SkyscraperCity banner
1 - 10 of 10 Posts

·
São José dos Campos
Joined
·
3,630 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Estado retira projeto para Tamoios da gaveta

Transportes

A Secretaria de Estado dos Transportes apresentou ontem a autoridades e representantes da sociedade civil do Litoral Norte o projeto que prevê a duplicação de 15 quilômetros do trecho de serra da Rodovia dos Tamoios, além da construção dos contornos Caraguá-São Sebastião e Caraguá-Ubatuba. O plano, que deverá ser discutido com as prefeituras nos próximos oito meses e tem prazo de quatro anos para conclusão, consumirá R$ 2,5 bilhões e representa a retomada do projeto de ampliação da rodovia, 'congelado' pelo governo do Estado no início da administração de José Serra (PSDB). A proposta apresentada contempla a alteração do traçado no trecho de serra, com a construção de pontes e túneis, que compreenderão 70% da nova pista, destinada ao tráfego no sentido de São José. A princípio, não está prevista a inclusão de pedágios. A apresentação do projeto foi feita no gabinete do prefeito de Caraguá, José Pereira de Aguilar (DEM), por representantes do DER e das empresas responsáveis por sua elaboração.

Fonte: Jornal Vale Paraibano

Até que fim que o estado acordou e está começando a tomar alguma atitude!
 

·
Crucismogiensis
Joined
·
8,405 Posts
Volta e meia aparece essa notícia na mídia, mas nada de concreto é apresentado. Pelo que já foi divulgado, o dinheiro da concessão das rodovias administradas pelo DERSA (Ayrton Senna, Carvalho Pinto e Dom Pedro II) seria (integralmente???) investido nas obras de duplicação do trecho de planalto da Tamoios e logo depois no trecho de serra (que depende de muitíssimas licensas ambientais).

Mas a rodovia precisa urgentemente dessas melhorias, pois o tráfego já é bastante carregado mesmo durante a semana, como pude constatar numa ida recente à Paraibuna numa quarta-feira normal. A dificuldade maior ($$$) será a construção da 2ª pista na Serra do Mar, que provavelmente deverá seguir os moldes da Pista Descendente da Imigrantes, com pouco impacto ambiental (túneis e viadutos). O trecho de planalto não trará tantas dificuldades, já que o atual traçado é bastante moderno (reto e plano), por ter sido construído na década de 70 e já possui uma boa largura, pois as pistas de ambos os sentidos contam com as faixas auxiliares. A maior dificuldade neste trecho será a construção de outras pontes sobre os rios e a Represa de Paraibuna.

A duplicação da Tamoios e a construção dos contornos viários de São Sebastião e Caraguatatuba são imprescindíveis, visto que o atual sistema viário da região não suporta o afluxo de turistas há pelo menos 10 anos. No reveillon e no carnaval é comum as pessoas demorarem 4 horas para irem de Caraguatatuba à Ubatuba e 2 horas de Caraguatatuba para São Sebastião (apenas 25 km). Para quem não conhece, a Rodovia Rio-Santos passa no meio do centro comercial de São Sebastião, cheio de semáforos e lombadas-eletrônicas. Já no centro de Caraguatatuba não há uma continuidade desta rodovia, devendo os motoristas se “embrenharem” pelo centro desta para seguirem até Ubatuba.

E o “problema” não será só os turistas, pois não podemos nos esquecer que começarão em breve a ser construídos em Caraguatatuba e São Sebastião as plantas industriais para processamento e bombeamento de petróleo e gás natural da Petrobrás, devido à proximidade dessas cidades com a Bacia de Santos. Os lançamentos imobiliários em Caraguatatuba, visando receber estes novos moradores, é incrível, vide o “paredão” de edifícios que começa a se formar nas praias de Indaiá e Palmeiras.
 

·
Registered
Joined
·
4,718 Posts
^^ PQP caco! A situação tá feia mesmo heim. Se depender do Serra acho que essa rodovia sai sim. Mesmo com um pouco de demora. Acho também que poderiam conceder ela pra pelo menos ajudar na construção da nova pista. A Oswaldo Cruz tá desse jeito também?
 

·
Registered
Joined
·
1,055 Posts
Que medo, essas cidades do litoral norte virarão um lixo urbano sem planejamento onde o poder do setor imobiliário corrompe a prefeitura e a descência do planejamento urbano.

Que tristeza.
 
1 - 10 of 10 Posts
Top