SkyscraperCity Forum banner

Igrejas Coloniais Demolidas ou Descaraterizadas

23376 70
Proponho que coloquemos aqui fotografias ou gravuras de igrejas coloniais que tenham sido demolidas ou descaracterizadas (reformadas).

Começo com alguns exemplares de várias cidades do país:


Igreja Matriz de Porto Alegre - Demolida











Igreja Matriz de Florianópolis - Descaracterizada





Atualmente:



Igreja Matriz de Curitiba - Demolida





Igreja Matriz de Santos - Demolida







Sé de São Paulo - Demolida





Igreja de São Pedro dos Clérigos - Demolida



Rio de Janeiro

Igreja dos Jesuítas - Demolida



Igreja dos Capuchinhos - Demolida



Vitória

Igreja dos Jesuítas - Descaracterizada/ Demolida







Atualmente, Palácio Anchieta:




Sé de Salvador - Demolida













Reconstrução feita pelo forista Peixoto:



Link para mais imagens: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1425200


Igreja da Matriz de Cuiabá - Demolida





Antiga Matriz de Fortaleza - Demolida

41 - 60 of 71 Posts
Marcio, você matou uma das minhas curiosidades. Quando eu entrei pela primeira vez nessa igreja, também estranhei o fato dela ser tão simples, ainda mais por ter sido catedral. Agora está explicado. :)
^^

Só para complementar a postagem do Marcio, o interior foi refeito por Lúcio Costa e Sérgio Porto. Faz todo o sentido agora.

Um trecho interessante do artigo da Wikipédia:

"Apesar da tragédia, o aspecto pelado do interior serve de demonstração da importância da talha dourada na construção do espaço interno nas igrejas barrocas brasileiras (e portuguesas): Sem talha o interior de uma igreja daquela época perdia todo o sentido."
Não sabia! Aprendi agora com você Márcio!
Legal a ideia do thread.

Minha contribuição: Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Rio de Janeiro.

Faz pouco tempo que notei essa igreja. É grande e fica numa rua bastante movimentada do Centro do Rio, mas são tantas as igrejas históricas na região que uma ou outra acaba passando batida. Imaginando que, por ser antiga, teria um daqueles interiores que nos enchem os olhos, resolvi entrar. Que decepção. As paredes são lisas, brancas. Logo pensei que tivesse sofrido alguma alteração e uma breve pesquisa no Google confirmou isso.

Começou a ser construída por volta de 1.700, passou por reformas no século XIX e as últimas modificações, na fachada e no interior, são de 1967, quando a igreja sofreu um incêncio. Era a Catedral do Rio de Janeiro até a chegada da Corte Portuguesa e foi a primeira igreja visitada pelo Príncipe Dom João.
Os incêndios resultaram na perda parcial a total de muitas igrejas antigas do Brasil.

Aqui em Salvador a Igreja da Barroquinha sofreu um grande incendio em 1984, com perda total do seu interior barroco. Decidiram restaurá-la por fora e manter o interior cru. Hoje não tem mais função religiosa. É um centro cultural, com apresentação de shows, teatro, local de palestras e eventos diversos. No lugar do altar mor há um palco.

Fotos de antes e depois da restauração

Igreja da Barroquinha, Salvador, agora (restaurada)


Igreja de Nossa Senhora da Barroquinha por Célia Cerqueira, no Flickr

Interior antes do incêndio de 1984


Fonte: IPAC

Interior agora (Centro cultural)


Espaço Cultural Igreja da Barroquinha por mauriciomusikal, no Flickr
  • Like
Reactions: One Sky
Não tenho esse dado preciso, mas há 63 igrejas dos séculos XVI ao XIX em Salvador, das quais "apenas" 34 são tombadas pelo IPHAN.
Não considero que o grande número de igrejas nas Colônias esteve um dia ligado a religão em sí. Já foi comprovado por inúmeros autores que, ná época, a construção de igrejas era uma das poucas formas de se conseguir "investir" no novo mundo, pois os colonos, principalmente Portugal, restringia qualquer investimento que não fosse gerar mais renda a eles a curto prazo. Toda verba era limitada e ia direto para a metrópole. E como era uma coisa "sagrada", construir igrejas era "permitido" então tornou-se a forma perfeita de lavagem de dinheiro, corrupção, desvios... Por isso as grandes cidades da época (Principalmente Salvador e Rio) possuem tantas igrejas, e o Brasil lidera o ranking em todo o continente. Nenhuma cidade sulamericana possiu tantas igrejas coloniais quanto Salvador.

Enfim, adorei o Thread, tentarei colaborar!
Engraçado...

Eu sempre achei que a frugalidade da igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos se devia à sua própria constituição enquanto igreja de escravos e libertos...

É muito curioso porque até hoje há mulheres negras sentadas à porta da igreja, mendingando ou vendendo doces, com lenços na cabeça. Uma cena extremamente colonial, digamos.
O que fizeram foi tirar a "casca", a igreja original estava por baixo. As partes reconstruídas foram poucas.
TôBrabo said:
É bem discutível essa reforma da igreja de Olinda. O assunto é polêmico, eu não saberia me posicionar sem uma análise mais aprofundada, mas a princípio eu acho inválida a tentativa de resgatar o passado destruindo o também-passado. Enfim...
Nossa Peixoto, ficou sensacional essa reconstrução. Você tem muito talento mesmo, parabéns!
Sé de Salvador - Demolida

Reconstrução feita pelo forista Peixoto:



Link para mais imagens: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1425200
  • Like
Reactions: Aficcionado
^^ Obrigado aleochi! Visite o thread, tem mais imagens lá.

Os incêndios resultaram na perda parcial a total de muitas igrejas antigas do Brasil.

Aqui em Salvador a Igreja da Barroquinha sofreu um grande incendio em 1984, com perda total do seu interior barroco. Decidiram restaurá-la por fora e manter o interior cru. Hoje não tem mais função religiosa. É um centro cultural, com apresentação de shows, teatro, local de palestras e eventos diversos. No lugar do altar mor há um palco.
Nossa! Não sabia desse incêndio de 1984. Sempre pensei que ela se arruinou com o tempo e o abandono.
A igreja tinha sido restaurada ha pouco tempo, qdo sofreu o incendio, dizem causado por ladrões. A propria diocese achou que não valia a pena restaurar os altares apesar de haver ampla documentação. Ficou então assim, como centro cultural. Podiam fazer o mesmo com a Santissima Trindade, na cidade baixa, que tb foi destruida internamente por um incendio na primeira metade do seculo XX. Hoje, abandonada como templo, é abrigo organizado de moradores de rua, administrado por um padre.
Não era Salvador que tinha 365 igrejas no seu centro histórico, uma pra cada dia do ano?
Não tenho esse dado preciso, mas há 63 igrejas dos séculos XVI ao XIX em Salvador, das quais "apenas" 34 são tombadas pelo IPHAN.
^^
Isso é pura lenda, criada por Caymmi, pra compor a sua música. Mas, pelo menos, dá pra assistir, em cada domingo do ano uma missa numa igreja antiga diferente, e ainda sobrar algumas pra ir nos meios das semanas :) .
  • Like
Reactions: One Sky
Uma igreja colonial que teve seu interior totalmente destruído por um incêndio décadas atrás foi a da BOA VIAGEM, em Niteroi.
A foto abaixo é de minha autoria, foi tirada em novembro de 2010, e mostra o interior da capela de São Pedro de Alcântara, na Urca, aqui no Rio de Janeiro.

Esta capela sofreu um incêndio devastador e, o único que bem que dela restou foi a escultura chamuscada do Cristo que se vê pendurado na parede do lado esquerdo.

^^
Muito interessante. Não sabia da existencia dessa igreja. Ainda assim é bonita. Uma igreja que acho linda no Rio é a de Sta Cruz dos Militares, na rua 1 de Março, que tem o interior rococó, belíssimo. Aliás ha igrejas para todos os gostos no Rio. Desde o puro barroco de São Bento e de São francisco da Penitencia, ao Rococó (raro na Bahia) e neoclássico (muitas e lindas). Sinto que o Rio vem agora dando mais importância ao seu patrimonio histórico, que é imenso. Mas há muita coisa pra ssr restaurada ainda, como é regra no Brasil.
A capela de São Pedro de Alcântara fica (ou pelo menos ficava) no centro do prédio da UFRJ na Urca.



^^
Muito interessante. Não sabia da existencia dessa igreja. Ainda assim é bonita. Uma igreja que acho linda no Rio é a de Sta Cruz dos Militares, na rua 1 de Março, que tem o interior rococó, belíssimo. Aliás ha igrejas para todos os gostos no Rio. Desde o puro barroco de São Bento e de São francisco da Penitencia, ao Rococó (raro na Bahia) e neoclássico (muitas e lindas). Sinto que o Rio vem agora dando mais importância ao seu patrimonio histórico, que é imenso. Mas há muita coisa pra ssr restaurada ainda, como é regra no Brasil.
Um pouco antes dos holandeses incendiarem Olinda, a população tentou salvar os altares da Igreja da Sé. Os altares laterais chegaram intactos até os dias de hoje:


Foto de Aureliano Nóbrega/Flick
http://farm4.staticflickr.com/3158/3057753950_04d5a39dec_z.jpg?zz=1

Visão geral do interior da igreja. Boa parte dos detalhes em pedra de cantaria foi descoberto durante a restauração da década de 1970:

Foto de nosso colega Bob Omena
Por três vezes já visitei Olinda e, em cada visita, sempre contratei meninos guia, que nunca me contaram que Olinda havia sido incendiada (aliás, talvez nem eles saibam).

Foi só agora, com seu comentário, que corri ao Google para descobrir a razão do incêndio, e encontrei o seguinte:

"... foi incendiada pelos holandeses devido à sua localização. Segundo a concepção holandesa de fortificação, Olinda detinha um perfil de difícil defesa. Diante disso, a sede foi transferida para o Recife..."

FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Olinda

PERGUNTO: qual a razão dos holandeses terem incendiado Olinda? Toda a cidade foi incendiada? Ou somente uma pequena parte? A Olinda histórica que se admira hoje foi toda construída após o incêndio? Ou existe ainda hoje algo anterior ao incêndio?
Um pouco antes dos holandeses incendiarem Olinda, a população tentou salvar os altares da Igreja da Sé. Os altares laterais chegaram intactos até os dias de hoje:
Conheço. O aspecto despojado lhe dá grande beleza. Lembra uma igreja romanica, medieval!
Um pouco antes dos holandeses incendiarem Olinda, a população tentou salvar os altares da Igreja da Sé. Os altares laterais chegaram intactos até os dias de hoje:


Foto de Aureliano Nóbrega/Flick
http://farm4.staticflickr.com/3158/3057753950_04d5a39dec_z.jpg?zz=1

Visão geral do interior da igreja. Boa parte dos detalhes em pedra de cantaria foi descoberto durante a restauração da década de 1970:

Foto de nosso colega Bob Omena
41 - 60 of 71 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top