Skyscraper City Forum banner
1 - 11 of 11 Posts

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
Discussion Starter · #1 ·


Transporte Integrado

Estudo revela relação entre número de carros e tamanho das cidades na Alemanha

By Maria Fernanda Cavalcanti Agosto 1, 2012


Rodovia A643 congestionada na Alemanha. (Foto: Only Point Five)

Por Glaucimara Silva*

O Centro de Pesquisa Automotiva da Universidade de Duisburg-Essen realizou recentemente uma pesquisa para verificar alguns dos hábitos relacionados a carros na Alemanha. Uma das principais descobertas foi que quanto maior a cidade menor a quantidade de carros por habitante. Ou dito de outra forma, os cidadãos que vivem em cidades rurais, ou menos urbanizadas, tendem a possuir mais veículos.

Estima-se que, em média, para cada grupo de 1000 cidadãos na Alemanha haja 427 carros. No entanto, em cidades com mais de um milhão de habitantes a taxa cai para 322 automóveis para o mesmo número de pessoas. Já em centros urbanos com menos de 500 mil habitantes, o número sobe para 498 carros para cada mil cidadãos.

“A tendência de compartilhar o mesmo carro para chegar ao trabalho e a grande variedade de transportes públicos que uma cidade grande oferece aos seus cidadãos são razões importantes para explicar o fato de que ter um carro não é considerado tão importante”, diz Ferdinand Dudenhöffer, autor do estudo. Por outro lado, nas áreas mais rurais da Alemanha, possuir um carro continua a ser sinal de status social e econômico, ao mesmo tempo que é uma necessidade para a realização dos deslocamentos.

Entre a cidades alemãs com maior densidade populacional Dortmund é a que apresenta o maior número de automóveis particulares em circulação, enquanto que em Berlim é observada a menor média. Na capital federal, há apenas 289 carros para cada grupo de 1000 habitantes.

* do Centro Alemão de Informação

Fonte: http://thecityfixbrasil.com/2012/08/01/estudo-revela-relacao-entre-numero-de-carros-e-tamanho-das-cidades-na-alemanha/
 

·
Registered
Joined
·
495 Posts
Eles levantaram o número. Pra mim, só ficou faltando a parte mais interessante. Por que Berlin tem menos carros? Mal comparando, me faz lembrar de outro thread onde o Rio era o ponto fora da curva.
 

·
on the road
leptokurtic
Joined
·
35,463 Posts
Eles levantaram o número. Pra mim, só ficou faltando a parte mais interessante. Por que Berlin tem menos carros? Mal comparando, me faz lembrar de outro thread onde o Rio era o ponto fora da curva.
A população de Berlin é significativamente mais pobre que a de outras metrópoles como Frankfurt or a área do Rhür ou München. Não é que a cúpula do governo ganhe mal, é que Berlin é meio que dividida entre o funcionalismo federal e uma enorme quantidade de migrantes internos relativamente jovens mas de baixa renda.

Há um problema com esse estudo: ele considera cidades individuais, e não áreas metropolitanas conurbadas.
 

·
Riopretense
Joined
·
5,947 Posts
A população de Berlin é significativamente mais pobre que a de outras metrópoles como Frankfurt or a área do Rhür ou München. Não é que a cúpula do governo ganhe mal, é que Berlin é meio que dividida entre o funcionalismo federal e uma enorme quantidade de migrantes internos relativamente jovens mas de baixa renda.

Há um problema com esse estudo: ele considera cidades individuais, e não áreas metropolitanas conurbadas.
Sem contar a ressaca dos tempos da DDR. Westberlin já era relativamente empobrecida devido ao isolamento, e só servia mesmo como campo de refugiados do alistamento militar. Quanto a Ostberlin, sem comentários.
 

·
Registered
Joined
·
495 Posts
A população de Berlin é significativamente mais pobre que a de outras metrópoles como Frankfurt or a área do Rhür ou München. Não é que a cúpula do governo ganhe mal, é que Berlin é meio que dividida entre o funcionalismo federal e uma enorme quantidade de migrantes internos relativamente jovens mas de baixa renda.

Há um problema com esse estudo: ele considera cidades individuais, e não áreas metropolitanas conurbadas.
Sendo assim, com certeza a renda deve ser uma das variáveis explicativas. Mas podem existir outras que sejam tao ou mais importantes. E eu ainda não encontrei artigo, estudo ou o que seja que justifique ou procure entender isto sobre a ótica da intenção de consumo. é interessante saber que os berliners tem relativamente menos carros. Mas e ae? É pq não podem, pq n querem ou pq não precisam?

a gente pode usar esta informaçao pra ajudar a entender as tendências no Brasil? pode se fazer um paralelo entre o Rio e Berlin, pra entender pq o número de carros no Rio não acompanha a renda daqui? ao ler um artigo destes, são estas perguntas que passam na minha cabeça.

do contrário, ficamos sempre presos a achismos ou explicações simplistas. que poder ter até uma fundo de verdade, mas sem mais informações, não passam de hipóteses.
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
26,996 Posts
Tem mais veículos em cidades pequenas, porquê estas não estão tão bem servidas em meios de transportes em comparação com as metrópoles, por isso o carro é mais utilizado, acredito também que seja o fenômeno das cidadezinhas-dormitório.
 

·
on the road
leptokurtic
Joined
·
35,463 Posts
Sendo assim, com certeza a renda deve ser uma das variáveis explicativas. Mas podem existir outras que sejam tao ou mais importantes. E eu ainda não encontrei artigo, estudo ou o que seja que justifique ou procure entender isto sobre a ótica da intenção de consumo. é interessante saber que os berliners tem relativamente menos carros. Mas e ae? É pq não podem, pq n querem ou pq não precisam?

a gente pode usar esta informaçao pra ajudar a entender as tendências no Brasil? pode se fazer um paralelo entre o Rio e Berlin, pra entender pq o número de carros no Rio não acompanha a renda daqui? ao ler um artigo destes, são estas perguntas que passam na minha cabeça.

do contrário, ficamos sempre presos a achismos ou explicações simplistas. que poder ter até uma fundo de verdade, mas sem mais informações, não passam de hipóteses.
Sim, é preciso mais estudos. Aqui na Holanda também há bastante diferença de propriedade de veículos entre cidades relativamente parecidas e todas com opções de transporte público.
 

·
Registered
Joined
·
12,697 Posts
Duas variáveis que podem ser um importantes nessa análise, além da renda, do tamanho das cidades e da oferta de transporte público, é a densidade populacional e como essa densidade está distribuída, e também como estão distribuídos os empregos e moradias. Uma cidade mais policêntrica, possivelmente tende a aproximar emprego e moradia, exigindo menos deslocamentos de carro....
 

·
Registered
Joined
·
524 Posts
Isso para mim parece um tanto óbvio, ter carro em cidade pequena é um prazer, as ruas não possuem congestionamento, é facil parar em qualquer local, não se gasta com estacionamento. Eu sei disso pois vivi em uma cidade de interior durante maior parte da minha vida, e pegávamos o carro até para ir para padaria a 500 M, pois sempre tinha lugar para estacionar em frente. Morando no Rio uso o carro exclusivamente no trajeto casa-trabalho, pois tenho vaga para parar em casa e no trabalho, fora disso se torna uma dor de cabeça, congestionamentos quilométricos, falta de lugares para parar, estacionamento a preços extorsivos, blitz para todos os lados, já sai de casa algumas vezes para lazer de carro em lugares próximos de casa e simplesmente não se acha lugar para parar, voltei para casa e fui de táxi. Hoje em dia para distancias menos que 5km uso bicicleta elétrica. Carro para mim no Rio e sinônimo de dor de cabeça.
 
1 - 11 of 11 Posts
Top