Skyscraper City Forum banner
1 - 14 of 14 Posts

·
Registered
Joined
·
1,420 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Olá aos foristas.
Este é meu primeiro thread no SSC e com ele divulgo a FAPI, o maior evento de Ourinhos e região. Reconhecida como a maior feira de portões abertos do país, ou seja, com entrada franca, chega a sua 46a. edição ininterrupta e tem tudo para quebrar todos os recordes , graças a atual situação econômica, sim o Brasil está com tudo rsrs, e também ao empenho dos realizadores que não se detiveram perante ao triste fato da morte do Sr. Fernando Luiz Quagliato, o senhor FAPI, em agosto do ano passado, pessoa responsável pelo comando na realização da exposição há muitos anos.
Fiz um apanhado de fotos na Internet, com seus respectivos créditos, para tentar mostrar um pouco da grandiosidade dessa exposição. Não tenho fotos de minha autoria mas no decorrer da feira, nos próximos dias postarei fotos do evento, essas sim de minha autoria. Moro em Campinas, mas estarei em Ourinhos no primeiro fim de semana da FAPI e também entre o feriado e o último fim de semana. Espero que acompanhem. E claro, convido foristas que visitarem a FAPI a compartilharem fotos e opiniões.
Sejam bem vindos!
P.S.: Como é meu primeiro thread, algumas falhas podem ocorrer, tais como, erros nas postagens de fotos, thread em fórum inapropriado, etc. Sendo assim, peço aos moderadores que me alertem ou os corrijam. Obrigado.

FAPI - ORGULHO DA NOSSA GENTE, A FESTA DA FAMÍLIA

Muitas são as histórias e os fatos que marcam os 46 anos da maior feira de portões abertos do país. Desde as primeiras edições, no Ginásio Monstrinho, o sucesso já era uma realidade.
Entre os seus apoiadores, a FAPI tem o orgulho de contar com uma parceria que permanece até hoje: o Banco Bradesco, que em 1967, ano da primeira edição, era chamado Banco Brasileiro de Descontos.
De lá pra cá, outras parcerias se concretizaram, tornando a FAPI uma das maiores feiras de seu segmento no país, trazendo ao Recinto Olavo Ferreira de Sá artistas de renome nacional e internacional, o melhor da pecuária, da agricultura e expositores das mais diversas áreas.
A FAPI também é conhecida como a Festa da Família, porque dentro da área do recinto há espaço e atrações para as mais variadas idades, com estruturas especiais para crianças e terceira idade, sem deixar de lado a preocupação com a acessibilidade.
É por isso que a FAPI é o Orgulho da Nossa Gente e a cada ano ultrapassa suas fronteiras, conquistando o título da maior feira de portões abertos do país.

A CIDADE

Situada no sudoeste do Estado de São Paulo, Ourinhos destaca-se pelo comércio forte, setor de serviços desenvolvido e diversificado parque industrial.
Ocupa posição estratégica e central entre os demais municípios da região.
Ourinhos faz divisa com o Estado do Paraná, por onde passam as rodovias BR 153, BR 369, SP 270, SP 327 e SP 278, o que lhe garante como importante ponto de conexão Leste/Oeste e Norte/Sul, sendo porta de entrada para o Mercosul.
O setor agroindustrial chama a atenção, principalmente na produção de açúcar, álcool, óleo de soja, ovos, leite, destilados de cana e café.
Território e População:
Área (Em km2) 296,203
População (2010) 103.026
Densidade Demográfica (Habitantes/km2) 2010 347,82
Altitude (2010) 483 m
Fonte: Prefeitura Municipal de Ourinhos: http://www.ourinhos.sp.gov.br/a_cidade/p_historia.asp

RECINTO OLAVO FERREIRA DE SÁ

O Recinto Olavo Ferreira de Sá é tão grandioso quanto a feira que recebe todos os anos. Uma área de 278 mil metros quadrados, espaço privilegiado para realização de eventos, feiras temáticas e similares.
O parque conta com pavilhões e área de alimentação, onde entidades assistenciais comercializam produtos cujo resultado é revertido para suas ações beneficentes.
Bem no meio do Recinto, Fernando Luiz Quagliato, o Sr. Fapi, foi homenageado com uma alameda que recebeu o seu nome. Outro destaque do espaço são os 15 mil metros quadrados de área coberta.

O RODEIO

De 07 a 10 de junho a FAPI realiza as provas de Rodeio em Touros. Na 46ª FAPI, repetimos o sucesso da parceria com a Cia de Rodeio Original, que traz a Ourinhos os melhores peões e as melhores boiadas.
O SRO, com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, disponibiliza durante os quatro dias de competição, uma UTI Móvel com profissionais de plantão para atender qualquer tipo de ocorrência.

DADOS DO RECINTO

Área – 278 mil metros quadrados
Pista de julgamento – quatro;
Pista de Prova – uma;
Recinto para Leilões – Tattersal Orlando Quagliato;
Pavilhões – 3; AIOR, Laser, Pavilhão do Comércio;
Área de Alimentação – 8 mil metros quadrados;
Casa do Criador – espaço destinado os funcionários, criadores e visitantes de outras localidades;
Casa do Muladeiro – espaço destinado aos criadores e expositores de muares;
Estacionamento para 5000 veículos – com seguro contra incêndio e roubo
Espaço para shows – capacidade para até 120 mil pessoas ao dia
Espaço para rodeios - capacidade não divulgada
Camarotes cobertos – capacidade para 1200 pessoas

DISTÂNCIAS

São Paulo - 374 km
Campinas - 364 Km
Marília - 97 km
Bauru - 131 km
São José do Rio Preto - 283 km
Ribeirão Preto - 334 km
Presidente Prudente - 193 km
Sorocaba - 299 Km
Londrina - 157 km
Curitiba - 411km
Maringá - 259 Km
Foz do Iguaçu - 688 km
Campo Grande - 650 km

Texto e informações: www.fapiourinhos.com.br

Shows da FAPI 2012

Foto: Divulgação FAPI

Parque Olavo Ferreira de Sá, o recinto onde é realizada anualmente a exposição, com o lago em primeiro plano.

Foto:Divulgação FAPI

O parque de exposições, com a feira de 2010, em foto panorâmica, mostrando os bairros adjacentes.

Foto: Divulgação FAPI

Mais uma

Foto: Divulgação FAPI

Público recorde no último dia da FAPI 2011. Segundo os organizadores, recorde não só num único dia em toda a história da feira, como também recorde de público num show do Luan Santana até então. Mais de 160 mil pessoas.

Foto: Wilson Rodrigues

Gente de toda região. O público beira o milhão de pessoas nos 11 dias de feira. O equivalente a 10 vezes a populaçao da cidade.

Foto: Wilson Rodrigues

Parque de diversões. Sempre de qualidade, com equipamentos bem modernos. Não me lembro de notícias de acidentes no parque de diversões da FAPI, felizmente.

Foto: Wilson Rodrigues

Skyline parcial de Ourinhos, visto do parque de exposições.

Foto: Juliano Melo

Mais uma panorâmica, agora com vista desde o portão principal (aquele portal com balões no pé da foto), galpões cobertos do comércio à direita, o palco de shows(aquela cúpula um pouco à esquerda), as arquibancadas do rodeio à esquerda. Como podem ver, as principais alamedas são cobertas. Os stands das grandes empresas ficam espalhados pelo recinto, mas concentram-se em especial na área circular mais ao centro na foto. Já os animais ficam expostos em galpões em meio as árvores.

Foto: Divulgação FAPI

Curiosidades:
Como já citado, a FAPI é a maior exposição com entrada franca do país. Shows e rodeios são totalmente gratuitos. Diz a lenda que a área onde fica o recinto foi doada pela senhora Jenny Moraes Ferreira e Sá nos anos 60, e que há uma cláusula no contrato de doação que diz que a exposição deve ter entrada franca, caso contrário, a área deve ser devolvida a família proprietária. Toda lenda tem uma ponta de verdade, já que nunca foi cobrado ingresso na FAPI.

Mesmo com entrada livre ao público, a FAPI é bem segura. O recinto é todo cercado e possui 3 entradas. A principal fica no final da avenida Jacinto Ferreira e Sá, e é por onde o público que chega de ônibus urbano, táxi e lotação entra. A segunda entrada fica no estacionamento pago, sim alguma coisa é cobrada na FAPI. Chega-se ao estacionamento também pela avenida Jacinto Sá, seguindo reto após o fim dela, que na verdade torna-se uma rodovia. Essa rodovia é bloqueada e ajuda a aumentar o espaço para estacionamento, que é fechado. Para acessar o recinto, entra-se pelo parque de diversões que fica na parte superior. A terceira entrada localiza-se na parte inferior do parque, onde há um belo lago, que é cruzado por uma ponte para pedestres. É por essa entrada que o público vindo de outras cidades utilizando ônibus de excursão entra na FAPI. E também pessoas que vão de carro mas não pagam o estacionamento oficial, já que há estacionamentos "paralelos" na avenida Jacinto Sá e nas ruas que circundam o parque.

Falando em excursões, ônibus de cidades de toda a região trazem pessoas para engrandecer a FAPI. Cidades que ficam num raio de até 100 km são as mais comuns, mas já vi excursões de Presidente Prudente, Londrina, Itapetininga, Jaú, e outras. O norte do Paraná também vai em peso à exposição. Expositores e pecuaristas de outros estados montam stands e acabam divulgando a FAPI, assim muitos visitantes de bem longe acabam prestigiando a exposição.

O público na FAPI é enorme. Segundo a organização, a edição de número 45, no ano de 2011, foi superior a 1 milhão de pessoas, maior que do rodeio de Barretos, a mais famosa festa nos moldes da FAPI. Claro que não podemos comparar as festas, já que Barretos é paga, deve arrecadar muito mais dinheiro que nossa feira e com publicidade a nível nacional e até internacional, a festa do peão de Barretos está em outro patamar. Mas que é interessante a comparação, isto é.

Com público superior a 1 milhão de pessoas, a FAPI em seus 11 dias de realização, comporta por volta de 10 vezes a população ourinhense, de 103 mil habitantes.

Com tanta gente dirigindo-se a um só lugar, como você que é o trânsito até o recinto? Caos. Este é um dos gargalos da FAPI, literalmente. A avenida Jacinto Sá que dá acesso ao parque não é muito larga e de mão dupla. No meio do percurso há um viaduto sobre a rodovia Raposo Tavares, construído em "1822" rsrs. Ali, a avenida se afunila, já que o viaduto é mais estreito, deixando somente uma faixa para cada lado da via. Não satisfeito com esse empecilho, um brilhante diretor de trânsito lá nos anos 90, criou uma rotatória abaixo do viaduto já a meio caminho do recinto. Isso trava ainda mais o trânsito em dias de congestionamento, já que também há um afunilamento. Desvios, rotas alternativas? Pode ser, mas todos os caminhos levam-no à...avenida Jacinto Sá, e quem está preso no congestionamento há horas, vai relutar um pouco em permitir que você, de uma travessa da avenida fure fila, não é?

No ano de 2005, Sandy e Júnior, no auge de seu sucesso, apresentaram-se na FAPI. Lembro-me perfeitamente daquele dia. Caos, quase um apocalipse viário, sem exageros de minha parte. A tal avenida Jacinto Sá travou por volta das 16 da tarde, mesmo com show marcado para começar as 21. Quem mora, morou ou esteve em Ourinhos naquele dia sabe do que estou falando. E peço relatos aqui no thread. A cidade literalmente parou. Todas as entradas da cidade travaram. Havia relatos de congestionamentos em todas as rodovias que dão acesso a cidade, BR's, Raposo, estradas secundárias, tudo entupido. Amigos que estavam presos no congestionamento me ligavam e relataram que estavam há horas no trânsito, e eu, ainda em casa ( há uns 6 km da FAPI). Quase desisti, mas como gosto de uma muvuca, lá fui eu, namorada, amigos, muita cerveja. Horas no trânsito, ouvimos o show do carro, o show começou depois das 23, isso que era voltado a crianças e adolescentes hein, não me aborreci, nem fã era, mas foi chegar ao recinto dar a volta na rotatória em frente a entrada principal e voltar pra casa. Recinto lotado, polícia militar recomendando que ninguém mais entrasse, aí sim me aborreci, mais de 100 mil pessoas no show, recorde na época, recorde de público na carreira da dupla, citado até no Domingão do Faustão no domingo seguinte.

Ano de 1988. Roberto Carlos faz um show memorável na FAPI. E lá estava eu, aos 14 anos, junto de minha família, sob um pé d'água, frio congelante e medo de morrer. Por que? Lembram-se da Mãe Diná? Pois bem, rolava um boato naquele ano, e me lembro que tinha a ver com essa maluca, que uma tragédia aconteceria em um lugar de aglomeração de público, e que muita gente morreria. A Mãe Diná estava no auge de sua fama, sempre no Fantástico falando essas bobagens e o povo acabava caindo. Resultado, num dia chuvoso, com helicóptero decolando a toda hora para voos panorâmicos, muita gente num só local, lá estava eu, moleque bobo, me borrando de frio e medo rsrs. E pelo jeito não só eu, já que o público era grande mas notava-se que não era tão grande quanto o esperado. Mesmo assim, um show para quebrar tabús. Primeiro show que Roberto Carlos fez em uma exposição agropecuária, o segundo foi em Barretos ,na festa do peão, em 2009.

Até atração internacional já se apresentou na FAPI. O maestro americano Ray Conniff regeu sua orquestra década de 90. Morto em 2002, foi o único estrangeiro a se apresentar na FAPI. Porém, há uma pontinha de lembrança em minha mente de que a paraguaia Perla (não, não é a funkeira neo-evangélica carioca) cantou na FAPI, será? Se bem que esse ano teremos também 2 atrações internacionais na FAPI, KKKKKK Michel Teló e Gustavo Lima...é o Brasil na moda.

O parque Olavo Ferreira de Sá, recinto da FAPI, está pequeno para o tamanho da exposição. Os expositores se degladiam por um espaço, o público é cada vez maior, mas o espaço é o mesmo há décadas. Pior, que o parque está cercado por bairros e por plantações de cana de açúcar. Soube de projetos para aumentar a área do recinto há alguns anos atrás, mas muito dinheiro em desapropriações seria gasto. Já é mais que o momento para se investir nisso.

Já falei sobre a segurança na FAPI, e repito que a feira é segura, porém, onde há aglomerações, há problemas. Como disse, o recinto é fechado, a polícia militar revista o máximo de pessoas possíveis nas entradas, mas há sempre baderneiros. Brigas podem ocorrer, furtos são mais comuns do que se imagina, muitas pessoas se perdem, especialmente os forasteiros, que não conhecem o recinto que é bem grande e como fica constantemente lotado, pode ser difícil se localizar. Há pontos de encontro, serviço de alto-falantes com recados sobre gente perdida a toda hora. A polícia se faz presente, a pé, de moto, de carro e a cavalo. Corpo de bombeiros e ambulâncias também estão sempre a postos na feira. Mas infelizmente, algumas histórias tristes acontecem lá. Portanto, aos foristas que queiram conhecer ou visitar novamente a FAPI, atenção é sempre bem-vinda em locais como esse.

Uma novidade que aprovei na edição de 2012 é a proibição da venda de bebidas alcoólicas destiladas nas barracas. Vinhos também serão proibidos. Então, esse ano, nada de "capeta" e companhia. Somente cerveja e chopp. Não sei como será a venda desses produtos nos restaurantes e baladas dentro do recinto. Veremos.

"Bobódromo". Esse é o local mais popular na FAPI. Fica no centro do recinto, num dos lados do círculo principal onde ficam os principais stands. A galera jovem fica reunida ali, bem em frente a Casa do Expositor, que na verdade é uma balada. Também ali fica o stand de chopp. Muita gente legal, amigos que não se veem há tempos se reencontram lá. Por que 'bobódromo"? A gente fica ali, dando voltas na rotatória ou parados ali por horas, como uns bobos kkkkkkkk.

Escadaria do parque. Para chegar ao parque de diversões, é necessário subir uma escadaria. Sempre lotada, é palco das mais divertidas situações. Principal ponto de encontro da feira, lá se encontram amigos que combinaram previamente, gente que se perdeu e se comunicou por celular, quando se houve alguma coisa, ou gente perdida que anunciou na radio interna. Também "palco" para tombos homéricos de gente bêbada ou garotas de botas com saltos na estratofera.

Rádio interna. Uma rádio de Ourinhos começa a transmitir direto da FAPI a partir de certo horário. É nessa rádio, cujos estúdios ficam dentro do recinto durante a exposição, que as pessoas vão e pagam para anunciar de tudo, declarações de amor, insultos leves, provocações entre amigos, xavecos, e claro, gente perdida, esse de graça. Entre um anúncio e outro, música da atração musical da noite e o emblemático merchandising da casa de rolamentos Rolex, RRRRRRRRRolex, no melhor estilo Galvão Bueno para RRRRRRRRonaldinho, kkkkkkkk, amanhá (31/05) tudo isso começa...
 

·
Registered
Joined
·
12,052 Posts
As fotos não querem abrir aqui! =/

Obs: que localização é essa de Ourinhos ein!? Nossa, só cidade boa perto:

São Paulo - 374 km
Campinas - 364 Km
Marília - 97 km
Bauru - 131 km
São José do Rio Preto - 283 km
Ribeirão Preto - 334 km
Presidente Prudente - 193 km
Sorocaba - 299 Km
Londrina - 157 km
Curitiba - 411km
Maringá - 259 Km
Foz do Iguaçu - 688 km
Campo Grande - 650 km
 

·
Registered
Joined
·
1,420 Posts
Discussion Starter · #3 ·
As fotos não querem abrir aqui! =/

Obs: que localização é essa de Ourinhos ein!? Nossa, só cidade boa perto:

São Paulo - 374 km
Campinas - 364 Km
Marília - 97 km
Bauru - 131 km
São José do Rio Preto - 283 km
Ribeirão Preto - 334 km
Presidente Prudente - 193 km
Sorocaba - 299 Km
Londrina - 157 km
Curitiba - 411km
Maringá - 259 Km
Foz do Iguaçu - 688 km
Campo Grande - 650 km
Problema resolvido, meu caro Iturama. Agora espero que possa apreciar as fotos. Obrigado pela visita.
 

·
Registered
Joined
·
1,420 Posts
Discussion Starter · #8 ·
A cidade não é grande e tem uma feira agropecuária de impor respeito! Muito legal.
Realmente, há grandes cidades que não tem uma feira como a nossa, e o mais interessante é que a região de Ourinhos nunca foi uma potência agrícola, com exceção é claro, da cana-de-açúcar.
Aliás, o município de Ourinhos é um dos menores do estado, tendo sua maior parte coberta pela área urbana, então não sobra muita terra pra cultivo ou pasto.
Talvez esse seja o maior mérito da FAPI. Soube captar expositores de regiões nem tão integradas a nossa, além de aproveitar a lacuna de grandes feiras no sudoeste paulista e norte-pioneiro do Paraná.
 

·
Registered
Joined
·
350 Posts
:lol: Valeu meu caro, certamente faremos parte desses números, mas ainda não fui na feira. Que chuva era aquela de quinta a noite???? :eek:hno:
Pois é...mta chuva e eu em ksa de molho, hj durante toda a manhã chuvarada de novo, mais logo mais pode estar caindo um dilúvio q eu vou :banana:
 

·
Registered
Joined
·
1,420 Posts
Discussion Starter · #13 ·
Uma baita feira agropecuária. Deve atrair muitos visitantes à cidade.
Boas imagens.
Realmente Urbano Prudente, muita gente vem pra FAPI e no sábado vi um ônibus de excursão de Prudente além de alguns carros da Andorinha que devem ter vindo aí da sua região.
 
1 - 14 of 14 Posts
Top