SkyscraperCity banner

1 - 20 of 113 Posts

·
Registered
Joined
·
2,566 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
* * * Feira de Santana * * *

Grandes Avenidas​



Uma das características mais marcantes da cidade de Feira de Santana são suas avenidas. Largas, retas e com canteiros centrais bem arborizados, elas demostram o tipo de planejamento urbano que a cidade teve ao longo do tempo. Pensando isso resolvi fazer esse thread temático. Mas primeiro, algumas observaçẽs:


1) Queria pedir desculpas pelo tamanho que ficou o thread. Ao todo foram 168 fotos. Coloquei em uma resoução mais baixa pra facilitar a vida de quem tem um internet mais lenta.
2) Tomei o início de cada avenida o seu extremo mais próximo ao centro da cidade.
3) Todas as avenidas mudam de nome no seu trajeto. Pra fazer algo mais completo eu não considerei a avenida propriamente dita, mas o eixo ao qual ela pertence.
4) Um amigo me ajudou em algumas fotos. Não sei ao certo quais foram.
5) Eu ainda queria incluir um tópico sobre o Centro da Cidade, mas por causa da quantidade de fotos que ficou eu deixei pra uma próxima. Mas se quiserem, estão todas aqui já fotografadas e selecionadas.
6) Podem crtiticar à vontade! Principalmente se houverem erros nos textos.






- - Avenida Getúlio Vargas - -



A Avenida Getúlio Vargas tem o metro quadrado mais caro da cidade. E também o mais badalado. Com seu canteiro central bem arborizado ela corta a cidade de leste a oeste, passando pelo centro da cidade. Bem heterogênia em seu trajeto ela abriga boutiques, residências de alto padrão, restaurantes, hospitais, Prefeitura, Mercado Municipal, terminal de ônibus e até o Centro de Abastecimento. Após o cruzamento com a Avenida Eduardo Fróes da Mota ela passa a se chamar Nóide Cerqueira, que atualmente é de terra. Contudo, já existe um projeto de ampliação da via, ligando-a até a BR-324, nas imediações do Parque de Exposições.


01. Rua Dr. Olímpio Vital. É a parte mais sem graça da avenida, mas nessa parte estão instalados o Terminal Central de ônibus urbano e o Centro de Abastecimento.



02. Início propiamente dito da Getúlio. Vista para a praça da Bandeira



03. Notem a sujeira, os prédios encardidos e a falta de proporcionalidade dos letreiros.



04. Do outro lado.



05. Pedestres se aglomerando pra atravessar. Notem o camelô instalado no início da faixa.



06. Mercado Municipal. Funciona, mas o estado de conservação é péssimo. Há poucos dias foi interditado uma parte por causa de rachaduras em algumas colunas. O telhado de zinco faz seu interior ficar insuportável. Muito quente.



07. Escultura entitulada “Caminhos de Feira de Santana” do arquiteto Juraci Dórea. Ao fundo um prédio histórico que pegou fogo e foi reformado. hoje aquilo tá um circo, cada um pinta “sua” fachada, põe seu letreiro e calçada como bem entende.



08. A mesma praça.



09. Paço Municipal.



10. No centro, o estacionamento da prefeitura . Alí também estão instalados alguns sapateiros. Existe um projeto pra criação de um memorial em homenagem a Francisco Pinto nesse local. Os sapateiros serão relocados.



11. Relógio que o Rotary Club doou à cidade.


12. Prédio da Receita Federal e Ana Müller Falcão, respectivamente.




13. Praça de Alimentação.



14. Pracinha bem aconchegante pra sentar ao meio-dia no verão.:lol:



15. Calçada do canteiro central bem conservada e a pobreza do skyline.



16. No centro, o Edifício Metropolitan Center.



17. Espaço de Cultura Marcus Moraes. É podem acreditar, esse antigo terminal de ônibus urbano sem reforma alguma virou um Espaço de cultura.:eek:hno:



18. Giraffas e o “novo” G. Barbosa. Antes todo o prédio era ocupado pelo Supermercado J. Santos, que era uma empresa local, mas foi comprado pela Ceconsud.



19. Árvores.:cheers:



20. No centro, o Meddi e ao seu lado o Medical Service. Ambos de consultórios médicos. Há rumores que construirão ourto edifício médico de uns sete andares todo em pele de vidro nessas casas que estão à esqueda na foto.


21. Os prédios que eu falei acima.



22. Árvore!



23. Hospital EMEC. Feira não tem hospital particular de grande porte. Só esses meia boca.



24. BB Estilo.



25. Templo da IURD.



26. Lojas.



27. Lojas [2].



28. Lojas [3] e o prédio da sucursal da Record em Feira.



29. Avenida!



30. O problemático edifício Amayo. Nosso elefante branco. Dizem que ele foi construído sem estacionamento, não sei se é verdade.



31. Uma das poucas calçadas que ainda não viraram estacionamento.



32. Edifício Premier Feira, da falida(?) R. Carvalho.



33. Calçada deserta, Sol escaldate e eu tirando foto.



34. Lojas de decoração e a recente livraria.



35. Mais lojas, e o edifício Parc de France, o mais alto da cidade (?)



36. Uma alma solitária caminhando no meio da tarde.



37. Deserto.



38. Ciclistas panhando quente!



39. Fim da Avenida Getúlio Vargas.



40. Vista da avenida de cima do viaduto Francisco Pinto. Skyline ainda engatinhando... e o Sol!



41. Após o viaduto, a avenida começa a se chamar Nóide Cerqueira, que ainda não foi pavimentada. O projeto prevê a construção da avenida até a BR-324.



42. Spazio Eventos. Uma das melhores casas do gênero da cidade. Da arquiteta Rita Rebouças.



43. Lá em baixo.



- - Avenida Maria Quitéria - -




A característica principal da avenida Maria Quitéria é ter a maioria do seu canteiro central arborizado com Ipê Rosa. Nela encontram-se escolas, pizzarias, clínicas, revendedoras de automóveis. A infraestrutura pra realização de exercícios físicos ao longo do canteiro (coisa que é natural por aqui, já que não temos orla nem parques utilizáveis) é péssima. Não existe iluminação para o canteiro nem pavimentação adequada, o que existe é só um chão de terra batida em quase toda sua extensão. E só. Após o cruzamento com a Avenida Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno) ela passa a se chama Avenida Fraga Maia, que foi pavimentada há uns cinco anos, virando um novo vetor de construção da cidade. No seu canteiro central foram instalados uma ciclovia e uma pista de cooper (com os materiais mais baratos possíveis), além de iluminação para os pedestres. Exsite um projeto de ampliação da avenida, extendendo-a até a BR-116/Norte.


44. Esse não é o trecho inicial da avenida, fiquei com preguiça de ir lá, mas é bem próximo. Esse trecho da avenida tem várias dessas árvores vermelhas que eu apesar de ser um ex-futuro agrônomo não sei o nome.


45. Só tranquilidade.



46. Próximo ao cruzamento com a Avenida Presidente Dutra.



47. Cruzamento com a avenida Presidente Dutra. Há um projeto de fazer um viaduto nesse cruzamento. Que na minha opinião só ligará um engarrafamento ao outro e enfeirá a avenida. Se fosse uma trincheira, menos mal.


47.a Monumento a Maria Quitéria, uma heroína de guerra. Sinceramente, eu não gosto de monumentos em cruzamentos. Sempre é uma novela quando vai fazer uma intervenção viária. Esse foi construído antes da abertura do cruzamento, depois, quando o abriram, fizeram esse armengue ao redor. Tinha também uma escultura de madeira que ficava no cruzamento da João Durval com a Getúlio, que foi retirada para a construção de um viaduto. Não sei que fim deram a ela.



47.b Feira Palace Hotel. É o grande hotel de Feira, pena que parou no tempo. Quem se hospeda tem a impressão de estar vivendo nos anos 70



48. Trecho compreendido entre as avenidas Presidente Dutra e Getúlio Vargas.



49. Idem.



50. Trecho logo após o cruzamento.



51. Mercantil Rodrigues. Há pouco tempo era um grande terreno onde os parques e circos se instalavam.



52. Descida.



53. A “pista de cooper” que eu citei no texto de indrodução da avenida. Todo de terra batida. Já andei muito, mas muito por aí.



54. Chegando ao viaduto Wilson Falcão, ao lado direito uma das milhares de revendedoras de carro que atravancam a calçada.



55. Vista de cima do viaduto.



56. Após o viaduto a avenida muda de nome. Passa a se chamar Francisco Fraga Maia.


57. Ausência de calçadas, sinalização horizontal degastada e Tenda!



58. Pista de cooper e ciclovia (Qual é qual? #DuvidaEmCristo).



59. No início da manhã e fim da tarde esse canteiro fica parecendo que tá tendo procissão.



60. Academia!:lol:



61. Bairro João Paulo II.


62. Fim da avenida. Existe o projeto de ampliação que a ligará até a BR-116-Norte.​



- - Avenida João Durval Carneiro - -



É a mais maltratada das avenidas feirenses. Houve uma certa valorização dessa avenida devido a implantação do shopping. Porém, como como a avenida já era densamente povoada por uma população mais pobre, poucos projetos, prédios e lojas de grande porte se instalaram. Atualmente a coisa vem melhorando um pouco, várias lojinhas vem surgindo e há pouco foi instalado um centro gastronômico, o Ville Gourmet. Foram inaugurados também um boliche, e um hotel próximo à feira está em fase de construção. O asfalto é podre pois a prefeitura diz que ainda espera as obras de saneamento na avenida, para enfim, lançar uma nova camada.



63. BA-502. Liga Feira de Santana aos municípios de São Gonçalo dos Campos e Conceição da Feira. E à BR-101



64. Entradas do Centro Industrial do Subaé (CIS).



65. BA-502 e o famoso reservatório de água do Tomba



66. Rua que liga a avenida João Durval à BA-502. Comércio forte, porém desornado no bairro.



67. Praça do Tomba. Todo fim de semana tem feira aí.



68. Rotatória no fim da João Durval.



69. A simplória avenida.



70. Asfalto ruim, casas e lojas apertadas e feias e pouquíssima arborização, essa é a realidade da João Durval.


71. Trânsito congestionado devido ao semáforo de três tempos que foi instalado no seu cruzamento com a Presidente Dutra.



72. O viaduto apertado, horroroso e mal planejado.



73. Ao lado direito da foto fica a “Feirinha da Estação Nova”. Apesar da cidade de ter “Feira” no nome da cidade, as feiras livres são precárias em infraestrutura. Os boxes ainda são de madeira com cobertura de plástico e sem qualquer tipo de organização ou refrigeração, apesar do intenso movimento nos finais de semana. A cobertura e gradil existente nas fotos foi há pouco tempo instalada. É triste ver uma cidade que nem respeita ao menos o nome que carrega.



74. Retorno.



75. Igreja Feia, horrorosa. O interior é mil vezes pior. A breguiçe petrificada.



76. Feinha, porém limpa.



77. O shopping Boulevard.:cripes:



78. O que era feio ficou pior. Esse foi o resultado da duodécima septagésima nona ampliação.



79. Esse trecho da avenida fica em frente ao shopping.



[IMG
80. Monumento “Liberdade de uma poetisa” criado pelo artista plástico Gil Mário em homenagem aos 80 anos de criação do hino da cidade, feito pela poetisa Georgina Erismann.



80.a. Ville Gourmet, fica logo após a avenida de entrada do shopping. É um excelente centro de gastronomia e música. Aí tem Boate, Creparia, boteco com som ao vivo, tabacaria, sorveteria, pizzaria e espaço pra shows. Tinha enorme e luxuosa Churrascaria, mas ela faliu:?




81. Hospital Unimed. Nesse trecho final existem grandes terrenos, logo, ainda há grandes esperanças de grandes empreendimentos por essa região.



82. Fim da Avenida João Durval Carneiro. Após esse viaduto, a avenida passa a se chamar Ayrton Senna.



83. Vista da João Durval de cima do viaduto Gorgina Erismann.



84. Trecho inicial da Ayton Senna. Antes, todo esse trecho inicial era uma favela, mas todos foram relocados para um residencial que ficará às margens da nova avenida. É nesse sentido também que poderá ser o acesso ao aeroporto, já que a desapropriação que ocorrerá irá margear essa avenida. Há projetos “concretos” para a implantação do novo shopping da Aliscance nas suas imediações.


- - Avenida Presidente Dutra - -



Essa avenida liga a BR-324 à BR-116/Sul. Apesar de servir como uma das principais entradas da cidade e de ter uma largura considerável, seu potencial ainda é subutilizado. Logo no início existem grandes terrenos desocupados e um hospital com um grande terreno ocioso. Mas nem tudo é tão triste assim. Nela estão praticamente todas as concessionárias de automóveis da cidade, o que consegue dar um ar de “modernidade”(?) a avenida. A coisa volta a ficar feia após o cruzamento com a avenida Maria Quitéria onde existem dezenas de hotéis baratos vizinhos ao imundo e tenebroso terminal rodoviário. Logo após a rotatória ela se afunila e muda de nome, e é aí que o transito também complica. É lá também que encontramos o famosíssimo Feiraguai. No seu trecho final surgiu um novo há pouquíssimo tempo o “bairro” Vila Olímpia, que escancara a falta que um plano diretor faz. Dezenas de condomínios foram construídos a torto e a direito.



85. BR-324, sentido Feira de Santana – Salvador.



86. Parque de exposições João Martins da Silva.



87. Feira à vista!



88. Construção da Imperial, concessionária da Honda.



89. Viaduto do anel de contorno.



90. Um pouco após. O memso viaduto ao fundo.



91. A “ciclovia” da avenida.



92. Antigo Hospital Colônia Lopes Rodrigues. Terreno Gigantesco.



93. Terrenão vazio à direita.



94. Nosso Eixo Monumental!



95. Toyota, Hyundai e Renault.



96. Paraguassu, revendedora da Chevrolet.



97. Mais Avenida!



98. A avenida tem dezenas de lojas de implementos agrícolas.



99. Centro de Cultura Amélio Amorim, onde fica um dos principais teatros da cidade. Ao seu lado fica o Complexo Carro de Boi, composto por uma boate em forma de abóbora (eu esqueci de tirar a foto!:bash:), restaurante e uma grande área. Hoje todo o complexo tá abandonado.



100. Igreja de Santo Antônio.



101. Vista da avenida na frente da igreja.



102. Concessionárias chinesas.



103. Comercial Ramos.



104. Preparar, apontar...



105. Cruzamento com a avenida João Durval Carneiro. Existia a previsão pra construção de um viaduto nesse cruzamento. Mas a hipótese foi descartada devido a grande área que seria desapropriada. Ainda bem!



106. Uma das raras lojas de roupas da avenida.



107. Jacuípe.



108. A micareta da cidade acontece nesse trecho.



109. Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães.



110. Terminal Rodoviário. Há pouco passou por uma “reforma” com padronização dos guichês, pintura do teto, entre outras maquiagens. Mas a acessibilidade e a insegurança são os principais problemas do terminal. Só existe uma rampa, que passa atrás de umas lojas, um local muito feio e inseguro. Elevadores são um sonho.



111. Esse trecho do lado esquerdo é um ponto de prostituição.



112. Quase fim da avenida.



113. Monumento ao Caminhoneiro, do artista plástico Gil Mário. Essa é a praça Jackson do Amaury. Abaixo, um trecho extraído do site da UEFS:

“A placa inaugural tem os seguintes dizeres: O Brasil passa por aqui. Dos tropeiros aos caminhoneiros que fizeram e fazem de Feira de Santana uma grande cidade.
No começo, eram as tropas e seus mercadores junto com os mais diversos produtos. Com eles veio o comércio que entre um negócio e outro, Santana virou Feira. Hoje o maior entroncamento do Norte/Nordeste do Brasil, Feira de Santana é a maior cidade do interior da Bahia, um pólo comercial e industrial de destaque, que graças a estes homens, tropeiros de ontem e de sempre, com seus cavalos mecânicos transportam o progresso da nossa Princesa do Sertão.”


Fonte: http://www.uefs.br/portal/ensino/cultura/cultura#monumento-ao-caminhoneiro



114. Um dos trechos mais feios da avenida. Acabaram com uma parte do canteiro central para implantar uma canaleta do Sistema Integrado de ônibus.



115. Um dos maiores pontos turísticos da cidade. Brinquedos, eletrônicos, CD's, DVD's, roupas, ferramentas, peças de computador, de tudo é vendido aí. Na maioria das vezes os produtos são contrabandeados ou falsificados. A Associação comerciaal dos Ambulantes põe a Associação de dirigentes lojistas no chinelo! Essa reforma do Feiraguay é recente. Colocaram piso de granito, e acho que instalarão ares-condiciondos!



116. Em frente ao Feiraguay fica o fundo da Catedral Metropolitana.



117. Praça Pe. Ovídio. Me arrebentava todo nessa praça pra aprender a andar de bicicleta!:nuts:



118. Dezenas de lojas de autopeças nessas imediações. O trânsto nessa região também é tenso por causa dos semáforos de três tempos.



119. Marajó. Por aí existem diversos pontos de vans e ônibus que vão para os municípios mais ao sul da cidade, como Santo Estêvão, Milagres. É urgente a necessidade de criação de um terminal pra organizar a zona que isso aí é. Terreno é o que não falta.



120. Cruzamento e a avenida Rio de Janeiro, que irá virar BR-116/Sul.



121. Agora tudo fica mais tranquilo. Essa região é a nova promessa de expansão da cidade. O Alhpaville ficará nesse sentido, Só resta o crescimento ser acompanhado de infraestrutura.



122. Vila Olympia. O desastre da urbanização feirense. Dezenas de condomínios em um só lugar, ruas claustrofóbicas e desertas. Pra quem gosta de morar cercado e degenegrar a cidade lá é um prato cheio.:toilet:



123. Maxxi Atacado. Ô mercado sem graça, só fui aí uma vez, e acho que não pisarei mais meu pé.



124. Trecho favelizado.



125. Viaduto do Anel de Contorno com a BR-116.




- - Avenida Eduardo Fróes da Motta - -
[/COLOR]



O Avenida Eduardo Fróes da Motta, conhecido como Anel de Contorno é o grande entrave da cidade. Ele já tá tão integrado a cidade que o que rodovia já virou oficialmente uma avenida. Porém estruturamente não houve mudança alguma. Promessas e promessas já são feitas há muito tempo e em todas as eleições pra sua duplicação, iluminação e urbanização. Mas até agora nada foi feito. Em breve irá começar as obras de duplicação do trecho sul (o que liga a BR-324 à BR-116/Sul) sob a responsabilidade da Via Bahia. Para o resto da avenida ainda é só especulação, nada de concreto foi anunciado. No mais, eu não espero muita coisa com essa duplicação. Ao que tudo indica, ciclovias, calçadas, espaços verdes não serão criados. Uma pena.



126. Anel de contorno sentido BR-324 (Salvador). À esquerda o Colégio Helyos, um dos melhores da Bahia.
P.S. O trecho compreendido entre a BR-324 e a Geetúlio Vargas eu fiquei com preguiça de ir fazer. Só restou essa foto de cima do viaduto mesmo. :eek:kay:



127. O mesmo trecho só que sem zoom. Uma vergonha essa foto: asfalto acabado, sinalização e acostamentos inexistentes.



128. Essa foto é no outro sentido, indo para a BR-116/Norte.



129. Emfim, no solo!



130. Cerqueira Gonçalves. Uma das maiores empresas feirenses de material de construção.



131. À direita a Rua Artêmia Pires, Rua apertada que dá acesso a dezenas de condomínios de classe média e a FTC (Uma faculdade particular). A rua em si é o quadro da triseteza, só muros e portarias, nada mais.



132. Entrada para a estrada que dá acesso ao aeroporto. Com a ampliação do aero, acho que esse acesso em breve será abandonado. Nunca passei por lá, mas dizem que a rua é muito apertada e favelizada. Ah! À esquerda (que eu fotografei, mas ficou horrível por causa do Sol, está a Lagoa Grande, que há séculos aguarda uma revitalização que já foi anunciada há muito tempo.)



133. Jardins da Disbal à esquerda.



134. Foto de cima do viaduto. À esquerda o Bairro Conceição, à direita, a Caseb.



135. Do outro lado do viaduto. Fizeram um jardim em baixo do viaduto que consome centenas de metros cúbicos de água diariamente, mesmo assim o gramado ainda fica nesse estado


136. No chão, próximo àquelas árvores que apareceram no foto acima. A PRF sempre fica aí..



137. Vista para o viaduto da Maria Quitéria. Notem a placa que ainda anuncia: “Atenção: Cruzamento perigoso”. O cruzamento já não existe há quase dois anos.



138. Vista do trecho da foto acima de cima do viaduto. À esquerda, o Conjunto Feira V.



139. Do outro lado do viaduto. Esse é o trecho de maior quantidade de atropelamentos de todo o anel.



140. No solo!



141. Após o complexo viário.



142. Agora, seguindo em Frente, Sol na cara!



143. Atacadão.



144. Bairro Sobradinho a esquerda



145. Seguindo.



146. Virando a próxima à direita é o acesso a BR-116/Sul.



147. Tenda e R. Carvalho!.



148. Caixa d'água do Tomba.



149. Hospital Regional Clériston Andrade.



150. 35º Batalhão de Infantaria.



151. Semáforo.



152. Hospital Estadual da Criança.


- - Avenida José Falcão - -



Não tenho muita coisa a falar sobre. Ela liga o centro da cidade à BR-116 Norte. Foi construida em cima da logoa do Prato Raso. O que restou da lagoa virou há pouco um “parque” inacabado.



153. Início da Rua JJ Seabra.



154. Ponto de ônibus confortavel, aconchegante e climatizado.:eek:hno:



155. Lojas.



156. Essa rua concentra inúmeras lojas de celulares, instrumentos musicais e de som.



157. Fiação aérea!



158. Pedestres, postes e fios.



159. Na descida da ladeira.



160. Descendo mais. Quem quiser fazer retífica de motor, esse é o local. Por aí também tem várias selarias.



161. À direita a entrada que vai pra Avenida do Canal.



162. À esquera o TRE e o INSS, à direita o inacabado Parque da Lagoa. (não estão visíveis nas fotos)



163. Entrada da Trincheira sob o anel de contorno.



164. Saída.



165. Avenida Transnordestina. À direita, o Bairro Cidade Nova.



166. O mato tomando conta de tudo.



167. Surpresa! Pintura dos meios-fios e roçagem.



168. UEFS!






 

·
PAPITO
Joined
·
9,840 Posts
Ótimo thread. Feira está crescendo muito rapidamente. Com a ampliação do Centro Industrial do Subaé, dezenas de fábricas estarão chegando à cidade.
Parabéns pelo trabalho.
 

·
.
Joined
·
169,245 Posts
Muito bom o registro, um dos mais completos já feito de Feira.:applause:
As árvores com flores vermelhas são flamboyants.
 

·
Tasso R
Joined
·
1,437 Posts
Parabéns pelo thread Fruciante! muito bom, se não fosse por você o pessoal não ia ver um thread de Feira tão cedo :lol:

eu achei que faltou você tirar foto do Ville Gourmet, podia ser por fora mesmo, e tirar uma foto da Nova Concessionária Paraguaçu que está em construção na João Durval, ao lado do Shopping.



se você girasse ai uns 95 graus e apertasse o botão da maquina tirava foto dela :lol: agora a João Durval vai ficar mais "moderna" nesse trecho.

uma fotinha do boliche também seria legal.

e nooossaa, como a contorno é feia hein, segundo dizem, as obras da revitalização da Lagoa Grande serão retomadas agora em Março, quando terminarem(espero um dia)vai deixar o trecho onde ela fica da contorno mais bonita, é uma pena que quando duplicarem não vão instalar ciclovias nem plantar arvores nela... :(

e uma curiosidade, era a Lagoa Grande que abastecia Feira antes da barragem Pedra do Cavalo. (obrigado @joaocarlos por me ensinar isso :lol) acho que eu sou o unico Feirense que não sabia disso :lol:

mas o thread ta show brothi! :eek:kay:
 

·
Jequié, Sudeste da Bahia
Joined
·
10,105 Posts
Como a Gigante do interior do Nordeste impressiona, muito bom o Thread, e sem dúvidas, essas grandes e largas avenidas numa cidade no interior do Nordeste é quase q raro, vlw por compartilhar as fotos Frusciante.
 

·
Agreste Pernambucano
Joined
·
18,187 Posts
Só não dou nota 10 (dez) ao thread por conta dos comentários muitas vezes depreciativos. As fotos estão ótimas, faz tempo que não vejo tantas fotos legais de Feira assim.
Não estou dizendo que devemos "maquiar" a cidade, mas a idéia que passa é que o povo de Feira não sente orgulho da cidade que tem. Posso estar totalmente equivocado, mas é essa a idéia que tenho.

Termino com essa frase de Machado de Assis: "Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinhos, há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

Frusciante, parabéns pelo belo trabalho!
 

·
Banned
Joined
·
2,935 Posts
É quando se fala em interior do nordeste há que se retirar a gigante Feira de Santana das comparações, ela é uma metrópole que não dá para comparar com as demais interioranas.

Que avenidas são essas! Excelente cidade! Passo por ela pelo menos umas 4/5x por ano, pena que sempre com pouco tempo que não me deixa "entrar" para vê-la por "completo", coisa que necessita-se de muito tempo, claro.

É a capital do Interior do Nordeste!

No mais...


:applause: :applause: :applause:
 

·
Registered
Joined
·
7,955 Posts
as avenidas de feira de santana são de dar inveja a muitas cidades e capitais, elas são surpreendente, que o diga caruaru que precisa, mas não tem avenidas assim, fiquei impressionado com a oposição entre muitas avenidas da cidade e a eduardo froz de mota, achei que teria umas 5 faixas de cada lado, mas não tem, uma avenida dessa é um privilegio de feira, e deveria ser mais valorizada. parabens pelo thereas, ficou bonito e detalhado.
 

·
Registered
Joined
·
5,706 Posts
Frusciante, parabéns pelo seu trabalho!!!!

Seu thread ficou maravilhoso! Li cada comentário nas fotos, de uma riqueza impressionante, parabéns, ficou realmente muito muito bom. Obrigado por mostrar nossa gigante Feira!

É quando se fala em interior do nordeste há que se retirar a gigante Feira de Santana das comparações, ela é uma metrópole que não dá para comparar com as demais interioranas.

Que avenidas são essas! Excelente cidade! Passo por ela pelo menos umas 4/5x por ano, pena que sempre com pouco tempo que não me deixa "entrar" para vê-la por "completo", coisa que necessita-se de muito tempo, claro.

É a capital do Interior do Nordeste!

No mais...


:applause: :applause: :applause:
É exatamente o que sinto! :banana: Obrigado pelas palavras.

Só não dou nota 10 (dez) ao thread por conta dos comentários muitas vezes depreciativos. As fotos estão ótimas, faz tempo que não vejo tantas fotos legais de Feira assim.
Não estou dizendo que devemos "maquiar" a cidade, mas a idéia que passa é que o povo de Feira não sente orgulho da cidade que tem. Posso estar totalmente equivocado, mas é essa a idéia que tenho.

Termino com essa frase de Machado de Assis: "Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinhos, há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

Frusciante, parabéns pelo belo trabalho!
É verdade que ele reclamou muito em alguns posts, mas, veja de um outro ponto de vista. É tanto amor que dói ver nossa cidade desse jeito. Feira está abandonada e merecia muito mais, entende?

O Feirense é um povo apaixonado pela sua cidade, muito mesmo.
 

·
BAHIA
Joined
·
7,631 Posts
O thread está ótimo. Só não está perfeito por causa dos comentários das fotos que não fazem justiça a Feira. Feira é um orgulho para a Bahia.
 

·
Registered
Joined
·
1,858 Posts
O thread está excelente! Gostei da idéia de pegar os principais eixos viários e mostrá-los a fundo. Parabéns!
Também confesso que fiquei impressionado com a largura das avenidas! Tem capital que fica atrás de Feira nesse sentido (inclusive a minha Goiânia).
Agora, convenhamos...é muita hipocrisia falar mal dos comentário do Frusciante como se ele estivesse martirizando sua cidade. Cara...realmente a cidade não está com um aspecto bom! Se tem uma coisa mais frustrante que cidade mal cuidada, é ver a nossa própria cidade nesse estado. Quem ama pode criticar sim, pois mostra que quer um futuro melhor para a sua cidade.
 
1 - 20 of 113 Posts
Top