede coletora de esgoto em Campo Grande hoje gira em torno de 60% após a concessão dos serviços de saneamento básico para a iniciativa privada, que implantou o programa Sanear Morena. E o povo acha que privatização é ruim...
Verdade, estão bem desatualizados, aqui no DF já passa, e significativamente, dos 90%.
 

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #11 ·
^^ Os mais atualizados seriam os de 2008 só que é apenas com os estados. Os dos municipios inidividualmente só tinha no site até 2000. Brasilia é a unica que dá pra ver a evolução entre 2000 e 2008 pq é colocado o distrito federal junto com os outros estados, os 82,8% foi só pra comparar com os municipios, mas em 2008 brasilia ja estava com 96,71%. Coloquei mais essas informações tb pra mostrar que esse investimento subterraneo é pouco priorizado em varias cidades. Uma rua asfaltada nem sempre é sinonimo de rede de esgoto.
 

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #14 ·
Como já falaram a situação ta mudando em alguns municipios da regiao (já investiram ou com projetos para saneament) e em outros nem tanto, como nessas noticias q foram divulgadas, algumas ANTIGAS mas deste ano:

Rondonópolis irá receber R$ 105 milhões do PAC 2 e Cuiabá R$ 147 mi

O município de Rondonópolis (212 km de Cuiabá) será contemplado com o recurso de R$ 105 milhões proveniente da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. A informação foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (12). Outros municípios do Estado também conquistaram recursos, sendo Cuiabá R$ 147 mi, Tangará da Serra R$ 45 mi, Cáceres R$ 14 mi e Sinop o valor de R$ 12 milhões.
Os projetos contemplam as áreas de habitação, pavimentação urbana e drenagem de galerias pluviais e saneamento. O recurso é quase todo do Orçamento Geral da União (OGU), sendo que R$ 19 milhões serão pagos pelo município ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Para o prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), o sentimento é de orgulho para todos que trabalharam para elaborar os projetos selecionados. “É um orgulho para nós. Rondonópolis é visto como um município exemplo de Mato Grosso. Não tem nenhum que está na nossa situação. Sinop nem começou o esgoto”, declarou.
O setor de saneamento básico receberá R$ 72 milhões para obras de água (R$ 47 mi) e esgoto (R$ 25 mi). Conforme a diretora geral do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis – Sanear, Terezinha Silva, a prefeitura irá construir um coletor de esgoto no Jardim Atlântico, o qual vai margear o Rio Vermelho e seguir para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Além disso, serão complementadas obras do PAC 1, com estações elevatórias e redes de coleta de esgoto.
http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?edt=25&id=141801

Obras de esgotamento sanitário no bairro Renascer estão em fase conclusivas

A Prefeitura de Cuiabá, em parceria com o Governo do Estado, deve concluir nas próximas semanas as obras de esgotamento sanitário do bairro Renascer, localizado próximo a estrada do Moinho, região Sul de Cuiabá. Conforme o engenheiro fiscal da Companhia de Saneamento da Capital, Rubens Jacinto do Espírito Santo, as obras se encontram com 80% de rede coletora executadas do total de nove mil metros.
O engenheiro informa ainda, que o Renascer receberá, além da rede coletora, 1.092 caixas de ligações domiciliares, das quais 600 já foram instaladas, e uma estação elevatória para receber o esgoto, que, posteriormente, será lançado e tratado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Engenheiro Zanildo Costa Macedo, no bairro Dom Aquino.
A presidente da Sanecap, Eliana Rondon, ressalta que as obras de esgoto do Renascer fazem parte de uma campanha de preservação dos córregos e rios de Cuiabá, que juntamente com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), vão garantir a ampliação da capacidade de coleta e tratamento do esgoto produzido na capital. “Mais de 70% de todo esgoto de Cuiabá será coletado e levado a uma estação para ser tratado e, posteriormente, ser devolvido ao meio ambiente. Essa ação além de preservar os rios e córregos vai refletir em algo muito mais importante que será preservação do Pantanal”.
http://www.24horasnews.com.br/index.php?mat=293632

Funasa de MS autoriza pagamento para iniciar obra de Esgoto em Amambai

A Superintendência Estadual da FUNASA em Mato Grosso do Sul, autorizou hoje (16), R$ 1.140.000,00, relativo a primeira parcela do Termo de Compromisso do PAC/Funasa/Governo do Estado, beneficiando o município de Amambai (MS) com recursos para iniciar as obras de Esgotamento Sanitário na cidade.
O investimento total da Funasa e Governo do Estado em obras de esgoto é de R$ 4.222.222,22, destes R$ 3,8 milhões são do PAC/FUNASA.
O investimento em Amambai vai garantir a construção de quatro estações elevatórias para atender o processo de coleta e auxílio no bombeamento do esgoto coletado em todos os pontos da cidade, além da implantação de 5.808 metros de rede coletora e 2.912 metros de linhas de recalque (tubulação) para levar o esgoto para tratamento.
Será implantado também um Ralf (caixa para armazenamento de esgoto) com capacidade de 40 litros por segundo, para auxiliar a Estação de Tratamento de Esgoto construída em 1993 na cidade que hoje atua com sobrecarga no limite, com capacidade de 7 litros por segundo.
Atualmente os 23.700 habitantes de Amambaí são atendidos com 50% de rede de esgotamento sanitário, com 2.100 ligações domiciliares. Com este investimento do PAC/FUNASA mais de 80% da cidade ficará saneada”, explicou o superintendente da Funasa de Mato Grosso do Sul, Flavio Britto.
http://www.pantanalnews.com.br/contents.php?CID=63424

Projetos do Estado viabilizam mais de R$ 142 mi do PAC 2

Todos os projetos apoiados pelo PAC 2 encaminhados pelo Estado contemplam os municípios com obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Dourados é o município com o maior valor aprovado pelo governo Federal em um único projeto, enviado pelo governo do Estado. No município serão investidos R$ 47,40 milhões, somente do PAC, na ampliação do sistema de esgotamento sanitário com a implantação de ligações, rede coletora, interceptores, linhas de recalque, entre outras obras.
A cidade de Três Lagoas também terá a ampliação do sistema de esgotamento sanitário com a implantação de uma nova rede de esgoto. A obra proposta pelo governo do estado foi aprovada e está na lista do PAC 2 com recursos previstos de R$ 40 milhões. Para o município de Ponta Porã serão viabilizados R$ 8.870.000 para obras de ampliação do sistema de abastecimento de água com a implantação de poço e adutora.
Entre projetos da prefeitura e do governo do Estado, Corumbá terá recursos de R$ 49.390.000 para várias obras. Deste total, R$ 34.650.000 são investimentos provenientes de projetos enviados pelo governo do Estado e aprovados pelo governo Federal. Serão investidos R$ 19,17 milhões na ampliação do sistema de abastecimento de água e outros R$ 15,48 milhões para a ampliação do sistema de esgotamento sanitário.
http://www.acritica.net/index.php?conteudo=Noticias&id=26524&edicao=1512


Aparecida e outros municípios exigem da Saneago investimento em esgoto sanitário

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), juntamente com os chefes de Executivo de outros quatro grandes municípios de Goiás, Jataí, Luziânia, Rio Verde e Trindade, esteve reunidono último dia 6 de julho, com o presidente da Saneamento de Goiás S/A (Saneago), Nicomedes Borges, para cobrar uma solução urgente para o problema da falta de esgoto sanitário nessas cidades. Em comum, os municípios possuem uma grande população e o pouco investimento no sistema de captação de resíduos sanitários. A iniciativa dos prefeitos conta com o apoio da Frente de Mobilização Municipalista (FMM), entidade na qual se reuniram antes de irem até a Saneago.
Em Aparecida, por exemplo, conforme Maguito, o esgoto sanitário atende apenas 15% da população. Entre as propostas apresentadas pelos prefeitos está o estabelecimento de parcerias público-privadas (PPP’s) ou até o fim das concessões municipais ao órgão estadual, caso a estatal não tenha uma solução para o problema. “Essa é uma das saídas que encontraremos depois de esgotadas todas as negociações”, afirmou o prefeito aparecidense, salientando que outra reunião com o mesmo grupo e o presidente da Saneago está marcada para os próximos dias.
Outra alternativa para exigir que a Saneago faça os investimentos necessários será por meio de uma ação judicial. Segundo o secretário da Fazenda de Aparecida, Carlos Eduardo de Paula Rodrigues, que acompanhou a reunião dos prefeitos, a busca de uma solução na Justiça será o último recurso. “Isso será feito se a estatal não nos atender dentro dos parâmetros que são necessários para beneficiar a população. É a Saneago que tem a concessão, mas os empréstimos são feitos em nome dos municípios, com o aval das administrações. Por isso, a empresa tem a obrigação de resolver o problema o mais rápido possível”, afirmou Carlos Eduardo.
Caso seja efetivado o rompimento na concessão à Saneago, o serviço será realizado em Aparecida de Goiânia por meio de uma empresa municipal, a ASA, Agência de Saneamento de Aparecida, que já foi criada pelo prefeito Maguito Vilela e aprovada pela Câmara Municipal. Atualmente a ASA tem a finalidade de fiscalizar os trabalhos executados pela Saneago.
Além de Maguito e do secretário da Fazenda, Carlos Eduardo, participaram da reunião os prefeitos de Luziânia, Célio Silveira (PSDB), de Trindade, Ricardo Fortunato (PMDB), de Jataí, Humberto Machado (PMDB), e de Rio Verde, Juraci Martins (DEM). “Temos que resolver esse gargalo o mais rápido possível, pois é impossível que uma cidade do porte de Aparecida de Goiânia e desses grandes municípios tenham que conviver com uma situação tão deficitária no setor de esgoto sanitário, em pleno século 21”, finalizou Maguito.
http://www.jornaloreporter.com.br/p...m-da-saneago-investimento-em-esgoto-sanitario

Inaugurada pelo Governador a Estação de Tratamento de Esgoto

Em visita ontem, 10, à Iporá, o Governador Alcides Rodrigues (PP) inaugurou a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), obra em extensão que vai atender 25% de Iporá com este serviço. São 1.821 ligações possíveis na área central da cidade. A obra tivera início 12 anos atrás e tinha ficado paralizada por 10 anos.
Esgoto sanitário é saúde
Ao falar da obra entregue, o Governador Alcides Rodrigues disse que esgoto sanitário significa saúde e falou da satisfação em entregar o benefício para o povo iporaense, 43 quilometros de rede e mais a Estação de Tratamento, obra no valor de 14 milhões e 762 mil reais.
http://www.oestegoiano.com.br/site/...-governador-a-estacao-de-tratamento-de-esgoto
 

·
Registered
Joined
·
768 Posts
Discussion Starter · #15 ·
Nao procurei mais noticias mas dá pra ver q há grandes investimentos nessa área. Sinop q ainda nao tem foi contemplada no PAC pra investir. Aparecida de goiania foi cobrar da saneago mais investimentos. Cuiaba de quase 50% em 2000 já ta com mais de 70% de coleta. Vou esperar novos dados do ibge.
 

·
Am I bovvered?
Joined
·
3,935 Posts
Nossa, fico feliz por Brasilia estar no topo de rankings tão importantes. Espero que em quatro anos nosso saneamento chegue a 100%.
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
^^Já era para ter alcançado, acontece que o GDF está acabando com as fossas septicas e poços artesianos, e colocando tudo na rede geral. Por isso que os números não são favoráveis ainda.

Com certeza esse ano passamos dos 95%.
 
1 - 18 of 18 Posts
Top