Skyscraper City Forum banner
1 - 3 of 3 Posts

·
Registered
Joined
·
10,987 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Pessoal, pegei algumas fotos antigas e da década de 90, de Fortaleza! Tirei de um livro da minha irmã, que fala sobre o Ceará!

Espero que gostem! :eek:kay:


Isso era um hotel, não me recordo o nome :cry:


Bonde rodando em Fortaleza:


Um dos primeiros ônibus de Fortaleza:


Ruas da Fortaleza a décadas atraz:




TODAS AS FOTOS SEGUINTES SÃO DA DÉCADA DE 90, ENTRE 1994 E 1996

Aérea:


Beira-Mar Trade Center no fim da sua construção :cheers:


Edificios em construção...


Um skyline que ja surgia na década de 90:


Beira-Mar:


Shopping Iguatemi na década de 90:
 

·
O Show é aqui!
Joined
·
5,738 Posts
Grande Neto! parabéns pelas fotos! :) :) :) :cheers: A primeira foto nos mostra o antigo Excelsior Hotel...é ele...hehe o grande Excelsior, nessa foto com suas bandeiras trebulando. Essas bandeiras eram adoradas em toda a cidade e simbolizava as "nações amigas"
O Excelsior tem muita história. Orson Welles, em 1941, quando rodou o filme inacabado no Brasil Isto é Verdade", com cenas no Mucuripe e a saga dos jangadeiros, ficou hospedado aí. Amelia Earhrt tb, uma das pioneiras da aviação norte-americana, em 1937, quando sobrevoou a cidade.

O primeiro arranha-ceú de Fortal, levantado em dezembro de 1931. Diz ser o maior do mundo em alvenaria. Ele permanece firme, forte e lindo lá na praça do Ferreira.: :)
Todos os Natais, acontece o show com as crianças, em suas varandas, celebrando o nascimento de Cristo. Rara foto.
A do bonde tá massa. Foram extintos em 1947, logo a foto é anterior.
A 5ª foto, parece ser a Major Facundo, nos fins do séc. XIX, começo do séc. XX
Os da beira-mar estão bem legais, sobretudo a última. Esses prédios ainda existem e foram levantados no fim da década de 60.

p.s: Neto vc tem a data dessa foto do ÔNIBUS?

Abaixo, mais histórias desse prédio que é um ícone da cidade:

fotos:

Raríssimo Cartão-Postal possivelmente em sua inauguração, 1931:)
Dizia: "O mais importante hotel do Norte-Nordeste"



De pé, hoje...:


foto: www.fortaleza.ce.gov.br

Tradicionalmente na época natalina,
o Excelsior Hotel se transforma numa
paisagem inesquecível. Como em Curitiba,
no prédio do Bamerindus, em Fortal, as crianças
também aparecem nas sacadas do primeiro
arranha-céu de Fortaleza e lembram o
nascimento de Cristo.


foto do forista Artibeus

TODA SUA HISTÓRIA:

"diziam se tratar do maior do mundo em alvenaria...da época..." já foi um dos orgulhos dos fortalezenses, quando era anunciado como “maior hotel do Norte e Nordeste" como descrito nesse cartão-postal. A primeira construção no local data de 1825 e era um sobrado (construção de dois andares) pertencente ao Comendador José Antônio Machado. O sobrado foi construído pelo engenheiro Coronel Conrado Jacob de Niemayer, com a utilização de mão de obra de presidiários. No sobrado funcionou o Hotel Central e o Café Riche. Em 1926 foi comprado e em 1927 demolido. Um novo projeto, inspirado num edifício existente em Milão, Itália foi construído no mesmo local, sendo desconhecido o autor deste projeto. O construtor foi Natali Rossi, irmão de Pierina Rossi, esposa de Plácido de Carvalho, rico comerciante fortalezense, e dono do novo prédio e do hotel. Esta construção, de estilo eclético, foi o primeiro arranha-céu da cidade e utilizava na sua estrutura alvenaria de tijolos e trilhos de trem (sem cimento). A decoração interna é da própria Pierina Rossi utilizando materiais importados da Europa. Pierina Rossi era italiana e depois de ficar viúva casou-se com Emílio Hinko, arquiteto húngaro residente em Fortaleza. Este arquiteto foi o construtor do Palácio do Plácido.

Inaugurado em 31 de dezembro de 1931, o prédio do Hotel Excelsior possui 09 andares. Na época, era o maior prédio em alvenaria já construído no Brasil. Naquela época, o hotel oferecia luxos como água corrente aquecida, luz elétrica, cozinha internacional, correios, telefonia e excelentes cômodos. Era considerado o único hotel de luxo do Ceará. Atualmente, o prédio destina-se à moradia da família e de alguns inquilinos. Endereço: Rua Floriano Peixoto, em frente à Praça do Ferreira

Matéria abaixo do Diário do NE EXCELSIOR HOTEL - Teve o início de sua construção em 1928. No dia 31 de dezembro de 1931 surgia em Fortaleza o primeiro arranha-céu do Ceará e o maior prédio de alvenaria do mundo com oito andares em estilo eclético. O Excelsior Hotel foi o primeiro hotel de nível internacional do Nordeste. Localização: Rua Guilherme Rocha, 172.

O comerciante Plácido de Carvalho, que teve forte atuação no cenário empresarial de Fortaleza, nas duas primeiras décadas do Século XX, até a primeira metade dos anos trinta, registrou seu reconhecido bom gosto, em vários prédios que construiu, destacando-se, entre outros, o famoso Palácio Plácido, que ele erigiu para homenagear sua mulher, a italiana Maria Pierina Rossi; o Cine-Theatro Majestic Palace, o Cinema Moderno e o imponente Excelsior Hotel. Dos quatro monumentos arquitetônicos só resta o Excelsior, porém, há cerca de dez anos fechado, pois como hotel encerrou suas atividades. Com nove pavimentos, incluindo o térreo e o terraço da cobertura. O Governo do Estado, através da Secult, deve efetuar, de imediato, o tombamento daquele que é apontado como “maior prédio do mundo em alvenaria”. Ocupando espaço nobre no centro da capital, na Praça do Ferreira, fazendo esquina com a Rua Guilherme Rocha, o Excelsior Hotel já foi um dos orgulho dos fortalezenses, quando era anunciado como “maior hotel do Norte e Nordeste, com a maior terrace do Brasil”. Ali, durante décadas, se hospedaram as maiores personalidades do cenário artístico, político e empresarial do País. Entrou em declínio quando o fluxo turístico descobriu as amenidades da orla marítima e o centro ficou em desuso.

A visão de um repórter

A visão do terraço do primeiro arranha-céu. Um retorno à época em que superlativos não tinham acento agudo e "vizinho" e "aprazível" se escreviam com "s". A visão do repórter que subiu ao terraço do "primeiro arranha-ceu" (sim... "céu" também não tinha acento) da cidade é o retrato do que era a Fortaleza dos anos 30. "E' um terraço aprasibilissimo, de onde se descortinam belissimos panoramas do mar, das serras e dos sertões visinhos", descrevia no texto sobre a inauguração do Excelsior Hotel. Um "mundo" enxergado do sétimo e último andar. Era de onde a Fortaleza construída chegava mais perto das nuvens. Mesmo sem a pompa de outrora, ele sobrevive em um dos cantos da Praça do Ferreira, vazio e austero. Matéria de capa, edição de O POVO de 2 de janeiro. O ano é 1932. O hotel começara a funcionar no primeiro dia do ano. "Hontem", detalhava o jornal. A solenidade de inauguração, no entanto, se dera às 16 horas do último dia de 1931. Até o interventor federal estava lá, era o senhor Carneiro de Mendonça. O prédio que mudava a cara da cidade virou acontecimento. Decoração, infra-estrutura, tabela de preços, tudo estava lá, detalhes minuciosos na matéria sobre a inauguração. Boa parte da população nunca conseguiria hospedar-se ali ou muito menos pronunciar o nome da "poderosa organização universalmente conhecida", fabricante do material de refrigeração do hotel. Era a Copeland Products inc. de Mountm Clemens, Michigan, ENA. O material de refrigeração era descrito em altura, largura e peso. A geladeira de oito portas do bar, por exemplo, tinha capacidade para 500 garrafas de cerveja e 12 quilos de gelo. "Os segundo, terceiro, quarto, quinto, sexto e setimo andares contêm apartamentos e quartos avulsos, todos obedecendo a fino gosto, elegantes decorações, instalações sanitárias de primeira ordem e agua gelada em todas as dependencias do edifício" - isso mesmo, tudo escrito sem acento.

fonte: o povo
 
1 - 3 of 3 Posts
Top