SkyscraperCity banner

501 - 502 of 502 Posts

·
Moderator
Joined
·
70,942 Posts
Discussion Starter #501
Antiga Estação Salva-Vidas da Fuzeta está a ser alvo de obras de reabilitação

Objetivo será dar uma nova vida ao edifício


A antiga Estação Salva-Vidas, considerada «um dos ex-libris» da vila da Fuzeta e do concelho de Olhão, e um «marco arquitetónico de valor inestimável», está a ser alvo de uma «intervenção profunda de reabilitação», anunciou hoje a Câmara Municipal de Olhão.

“Num primeiro momento, está a ser feito o levantamento das patologias existentes no edifício para, posteriormente, avançarmos para a elaboração do projeto de requalificação”, revela o presidente da autarquia, António Miguel Pina, para quem “é fundamental preservar uma parte tão importante da memória coletiva de todos nós”.

Apesar de apresentar sinais de degradação, a antiga Estação Salva-Vidas, um edifício do Ministério da Defesa sob a gestão da autarquia, era utilizada até há pouco tempo pelo Clube Naval da Fuzeta.

No sentido de dar lugar aos trabalhos prévios da intervenção, foi necessário assegurar um espaço alternativo para o funcionamento do Grupo Naval, pelo que o Município financiou, em 2019, a aquisição de diversos contentores, que albergam agora os equipamentos da instituição que se encontravam no edifício.

Uma vez concluída a intervenção de reabilitação, António Miguel Pina adianta que “será dada uma nova vida à antiga Estação Salva-Vidas, que terá uma utilização que valorize a sua memória, e que permita que seja visitada pelo público”.

Fonte: https://www.sulinformacao.pt/2020/01/antiga-estacao-salva-vidas-da-fuzeta-esta-a-ser-alvo-de-obras-de-reabilitacao/?fbclid=IwAR16IcOZVSL180QxrxYXj-9mLT5ttNzNJo-uFElu3JHFcOtCt2aAAF9yXoU
 

·
Moderator
Joined
·
70,942 Posts
Discussion Starter #502
Vai fazer 22 anos que Viana do Castelo resgatou o Navio Hospital Gil Eannes

Na próxima sexta-feira, dia 31 de janeiro, a Fundação Gil Eannes, comemora o 22º aniversário do resgate e da chegada do Navio Hospital Gil Eannes a Viana do Castelo, que ocorreu no ano de 1998.


O Navio Gil Eannes após desempenhar a importante missão de apoio à frota bacalhoeira da pesca à linha nos mares da Terra Nova e da Gronelândia, ficou durantes anos abandonado no cais do porto de Lisboa, até ser vendido a um sucateiro para abate em 1997. Após ser resgatado da sucata e receber obras de reabilitação foi aberto ao público como Navio Museu em 1998.

Ao longo desses 22 anos diversas obras de reabilitação foram feitas e novos espaços museológicos abertos ao público. Tendo atingido em dezembro de 2019, a marca histórica de um milhão de visitantes desde a sua abertura.


No âmbito das comemorações, a Fundação tem programado diferentes iniciativas que vão decorrer durante o dia 31 de janeiro e o fim-de-semana (dias 01 e 02 de fevereiro).

Dia 31 de janeiro:

09h30 às 18h00 – Visitas gratuitas ao Navio Museu e abertura de novos espaços museológicos

18h00 – Sessão Comemorativa e apresentação do livro “Gil Eannes – Anjo do Mar” de João David Batel Marques.

21h30 – Apresentação da encenação “Gil Santareno Eannes” pelo Teatro do Noroeste – CDV.

Dia 01 de fevereiro:

10h30 – Apresentação do livro infantil “Mia a Bordo” de Francisca Lima.

21h30 – Apresentação da encenação “Gil Santareno Eannes” pelo Teatro do Noroeste – CDV.

Dia 02 de fevereiro:

19h30 – Apresentação da encenação “Gil Santareno Eannes” pelo Teatro do Noroeste – CDV.


A peça teatral “Gil Santareno Eannes”, com direção de Ricardo Simões, foi criada para assinalar o centenário do nascimento do dramaturgo Bernardo Santareno, pseudónimo literário de António Martinho do Rosário, também foi médico no Navio Hospital Gil Eannes entre 1958 e 1959, que inspirado na vivência a bordo, o Dr. Martinho do Rosário, enquanto Bernardo Santareno, eternizou a memória dos pescadores da frota bacalhoeira portuguesa, através da escrita de livros como Nos Mares do Fim do Mundo e de peças de teatro como O Lugre.

Os espetáculos realizam-se a bordo do Navio Museu, a 31 de janeiro e 1 de fevereiro às 21h30 e no dia 2 de fevereiro às 19h00, com entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete.

O Navio encontra-se aberto para visitas todos os dias das 09h30 às 18h00.


Fonte: http://www.radiogeice.com/fm/2020/01/29/vai-fazer-22-anos-que-viana-do-castelo-resgatou-o-navio-hospital-gil-eannes/?fbclid=IwAR3htEYUiiW1C04gVhmk8FxSq6pNbal5lptb4lVKZsde9X0lYPjfyjL_uQc
 
501 - 502 of 502 Posts
Top