SkyscraperCity banner
1 - 20 of 347 Posts

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Plataforma das Artes

A Plataforma das Artes, equipamento que ficará situado nas instalações do Antigo Mercado, deverá ser inaugurada no dia 24 de Junho de 2012. A nova valência incluirá um «Centro de Arte», «Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade» e «Laboratórios Criativos».

Com este projecto, de transformação da praça do mercado num espaço multifuncional, dedicado à actividade artística, cultural e económico-social, no âmbito da Capital Europeia da Cultura de 2012, concretiza-se a recuperação de uma área fundamental do espaço da cidade, integrando-a física e funcionalmente na malha urbana.

Para além disso, a operação estende-se para os terrenos anexos, possibilitando a requalificação do espaço interior do quarteirão, totalmente descaracterizado, sendo hoje ocupado com uma industria de transformação de mármores.


[ 3 grandes áreas programáticas da Plataforma das Artes ]

- CENTRO DE ARTE

A ser instalado num novo edifício, que irá acolher uma colecção permanente, no caso a Colecção José de Guimarães, área de exposições temporárias, espaço polivalente destinado a actividades complementares de apresentações e pequenos espectáculos, para além de uma série de serviços auxiliares e um pequeno parque de estacionamento automóvel. Este novo edifício terá 11.300m2 de construção.

- ATELIERS EMERGENTES DE APOIO À CRIATIVIDADE

Constituídos por espaços de trabalho de vocação criativa e destinados a jovens criadores que, em diversas áreas de actividade, pretendam desenvolver projectos com carácter temporário, possibilitando a criação de uma dinâmica criativa que contagie a utilização de toda a estrutura. Será ainda instalado um restaurante/cafetaria e uma livraria. A área de construção desta ala será de 750m2.

-LABORATÓRIOS CRIATIVOS(gabinetes de apoio empresarial)

Destinados ao acolhimento e instalação de actividades relacionadas com industrias criativas, permitindo o desenvolvimento de projectos empresariais. Aqui prevê-se a criação de salas de trabalho e espaços complementares de apoio comuns a todo o conjunto, com uma área total de 1.600m2.

| Explicação da obra |

Optou-se por uma metodologia de intervenção que passa pela recuperação do edifício existente a nascente, com manutenção de materiais e texturas, mas procedendo a uma reformulação interior, ao nível do piso 0, com ampliação no extremo sul.
Para a ala norte, recupera-se o alçado voltado para a Avenida que caracteriza o edifício, tendo-se optado, no que respeita ao seu interior e alçado da praça, pela sua quase integral substituição. O novo edifício assume uma linguagem radicalmente diferente, por contraste com a envolvente, quer do ponto de vista da sua expressão e imagem, descontínua e repetitiva, quer pela sucessão de volumes, com cheios e vazios e pela justaposição de superfícies contrastantes.
Os revestimentos que serão utilizados, uma grelha de perfis metálicos e superfícies de vidro cromatizado, em fachada ventilada, acentuam uma variação de texturas que se pretende evidenciar. Para a praça formulou-se uma proposta complementar, com um desenho francamente mais asséptico e revestimento em grandes lajes de betão, como contraponto dos edifícios envolventes, caracterizando-se como a grande zona de recepção e reunião multifuncional, sintetizando a sua vocação de espaço público por natureza.

Fontes:

http://www.gmrtv.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=2403:veja-como-vai-ficar-a-plataforma-das-artes-no-antigo-mercado&catid=63:cec-2012&Itemid=82

http://www.youtube.com/watch?v=TNvnOxE1ZD8

Cumpts :cheers:
 

·
Registered
Joined
·
231 Posts
Plataforma das Artes

A Plataforma das Artes, equipamento que ficará situado nas instalações do Antigo Mercado, deverá ser inaugurada no dia 24 de Junho de 2012. A nova valência incluirá um «Centro de Arte», «Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade» e «Laboratórios Criativos».

Com este projecto, de transformação da praça do mercado num espaço multifuncional, dedicado à actividade artística, cultural e económico-social, no âmbito da Capital Europeia da Cultura de 2012, concretiza-se a recuperação de uma área fundamental do espaço da cidade, integrando-a física e funcionalmente na malha urbana.

Para além disso, a operação estende-se para os terrenos anexos, possibilitando a requalificação do espaço interior do quarteirão, totalmente descaracterizado, sendo hoje ocupado com uma industria de transformação de mármores.


[ 3 grandes áreas programáticas da Plataforma das Artes ]

- CENTRO DE ARTE

A ser instalado num novo edifício, que irá acolher uma colecção permanente, no caso a Colecção José de Guimarães, área de exposições temporárias, espaço polivalente destinado a actividades complementares de apresentações e pequenos espectáculos, para além de uma série de serviços auxiliares e um pequeno parque de estacionamento automóvel. Este novo edifício terá 11.300m2 de construção.

- ATELIERS EMERGENTES DE APOIO À CRIATIVIDADE

Constituídos por espaços de trabalho de vocação criativa e destinados a jovens criadores que, em diversas áreas de actividade, pretendam desenvolver projectos com carácter temporário, possibilitando a criação de uma dinâmica criativa que contagie a utilização de toda a estrutura. Será ainda instalado um restaurante/cafetaria e uma livraria. A área de construção desta ala será de 750m2.

-LABORATÓRIOS CRIATIVOS(gabinetes de apoio empresarial)

Destinados ao acolhimento e instalação de actividades relacionadas com industrias criativas, permitindo o desenvolvimento de projectos empresariais. Aqui prevê-se a criação de salas de trabalho e espaços complementares de apoio comuns a todo o conjunto, com uma área total de 1.600m2.

| Explicação da obra |

Optou-se por uma metodologia de intervenção que passa pela recuperação do edifício existente a nascente, com manutenção de materiais e texturas, mas procedendo a uma reformulação interior, ao nível do piso 0, com ampliação no extremo sul.
Para a ala norte, recupera-se o alçado voltado para a Avenida que caracteriza o edifício, tendo-se optado, no que respeita ao seu interior e alçado da praça, pela sua quase integral substituição. O novo edifício assume uma linguagem radicalmente diferente, por contraste com a envolvente, quer do ponto de vista da sua expressão e imagem, descontínua e repetitiva, quer pela sucessão de volumes, com cheios e vazios e pela justaposição de superfícies contrastantes.
Os revestimentos que serão utilizados, uma grelha de perfis metálicos e superfícies de vidro cromatizado, em fachada ventilada, acentuam uma variação de texturas que se pretende evidenciar. Para a praça formulou-se uma proposta complementar, com um desenho francamente mais asséptico e revestimento em grandes lajes de betão, como contraponto dos edifícios envolventes, caracterizando-se como a grande zona de recepção e reunião multifuncional, sintetizando a sua vocação de espaço público por natureza.

Fontes:

http://www.gmrtv.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=2403:veja-como-vai-ficar-a-plataforma-das-artes-no-antigo-mercado&catid=63:cec-2012&Itemid=82

http://www.youtube.com/watch?v=TNvnOxE1ZD8

Cumpts :cheers:[/QUOTE

É um projecto interessante, de um gabinete da nossa cidade, e que vai ter muito sucesso na Capital da Cultura de 2012 e nos anos seguintes.
 

·
Registered
Joined
·
231 Posts
Plataforma das Artes

A Plataforma das Artes, equipamento que ficará situado nas instalações do Antigo Mercado, deverá ser inaugurada no dia 24 de Junho de 2012. A nova valência incluirá um «Centro de Arte», «Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade» e «Laboratórios Criativos».

Com este projecto, de transformação da praça do mercado num espaço multifuncional, dedicado à actividade artística, cultural e económico-social, no âmbito da Capital Europeia da Cultura de 2012, concretiza-se a recuperação de uma área fundamental do espaço da cidade, integrando-a física e funcionalmente na malha urbana.

Para além disso, a operação estende-se para os terrenos anexos, possibilitando a requalificação do espaço interior do quarteirão, totalmente descaracterizado, sendo hoje ocupado com uma industria de transformação de mármores.


[ 3 grandes áreas programáticas da Plataforma das Artes ]

- CENTRO DE ARTE

A ser instalado num novo edifício, que irá acolher uma colecção permanente, no caso a Colecção José de Guimarães, área de exposições temporárias, espaço polivalente destinado a actividades complementares de apresentações e pequenos espectáculos, para além de uma série de serviços auxiliares e um pequeno parque de estacionamento automóvel. Este novo edifício terá 11.300m2 de construção.

- ATELIERS EMERGENTES DE APOIO À CRIATIVIDADE

Constituídos por espaços de trabalho de vocação criativa e destinados a jovens criadores que, em diversas áreas de actividade, pretendam desenvolver projectos com carácter temporário, possibilitando a criação de uma dinâmica criativa que contagie a utilização de toda a estrutura. Será ainda instalado um restaurante/cafetaria e uma livraria. A área de construção desta ala será de 750m2.

-LABORATÓRIOS CRIATIVOS(gabinetes de apoio empresarial)

Destinados ao acolhimento e instalação de actividades relacionadas com industrias criativas, permitindo o desenvolvimento de projectos empresariais. Aqui prevê-se a criação de salas de trabalho e espaços complementares de apoio comuns a todo o conjunto, com uma área total de 1.600m2.

| Explicação da obra |

Optou-se por uma metodologia de intervenção que passa pela recuperação do edifício existente a nascente, com manutenção de materiais e texturas, mas procedendo a uma reformulação interior, ao nível do piso 0, com ampliação no extremo sul.
Para a ala norte, recupera-se o alçado voltado para a Avenida que caracteriza o edifício, tendo-se optado, no que respeita ao seu interior e alçado da praça, pela sua quase integral substituição. O novo edifício assume uma linguagem radicalmente diferente, por contraste com a envolvente, quer do ponto de vista da sua expressão e imagem, descontínua e repetitiva, quer pela sucessão de volumes, com cheios e vazios e pela justaposição de superfícies contrastantes.
Os revestimentos que serão utilizados, uma grelha de perfis metálicos e superfícies de vidro cromatizado, em fachada ventilada, acentuam uma variação de texturas que se pretende evidenciar. Para a praça formulou-se uma proposta complementar, com um desenho francamente mais asséptico e revestimento em grandes lajes de betão, como contraponto dos edifícios envolventes, caracterizando-se como a grande zona de recepção e reunião multifuncional, sintetizando a sua vocação de espaço público por natureza.

Fontes:

http://www.gmrtv.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=2403:veja-como-vai-ficar-a-plataforma-das-artes-no-antigo-mercado&catid=63:cec-2012&Itemid=82

http://www.youtube.com/watch?v=TNvnOxE1ZD8

Cumpts :cheers:[/QUOTE

É um projecto interessante, de um gabinete da nossa cidade, e que vai ter muito sucesso na Capital da Cultura de 2012 e nos anos seguintes.
Alguem sabe da localização do Laboratório da Criação Digital ?
 

·
Registered
Joined
·
346 Posts
Sabes porque? e vai ser construido em que rua ou avenida.
Estou a falar da Plataforma das Artes. Vai ser no local do antigo mercado até às Galerias Atlântico...
Ainda não está no terreno devido a questões "burocráticas", digamos assim.......
 

·
Registered
Joined
·
231 Posts
Estou a falar da Plataforma das Artes. Vai ser no local do antigo mercado até às Galerias Atlântico...
Ainda não está no terreno devido a questões "burocráticas", digamos assim.......
Sim são pequenos pormenores. Mas eu referia-me ao Laboratorio de Criação Digital.
 

·
Registered
Joined
·
346 Posts
Esses interesses não tinha conhecimento.
Será que a CMG, ainda não fez a liquidação à So...cantaro? de Moreira, e ...
Como deves compreender não posso dizer mais nada acerca disso, digamos que a selecção dos candidatos não é pacífica...
 

·
Registered
Joined
·
231 Posts
Como deves compreender não posso dizer mais nada acerca disso, digamos que a selecção dos candidatos não é pacífica...
Interesses, como nos terrenos onde está o Espaço Guimaraes, onde anos antes alguem da CMG já sabia o que ia lá acontecer, e compraram-nos baratos e venderam caros, não será assim ?
 

·
Registered
Joined
·
346 Posts
Interesses, como nos terrenos onde está o Espaço Guimaraes, onde anos antes alguem da CMG já sabia o que ia lá acontecer, e compraram-nos baratos e venderam caros, não será assim ?
Não tem a ver com terrenos, tem a ver com a qualificação para o concurso
 

·
Registered
Joined
·
231 Posts
Não tem a ver com terrenos, tem a ver com a qualificação para o concurso
Ok, então temos de aguardar, mas já vai tarde.
E já que falaste em terrenos, sabes quando começam as obras :
1 - Guimaraes Plaza
2 - Loteamento Caes de Pedra
3 - Espaço In Centro
4 - Laboratório de Criação Digital
5 - Teatro Jordão
6 - Túneis ou estradas para complemento da Feira e Mercado,

Porque as restantes já estão em funcionamento...
 

·
Registered
Joined
·
346 Posts
Ok, então temos de aguardar, mas já vai tarde.
E já que falaste em terrenos, sabes quando começam as obras :
1 - Guimaraes Plaza
2 - Loteamento Caes de Pedra
3 - Espaço In Centro
4 - Laboratório de Criação Digital
5 - Teatro Jordão
6 - Túneis ou estradas para complemento da Feira e Mercado,

Porque as restantes já estão em funcionamento...
É assim, acerca do ponto 4, ao que sei é um projecto do CEC, pelo que deverá começar em breve para que esteja pronto a tempo.
Pelo Teatro Jordão podemos esperar sentados... acho não há previsões sequer para a existência do concurso público.
O nó do mercado na Rua da Liberdade será iniciado no início de Janeiro, a feira será inaugurada se não me engano em Fevereiro. Túneis não ouvi falar!!
Há parques de estacionamento pensados entre a Caldeiroa e Camões, assim como o falado na St. António/ Paio Galvão, mas não sei quando irão passar à prática.

Acerca dos outros pontos nada sei.
 

·
Registered
Joined
·
792 Posts
É enorme!! Uau...
Grande projecto no sentido de reabilitação urbana, pois recupera uma zona importante e que neste momento está "morta"... Infelizmente não nos ofereceram os mesmos recursos que outros que andam sempre a chorar que só Lisboa é que mama..., receberam... Mas também não precisamos disso para nada, Guimarães sempre se afirmou por si mesmo e nunca precisou da ajuda do pais para sobreviver, se assim fosse estavamos perdidos, muito pelo contrario, mas isso é outra história...
 

·
Registered
Joined
·
396 Posts
Mendes:

1 - Guimaraes Plaza 2014
2 - Loteamento Caes de Pedra 2011
3 - Espaço In Centro /Só se alguem quiser pegar no projecto e nos terrenos
4 - Laboratório de Criação Digital /Muito em breve
5 - Teatro Jordão 2013
6 - Túneis ou estradas para complemento da Feira e Mercado, /Grande parte já está em andamento, sinceramente não são tantas empreitadas como deveriam ser (depois quero ver a confusão)

Relativamente aos pontos (1,2,5) não são dados oficiais.
 
1 - 20 of 347 Posts
Top