SkyscraperCity banner

7201 - 7220 of 7300 Posts

·
Registered
Joined
·
1,758 Posts

Se prestarmos atenção percebermos que esta zona é um autêntico acidente.
O estado dos postes, a largura da estrada cortada, passeio de terra, casario a cair, muro sem proteção, estacionamento na estrada..
Um bolo de corrupção, negligência, decadência, inércia, desdem, estagnação e bolor.

A Rua da Sofia é ali..
 

·
Registered
Joined
·
46 Posts
Bosquedasfaias, eu também gostava que a cidade, no geral, estivesse mais arranjada. Também há coisas aqui e ali que gostaria que fossem diferentes. O piso da Alta, por exemplo, perturba-me imenso.

Agora, não consigo perceber esta ideia generalizada de que em Coimbra está sempre tudo podre e nas outras cidades arranjadas. borda_d'água, o centro de Aveiro? O quê? Aquelas ruas ali à volta do canal? Já te aventuraste mais? Tens a noção do tamanho do centro histórico de Coimbra em comparação com a maioria das restantes cidades portuguesas tirando Porto e Lisboa?

O Bosquedasfaias está perturbado porque encontrou um pedaço da cidade onde as coisas não estão todas pintadinhas a 100%. Mas há alguma cidade que não tenha várias zonas assim? Veneza tem os prédios todos descascados, com tijolos à mostra, grafitada e não é por isso que deixa de ser das cidades mais visitadas do mundo e consideradas das mais bonitas. E Lisboa? Lisboa tornou-se num festival de graffiti. É incrível o estado em que Alfama está. No entanto, isso alguma vez foi um problema para a cidade? O turismo diminuiu?

Criticar de forma a melhorar sim; exige-se. Agora dar a ideia de que só por Coimbra há prédios descascados, passeios feios, zonas com aspecto de anos 60, tenham santa paciência.
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
Sim, há muitos nomes famosos mas que são apenas nome, vivem dele... e infelizmente empestam tudo o que está vivo...

Não sei a quem pertence Santa Justa, mas tenho pena do estado dela. Tem imensa história, afinal a original remonta ao século XII no Terreiro da Erva... a actual precisa de obras, já o diziam os Franciscanos que lá estavam instalados (em espaço arrendado ou cedido, não sei)... a fachada, interiores, obras lá no interior como esculturas e quadros... o coro alto estava ocupado com salas para a catequese, subindo pela escadaria... e uma comunidade simpática, envolvente verde... mas essas escadas precisam de mais atenção, sim, mas são bom exercício....
Ali ao lado, as Patelas são um sítio icónico para festas, arraiais, jantarada...

pena a CMC estar refém de interesses há décadas.... e passa de geração em geração com os empinados Coimbrinhas que querem lá saber de desenvolvimento, mas apenas dos seus interesses....
Atualmente, a Igreja de Santa Justa está ao cuidado de uma congregação de religiosas. Creio que antes da pandemia abria em horário definido. Não sei como é agora.

Antes de entrar esta congregação, outras pessoas tomavam conta dela, creio que da Paróquia de Santa Cruz. Foi nessa altura que entrei lá pela única vez.

Espero que possam recuperar o que resta da antiga igreja no Terreiro da Erva.
 
  • Like
Reactions: Lino

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
Bosquedasfaias, eu também gostava que a cidade, no geral, estivesse mais arranjada. Também há coisas aqui e ali que gostaria que fossem diferentes. O piso da Alta, por exemplo, perturba-me imenso.

Agora, não consigo perceber esta ideia generalizada de que em Coimbra está sempre tudo podre e nas outras cidades arranjadas. borda_d'água, o centro de Aveiro? O quê? Aquelas ruas ali à volta do canal? Já te aventuraste mais? Tens a noção do tamanho do centro histórico de Coimbra em comparação com a maioria das restantes cidades portuguesas tirando Porto e Lisboa?

O Bosquedasfaias está perturbado porque encontrou um pedaço da cidade onde as coisas não estão todas pintadinhas a 100%. Mas há alguma cidade que não tenha várias zonas assim? Veneza tem os prédios todos descascados, com tijolos à mostra, grafitada e não é por isso que deixa de ser das cidades mais visitadas do mundo e consideradas das mais bonitas. E Lisboa? Lisboa tornou-se num festival de graffiti. É incrível o estado em que Alfama está. No entanto, isso alguma vez foi um problema para a cidade? O turismo diminuiu?

Criticar de forma a melhorar sim; exige-se. Agora dar a ideia de que só por Coimbra há prédios descascados, passeios feios, zonas com aspecto de anos 60, tenham santa paciência.
Eu não espero que Coimbra esteja sincronizada em tudo, mas não vamos negar que há coisas em que a cidade devia estar mais adiantada. Eu não acho nada normal termos o Largo da Sé Velha a ser intervencionado só agora. Se fosse noutra cidade, já teria sido intervencionado há anos... é uma das nossas praças nobres! É ir a Viseu e ver o estado do centro histórico.

Eu não gosto deitar a baixo Coimbra, mas cada vez mais que visito outras cidades no centro, tenho a noção que Coimbra está a virar uma ilha de atraso e interesses, onde coisas que acontecem naturalmente noutras cidades já chegam a Coimbra requentadas.

Aveiro não tem o centro histórico de Coimbra, mas tem indústria. Viseu não tem as acessibilidades de Coimbra, mas tem eventos. Leiria não têm uma Universidade como Coimbra, mas tem pessoas e empresas. É para suspeitar quando reunidas tantas condições e potencial em Coimbra, a cidade não avance.
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts

Se prestarmos atenção percebermos que esta zona é um autêntico acidente.
O estado dos postes, a largura da estrada cortada, passeio de terra, casario a cair, muro sem proteção, estacionamento na estrada..
Um bolo de corrupção, negligência, decadência, inércia, desdem, estagnação e bolor.

A Rua da Sofia é ali..
Santa Justa sofreu muito com a Avenida Fernão Magalhães. A Rua da Sofia e a Rua da Figueira da Foz eram um eixo de saída da cidade. O atual bairro de Santa Justa era até conhecida como Fora de Portas. Com a concentração do trânsito todo na Fernão Magalhães (o que não está errado), este eixo ficou abandonado. Não quero que se volte a haver tanto trânsito nesse eixo, mas ele devia ser intervencionado, nomeadamente tornar o mesmo como uma alternativa segura para peões no acesso à Casa do Sal... por exemplo, mandar o trânsito mais local (moradores, fornecedores, clientes...) para a Sofia e o trânsito de passagem para a Fernão Magalhães. Até poderiam colocar ciclovias na Sofia e na Figueira e fazer em sentido único.
 

·
Registered
Joined
·
1,758 Posts
Ui, as conversas e razões do calão..
"Todas as cidades têm zonas más, portanto, está justificada meia Coimbra."
Não, não está.
Nem aquela rua é uma rua perdida num gueto, nem é novidade que Coimbra é uma cidade muito maltratada. São recorrentes os comentários neste sentido, e mais que justificados..

Não vale a pena misturar com vandalismo, ou o absurdo de que Coimbra é grande.
Guimarães e Faro são quase do mesmo tamanho, e vão de um extremo ao outro.

Uma busca rápida e encontramos estas palavras..



Entre muitas outras, porque é claro demais.., e para quem a ama, deveria ser ainda mais.
Estive em Coimbra há meses, desde que saímos do carro que nos cruzamos com turistas, até no meio destas zonas estragadas, e o que sentimos é vergonha.

Longe de ser só aquela zona, a cidade está estupidamente atrasada, explorar ruelas significa quase sempre encontrar um passado semiabandonado, decadente e empobrecido.
Mas a zona a que me referi, não é , como diz, uma zona que não está pintadinha, aliás há ali várias casas sem telhado sequer..
Quem sai da Praça 8 de Maio, para fazer a Rua da Sofia (património mundial) ACABA ALI. E vá para onde for, vai encontrar atrocidades urbanísticas..

É quase uma zona turística.
Mas o que impressiona é que não há ali nada deste século.. , nem sequer a iluminação pública, nada. A autarquia da 3a cidade portuguesa, ali, e em 33 anos de fundos da UE, só tratou de alcatroar a estrada.
E em mais que demasiadas zonas da cidade, foi essa a evolução da cidade nas últimas décadas..
 

·
Registered
Joined
·
1,758 Posts
Eu não gosto deitar a baixo Coimbra, mas cada vez mais que visito outras cidades no centro, tenho a noção que Coimbra está a virar uma ilha de atraso e interesses, onde coisas que acontecem naturalmente noutras cidades já chegam a Coimbra requentadas.
Eu já visitei Coimbra a voltar de Salamanca.., há uns anos.
Ui..
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
Eu já visitei Coimbra a voltar de Salamanca.., há uns anos.
Ui..
Comparar com Salamanca também é um tanto injusto. Do lado de lá da fronteira, são recursos e ideias diferentes. Só que Coimbra olhasse para outras cidades portuguesas como Braga, Guimarães ou Aveiro, já ficaria feliz.
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,740 Posts
O pior é que não é só o centro histórico... vais ao Bairro Norton de Matos, à Quinta da Nora, Santa Apolónia, Santa Clara... e tens passeios completamente atafulhados de ervas daninhas, com buracos, as estradas só agora a CMC (com eleições próximas) começou a arranjar... só agora arranjaram os bares do parque verde mas a Navarro tem aquela margem cheia de carros e muito insegura, o Parque da Cidade descuidado e com os muros a cair....

nos bairros da zona norte da Freguesia de Eiras, como Monte Formoso, Quinta da Rosa, Ingote, Relvinha, Santa Apolónia... se não fossem as associações de moradores a alertar e cuidar e conseguir projectos, estariam completamente abandonados....
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
O pior é que não é só o centro histórico... vais ao Bairro Norton de Matos, à Quinta da Nora, Santa Apolónia, Santa Clara... e tens passeios completamente atafulhados de ervas daninhas, com buracos, as estradas só agora a CMC (com eleições próximas) começou a arranjar... só agora arranjaram os bares do parque verde mas a Navarro tem aquela margem cheia de carros e muito insegura, o Parque da Cidade descuidado e com os muros a cair....

nos bairros da zona norte da Freguesia de Eiras, como Monte Formoso, Quinta da Rosa, Ingote, Relvinha, Santa Apolónia... se não fossem as associações de moradores a alertar e cuidar e conseguir projectos, estariam completamente abandonados....
No Monte Formoso, até fiquei surpreendido com a decência. Os passeios, as ervas e os espaços verdes estão razoáveis... pertencendo a Eiras, esperava uma javardice tamanha. A aldeia de Eiras e a zona de São Paulo de Frades têm sofrido um desleixo estrutural.

Eiras está sempre tão suja, uma área mesmo ali à porta da junta... e aquele terreiro da fonte cheio de carros é um pavor, tendo muito espaço para estacionar à roda do núcleo histórico. Magnífica aldeiazinha histórica tão desprezada!

Assafarge, no Bilhar Grande e no meio de pinhais, está melhor cuidada que Eiras...
 

·
Registered
Joined
·
4,271 Posts
A culpa é das juntas de freguesia. Eu tenho a sorte da minha junta cuidar minimamente das coisas, passeios, limpeza das ervas, etc. A junta de Eiras está sempre à espera que a câmara faça tudo. Os moradores culpam a câmara, mas é a junta que tem essa competência.
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,740 Posts
a Junta de Eiras é bem distante e na minha opinião a união com SPF é um erro.
a AMMF tem feito muito trabalho e está a haver obras e recuperações essenciais no bairro.... o jardim infantil e a mata entre o Arco Pintado e Panorama são disso exemplo....

Eiras não é aldeia, era uma vila e concelho até há 200 anos :p

muitos culpam a CM porque ignoram o que a JF faça, muitos nunca lá meteram os pés e a dita não comunica com os cidadãos...
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
APAGAR
 

·
Registered
Joined
·
1,184 Posts
7201 - 7220 of 7300 Posts
Top