SkyscraperCity banner

1 - 20 of 924 Posts

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,736 Posts
Discussion Starter #1
A frontaria do Mosteiro de Santa Maria de Seiça, na freguesia do Paião, concelho da Figueira da Foz, está bastante degradada e ameaça ruir a qualquer momento. O alerta partiu de António França, presidente da Junta de Freguesia local, que lançou um apelo à Câmara Municipal e ao Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR).

"A fachada do convento, tal como todo o edifício, está num estado deplorável. É preciso, com urgência, recuperar e salvar este património, que remonta às origens do próprio país", apelou o autarca social-democrata.

É rica a história do convento, cujas origens datam do início do século XII, mas os primeiros relatos surgem da altura da formação de Portugal, ainda antes do seu reconhecimento enquanto nação, quando D. Afonso Henriques combatia os Mouros nas redondezas.

Reedificado

A biografia do espaço mistura ainda a Ordem de Cister e o arroz. No mosteiro estiveram, no reinado de D. Sancho I, os frades Beneditinos de Alcobaça.O Convento de Seiça, reedificado no século XVII, caiu em ruínas após a extinção das ordens religiosas (1834), apenas se conservando a remodelada capela octogonal de Nossa Senhora de Seiça, uma ermida numa encruzilhada, talvez um antigo templo a Hermes.

Curiosamente, só essa capela tem a classificação de Imóvel de Interesse Público.

"Todo este é um património com um valor histórico incalculável. Nele está escrita parte da história de Portugal. E, por exemplo, a capela é a única octogonal existente na Península Ibéria", sublinhou o presidente da Junta de Freguesia .

Completo abandono

Quem chega a Seiça encontra um local mágico, onde a imponência do mosteiro, em ruínas, se mistura com um ecossistema bastante rico, com os campos de arroz, uma ribeira e os seus canais, sapais e algumas zonas pantanosas.

Mas quem procura o convento depara-se com uma imagem desoladora. Vidros e janelas partidos, portas arrombadas e a cobertura destelhada. Enfim, completamente abandonado.

Sem dinheiro para obras

O Mosteiro de Santa Maria de Seiça é propriedade da Câmara da Figueira da Foz. Santana Lopes, então líder da autarquia, adquiriu o espaço por cerca de 225 mil euros, a uma família proprietária do convento desde 1895. O autarca do PSD prometeu uma "intervenção de fundo" no imóvel, mas, quase dez anos depois, as ruínas do convento continuam à mercê da degradação e do vandalismo. "A Câmara também está preocupada com o estado de degradação daquele património, mas o problema é que não temos verbas para proceder aos trabalhos de reabilitação do edifício. São obras bastante avultadas", disse, ao JN, Duarte Silva (PSD), edil local."É preciso fazer obras, por mínimas que sejam, para evitar a derrocada da fachada do imóvel", avisou António França.
Fonte: JN
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
:( a extinção das ordens relegiosas foi um desastre para o patrimonio, ao menos podiam ter tomado medidas para a sua protecção, ja conhecia o caso em questão é o desleixo total!!
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,736 Posts
Discussion Starter #5
Alguém tem fotos?
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
tenho aqui algumas k tirei da net :yes:
o mosteiro foi reconstruido no sec. XVII e de facto tem toda a caracteristica de edificios desta época no tipo de arquitectura k apresenta:




a capela octogonal, tb sera do esc. XVII mas duvido, aquele tipo de janelas por cima do alpendre são tipicos do Barroco do sec. XVIII, deve ter sido alterada a posteriori:
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,736 Posts
Discussion Starter #9
É fabuloso!!:eek: Não tinha ideia que fosse assim tão grande!!
 

·
Registered
Joined
·
4,125 Posts
o problema da maioria dos paises europeios es que tem mt patrimonio e o dinheiro nao chega a tudos os sitios, quanto mais afastado das cidades e menos provável sua restauraçao, e dp fica o problema de qué fazer com estos prédios dp, nao é lógico gastar milhoes do euros em restaurar e dp nao saber que fazer con eles e fecharlos até que volten de novo a ruina, acho que nao é possivel para a maioria dos Estados com muito patrimonio histórico como Italia, Francia ou Portugal recuperar tudos os seus prédios históricos, o esforço que se faz agora é mesmo mt grande para conservar o pasado, acho que se quer chegar mais longe as iniciativas privadas sao a melhor soluçao, o Estado nao pode faz tudo.
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
é como diz o Valia, este mosteiro esta fora de araeas urbanas e ha pouco dinheiro para recuperações arquitectonicas, o di nheiro que ha é usado para esse efeito em aereas de grandes população :dunno:
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
é k ainda para mais este mosteiro é do tipo dos mosteiros existentes na região norte mas esta na regiaão centro logo é uma raridade :sleepy:
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
o menos podiam fazer uma pousada nas restantes instalações, assim ja o patrimonio se autosustentava :dunno:
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,736 Posts
Discussion Starter #18
Não há ninguém que vá para aquelas zonas brevemente para arranjar 1as fotinhas?:D
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
actualmente tem-se feito muito disto aqui Valia, empresas do ramo turistico compram os conjuntos monasticos degradados e recureram, a mru ver desde k deixem a parte da igreja para visita ao publico td bem!!
 
1 - 20 of 924 Posts
Top