SkyscraperCity banner

1 - 20 of 521 Posts

·
Registered
Joined
·
8,746 Posts
Discussion Starter #1
Flávio Dino: “Salário inicial de professor no Maranhão passa para R$ 5.750”



“Com a medida que editei ontem, o salário inicial do professor de 40h no Maranhão passará para R$ 5.750,00. Acreditamos que esse grande investimento é fundamental para desenvolver o nosso Estado.”

O docente em início de carreira com 20 horas semanais também terá aumento: receberá o equivalente a R$ 2.875,41.

Desde 2015, quando começou a gestão de Flávio Dino no estado, os professores do Maranhão tiveram reajuste salarial de 30,35%. É bem acima da inflação do período medida pelo IPCA (índice oficial), de 21,46%.

Com os reajustes, o salário de professor do Maranhão passou a ser o mais alto do Brasil. Além disso, trata-se do primeiro reajuste salarial de professores, entre todos os estados do país, no ano. “Nenhum outro estado concedeu reajuste a todos os seus educadores em 2018. Somente o Governo Flávio Dino o fez”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Já em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou, no dia 4 de janeiro deste ano, o reajuste de 7% do piso salarial de mais de 200 mil professores da rede estadual. Com o reajuste, o salário base de um professor passará de R$ R$ 2.415,89 para R$ 2.585,00. As informações são da secretaria de Educação do governo do estado.


https://www.revistaforum.com.br/segundatela/2018/02/28/flavio-dino-salario-inicial-de-professor-no-maranhao-passa-para-r-5-750/
 

·
Registered
Joined
·
23,282 Posts
Não estou a par de quanto ganha um professor em uma escola particular de ensino médio, mas pelo pouco que eu sei ganham menos na rede pública que no mercado. Assim não vejo como um grande problema esse aumento desde que o estado do Maranhão tenha como pagar e se existe Estado o foco tem que ser na educação mesmo. Um auditor-fiscal do Maranhão começa ganhando R$9.600,00, ou seja, mesmo com esse aumento o salário de professor é praticamente a metade do de fiscal fazendário. Há uma distorção aí. Se for olhar o judiciário deve ter uma distorção maior ainda. Não que deve ir aumentando o salário de todas as categorias, mas seria justo pelo menos aumentar a de professor enquanto segura o aumento das outras.
 

·
Registered
Joined
·
8,746 Posts
Discussion Starter #4
Agora o mundo real

Déficit primário do Maranhão em 2017 foi R$ 850 milhões maior que o previsto

A divulgação do resultado primário do Governo do Maranhão referente ao exercício financeiro de 2017 – detalhado em reportagem do Valor Econômico nesta semana – aponta que o déficit fiscal do Estado foi R$ 850 milhões maior que a meta prevista na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) proposta pelo Executivo e aprovada pela Assembleia Legislativa em 2016.

De acordo com o documento, o déficit primário da economia estadual maranhense deveria ser de pouco mais de R$ 277 milhões. O resultado realizado, no entanto, foi um déficit de R$ 1,1 bilhão.

O valor refere-se às despesas empenhadas até dezembro de 2017, de acordo com Relatório Resumido de Execução Orçamentária do 6º bimestre do ano passado, documento emitido pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan).

Repercussão - O mau resultado da gestão fiscal comunista em 2017 repercutiu na Assembleia Legislativa. Em discurso na terça-feira, 20, o deputado Adriano Sarney (PV) comentou o desempenho, e fez duras críticas.

"São dados da Secretaria do Tesouro Nacional e das Secretarias de Fazenda estaduais, que contradizem a propaganda do governo comunista e revelam que o Maranhão está quebrado. Flávio Dino quer deixar esse rombo para a próxima governadora", declarou.

De acordo com o deputado, os dados apresentados em reportagem publicada no início desta semana refletem a situação de todos os estados brasileiros.

“O Maranhão quebrou e foi o Estado que mais teve o seu déficit primário abalado entre os anos de 2016 e 2017. Segundo o próprio jornal Valor Econômico, com dados do Tesouro Nacional e da Fazenda Estadual, em 2016, o Estado do Maranhão teve um superávit, teve dinheiro em caixa de 533 milhões de reais e, no final de 2017, esse valor foi negativo em 1,126 bilhão de reais, uma piora de mais de 311% do orçamento do caixa do governo do Estado do Maranhão”, destacou.

Segundo Adriano Sarney, o resultado negativo é a prova da falta de capacidade gerencial dos comunistas maranhenses, que não conseguiram equilibrar as contas, mesmo tendo aumentado drasticamente a carga tributária e a pressão sobre o contribuinte.

“Isto tudo tendo o governador comunista e mentiroso aumentado impostos para fazer campanha e gastar o dinheiro de forma irresponsável porque, após ter torrado todo o dinheiro do BNDES em campanhas municipais, agora vai entregar o Estado do Maranhão para a próxima governadora plenamente falido”, completou.

MAIS

Como nem todo o valor discriminado como despesa empenhada foi efetivamente pago, muito do déficit do ano passado deverá ser pago em 2018, que já tem projeção de déficit de R$ 318 milhões.

NÚMEROS

R$ 277 milhões era a previsão de déficit primário para 2017, segundo a LDE

R$ 1,1 bilhão foi o total real do déficit

R$ 850 milhões é o valor da diferença entre o previsto e o efetivado


Governo diz que dados são preliminares

Em nota encaminhada a O Estado, o Governo do Maranhão não contestou as informações do relatório que apontam déficit primário em 2017, mas apontou que os dados são preliminares.

Diz o comunicado que um levantamento consolidado será divulgado apenas em abril, quando vence o prazo para tal. Nesse caso, o documento também será enviado à Assembleia.

“Os dados utilizados na matéria são preliminares. Trata-se de uma prática pró-forma no âmbito dos Entes Federativos, uma vez que o prazo legal para publicação do relatório de gestão fiscal relativo ao terceiro quadrimestre do exercício anterior é até 30 de janeiro de 2018, e que o seu descumprimento implica em penalidades ao estado. O prazo para a publicação dos dados finais do balanço geral do estado corresponde a 5 de abril de 2018, com entrega na Assembleia Legislativa. Ressalva-se que a maioria dos estados não finaliza seus balanços até o final de janeiro”, diz a nota.

Segundo o Executivo, “resultado primário não equivale à disponibilidade de caixa, sendo o primeiro, um produto entre receita e despesa não financeiras”. Ainda de acordo com o governo, o total de recurso em caixa é de R$ 1,4 bilhão.

“Sobre a disponibilidade de caixa, destaca-se que o Maranhão apresentou no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) preliminar o montante de R$ 1,4 bilhão, dos quais R$ 69,1 milhões são oriundos de Operação de Crédito, demonstrando saldo financeiro superior ao déficit aludido e evidenciando a distinção entre os conceitos citados”, completou.


http://imirante.com/mobile/oestadoma/noticias/2018/02/22/deficit-primario-do-maranhao-em-2017-foi-r-850-milhoes-maior-que-o-previsto.shtml
 

·
Registered
Joined
·
20,598 Posts
Esse post podia ficar no tópico de economia.

Não é um aumento tão bombástico, já que os salários de outros estados para 40h também passam dos 5k.

- É desproporcional para umas das UF mais pobres do país.
- Vai servir para provar que salário alto não melhora educação, assim como o dos policiais do DF não melhorou a segurança.
- É bom que o Flávio Dino seja reeleito.
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
59,982 Posts
Sim, amiguinho... Vamos reajustar os salários dos professores da rede estadual e a educação brasileira será igual à do Japão. Vai dar certo, sim, amiguinho.

5 paus para aguentar sala fedida, alunos selvagens que idolatram a ervinha e pais que jogam toda a sua responsabilidade da educação dos seus filhos ao Estado.
 

·
Registered
Joined
·
23,282 Posts
Agora o mundo real

Déficit primário do Maranhão em 2017 foi R$ 850 milhões maior que o previsto

A divulgação do resultado primário do Governo do Maranhão referente ao exercício financeiro de 2017 – detalhado em reportagem do Valor Econômico nesta semana – aponta que o déficit fiscal do Estado foi R$ 850 milhões maior que a meta prevista na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) proposta pelo Executivo e aprovada pela Assembleia Legislativa em 2016.

De acordo com o documento, o déficit primário da economia estadual maranhense deveria ser de pouco mais de R$ 277 milhões. O resultado realizado, no entanto, foi um déficit de R$ 1,1 bilhão.

O valor refere-se às despesas empenhadas até dezembro de 2017, de acordo com Relatório Resumido de Execução Orçamentária do 6º bimestre do ano passado, documento emitido pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan).

Repercussão - O mau resultado da gestão fiscal comunista em 2017 repercutiu na Assembleia Legislativa. Em discurso na terça-feira, 20, o deputado Adriano Sarney (PV) comentou o desempenho, e fez duras críticas.

"São dados da Secretaria do Tesouro Nacional e das Secretarias de Fazenda estaduais, que contradizem a propaganda do governo comunista e revelam que o Maranhão está quebrado. Flávio Dino quer deixar esse rombo para a próxima governadora", declarou.

De acordo com o deputado, os dados apresentados em reportagem publicada no início desta semana refletem a situação de todos os estados brasileiros.

“O Maranhão quebrou e foi o Estado que mais teve o seu déficit primário abalado entre os anos de 2016 e 2017. Segundo o próprio jornal Valor Econômico, com dados do Tesouro Nacional e da Fazenda Estadual, em 2016, o Estado do Maranhão teve um superávit, teve dinheiro em caixa de 533 milhões de reais e, no final de 2017, esse valor foi negativo em 1,126 bilhão de reais, uma piora de mais de 311% do orçamento do caixa do governo do Estado do Maranhão”, destacou.

Segundo Adriano Sarney, o resultado negativo é a prova da falta de capacidade gerencial dos comunistas maranhenses, que não conseguiram equilibrar as contas, mesmo tendo aumentado drasticamente a carga tributária e a pressão sobre o contribuinte.

“Isto tudo tendo o governador comunista e mentiroso aumentado impostos para fazer campanha e gastar o dinheiro de forma irresponsável porque, após ter torrado todo o dinheiro do BNDES em campanhas municipais, agora vai entregar o Estado do Maranhão para a próxima governadora plenamente falido”, completou.

MAIS

Como nem todo o valor discriminado como despesa empenhada foi efetivamente pago, muito do déficit do ano passado deverá ser pago em 2018, que já tem projeção de déficit de R$ 318 milhões.

NÚMEROS

R$ 277 milhões era a previsão de déficit primário para 2017, segundo a LDE

R$ 1,1 bilhão foi o total real do déficit

R$ 850 milhões é o valor da diferença entre o previsto e o efetivado


Governo diz que dados são preliminares

Em nota encaminhada a O Estado, o Governo do Maranhão não contestou as informações do relatório que apontam déficit primário em 2017, mas apontou que os dados são preliminares.

Diz o comunicado que um levantamento consolidado será divulgado apenas em abril, quando vence o prazo para tal. Nesse caso, o documento também será enviado à Assembleia.

“Os dados utilizados na matéria são preliminares. Trata-se de uma prática pró-forma no âmbito dos Entes Federativos, uma vez que o prazo legal para publicação do relatório de gestão fiscal relativo ao terceiro quadrimestre do exercício anterior é até 30 de janeiro de 2018, e que o seu descumprimento implica em penalidades ao estado. O prazo para a publicação dos dados finais do balanço geral do estado corresponde a 5 de abril de 2018, com entrega na Assembleia Legislativa. Ressalva-se que a maioria dos estados não finaliza seus balanços até o final de janeiro”, diz a nota.

Segundo o Executivo, “resultado primário não equivale à disponibilidade de caixa, sendo o primeiro, um produto entre receita e despesa não financeiras”. Ainda de acordo com o governo, o total de recurso em caixa é de R$ 1,4 bilhão.

“Sobre a disponibilidade de caixa, destaca-se que o Maranhão apresentou no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) preliminar o montante de R$ 1,4 bilhão, dos quais R$ 69,1 milhões são oriundos de Operação de Crédito, demonstrando saldo financeiro superior ao déficit aludido e evidenciando a distinção entre os conceitos citados”, completou.


http://imirante.com/mobile/oestadoma/noticias/2018/02/22/deficit-primario-do-maranhao-em-2017-foi-r-850-milhoes-maior-que-o-previsto.shtml
Neste caso foi um tiro no pé. :nuts:
 

·
.
Joined
·
16,139 Posts
É interessante esse fenômeno bem disseminado na sociedade brasileira de que aumentar salário melhora a qualidade da educação.

É claro que uma carreira valorizada atrai gente mais qualificada. Mas há outras medidas concretas e direcionada para isso? Exigência de curso superior, pós graduação, cursos periódicos de requalificação, metas claras anuais, etc etc?

Na verdade boa parte dos professores brasileiros não merecem ganhar `tudo` isso. São ralé bem desqualificada mesmo, que deveriam ser demitidos para recontratar alguém melhor, que só ingressaria na carreira com esse novo patamar salarial.

Bom, mas do jeito que nossa política é, capaz de esse anúncio ser uma `pegadinha`. Não deve ser um valor efetivamente aplicado a todos os profissionais.
 

·
Registered
Joined
·
949 Posts
Parabéns a ele. Excelente medida. Não adianta fazer mil planos para a educação se a primeira medida (salário digno aos professores) ninguém põe em prática. Afinal, as pessoas precisam pagar contas e ninguém trabalha somente por amor ou por hobby. Que sirva de exemplo aos outros governadores.
 

·
Registered
Joined
·
20,598 Posts
Parabéns a ele. Excelente medida. Não adianta fazer mil planos para a educação se a primeira medida (salário digno aos professores) ninguém põe em prática. Afinal, as pessoas precisam pagar contas e ninguém trabalha somente por amor ou por hobby. Que sirva de exemplo aos outros governadores.

O salário digno para o Judiciário fez milagres né.

Aumentar salários é a última medida. São Paulo é prova disso, com salários medianos para o maior custo de vida, e ainda sim com os melhores resultados que se consegue obter no Brasil.


Esse mantra de "maiores salários" é mais da mesma ignorância populista que explica a estagnação brasileira.
 

·
instagram: t.l.rekarte
Joined
·
43,298 Posts
Não estou a par de quanto ganha um professor em uma escola particular de ensino médio, mas pelo pouco que eu sei ganham menos na rede pública que no mercado. Assim não vejo como um grande problema esse aumento desde que o estado do Maranhão tenha como pagar e se existe Estado o foco tem que ser na educação mesmo. Um auditor-fiscal do Maranhão começa ganhando R$9.600,00, ou seja, mesmo com esse aumento o salário de professor é praticamente a metade do de fiscal fazendário. Há uma distorção aí. Se for olhar o judiciário deve ter uma distorção maior ainda. Não que deve ir aumentando o salário de todas as categorias, mas seria justo pelo menos aumentar a de professor enquanto segura o aumento das outras.

Depende muito, pois há escolas particulares da periferia onde o professor ganha uns 2 salários mínimos(as vezes nem isso) mas há "escolas de elite" como da rede Sartre Coc(e no caso de Salvador os colégios Antonio Vieira e Anchieta que são jesuítas) que pagam cerca de 8 mil reais ...a média acaba sendo jogada para baixo pois existe muitos mais pequenos colégios particulares de periferia do que colégios de elite
 

·
Registered
Joined
·
4,294 Posts
Vamos a real:


Outros estados é que vão bancar isso via Brasilia.
O problema é outro... quem se importa com isso? É só ler nos comentários... o povo fica achando que uma canetada resolve coisas, aumenta salário e ta tudo certo...

A Venezuela ta ai para mostrar que essas canetadas não resolvem, só criam um outro problema...

Mas quem liga? Isso vai ser uma pu** vitrine pra ele...
 

·
CIDADÃO DE BEM
SFA
Joined
·
25,618 Posts
O problema é outro... quem se importa com isso? É só ler nos comentários... o povo fica achando que uma canetada resolve coisas, aumenta salário e ta tudo certo...

A Venezuela ta ai para mostrar que essas canetadas não resolvem, só criam um outro problema...

Mas quem liga? Isso vai ser uma pu** vitrine pra ele...
Logo mais ele vai fazer o mesmo com os policiais também.

Seria interessante alguém postar a quantidade de professores e policiais no Maranhão.

E seria interessante alguém daqui 5-7 anos levantar esse tópico. :lol::lol::lol::lol:
 

·
Registered
Joined
·
1,943 Posts


Vamos lá galera... um comunista precisa fazer bondade com o dinheiro de vocês. REMEM!

Várias coisas a se considerar, mas não vou me alongar:

É desproporcional;
É insustentável;
Dinheiro não dá em árvore;
Esse cara precisa ser reeleito para pegar a quebradeira das contas estaduais, as quais não demorarão muito para acontecer;

Enfim... a casa vai cair, o dinheiro vai acabar, vão pedir dinheiro pra União, vão culpar a união, vão culpar não sei mais quem... fim. Quem tem dois neurônios já sabe da história.

Plus:

Ah, sim, lógico: a educação vai continuar a mesma merda (até porque o "ensino" oferecido nesse país é pra emburrecer mesmo. Nesse caso me vejo numa situação paradoxal: se o ensino é pra emburrecer, estaríamos diante de gastos eficientes?)
 

·
instagram: t.l.rekarte
Joined
·
43,298 Posts
Esse post podia ficar no tópico de economia.

Não é um aumento tão bombástico, já que os salários de outros estados para 40h também passam dos 5k.

- É desproporcional para umas das UF mais pobres do país.
- Vai servir para provar que salário alto não melhora educação, assim como o dos policiais do DF não melhorou a segurança.
- É bom que o Flávio Dino seja reeleito.

Inicial? Onde? na Bahia é cerca de 2,5k e há estados com salário inicial menor(creio que São Paulo seja menor)

É justamente nas UFs mais pobres que os salário são maiores para atrair interessados, Maranhão e Pará não devem conseguir formar licenciados na quantidade suficiente para suprir a demanda
 
1 - 20 of 521 Posts
Top