Skyscraper City Forum banner
1 - 9 of 9 Posts

·
Registered
Joined
·
3,110 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Valor Econômico

O fundo de investimentos Fort Corporation, com sede em Miami, nos Estados Unidos, está anunciando um investimento de R$ 220 milhões (US$ 129,4 milhões) em uma unidade embaladora e distribuidora de açúcar em Jundiaí, no interior de São Paulo. A Japy Alimentos, como será chamada a nova empresa, é o primeiro investimento do fundo no Brasil.

O Fort Corporation, segundo o diretor comercial da empresa, Edgar Guedes, financia empresas exportadoras de commodities, principalmente na área de açúcar e álcool. "Temos de 60 a 70 clientes dos quais compramos açúcar e exportamos principalmente para a Europa e Oriente Médio", diz Guedes. "Mas por conta da crise, vimos que a capacidade do mercado interno do Brasil é maior e por isso decidimos fazer o investimento." A expectativa da Japy é de embalar e distribuir 1,9 milhão de toneladas de açúcar ao ano e gerar 3 mil empregos até o fim de 2012. A unidade deve ficar pronta em um ano.

O fundo também está negociando a instalação de uma refinaria na cidade paulista de Limeira - investimento que alcançará R$ 840 milhões (US$ 494,1 milhões). "A ideia é embalar o açúcar dessa nova refinaria, que deve ficar pronta somente dentro de três anos. Até lá, a embaladora de Jundiaí vai trabalhar com o açúcar dos contratos futuros que já temos com nossos clientes", diz o diretor. Depois de pronta, 65% da produção da unidade irá para o mercado externo, 35% para o mercado interno e 10% será embalada a granel para indústria alimentícia.

Tanto os R$ 220 milhões (US$ 129,4 milhões) da embaladora quanto os R$ 840 milhões (US$ 494,1 milhões) da refinaria, segundo o executivo, virão de recursos próprios do fundo. "Escolhemos Jundiaí por sua infraestrutura logística: é o melhor lugar do Estado de São Paulo", diz o executivo. Segundo dados da prefeitura de Jundiaí, os investimentos anunciados no município em 2010 superam R$ 800 milhões (US$ 470,6 milhões).

http://www.investimentos.sp.gov.br/noticias/lenoticia.php?id=13751&c=6

Nosso interior está bombando :banana:
 

·
Registered
Joined
·
5,106 Posts
Valor Econômico

O fundo de investimentos Fort Corporation, com sede em Miami, nos Estados Unidos, está anunciando um investimento de R$ 220 milhões (US$ 129,4 milhões) em uma unidade embaladora e distribuidora de açúcar em Jundiaí, no interior de São Paulo. A Japy Alimentos, como será chamada a nova empresa, é o primeiro investimento do fundo no Brasil.

O Fort Corporation, segundo o diretor comercial da empresa, Edgar Guedes, financia empresas exportadoras de commodities, principalmente na área de açúcar e álcool. "Temos de 60 a 70 clientes dos quais compramos açúcar e exportamos principalmente para a Europa e Oriente Médio", diz Guedes. "Mas por conta da crise, vimos que a capacidade do mercado interno do Brasil é maior e por isso decidimos fazer o investimento." A expectativa da Japy é de embalar e distribuir 1,9 milhão de toneladas de açúcar ao ano e gerar 3 mil empregos até o fim de 2012. A unidade deve ficar pronta em um ano.

O fundo também está negociando a instalação de uma refinaria na cidade paulista de Limeira - investimento que alcançará R$ 840 milhões (US$ 494,1 milhões). "A ideia é embalar o açúcar dessa nova refinaria, que deve ficar pronta somente dentro de três anos. Até lá, a embaladora de Jundiaí vai trabalhar com o açúcar dos contratos futuros que já temos com nossos clientes", diz o diretor. Depois de pronta, 65% da produção da unidade irá para o mercado externo, 35% para o mercado interno e 10% será embalada a granel para indústria alimentícia.

Tanto os R$ 220 milhões (US$ 129,4 milhões) da embaladora quanto os R$ 840 milhões (US$ 494,1 milhões) da refinaria, segundo o executivo, virão de recursos próprios do fundo. "Escolhemos Jundiaí por sua infraestrutura logística: é o melhor lugar do Estado de São Paulo", diz o executivo. Segundo dados da prefeitura de Jundiaí, os investimentos anunciados no município em 2010 superam R$ 800 milhões (US$ 470,6 milhões).

http://www.investimentos.sp.gov.br/noticias/lenoticia.php?id=13751&c=6

Nosso interior está bombando :banana:

Sem desconsiderar a cidade mencionada, observando a cadeia produtiva do açucar, Jundiai é a melhor opção? Sempre achei que as melhores opções fossem aquelas que ficassem perto das áreas produtivas e das usinas, pois os custos de transporte seriam menores, apenas o de transporte até o modal de embarque e dali de trem para Santos.
 

·
Registered
Joined
·
3,110 Posts
Discussion Starter · #4 ·
^^
O refino será em Limeira, perto da área produtora, de lá parte de trem a Jundiaí (100Km), onde será embalado o açucar, e de novo de trem, parte para o porto se Santos.
 

·
Registered
Aqui jaz um fórum
Joined
·
23,670 Posts
Achava mais fácil fazer tudo em Limeira mesmo, tanto o refino quanto a embalagem, ai não precisa descer em Jundiai e fazer o reembarque

Não deu pra entender mesmo, deveriam se instalar em uma dessas pequenas cidades que pra onde se olha só tem cana. Ajudaria a desenvolver uma cidade que produz mas não lucra com o plantio dessa cultura.
 

·
Registered Usher
Joined
·
5,015 Posts
Sobre a embaladora de Jundiaí, eu já sabia há algum tempinho. Mas sobre a refinaria em Limeira, não. Mais uma boa notícia!

Como disse o caro Dom Drácula, só essa semana foram a LG, Sany, e agora mais essa.

É no mínimo bom... :D

Mas eu não sou muito fã de cana não, gostaria que ela fosse pra outras bandas do Brasil... :shifty:
Ela dá uma monotonia na paisagem...
 
1 - 9 of 9 Posts
Top