SkyscraperCity banner

2641 - 2654 of 2654 Posts

·
Cabra Macho é Bode!
Joined
·
7,365 Posts
Legal esse vídeo da inauguração de um forno da Mannesmann. Inauguração de alto forno é um big deal mesmo, foi presidente e governador.

Eu trabalhei com projetos para a USIMINAS, FHC era o presidente na época, ele também foi na inauguração do alto forno em Ipatinga. Mas teve uma explosão, justamente no sistema que participei do projeto, foi um bafafá na época. Acharam que foi atentado e o cacete, mas foi só erro humano de operação. O sujeito que cometeu o erro nem teve tempo de arrepender.

 

·
Registered
Joined
·
6,971 Posts
^^

Bem legal esse vídeo.

São raras a s tomadas aéreas do Centro de BH nessa época (1963) em cores!!!

E as tomadas da Mannesmann mostram bem o entorno naquela época: o lado a sudeste da Mannesmann, onde hj fica o Milionários e mais ao fundo Buritis, Raja, Belvedere, etc, era só mato.

O lado sudoeste, onde hoje é o Barreiro, vê-se uma ocupação bem no início, relativamente poucas casas e muitas ruas ainda de terra (apesar que até início dos anos 70 ruas de terra eram comuns até mesmo na zonal sul de BH, em bairros como Sion, São Pedro, Sto Antônio, etc)
 

·
'66-'03-'13-'14
Joined
·
22,378 Posts
Os prédios mais novos da PUC Coréu são o Odonto, Arquitetura e o Titanic.

E tem a capela inaugurada recentemente.
 

·
'66-'03-'13-'14
Joined
·
22,378 Posts
^^

Sim, eu estava lá qdo foram construidos, por volta de 2000.


Acho que o mais novo mesmo é o 47, lado dos galpões de mecânica, onde na foto acima há uma horta.
O prédio 47 é o arquitetura.

O Titanic é o prédio 43, onde fica os cursos de engenharia, TI e Relações Internacionais.
 

·
Registered
Joined
·
6,971 Posts
O prédio 47 é o arquitetura.

O Titanic é o prédio 43, onde fica os cursos de engenharia, TI e Relações Internacionais.
Eu estudei no Titanic (mas entrei na PUC antes dele, qdo lá era um pequeno palco usado para calouradas e pessoal fumar um back no dia a dia)

Qdo sai ainda não havia o 47....

Mas como meus pais moram no Coreu, tô sempre passando ali.

Um tempo atrás fiz um tour na PUC, para matar as saudades e mostrar lá para minha filha mais velha.
 

·
'66-'03-'13-'14
Joined
·
22,378 Posts
Eu dei aula no Titanic, tinha goteira, parecia até escola pública com balde e tudo.
Lá tem problemas de infiltração em algumas salas.

Algumas vigas metálicas tem marcas de ferrugem.
 
  • Like
Reactions: Julio Rocha

·
Cabra Macho é Bode!
Joined
·
7,365 Posts
A história da construção desse prédio também parece coisa de obra pública. Teve um rolo dos arquitetos com engenheiros e deu nisso ai.
 

·
Registered
Joined
·
6,971 Posts
Estes dias de pandemia saí sem rumo de carro, para dar uma volta, estava lá no Cidade Jardim Taquaril e resolvi seguir a estrada antiga de Nova Lima, chegando em Sabará (era a mesma estrada para as duas cidades e lá do outro lado, após descer a serra, há um bifurcação. Direita Nova Lima, esquerda Sabará).
Um passeio até pitoresco, com bela paisagem (só estragada por uma invasão que há na beira da estrada lá no alto atrás do Taquaril). Era um sábado pela manhã e havia vários grupos de MTB. Recomendo para quem gosta de explorar lugares diferentes. Da Av dos Andradas até o centro de Sabará são uns 20 km, 30 min.

Pois bem.

Resolvi fazer uma pesquisa sobre a estrada velha de Nova Lima. Descobri que a estrada atual foi feita após a construção da BR 3 (atual BR 040), inaugurada em 1957.
Daí que me dei conta que, antes da construção da BR 3, o acesso de BH em direção ao Rio era outro.

E antes disso, como era feito o trajeto??

Bom, até meados dos anos 1950 predominava o transporte ferroviário. Mas havia sim caminhos para carros, só que eram caminhos de terra (em 1940 o Brasil tinha apenas 480 Km de rodovias asfaltadas e em 1950 não chegava a 1.000 km !)

Acabei encontrando no Arquivo Público Mineiro uma planta da Estrada de Automóveis Rio - Belo Horizonte.
Estava sem data exata (consta 1901 - 2000).
Como pelo traçado já existia a Rod Washington Luís (Rio-Petrópolis, inaugurada em 1928) e pelo nome antigo de algumas cidades, como Santos Dumont e Conselheiro Lafaiete (pesquisei tb qdo essas cidades mudaram de nome*) concluí que a data tem de ser anterior a 1932.

Deduzi que a data aproximada é 1930.

Antes da BR 3, a ligação entre Rio e BH por estrada se dava da seguinte maneira:

1) Entre o Rio e Petrópolis, pela rodovia rodovia Whasginton Luiz, inaugurada em 1928 e asfaltada em 1931 (corresponde a atual subida da Serra de Petrópolis)

2) Entre Petrópolis e Juiz de Fora, pela rodovia União Indústria, primeira rodovia com algum tipo de pavimento construída no Brasil, inaugurada em 1861 por D Pedro II (era macadamizada, uma espécie de calçamento com pedras pequenas compactadas). Esse trecho foi aproveitado na BR 3 (BR 040) e substituído pelo traçado atual de 1980 nesse trecho entre Petrópolis e JF.

3) Entre Juiz de Fora e Congonhas era um traçado bem semelhante ao da atual da BR 040 (nota-se no mapa que em 1930 alguns trechos ainda estavam em construção – supõe-se que antes havia pequenas estradas municipais interligadas, que foram substituídas pela estrada, também de terra, do mapa. Muito provavelmente vários segmentos existentes foram aproveitados)

4) Entre Congonhas e BH o trajeto passava por Miguel Burnier (distrito de Ouro Preto), Itabirito, Rio Acima, Nova Lima, chegando em BH pelo Taquaril (a estrada velha de Nova Lima)


*Cidades com denominação alterada:

- Conselheiro Lafaiete se chamava Queluz

- Santos Dumont se chamava Palmyra

- Matias Barbosa ainda não existia



196132


196133


196135
 

·
'66-'03-'13-'14
Joined
·
22,378 Posts
Falando de BR-3

 
  • Like
Reactions: paulotf
2641 - 2654 of 2654 Posts
Top