SkyscraperCity banner
1 - 20 of 36 Posts

·
Registered
Joined
·
4,520 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Elizabeth Lopes

Agência Estado


O governo de São Paulo publicará em 15 dias o edital de convocação de audiência pública do Expresso Aeroporto e do Trem de Guarulhos e dentro de um mês deverá publicar o edital de concorrência desta obra, estimada em cerca de R$ 3,4 bilhões, incluindo os custos de infra-estrutura e modernização das linhas existentes, e que será feita no modelo de concessão pública à iniciativa privada. A informação do início formal do processo desta obra, que vai fazer a ligação ferroviária entre as cidades de São Paulo e Guarulhos, incluindo o Aeroporto de Cumbica, foi dada hoje pelo secretário estadual de Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella. "Dentro de 15 dias estaremos divulgando o edital de audiência pública que precede a licitação (da obra), prevista para daqui a um mês", disse Portella.

O edital de convocação para audiência pública será publicado após a aprovação do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização (PED). E a previsão é de que o edital de licitação da obra seja publicado 15 dias úteis após a realização da audiência pública. Na entrevista concedida hoje, após inaugurar as duas novas estações da CPTM que irão funcionar no padrão do Metrô - Jardim Helena (Vila Mara) e Itaim Paulista, da linha 12-Safira (Brás - Calmon Viana), o secretário Portella estimou que o edital de licitação do projeto Expresso Aeroporto e do Trem de Guarulhos seja publicado em cerca de um mês.


O secretário disse também que os trens começarão a ser testados no final de 2010 e o início das operações comerciais está previsto para o início de 2011. A empresa ou consórcio que vencer a licitação deverá tocar os dois projetos, o Expresso e o Trem, que utilizarão a mesma linha ferroviária. O Expresso Aeroporto terá 31 quilômetros de extensão, sem paradas entre a Estação da Luz e o Aeroporto de Cumbica, num trajeto que deverá ser feito em 20 minutos, com intervalo de 15 minutos entre os trens. A idéia é que as estações funcionem também como um terminal aeroportuário, onde os passageiros poderão fazer o check-in antecipado. A tarifa estimada nesse trecho é de R$ 23, valor cobrado pelos ônibus que fazem esse trajeto.


O Trem de Guarulhos sairá da Estação Brás, com parada da Estação Engenheiro Goulart, na zona leste, e terá como destino o Conjunto Habitacional Zezinho Magalhães (Parque Cecap), próximo a Cumbica. A previsão inicial de transporte de passageiros deste trem é de 100 mil ao dia, e numa segunda etapa deverá chegar a 200 mil/dia. Os dois projetos irão aproveitar parte da faixa ferroviária da CPTM no local, mas atuarão com serviços diferenciados. O trem que irá para o aeroporto, por exemplo, é de alta velocidade, estimada em mais de 100 quilômetros por hora e a previsão inicial de passageiros ao dia é de 20 mil usuários.
 

·
Registered
Joined
·
10,229 Posts
Não, o trem de Guarulhos, é um serviço separado do Expresso Aeroporto, mas que será construído pela empresa vencedora. Será como qualquer outra linha da CPTM, com o mesmo preço e parando em Goulart, Tatuapé e Brás, integração gratuita

Ou seja, a construção do Trem de Guarulhos (linha 13) é a contrapartida da PPP (é assim que chama ?).
A empresa constrói a linha 13 para a CPTM e ganha o direito de explorar o serviço do Expresso por x anos
 

·
Moderator
Joined
·
38,496 Posts
Na verdade, antes seria uma PPP. Mas pelo jeito que a notícia dá a entender, parece que vai ser uma concessão comum (só com dinheiro da iniciativa privada). Acho que o fato de o Brasil ter o rating da sua dívida aumentado ajudou a fazer investidores serem mais corajosos ao investir sozinhos nesse projeto. Antes, poucas empresas se interessariam em entrar nessa concessão e investir sem dinheiro do governo como contrapartida, devido à percepção de risco que elas tinham.
 

·
Registered
Joined
·
4,520 Posts
Discussion Starter · #7 ·
E a estação Penha, será construída agora, ou será que vão esperar primeiro fazer a linha toda e deixa-la ativa pra depois incluir outra estação?

Será que Engº Goulart seria reformada?
 

·
bye Iguaçu, hi Tietê
Joined
·
12,269 Posts
Na verdade, antes seria uma PPP. Mas pelo jeito que a notícia dá a entender, parece que vai ser uma concessão comum (só com dinheiro da iniciativa privada). Acho que o fato de o Brasil ter o rating da sua dívida aumentado ajudou a fazer investidores serem mais corajosos ao investir sozinhos nesse projeto. Antes, poucas empresas se interessariam em entrar nessa concessão e investir sem dinheiro do governo como contrapartida, devido à percepção de risco que elas tinham.
Eu havia lido algo diferente: que seria uma concessão após o investimento inicial do GESP. Isto é, o governo estadual faz uma parte do serviço (que não me lembro qual é - provavelmente algo como desapropriações e ajustes da estrutura física existente), daí a concessionária assume o serviço, termina as linhas e passa a operar a concessão. A vantagem em relação à PPP é que as responsabilidades das partes ficam mais estanques, e evita tumultos contratuais.
Achei uma referência a isto, veja http://www.seesp.org.br/1/index.php?option=com_content&task=view&id=444&Itemid=9 . Não sei se continua sendo exatamente isto (os valores parecem bem diferentes), mas a notícia é recente.
 

·
Registered
Joined
·
10,229 Posts
E a estação Penha, será construída agora, ou será que vão esperar primeiro fazer a linha toda e deixa-la ativa pra depois incluir outra estação?

Será que Engº Goulart seria reformada?
Acho que Penha virá na 2ª/3ª fase da linha 12 (não sei se teria uma 3ª fase), com a reforma e/ou reconstrução das outras estações (já vi renders de Manoel Feio e São Miguel).

A última noticia que vi dizia que a linha 13 compartilharia as trilhos com a 12 até Eng Goulart, então acredito que até perto de Eng Goulart seriam apenas as 2 vias e quando chegasse em Eng Goulart as linhas já se dividiriam e teriam suas plataformas separadas
 

·
Registered
Joined
·
4,520 Posts
Discussion Starter · #11 ·
Acho que Penha virá na 2ª/3ª fase da linha 12 (não sei se teria uma 3ª fase), com a reforma e/ou reconstrução das outras estações (já vi renders de Manoel Feio e São Miguel).

A última noticia que vi dizia que a linha 13 compartilharia as trilhos com a 12 até Eng Goulart, então acredito que até perto de Eng Goulart seriam apenas as 2 vias e quando chegasse em Eng Goulart as linhas já se dividiriam e teriam suas plataformas separadas
Essa noticia mudou um pouco quanto ao que era especulado a uns tempos atrás...

O Expresso seria em subterrâneo da Luz até o ponto onde L11 e L12 se separam, ai seguiria em elevado até algum ponto depois de Engº Goulart onde acompanharia uma traçado novo até o Aeroporto enquanto que o Trem de Guarulhos dividiria a linha com a F de Brás até Engº Goulart e seguiria em via exclusiva até Cecap. Hoje realmente não sei...

Eu considero 3 plataformas em Engº Goulart o ideal, sentidos Cecap, Calmon Viana e Brás para as 2 linhas, seria bom se fosse assim em Tatuapé, mas não é possível.

Futuramente a CPTM poderia ter integração com o metrô linhas 2 e 3 em Tatuapé, já que é uma estação grande, teria muita utilidade pra distribuir o sistemas, assim como as estações Lapa e Água Branca integrada.

Sugestão: Abrir um thread oficial linhas 13/14 quando a licitação estiver pronta.
 

·
Registered
Joined
·
10,229 Posts
Essa noticia mudou um pouco quanto ao que era especulado a uns tempos atrás...

O Expresso seria em subterrâneo da Luz até o ponto onde L11 e L12 se separam, ai seguiria em elevado até algum ponto depois de Engº Goulart onde acompanharia uma traçado novo até o Aeroporto enquanto que o Trem de Guarulhos dividiria a linha com a F de Brás até Engº Goulart e seguiria em via exclusiva até Cecap. Hoje realmente não sei...
Foi exatamente o que eu disse ¬¬
Eu falei só do trem de guarulhos/linha 13. O expresso desde sempre teria que ser subterrâneo
 

·
Registered
Joined
·
4,520 Posts
Discussion Starter · #13 ·
Foi exatamente o que eu disse ¬¬
Eu falei só do trem de guarulhos/linha 13. O expresso desde sempre teria que ser subterrâneo
"A empresa ou consórcio que vencer a licitação deverá tocar os dois projetos, o Expresso e o Trem, que utilizarão a mesma linha ferroviária"

Esse trecho no texto principal dá uma outra idéia, será que nesse meio tempo mudaram o projeto?

Mesmo após Engº Goulart já pulando pra Guarulhos seria 2 vias (ou era via singela com trechos adapados, não me recordo) para o Expresso e 2 para o Trem de Guarulhos
 

·
Registered
Joined
·
10,229 Posts
Bom, joranais erram o tempo todo, e não foi muito divulgado a noticia do compartilhamento, e eu acredito que tenha sido um pouco de achismo do jornalista, pelo fato dos dois projetos serem tocados pela mesma empresa vencedora, deve ter concluído que seriam na mesma via (expresso e linha 13)
O expresso terá via singela com pontos de transposição, por isso a pontualidade é importantissima.
 

·
bye Iguaçu, hi Tietê
Joined
·
12,269 Posts
É, mesma linha pode tanto significar "mesma via" como "mesmo caminho, ainda que em vias paralelas". A última previsão era que o expresso aeroporto tenha via singela, com 3 trechos de ultrapassagem, e o trecho exclusivo da linha 13 (após eng. Goulart) seja em via dupla. Qual a previsão da freqüência da L13? 8 minutos? Com a L12 com freqüência de 4 minutos, a folga para a sinalização da linha compartilhada é bem pequena.
Em Munique, 8 linhas compartilham o trecho central da S-Bahn (trem de subúrbio). As estações onde ocorrem as bifurcações têm sempre 2 plataformas para o sentido centro, para facilitar a sincronização dos trens. No sentido subúrbio, a plataforma costuma ser única, exceto em um caso que há inversão do sentido do trem. Poderia ser que Eng. Goulart tenha esta mesma necessidade; mas pode ser que tecnologias mais modernas garantam uma operação síncrona sem riscos para a junção das linhas.
 

·
Registered
Joined
·
4,520 Posts
Discussion Starter · #16 ·
Esse trem de Guarulhos se não me engano acho que terá headway entre 10 e 15 minutos com composições formadas por 8 carros, se o tempo de viagem estimado for 25 minutos dá tranquilamente pra rodar com 5/6 composições.

Na fase de teste poderia circular entre Parque Cecap e Engº Goulart.
 

·
Land of the 1st flight
Joined
·
4,569 Posts
Ainda acho que o Trem de Guarulhos será ineficiente, pois poderia atender realmente o centro de Guarulhos e os bairros mais populosos e/ou distantes. Se for só para chegar em Guarulhos era melhor fazer um shuttle da estação da linha 12 mais próxima até um local próximo já dentro de Guarulhos e pronto.
Quanto ao Expresso Aeroporto, não tenho dúvidas que ele é necessário já há muito tempo e as possibilidades de ajudar a revitalizar o centro e de se fazer o check-in na própria Luz são muito interessantes. Insisto na passagem subterrânea Luz-JP, ainda mais agora com a Sala SP e com o projeto Nova Luz.
 

·
Banned
Joined
·
993 Posts
Putz... porque fizeram essas duas estações tão próximas e sem ligação entre elas??

Podiam deixar a JP para trens diferenciados (TAV Campinas/Rio/São Paulo, expresso Aeroporto e espero que outros trens que venham a sair dali para o interior), com a ligação Subterrânea com a Luz, e para os trens chegarem ali que fosse pelo subterrâneo, até sair na plataforma da estação, sei lá, posso estar viajando.
 
1 - 20 of 36 Posts
Top