SkyscraperCity banner

1 - 20 of 3128 Posts

·
6 time grammy winner
Joined
·
12,442 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
ARQUITETURA PARA ALÇAR VÔO


AMPLO BEIRAL E DETALHAMENTO SOFISTICADO ACOLHEM OS PASSAGEIROS NO NOVO TERMINAL DO AEROPORTO DE FLORIANÓPOLIS

A tonalidade escura da estrutura metálica contrasta com os amarelos das superfícies que, por sua vez, ecoam nos reflexos dourados do sol nas fachadas envidraçadas. Ainda, os amplos espaços e a luminosidade natural nos interiores são qualificadores do novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, de Florianópolis, de autoria do escritório Biselli Katchborian Arquitetos Associados. Sua inauguração ocorreu em outubro passado.



Este foi o final feliz de uma história que parecia fadada ao fracasso. Em 2014 os titulares do escritório paulistano, Mario Biselli e Artur Katchborian, sofreram um duplo revés: enquanto terminava a obra do Terminal 3 do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com projeto diverso daquele que haviam desenvolvido para a Infraero, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária, entre 2010 e 2012, paralisava-se a construção no aeroporto de Florianópolis, até então orientada pelo projeto da dupla em parceria com Guilherme Motta, trabalho vencedor de concurso público de arquitetura promovido em 2004.

O equipamento de Santa Catarina foi privatizado em 2017 - ganhou a concessão o grupo liderado pela Zurich Airport - ainda com as obras do novo terminal interrompidas na fase de execução das fundações, enquanto que o de São Paulo o fora em 2012.
Após assumir a direção em Florianópolis, contudo, a Zurich Airport encarregou Biselli e Katchborian da concepção de um novo projeto, diverso em tamanho e tipo de funcionamento daquele de 2004. As demandas haviam mudado, passando-se de quatro píers de embarque para dez e desmembrando-se entrada e saída, de embarque e desembarque, em dois pavimentos, em vez da organização anterior em térreo e mezanino.

“Aeroporto tem programa dinâmico, com condicionantes que se alteram a todo o momento. Recebemos da Zurich um diagrama que pedia um novo projeto”, declara Biselli. Chegou-se a considerar a manutenção da malha estrutural a fim de aproveitar as fundações parcialmente executadas - leia matéria na edição 445 da PROJETO - mas, por fim, mudaram também os espaçamentos entre pilares.
A diferença mais sensível entre o projeto antigo e o novo, além da escala, é a mudança da cobertura, cujo perfil curvo com borda frontal inclinada para baixo deu lugar a um desenho retilíneo, com extremidades apontando para cima. De tal modo, compatibiliza-se a altura da construção com a cota do meio-fio superior, ou seja, da ponte por onde se dá o acesso dos passageiros que chegam para fazer check-in.



O novo terminal é uma construção metálica com fachadas ventiladas vedadas com vidro insulado e com painéis de alumínio composto e fenólicos. O corpo principal, ou edifício processador como é denominado, possui 130 metros de largura por 70 metros de profundidade, com o topo da cobertura posicionado na cota de 24,4 metros. A este bloco está conectada a longa sequência de salas de embarque, resultando uma composição com forma aproximada de T.



O vão - coberto - entre a ponte dos automóveis e a fachada frontal, ou lado terra, é de 7,5 metros. Mas a cobertura se projeta além dele, passando sobre a ponte, o que se faz através de um beiral com balanço de pouco mais de 17 metros. Neste trecho, a sustentação das treliças da cobertura ocorre através de duplas de pilares redondos que, distanciadas 12,5 metros entre si, partem do eixo do beiral e desembocam na viga que percorre toda a fachada, coincidente com o teto do pavimento térreo. Tanto a estrutura principal quanto a auxiliar são internas à fachada, de modo que pelo lado externo do edifício se tenha a visão prioritária dos painéis de vidro duplo que, embora laminados com película cinza, possui índice de reflexão baixo, bastante próximo ao do vidro transparente.



São três as passarelas que interligam a ponte ao terminal, no pavimento superior, demarcadas por portais metálicos. Já no térreo há um amplo e ajardinado ambiente de estar externo, qualificado pela pela luz natural que passa pelas clarabóias. Elas se repetem no saguão de entrada, no térreo, um ambiente de pé-direito total de onde partem as circulações verticais que comunicam os dois pavimentos.



O saguão do check-in é o ambiente mais impactante do projeto, sobretudo no que diz respeito à sua grande dimensão e qualidade ambiental - iluminação natural realizada pela claraboia do shed e ausência de pilares no meio do espaço - e ao esmero do detalhamento dos interiores; o que, aliás, se verifica na totalidade da arquitetura. A parede atrás dos balcões é inclinada para frente e totalmente revestida com madeira freijó, cuja tonalidade amarelada gera os reflexos dourados que são distintivos do projeto. Seu desenho deriva de uma necessidade técnica, ou seja, o grande espaço requisitado para a passagem de tubulação de climatização. Os arquitetos, habituados com a natureza - construção metálica - e a grande escala do projeto, fizeram de uma demanda técnica uma das virtudes da arquitetura.













https://www.arcoweb.com.br/projetod...-passageiros-do-aeroporto-de-florianopolis-sc























Área total do terminal: 13 m² para 49 m² (+36 m²)
Área comercial: aproximadamente 1.650 m² para 5.000 m² (+3.350 m²)
Capacidade: 2 milhões de passageiros por ano para 8 milhões
Estacionamento de 539 vagas 2.580 vagas (+2.041 vagas)
Pista principal para pouso e decolagem de 2300 m para 2400 m (+100m)
0 fingers 10 fingers (+10)
Portões de embarque: 6 para 13 (+7)
Esteiras de restituição de bagagens: 2 para 8 (+6)
Balcões de check-in: 41 para 45 (+4)


INVESTIMENTO


500+ milhões

ENTREGA

01 DE OUTUBRO DE 2019



LOJAS:







=================================

Linhas aéreas

Gol
Tam
Azul
Avianca
Aerolineas Argentinas (Sazonal)
Sky Airlines (Chile) (Sazonal)
ANDES (Argentina) (Sazonal)
Austral (Argentina) (Sazonal)
Em estudo:

Copa Airlines (Panamá)
TAP (Portugal)
Flybond (Argentina)




















https://www.archdaily.com.br/br/933...i-katchborian-arquitetos-foto?next_project=no
 

·
6 time grammy winner
Joined
·
12,442 Posts
Discussion Starter · #2 · (Edited)
2019- Primeiro carrinho de bagagem capaz de subir e descer escadas rolantes em aeroportos do Brasil.

2019 - Aeroporto Internacional de Florianópolis é o primeiro do Brasil a ter Despacho Avançado de Bagagem

2020- Primeiro do país: passageiros do Aeroporto Internacional de Florianópolis serão testados para Covid-19



2020 - Aeroportos vão testar sistema de embarque de passageiros por 'selfie'
A partir de setembro, a novidade será testada em projeto piloto no aeroporto de Florianópolis


2020-
Em iniciativa inédita, aeroporto de Florianópolis inicia testes com drones


MOVIMENTAÇÃO 2019


===============================================================

MOVIMENTAÇÃO ANUAL

2008 - 2.080.342 (13°)
2009 - 2.107.528 (16º) +27.186
2010 - 2.672.250 (14º) +547.722
2011 - 3.122.035 (14º) +497.785
2012 - 3.395.253 (14º) +273.218
2013 - 3.872.877 (13º) +477.624
2014 - 3.629.074 (14º) -243.803
2015 - 3.693.486 (14º) +64.412
2016 - 3.536.435 (13º) -157.051
2017 - 3.846.208 (13º) +309,773
2018 - 3.869.348 (13º) + 23.140
2019 - 3.918.230 (13º) + 48.882
Agência Nacional de Aviação Civil ANAC
http://www4.infraero.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/estatisticas/





==============================================================

ANTIGO PROJETO :

Aeroporto Internacional Hercílio Luz





Inspirado na fuselagem dos aviões, o projeto para o Novo Terminal Internacional de Passageiros de Florianópolis, Aeroporto Hercílio Luz, terá estrutura e sistemas construtivos de aço. Idealizado pelos arquitetos Mario Biselli e Guilherme Motta, recebeu o 1º lugar no Concurso Público realizado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) e organizado pelo IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil) em maio-junho de 2004. As plantas já foram entregues e as obras devem ter início ainda em 2006.



O terminal será implantado na faixa nordeste do perímetro – voltada para a pista de pouso principal –, o que permite melhor visualização de todo o complexo e menores percursos de rolagem para as aeronaves. Será concebido em dois níveis operacionais: térreo e mezanino, além de mais um terceiro piso, destinado à administração da Infraero. Entre outras vantagens, a gerência comercial terá visão privilegiada da área de embarque e, a poucos passos, do saguão. Já as áreas de segurança desfrutam de visibilidade integral da rampa e das pistas, ainda nesta primeira fase.



Um dos objetivos do projeto arquitetônico do terminal é oferecer uma leitura simples e objetiva ao usuário, e de fácil racionalização pelas equipes de operação segurança e manutenção – como devem ser as interfaces de transporte modal. Isso poderá ser observado logo no andar térreo, destinado à venda de bilhetes, check-in de embarque, tratamento de bagagens, desembarque com free-shop, sala reservada a autoridades e escritórios das empresas aéreas e de órgãos públicos. Neste nível, o tratamento operacional será organizado em faixas, de acordo com os fluxos de embarque e de desembarque de passageiros e bagagens.



No mezanino, sob mesma lógica, organizam-se os espaços comerciais, salas de embarque, conector e pontes de embarque. Na extremidade leste, localiza-se a praça de alimentação e o terraço panorâmico. A circulação vertical principal será feita por meio de escadas rolantes, fixas e elevadores distribuídos no saguão. Sistemas iguais também foram propostos para salas de embarque remoto e desembarque, tanto nacional quanto internacional



O projeto prioriza ainda o uso de materiais de acabamento duráveis, baseados nos conceitos de beleza e funcionalidade. Inclui desde pisos graníticos até caixilhos e fechamentos metálicos que garantam conforto térmico e acústico. A luz natural ingressará através de aberturas ao longo de todo o perímetro do edifício, sempre amenizada por generosos beirais e brises soleis. Nas áreas centrais do projeto, uma abertura zenital, igualmente protegida, amplia ainda mais a entrada de luz nas áreas internas.



Para o arquiteto Mário Biselli, além de possibilitar um acesso viário direto, a opção por uma construção linear progressiva apresentou-se como a mais apropriada, pelo fato de admitir futuras adequações operacionais e arquitetônicas. Isso será possível com a construção de módulos interconectados dentro do conceito de "um só teto (under one roof)", permitindo interferências mínimas na construção existente. Quanto às demais fases de implantação, seguem o perímetro do pátio de aeronaves a oeste e sul, com dois edifícios de CUT estrategicamente dispostos.



A concepção é extremamente simples: uma linha contínua une a cobertura de aço e as fachadas do edifício, exprimindo uma estreita relação entre forma e a função. Ao norte posicionam-se as salas de embarque e conector, enquanto ao sul, um grande beiral oferece abrigo ao meio fio. Ao longo deste perfil ainda foram previstas calhas para águas pluviais



Projeto Arquitetônico:
Biselli e Katchborian Arquitetos Associados





O terminal em números :

Área Construída: 35.817 m2
Pontes de embarque: 5
Capacidade do terminal: 2,7 milhões
Capacidade do pátio: 12 aeronaves
Pátio principal: 141.698 m2
Estacionamento: 1.800 vagas
Pista de taxiamento: 5
Esteiras de bagagem: 3
Pontos comerciais: 64
Elevadores: 13
Escadas rolantes: 8

Atribuições e valores

Estado: R$ 107 milhões - projeto e execução da ampliação do acesso viário, aquisição de área da UFSC, manutenção e segurança da área externa ao aeroporto
Prefeitura: R$ 13 milhões - transferência de imóveis já desapropriados para governo do Estado
Infraero: R$ 316,4 milhões - construção do novo terminal de passageiros, pátio de estacionamento de aeronaves, pistas de taxiamento, novo prédio da seção contra-incêndio, novo estacionamento e demais edificações e infraestrutura necessárias.

PREVISÃO DE ENTREGA :

Dezembro 2014



Fontes :
Metalica
Oglobo
Galeriadaarquitetura
DC
===========


Obras :
obras Aeroporto Hercilio Luz



eduardovalente

farm
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
26,189 Posts
Um terminal à altura de Floripa :applause:

Entrega para dezembro deste ano eu acho bem impossível.
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
26,189 Posts
A altura de Floripa? Uma das cidades e região mais linda, rica e que recebe turistas do Brasil ter um aeroporto desse tamanho? É minúsculo!

Mas pelo menos é bonito.

E esse acesso, já é um drama, agora tem que contornar toda a pista haha.. deuzz...
Na verdade a capacidade ali informada não é mais de 2.7 milhões, isso é quando foi planejado em 2006! Floripa já bateu os 4 milhões ano passado!

O novo aeroporto terá capacidade para 8 milhões de passageiros :)
 

·
Registered
Joined
·
3,525 Posts
o mais legal é que até a Varig, vai ressurgir para esse aeroporto.
Os carros nos renders tb são antigos.

" Idealizado pelos arquitetos Mario Biselli e Guilherme Motta, recebeu o 1º lugar no Concurso Público realizado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) e organizado pelo IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil) em maio-junho de 2004."

Na verdade a capacidade ali informada não é 2.7 milhões, iso é quando foi planejado em 2006! Floripa já bateu os 4 milhões ano passado!

O novo aeroporto terá capacidade para 8 mi.
Como assim? O projeto do terminal novo foi alterado?
Pq se a capacidade do terminal novo era de 2.7 milhões em 2006, ela continuará sendo de 2.7 milhões em 2014.

O terminal em números :

Área Construída: 35.817 m2
Pontes de embarque: 5
Capacidade do terminal: 2,7 milhões
Capacidade do pátio: 12 aeronaves
Pátio principal: 141.698 m2
Estacionamento: 1.800 vagas
Pista de taxiamento: 5
Esteiras de bagagem: 3
Pontos comerciais: 64
Elevadores: 13
Escadas rolantes: 8
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
26,189 Posts
Os carros nos renders tb são antigos.

" Idealizado pelos arquitetos Mario Biselli e Guilherme Motta, recebeu o 1º lugar no Concurso Público realizado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) e organizado pelo IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil) em maio-junho de 2004."



Como assim? O projeto do terminal novo foi alterado?
Pq se a capacidade do terminal novo era de 2.7 milhões em 2006, ela continuará sendo de 2.7 milhões em 2014.

O terminal em números :

Área Construída: 35.817 m2
Pontes de embarque: 5
Capacidade do terminal: 2,7 milhões
Capacidade do pátio: 12 aeronaves
Pátio principal: 141.698 m2
Estacionamento: 1.800 vagas
Pista de taxiamento: 5
Esteiras de bagagem: 3
Pontos comerciais: 64
Elevadores: 13
Escadas rolantes: 8

É o mesmo projeto porém ele recebendo ajustes ao longo dos anos para receber até 8 milhões de passageiros/ano. Realmente não faz sentido construir um de 2.7m!

A descrição exata do projeto ninguém sabe, pois muda muito, mas será com este desenho, pode ficar maior.
 

·
Registered
Joined
·
21,402 Posts
Tem que dar risada de um projeto desses (2004), só 10 anos depois começam as obras e ele já vai ser inaugurado (muito) saturado. Aí é só questão de tempo para começarem com um puxadinho aqui e ali para ampliar seu tamanho, já que não tiveram a capacidade de projetar um aeroporto decente pensando no médio/longo prazo. Ai, ai...
 

·
-*-*-*-
Joined
·
25,934 Posts
Na verdade a capacidade ali informada não é mais de 2.7 milhões, isso é quando foi planejado em 2006! Floripa já bateu os 4 milhões ano passado!

O novo aeroporto terá capacidade para 8 milhões de passageiros :)
O aerporto (tb pequeno) de P.Alegre tem 37.500m2, enquanto esse vai ter 35.000m2.

Eles deveriam erguer um terminal com pelo menos uns 45-50mil.



E quanto a capacidade de 8 milhoes/pax, parece ser o mesmo "truque" que a INFRAERO criou em P.Alegre........quando o aeroporto foi inaugurado em 2001 a capacidade era de somente 4 milhoes/pax.....agora "milagrosamente" passou para 8 milhoes/pax sem qq obra.
 

·
Registered
Joined
·
8,431 Posts
Nossa vai ficar ótimo!! Curti a estética do terminal!
 

·
soruco
Joined
·
469 Posts
So espero que seja realmente concluido em Dezembro de 2014 (previsao). Esse aeroporto ja foi adiado diversas vezes :(
 

·
Registered
Joined
·
815 Posts
Lindo terminal... Quem vai administrar a Infraero, ou algum consórcio? me lembra bastante os aeroportos administrados pela Inframérica, vide São Gonçalo do Amarante em Natal.

 
1 - 20 of 3128 Posts
Top