SkyscraperCity banner
1 - 7 of 7 Posts

·
Registered
Joined
·
2,440 Posts
Discussion Starter · #1 ·
O governo do Estado do Espírito Santo assinou, recentemente, protocolo de intenções com o grupo Ferrous Resources – fundo que reúne investidores da Inglaterra, Austrália, Estados Unidos e Brasil – para a construção de um porto no município de Presidente Kennedy, no litoral sul do estado. A meta é implantar um grande complexo minerador, siderúrgico e exportador na região. A previsão é de que as obras tenham início no primeiro semestre de 2011 e estejam concluídas em dezembro de 2013.

De acordo com o gerente de operações portuárias da Ferrous, Marco Aurélio de Azevedo Braga, o empreendimento, incluindo as instalações portuárias e o sistema de filtragem, está estimado em R$ 2,3 bilhões. O megaporto será na Praia das Neves, que faz divisa com o estado do Rio de Janeiro.

Como na região não existe profundidade ideal junto à costa, será construída uma ponte de acesso ao píer que terá 5,2 km. A extensão total do mole, a ser construído em “L”, deverá ser da ordem de 1,5 km. O píer de minério deverá ter 650 metros. A área a ser construída, na primeira fase do empreendimento, será de quatro milhões de metros quadrados.

O porto da Ferrous é projetado para atrair, num primeiro momento, navios Cape Size de até 225.000 DWT e, depois, VLOC de até 335.000 DWT. A meta da empresa é movimentar, a partir de 2014, algo em torno de 25 milhões de toneladas de minério de ferro por ano e, após expansão, cerca de 50 milhões de toneladas anuais.

De acordo com Braga, o plano de negócios da Ferrous prevê a construção de um mineroduto com 420 quilômetros de extensão, com origem nas minas da empresa, no Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais.

Serão movimentados pellet feeds, voltado aos mercados asiático e europeu. Existe, ainda, a previsão de atendimento à demanda interna.

A previsão é de sejam gerados 2,5 mil empregos diretos e 4,4 mil indiretos. E considerando que será um Porto Privativo de Uso Misto, fora da área do Porto Organizado, com operação totalmente mecanizada, só contará com trabalhadores vinculados.

A Ferrous garante ter a preocupação com a infraestrutura do município capixaba. A cidade de Presidente Kennedy é uma das maiores beneficiadas com os royalties do petróleo, mas detém uma das piores posições no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), impulsionado pelo alto grau de analfabetismo da população local.

A cidade tem população estimada em 11 mil. Com a chegada da Ferrous, a previsão é de esse número chegue a dobrar. Com o rápido crescimento a prefeitura de Presidente Kennedy já arregaçou as mangas e pretende elaborar, até setembro próximo, o Plano Diretor para atender a demanda. Já estão implantando a Guarda Civil e a construção de um hospital de emergência.

Além disso, o governo do estado do Espírito Santo se comprometeu, no Protocolo de Intenções, a pavimentar a rodovia ES 060 e a Rodovia do Sol que, no trecho que corta a Praia das Neves, ainda é de terra batida.

A qualidade da mão de obra também recebe atenção. Assim, a Ferrous deverá absorver a maior parte dos profissionais da região. Para isso, o município pretende buscar parcerias com cursos profissionalizantes, como os oferecidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifes), antigo Centro Federal de Estudos Tecnológicos do Espírito Santo (Cefetes).

http://www.brasilcomex.net/integra.asp?cd=3430
 

·
Registered
Joined
·
6,106 Posts
A notícia do empreendimento não é recente...
O que me espanta é Presidente Kennedy ainda não possuir plano diretor elaborado.
 

·
Rodrigo!
Joined
·
10,782 Posts
^^O PDM está em elaboração Doug, acho que felizmente este atual prefeito é melhor que o anterior, a começar pelo corte das grandes festas que aconteciam por lá.
 

·
Registered
Joined
·
6,106 Posts
^^

Já é alguma coisa, mas espero que seja feito mais...
Fiquei surpreso, pois outros municípios do porte de Kennedy já possuem plano diretor, como Quissamã.
 

·
Registered
Joined
·
2,837 Posts
Será um projeto grandioso e fortalecerá bastante a economia da região sul capixaba, fora que dará mais credibilidade ao setor, que vinha recebendo poucos investimentos nos últimos anos.

Ser o estado com o maior e mais diversificado complexo portuário do país, é uma vantagem competitiva essencial para atrair investimentos, e tomara que o nosso governador mantenha a palavra e volte a investir nos portos da capital, que são importantíssimos para nossa economia.
 

·
on my way to the OR trail
Joined
·
7,015 Posts
Um investimento como esse só traz benefícios para o Estado!
Espero que com o PDM elaborado, não ocorra aqui aqueles veeelhos problemas que o Brasil conhece muito bem...
 
1 - 7 of 7 Posts
Top