SkyscraperCity banner

41 - 60 of 293 Posts

·
'tou na lua...
Joined
·
40,515 Posts
temo que o local desvirtue o sector. Não irá ter a acção que decorre nas caves do vinho e que são museus vivos do sector.
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,515 Posts
Não é conservador. Trabalhei quase 6 anos no turismo do vinho do Porto e pelo menos uma enorme maioria das centenas de milhar de visitantes que conheci valorizam o facto de verem os barris, o trabalho com o vinho, conhecer o local onde ele é produzido e envelhecido, respirar aquele ar. Quando fazia visitas com trabalhos a decorrer as pessoas ficavam muito interessadas a ver, a cheirar. Quando dizia "este barril tem mesmo vinho sentia que as pessoas valorizavam tudo isso.

Ali não haverá nada disso, será uma mera sala de exposições e de provas.
A Taylor's acabou com um dos melhores centros de visitas que conheci e quer destruir o sector. Vão fazer uma visita com áudio-guia ali e vão a outras fazer visita pela cave com explicação humana, como Cálem, Ramos Pinto, Ferreira, Graham's, Cockburn's, etc. e vão ver a enorme diferença.

Basta ir ao tripadvisor e verão os comentários.
 

·
Registered
Joined
·
8,366 Posts
Como se essas coisas não pudessem coexistir. Há imensos armazéns, qual é o mal de estes serem um museu, estando abandonados até ao momento ainda por cima?
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,515 Posts
Deveriam ser aproveitados para armazenamento, etc. Ou desenvolver turismo, sim, mas por entre barris e salas onde haja funcionamento das caves reais. Não apenas espaço turístico sem o trabalho real.
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,515 Posts
Cada cave é muito diferente... histórias, tipo de vinhos, provas... fui a várias e aprendi sempre muito. A Graham's tem uma cave muito interessante, fiz lá visitas com um grupo enorme que acompanhava e fomos bem recebidos, bem guiados, com muita informação. E os guias têm uma formação excelente.

A Ramos Pinto, por exemplo, tem muita história no vinho em si mas também na sua promoção, tal como a Sandeman, a Ferreira mostra muita história em si, outras valorizam-se pela enorme qualidade dos vinhos ou pela menor dimensão...
A cada uma que fui aprendi imenso.

Façam visitas nas caves e depois vejam do que falo. Ficamos a saber do produto em si e do que há por trás de um cálice. Há história, estórias, informação de valor...
 

·
'tou na lua...
Joined
·
40,515 Posts
Eu falo da perspectiva de quem lidou com visitantes e as suas dúvidas.
Este espaço desvaloriza o que está além da garrafa, penso eu.
 

·
Eudaimonia
Joined
·
5,934 Posts
O projecto é interessante, especialmente tendo em conta o que está lá agora. Uns barracos com chapa de zinco nalguns lados... Não percebo a crítica.
 

·
Eudaimonia
Joined
·
5,934 Posts
Eu dava um bocado de crédito à Taylors, porque fizeram o Yeatman muito bem feito e com bom gosto e numa altura em que ninguém arriscava fazer o que fizeram.

Hoje temos um edifício de excelente qualidade, bem inserido e que é uma mais valia para a nossa oferta turística. Acredito que possa acontecer o mesmo com o WoW.
 

·
Registered
Joined
·
8,366 Posts
E? Que tem? As pessoas não vão deixar de ir às caves Lino, quanto muito terão mais vontade de as visitar.
 

·
Eudaimonia
Joined
·
5,934 Posts
Os edifícios que vão ser alvo de obras neste momento na sua grande maioria não estão a ser usados. Na rua do Choupelo só tem a Taylors do lado esquerdo de quem desce. No lado direito e depois do Yeatman não tem nada.
 

·
Registered
Joined
·
562 Posts
Para alem de grande parte do trabalho de envelhecimento ter mudado para o meu Douro, e acrescento ainda que o segmento Porto (vinho) tem diminuído em volume vs vinhos de mesa, logo não serão necessários todos os armazéns que existem em Gaia e inevitavelmente seriam abandonados. Lino percebo o que quer dizer, e espero que não se transforme a coisa numa Disneylandia Vinícola, mas há armazéns a mais para a realidade do que realmente é preciso, desconfio que não fosse a componente turística e já teriam mudado todos para o Douro.
 
41 - 60 of 293 Posts
Top