SkyscraperCity banner

1 - 20 of 197 Posts

·
Registered
Joined
·
6,708 Posts
Discussion Starter #1 (Edited)
Corvo, o último paraíso português?




Com apenas uma área de 17 Km2 e distando cerca de 10 milhas para norte das Flores, a ilha do Corvo é a mais pequena do Arquipélago, albergando uma população de pouco mais de 300 habitantes que se concentram no único aglomerado urbano existente na ilha: a Vila Nova do Corvo.




Ilha do Corvo

Pitoresca localidade pela tipicidade das suas casas, ladeando ruas estreitas, localmente designadas por “canadas”, na Vila, a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, Padroeira da ilha representada por uma escultura flamenga de Malines, do início do séc. XVI, é o único edifício que sobressai das restantes construções.

Saindo do aglomerado urbano, o Morro do Pão de Açúcar dá-nos uma primeira panorâmica sobre a paisagem corvina. No Monte Grosso, o ponto mais alto da ilha com 770 m de altitude, uma extraordinária vista sobre o Caldeirão, vasta cratera do extinto vulcão que deu origem à ilha, com 300 m de profundidade e 3,4 Km de perímetro, completa o panorama paisagístico desta pequena ilha.

Os interessantes rochedos do Cavaleiro e do Marco e vários outros pequenos ilhéus espalhados junto à ilha, conferem à escarpada costa corvina uma beleza digna da nossa admiração.

Ornamentando uma parte da faixa litoral do Corvo e alegrando a sua paisagem, existe uma série de pequenos moinhos, atarracados troncos de cone construídos com pedra negra, dentro dos quais um mecanismo próprio faz rodar a cúpula de modo a que as velas triangulares acompanhem os ventos, o que os difere dos das restantes ilhas do Arquipélago.
No adeus a esta simples, mas atractiva ilha, uma boa recordação da sua paisagem e das suas gentes ficará gravada num cantinho do nosso coração.













Pontos de interesse da ilha
Vila Nova do Corvo é das mais pequenas vilas de Portugal e certamente a mais isolada.
Percorrer as suas ruas estreitas, calcetadas com seixos rolados e tendo no centro lajes polidas pelo uso, é realizar uma viagem ao passado ao apreciar as suas fachadas de pedra, negra com debruado branco nas janelas e portas, ao sentir a solidão que cerca a pequena vila no azul do mar, no verde da paisagem.
Observar nalgumas portas as típicas fechaduras de madeira com que, na falta de metal de outros tempos, se trancavam as portas das casas e palheiro.
Merece uma visita a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, padroeira da ilha, com imagem flamenga (séc. XVI). Nalgumas casas poderá observar os teares ainda em uso, memória de uma tradição de lanifícios quase perdida, onde se teciam panos de lã espessa, trabalhada por processos tradicionais complexos e curiosos.

Caldeirão. Cratera do antigo vulcão que deu origem à ilha e forma o Monte Grosso tem 300 metros de profundidade e 3400 metros de perímetro. No fundo duas calmas lagoas com pequenas ilhotas que a tradição associa à representação do arquipélago dos Açores (excluindo as Flores e o Corvo). Magníficos horizontes do cume do Caldeirão.

Rochedos e ilhéus. O rochedo do cavaleiro, lendária figura que apontando para Oeste seria uma estátua que indicaria a América chegando a merecer referência por cronistas e historiadores. Outros rochedos de formas fantasiosas, como o pontiagudo Marco, recortam a costa alcantilada. E vários pequenos ilhéus salpicam o azul límpido do mar.



Os Moinhos. Parentes próximos dos engenhos que os mouros deixaram no Continente, os moinhos de vento do Corvo são diferentes dos das outras ilhas nas suas velas triangulares de pano, no mecanismo interior que faz rodar a cúpula para acompanhar os ventos. Troncos de cone de pedra negra, atarracados, apenas têm como abertura para o exterior































´ja agora transportes para a ilha que demonstram o seu isolamento--

MARÍTIMOS

Durante o Inverno não há ligações regulares. No entanto, durante o Verão, chegam a haver várias por dia, barcos rápidos fazem a travessia entre Corvo e Flores em cerca de 45 minutos


--------------------------------------------------------------------------------

AÉREOS

O "Dornier" da SATA (Sociedade Açoreana de Transportes Aéreos) escala a Ilha do Corvo 3 vezes por semana: 2ª, 4ª e 6ª feiras (no Inverno e no Verão). ( SATA Corvo - 292596189 )

No horário de Verão (Julho e Agosto) o percurso é:

2ª e 6ª feiras - Terceira/Corvo; Corvo/Horta; Horta/Corvo; Corvo/Flores; Flores/Corvo; Corvo/Terceira

4ª feira - Terceira/Corvo; Corvo/Horta; Horta/Corvo; Corvo/Terceira

(Qualquer pessoa pode fazer Lisboa/Corvo ou Corvo/Lisboa no mesmo dia)

No horário de Inverno (restantes meses do ano) o percurso é:

2ª e 6ª feiras - Terceira/Horta/Corvo; Corvo/Flores; Flores/Corvo; Corvo/Horta/Terceira

4ª feira - Terceira/Horta/Corvo; Corvo/Horta/Terceira
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
é o ultimo paraiso sem duvida, apenas 380 habitantes e a maior estrada so tem 7 kilometros entre a vila e a caldeira sendo a menor ilha Portuguesa habitada :yes: muita bonita a ilha :eek:kay:
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
bom é o ultimo paraiso so para os que ficam la no cemiterio da ilha :cry:
 

·
I Love You... Soraia
Joined
·
27,948 Posts
LOL nao precisas de ganhar o euromilhoes.. aposto k o custo de lá é super baixo :p tipo comer na tasca do manel por 2 euros e afins :p
 

·
Registered
Joined
·
205 Posts
Daniel_Portugal said:
LOL nao precisas de ganhar o euromilhoes.. aposto k o custo de lá é super baixo :p tipo comer na tasca do manel por 2 euros e afins :p
Pois... mas por mais baixo que o custo seja, o dinheiro um dia acaba... e empregos são inexistente. O dinheiro que sustenta a vila vem todo dos emigrantes residentes nos Estados Unidos.
 

·
Looking up.
Joined
·
540 Posts
lindooo! gostava muito de visitar essa ilha. mas olhem que só se for o último paraíso portugês "antes de se chegar à américa", porque portugal tem mais. só de pensar nos açores (não precisamos de ir mais longe) fico logo certo disso!
 

·
Moderator
Joined
·
162,654 Posts
Mister então assim a ilha irá morrer... vai ficar sem emprego! (Estou a pensar numa estância para vegetarianos ou então nudistas... amantes da natureza :lol:)
 

·
Registered
Joined
·
205 Posts
Estive a ver o site da Camara municipal do Corvo... e imaginem... a reparação da retroescavadora é uma das actividades municipais no presente mandato.

Era mesmo um sitio desta simplicidade onde eu queria viver.
 
1 - 20 of 197 Posts
Top