SkyscraperCity banner
1 - 7 of 7 Posts

·
on my way to the OR trail
Joined
·
7,015 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Denise Zandonadi
[email protected]

O Porto de Tubarão é o terminal de embarque de granel sólido mais eficiente do mundo, quando comparado com outros nove terminais que operam o mesmo tipo de carga, conforme informações de estudo realizado pelo professor do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da USP, Marcos Pinto.

O grau de eficiência do porto capixaba, que pertence à Vale, supera, inclusive, o de terminais australianos, como o Dampier, o Port Headland e o da Noruega. O estudo comprovou que, utilizando a mesma área de estocagem e os mesmos ativos, Tubarão consegue ser 35% mais eficiente em em relação ao volume embarcado de granéis.

Para o diretor do departamento de Desenvolvimento e Gestão de Portos e Navegação da Vale, Fábio Brasileiro, o Porto de Tubarão chegou a esse grau de eficiência em função dos investimentos realizados na infraestrutura do próprio terminal, na área construída para estocagem e nos equipamentos para manuseio das cargas. "Além disso, a empresa investe também no treinamento de pessoal. No ano passado, foi criado o primeiro curso de Engenharia Portuária do país para atender à demanda da empresa".

No caso de Tubarão, a Vale está investindo tanto da Estrada de Ferro Vitória-Minas quanto no complexo portuário, objetivando aumentar a capacidade para o embarque de 120 milhões de toneladas por ano. O custo total estimado desse investimento é de US$ 553 milhões, segundo Brasileiro.

Brasileiro, que responde pela área portuária da Vale nos sistemas Sul e Norte da empresa e também em outros países, disse que a companhia planeja investir US$ 11,4 bilhões nos portos e nas ferrovias nas regiões Sudeste e Norte do país.

"Falar em eficiência portuária não é possível sem falar em ferrovias e em resolução de outros gargalos que impedem a chegada das cargas aos navios", explica Brasileiro.

Contrastes
Para o pesquisador da USP, o resultado da pesquisa surpreende apenas "quando se observa o desempenho dos portos públicos que ficaram mais de 30 anos sem receber investimentos". Em relação aos terminais privados, a situação é diferente, observa ele.

"O Brasil é um país de verdadeiros contrastes quando se trata de portos: alguns são muitos bons, mas outros são verdadeiras calamidades", afirma Marcos Pinto. O pesquisador da USP acredita que, se todos os terminais portuários tivessem um grau de eficiência como os melhores do país, o Brasil teria capacidade portuária ociosa somente com a estrutura que existe hoje.

Capacidade

120 milhões
de toneladas por ano é quanto poderá ser embarcado pelo Porto de Tubarão a partir de 2010.

Sobre o terminal

Investimentos. A Vale investirá US$ 11,4 bilhões no sistema portuário e de logística da empresa em todo o país nos próximos cinco anos. No Sudeste, será feita a adequação da Estrada de Ferro Vitória–Minas, além de investimentos no complexo de Tubarão, como a instalação do quinto virador de vagões e a substituição dos quatro em operação. O objetivo é diminuir o tempo do ciclo de descarga de 90 para 79 segundos e aumentar a capacidade de cada virador de 6 mil toneladas por horas para 7 mil toneladas por horas.

Carregadores.
O sistema de embarque em Tubarão consiste na substituição dos carregadores de navios 1 e 2, do píer 1. Os carregadores devem ser capacitados à taxa nominal de 13.350 toneladas por hora. Haverá também a substituição das linhas de correias transportadoras que chegam a esse píer.

http://gazetaonline.globo.com/index.php?id=/local/a_gazeta/materia.php&cd_matia=520999
 

·
Registered
Joined
·
2,837 Posts
Excelente notícia!

Torço para que com os investimentos prometidos pelo governador, nossos portos públicos também consigam atingir esse mesmo grau de eficiênica do Porto de Tubarão. Caso as modernizações ocorram, o complexo portuário de Vitória se consolidaria como um dos mais importantes do continente...
 

·
Registered
Joined
·
209 Posts
E depois reclama das privartizações, se a Vale estivesse na mão do governo alguém acha que ela iria investir em infraestrutura desse jeito???
 

·
Registered
Joined
·
7,546 Posts
É a eficiência em esvair as riquezas do país. Bom para europeus e chineses que compram ferro mais barato e ficam ricos às nossas custas.

Por outro lado, temos a siderurgia mais atrasada entre os países industrializados. E uma das piores logísticas domésticas do mundo (para economias com as dimensões do Brasil)
 

·
Banned
Joined
·
9,270 Posts
^^^^^^^^
Verdade com relação a nossa sofrivel infra, mas a culpa por nossas mazelas e´nossa se não temos coragem de clamar por reformas, fiscalizar o governo e exigir retorno por nossos impostos que nao culpemos os estrangeiros. Eles nao roubam nada, compram e pagam caro.....
 

·
Registered
Joined
·
111,658 Posts

Navio de minério gigante a serviço da Vale atraca no Porto de Tubarão no ES; embarcarão é a primeira do mundo capaz de gerar energia com velas rotativas



Navio - Vale - minério - ES - porto de tubarão



primeiro navio de minério a navegar com energia gerada das velas rotativas. Crédito: Anderson Bibico/Divulgação

email sharing button

Atracou nesta terça-feira, no porto de tubarão no ES, o navio gigante de minério a serviço da Vale, que utiliza velas rotativas para gerar energia. Ao total, a embarcação reduzirá até 3,4 mil toneladas de gás carbônico por ano
O primeiro navio de minério de grande porte do mundo, que gera energia com um sistema que é composto por cinco velas rotativas (rotor sails), a serviço da Vale, atracou no Porto de Tubarão, em Vitória, nesta terça-feira (27). A embarcação recebeu o nome de Sea Zhoushan.

 
1 - 7 of 7 Posts
Top