SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 4 of 4 Posts

·
Baiano sim senhor!
Joined
·
41,898 Posts
Discussion Starter · #1 ·
15/05/2008

O destino das seis fazendas Mariad – localizadas na BA-210, que liga os municípios de Juazeiro a Curaçá (distante 520 km de Salvador) – já está decidido: as terras e os equipamentos serão arrendados pelo grupo East West Unlimited LLC, com sede na Califórnia (EUA), por um prazo de cinco anos, podendo ser prorrogado por mais cinco. Os “forasteiros” irão assumir dívidas trabalhistas e tributárias da ordem de US$ 4,5 milhões, além de desembolsar US$ 1 milhão por ano em investimentos.
A propriedade pertencia ao megatraficante colombiano Gustavo Durán Bautista, preso no ano passado, no Uruguai, com 500 quilos de cocaína.

Além da East West Unlimited LLC, mais dois grupos, que atuam no ramo da fruticultura, disputavam o controle da fazenda: a Special Fruit, de Juazeiro, e a Intermelon, de Mossoró (RN). A primeira fez uma proposta de arrendamento de R$ 4,7 milhões para dez anos (470 mil/ano). A segunda ofereceu US$ 3,7 milhões, sendo metade do valor no ato da assinatura do contrato e a outra parte em cinco anos.

As propostas foram analisadas por uma comissão técnica formada por representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) de Juazeiro, a Embrapa SemiAacute;rido de Petrolina (PE) e EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola).“A adjudicação foi feita acatando a decisão da comissão técnica.
É importante frisar também que a East West já tem 35 anos de experiência no ramo da agroindústria”, frisou Edelamare Melo, procuradora regional do trabalho.

INTERVENÇÃO – A procuradora explicou que foram arrendadas as fazendas e não a empresa Mariad, que está sob intervenção da Justiça Federal desde agosto do ano passado quando o colombiano Gustavo Duran Bautista foi preso por tráfico de drogas.
“Encaramos esta decisão como uma grande conquista porque muitos funcionários já tiveram seus passivos trabalhistas pagos e os que não receberam suas pendências vão receber nos próximos dias”, explicou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro, Agnaldo Meira .
O empreendimento exportava manga, melão e uva. “A importância da propriedade como área produtiva no ramo da fruticultura é grande. Nas fazendas são produzidas frutas sem semente.
Na época da safra a fazenda emprega cerca de dois mil funcionários.
Tudo isso é uma forte contribuição para a economia de Juazeiro e da região”, acrescentou Meira.
Fonte:A Tarde
 

·
Na Suíça Sertaneja
Joined
·
23,247 Posts
Agora sim, a fazenda Mariad está em boas mãos! Depois de ter servido de fachada para operações clandestinas de traficantes internacionais de drogas e ter sido invadida duas vezes pelo MST, ela finalmente parece que vai ter uma gerência boa e decente, e que pode trazer muito desenvolvimento para Juazeiro e região.
 

·
BAHIA
Joined
·
7,662 Posts
Juazeiro, pois trate de brilhar para fazer compania em termos de brilho com nossas prósperas cidades do interior.
 
1 - 4 of 4 Posts
Status
Not open for further replies.
Top