Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 9 of 9 Posts

·
Baiano sim senhor!
Joined
·
41,959 Posts
Discussion Starter · #1 ·
24/06/2008

A Ferrovia da Integração Oeste/Leste, que totalizará 3,1 mil quilômetros de extensão entre Vilhena (RO) e Ilhéus, na Bahia, foi incluída no Plano Viário Nacional, por meio de Medida Provisória assinada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva. Com isso, fica assegurada grande parte dos R$ 2,5 bilhões que vão ser investidos na implantação da estrada de ferro.

Sob a responsabilidade da Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, empresa controlada pela União e supervisionada pelo Ministério dos Transportes, a ferrovia começa a ser construída em 2009, sendo que os estudos de impacto ambiental e de aerofotogrametria já foram contratados.

As informações foram passadas pelo secretário do Planejamento, Ronald Lobato, durante apresentação do Mapa Estratégico da Bahia para oficiais do curso de Política e Estratégias Aerospaciais da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, na quinta-feira (19).

Uma das características do plano, destacada como positiva pelo coronel Fábio Sahm Paggiaro, foi a capacidade de articulação entre as diretrizes estratégicas e os planos de ação. “É uma novidade importante em termos de qualidade aplicada à gestão pública no Brasil”, disse o oficial.

“A Bahia, que já é destacada do contexto nacional por suas belezas naturais e amabilidade do seu povo, agora desponta com um programa de desenvolvimento amplo, que enfatiza a infra-estrutura e a logística”, declarou o coronel Hélio Rodrigues Santos Filho.

Isso porque o oficial conheceu também o eixo de desenvolvimento do plano da Bahia, cuja meta é produzir e crescer repartindo, com foco na geração de trabalho, emprego e distribuição de renda. Nessa perspectiva, o crescimento econômico dos grandes empreendimentos deverá acontecer articulado com pequenos e médios empreendimentos como as cooperativas e a agricultura familiar.

Por isso foram apresentadas as diretrizes socioeconômicas e as estratégias territoriais, que priorizam o desenvolvimento do semi-árido, da Região Metropolitana de Salvador como pólo de serviços, e da região cacaueira, além de vislumbrar ações voltadas para a dinamização de todas as outras regiões do estado.

Além da Ferrovia Oeste/Leste, o secretário destacou o Sistema BA-093, que liga os principais pólos industriais da Bahia e cuja licitação será lançada no primeiro semestre de 2009, e o Sistema Juazeiro/Petrolina. Este último, com ações programadas para o porto de Juazeiro, o aeroporto de Petrolina, o Ramal Ferroviário, a revitalização do distrito industrial e da Ferrovia Centro-Atlântica (trecho Juazeiro/Aratu), e o projeto da Plataforma Logística de Juazeiro.

Quanto à hidrovia do São Francisco, a Codevasf executa desde julho de 2007, obras de dragagem e contenção das margens no trecho de 607 quilômetros entre Ibotirama e Juazeiro. O objetivo é viabilizar a navegação durante os 12 meses do ano, o que atualmente limita-se ao período de cheia, e ampliar o volume de carga transportada por comboio, passando assim, de 2 mil toneladas para 5 mil toneladas – equiparando-se à hidrovia Tietê-Paraná.

Fonte:Agecom
 

·
BAHIA
Joined
·
7,742 Posts
A Leste-Oeste vai dotar a Bahia de um equipamento logístico de primeiro mundo, a Bahia vai ser mais competitiva e mais qualificada para receber investimentos, já que seu vasto território vai estar melhor integrado. Desenvolvimento tem que ser em todo o estado da Bahia, se concentrar em uma região só não é sustentável!
 

·
Danielz - xdanielz
Joined
·
1,696 Posts
bem porcaria esse traçado, na parte Leste ela passa no meio do nada pra chegar em ilheus, poderia muito bem passar por conquista e poderia escoar o Café, ou por Jequie, e passar tb por itabuna ajudando a produção do cacau que recebeu um grande investimento para ter suas lavouras revitalizadas.

Olha o desperdicio do dinheiro.
 

·
BAHIA
Joined
·
7,742 Posts
^^ Ela vai passar a menos de 50km a Sul de Jequié e não muito a norte de Poções e vai passar na região do Vale do Rio de Contas que produz cacau. Nada que pequenos ramais não resolva. Sobre Conquista, realmente deveriam ter pensado em um ramal para a cidade e Itapetinga, mas não é porque não vai a nossa cidade que devemos desqualifica-lo. Conquista já vai ser agraciada com a privatização da BR-116 Sul, que vai melhorar a logística da cidade. Quem sabe no futuro não venha um ramal ?
 

·
Registered
Joined
·
7,537 Posts
bem porcaria esse traçado, na parte Leste ela passa no meio do nada pra chegar em ilheus, poderia muito bem passar por conquista e poderia escoar o Café, ou por Jequie, e passar tb por itabuna ajudando a produção do cacau que recebeu um grande investimento para ter suas lavouras revitalizadas.

Olha o desperdicio do dinheiro.
Mas tudo isso pode ser contemplado com ramais.
O mais importante é ter um eixo pouco sinuoso com grande capacidade para cargas e velocidade.

Com o tempo os ramais interconectam-se formando uma verdadeira rede. É assim todo princípio de transporte, já temos dois Eixos em andamento o Norte-Sul e agora o Leste-Oeste, depois viram os complementares e em seguida os suplementares.
 

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,221 Posts
Essa notícia interessa não só ao Nordeste, mas também ao Centro-Oeste e ao Norte. Acho até que ela deveria estar no "Infra-estrutura e Transportes". :)
 
1 - 9 of 9 Posts
Status
Not open for further replies.
Top