SkyscraperCity banner

1 - 20 of 18913 Posts

·
Moderator
Joined
·
26,392 Posts
Discussion Starter #1
NOTÍCIAS DO INTERIOR PARANAENSE

Thread para discussões e notícias sobre o interior do Paraná.



Regras:

- A notícia ou post deve estar relacionado total ou parcialmente com a região.

- A participação não é exclusiva dos foristas dessa região, todo forista, de qualquer cidade, pode e deve participar.
Exclusão ou boicotes de qualquer natureza serão penalizados.

- Comentários que incitarem conflitos ou rivalidades com outras regiões serão passíveis de punição.

- Todas as outras regras vigentes no fórum SSC Brasil se aplicam a esse espaço.
 

·
Registered
Joined
·
995 Posts

SAM_0509 por VentoSul, no Flickr


SAM_0502 por VentoSul, no Flickr

Então lá pessoal, sou o VentoSul de Guarapuava e espero sempre contribuir por aqui com conteúdo de qualidade, já que foi dividido então vamos utilizar o espaço... mas esse post é só apresentação, então estas são duas fotos da minha terra natal da igreja ucraniana, que fica no caminho para o campus da UNICENTRO! abraço!
 

·
Moderator
Joined
·
26,392 Posts
Discussion Starter #4
Existe o thread de Discussões políticas pra posts sobre a eleição
Vamos começar esse thread direito!
 

·
Registered
Joined
·
995 Posts
^^ Tem fotos do interior da igreja? Parece ser uma construção interessante.
Ainda não, mas posso tirar lá e divulgar aqui ou no thread do Lobo Bravo de Guarapuava, onde sempre atualizamos sobre a cidade lá!!

gostei do fusquinha "Itamar" na segunda foto.

A igreja tb é linda, como todas as igrejas ucranianas.
O fusquinha ficou show, apareceu bem na hora do click, só pra dar um tchan hehehe

e obrigado lobo!!!
 

·
Australo-brasileiro
Joined
·
5,132 Posts
Itambé debate a construção de usinas no Rio Ivaí

O movimento contrário à instalação de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) na bacia dos rios Ivaí e Piquiri pode contar com a adesão de moradores de Itambé (a 32 quilômetros de Maringá), que temem que a construção de barragens possa ter impactos na região.


Rio Ivaí é alvo de pelo menos cinco projetos de construção de centrais hidrelétricas
A primeira reunião foi realizada na Casa da Cultura com a presença de representantes dos sindicatos rurais de Trabalhadores e Patronal, Câmara Municipal, associações de moradores, Secretaria da Agricultura, Emater, igrejas católica e evangélicas e outras instituições, quando técnicos e estudantes dos Programas de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais da Universidade Estadual de Maringá (PEA-UEM) apresentaram informações sobre o que pode acontecer com o barramento.


Projetos
Pelo menos cinco projetos de construção de centrais hidrelétricas na bacia do Piquiri-Ivaí já tiveram o aceite da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e agora aguardam licenciamento pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Em caso de aprovação, uma das usinas poderá ser construída próxima a Itambé e alguns setores defendem que isto não pode acontecer sem um grande debate e sem que a população esteja consciente das consequências.

O projeto pode resultar em uma PCH com potência para gerar 30 mil Kilowatts, energia equivalente ao abastecimento de uma cidade de 10 mil moradores, porém, a preocupação é com brechas na lei que permitem o aumento da potência, o que significa a ampliação também da área atingida pela barragem.

O agricultor Valdir Fries diz que "os ‘ovos de ouro’ estão no artigo 4 da normativa da Aneel, que dá oportunidade para a empreiteira justificar que a represa terá múltiplo uso, ou seja, utilizar a área para outros fins e não somente para a geração de energia, por exemplo navegação de barcaças para transporte fluvial".

Segundo ele, este argumento de múltiplo uso é um dos que podem ficar apenas no papel para justificar a liberação pela Aneel para que tal barragem possa ter sua capacidade de geração de energia ampliada de 30 mil Kw/hora para 130 mil, argumentando a necessidade de viabilizar economicamente os investimentos a serem realizados.

Fonte: O Diário

Bom, não conheço os projetos para ter uma posição sobre isso. Depende muito da área de alagamento... mas como são PCHs, acho que não teria muito problema...
 

·
Registered
Joined
·
4,518 Posts
Parabéns pelo novo thread! :applause:
__________________________
Há anos há o projeto de instalação que pequenas geradoras de energia ao longo do rio Ivaí, juntamente com adaptações para tornar o rio navegável, formando uma futura hidrovia Ivaí-Paraná-Tietê.

Quanto aos PCH's, não sei se o impacto seria grande, pois considera-se uma Pequena Central Hidroelétrica seja aquela estrutura que gere desde 1 até 30 MW, e a área de reservatório não deve ultrapassar os 3km2 (Wikipédia).

Eu acho que há mais aspectos positivos do que negativos. Se a hidrovia entrar em jogo, visto que o Ivaí atravessa uma grande região produtora de grãos, pode inaugurar um novo modal de transporte e a custo muito baixo.
 

·
Registered
Joined
·
4,518 Posts
Então lá pessoal, sou o VentoSul de Guarapuava e espero sempre contribuir por aqui com conteúdo de qualidade, já que foi dividido então vamos utilizar o espaço... mas esse post é só apresentação, então estas são duas fotos da minha terra natal da igreja ucraniana, que fica no caminho para o campus da UNICENTRO! abraço!
Muito bem-vindo VentoSul! Suas fotos mais parecem de um recanto europeu :lol: Linda Guarapuava!
 

·
Registered
Joined
·
995 Posts
Muito bem-vindo VentoSul! Suas fotos mais parecem de um recanto europeu :lol: Linda Guarapuava!
haha, obrigado! A cidade é linda sim!! :D

Me corrijam se eu estiver errado: Ano passado, ou retrasado, houve uma queda de energia muito grande em Itaipu, que gerou problemas em metade do Brasil, e muitas cidades e empresas dependem exclusivamente da energia desta monstra das águas! Porém, aqui em Guarapuava, eu lembro que as luzes piscaram um pouco e já voltou ao normal. Me assustei quando vi no jornal que outras regiões ficaram literalmente no escuro por um bom tempo! Disto, conclui que estas pchs são essenciais e são um investimento muito bom (aqui na região tem usinas de energia menores, e até pchs particulares).

Seria quase o mesmo raciocínio de uma propriedade monocultura e multicultura: se tem só uma coisa plantada, dá uma seca/praga/geada específica e mata tudo, acabando com tudo também. Quando são várias culturas, muitas ainda sobrevivem apesar dos danos.

Posso estar completamente errado, alguém que entende ajuda aí kk mas dentro deste raciocínio pchs me parecem um planejamento e tanto para o desenvolvimento de qualquer estado!
 

·
Registered
Joined
·
204 Posts
PARANAVAÍ GANHA MAIS UMA INDUSTRIA DE SUCOS

Indústria de suco pasteurizado vai gerar cerca de 80 empregos diretos

A previsão é que a indústria comece a operar em dezembro deste ano e produza cerca de 5 milhões de litros de suco nos primeiros 12 meses. A construção do barracão da indústria é próximo ao Distrito de Mandiocaba
Paranavaí deve ganhar, até o final deste ano, uma indústria de suco de laranja pasteurizado que vai gerar, inicialmente, cerca de 80 empregos diretos e 1.500 indiretos.
A construção do barracão da indústria, localizado próximo ao Distrito de Mandiocaba, já teve início e terá aproximadamente 5 mil m² (em um terreno de 25 mil m²).
Na última segunda-feira (1º) o prefeito em exercício, Nivaldo Mazzin, visitou a obra acompanhado do secretário da Agricultura em exercício, Alan Domiciano, do secretário licenciado da pasta, Osmar Wessler, do chefe do Departamento de Estradas Rurais, Dejair Antunes Martelo, e dos sócios-proprietários da indústria Gilberto, Paulo, Antonio Pratinha e Antonio Moreira Alves.
De acordo com Gilberto, o Suco Prat´s (nome dado à marca), vai ser distribuído em todo o território nacional e será um produto pronto para consumo, 100% natural (sem adição de açúcar ou conservantes), e 100% refrigerado (na distribuição e pontos de venda). “A previsão é que sejam produzidos cerca de 5 milhões de litros de suco só nos primeiros 12 meses”, conta ele, confiante na expansão do mercado.
AUDIÊNCIA - Ontem, em audiência no gabinete do prefeito municipal, Mazzin voltou a parabenizar os empresários pela iniciativa e reforçou o apoio do município. “A citricultura é um mercado em expansão e o município vai apoiar essa iniciativa com todo o suporte que estiver ao seu alcance”, afirmou.

Fonte: Jornal Diario do Noroeste,
de Paranavaí .http://diariodonoroeste.com.br/noticia/cidades/local

Lembrando que recentemente a grande multinacional do setor a Louis Dreyfus Commodities entrou em operação na cidade.
 

·
Registered
Joined
·
9,464 Posts
haha, obrigado! A cidade é linda sim!! :D

Me corrijam se eu estiver errado: Ano passado, ou retrasado, houve uma queda de energia muito grande em Itaipu, que gerou problemas em metade do Brasil, e muitas cidades e empresas dependem exclusivamente da energia desta monstra das águas! Porém, aqui em Guarapuava, eu lembro que as luzes piscaram um pouco e já voltou ao normal. Me assustei quando vi no jornal que outras regiões ficaram literalmente no escuro por um bom tempo! Disto, conclui que estas pchs são essenciais e são um investimento muito bom (aqui na região tem usinas de energia menores, e até pchs particulares).

Seria quase o mesmo raciocínio de uma propriedade monocultura e multicultura: se tem só uma coisa plantada, dá uma seca/praga/geada específica e mata tudo, acabando com tudo também. Quando são várias culturas, muitas ainda sobrevivem apesar dos danos.

Posso estar completamente errado, alguém que entende ajuda aí kk mas dentro deste raciocínio pchs me parecem um planejamento e tanto para o desenvolvimento de qualquer estado!
A grande parte da energia que hoje vem de Itaipu vai direto para o estado de SP, aqui no PR somos muito bem servidos de energia - ela devia ser até mais barata do que é hoje...

Quando as usinas do complexo de Santo Antônio-Jirau ficarem prontas (já funcionam em pequena escala hoje e estarão a todo vapor em 2015), a oferta pra região NE será maior e tende a "sobrar" mais energia para o sul. A grande vantagem das PCHs reside em gerar localmente a energia, usar menos linhas de transmissão de grande escala (muito caras) e ter menos perdas também.
 

·
Registered
Joined
·
4,518 Posts
Ter abundância e alternativas de geração energética (minimizando cortes repentinos de transmissão) é estratégico na hora de atrair empresas de fora.

PARANAVAÍ GANHA MAIS UMA INDUSTRIA DE SUCOS

Lembrando que recentemente a grande multinacional do setor a Louis Dreyfus Commodities entrou em operação na cidade.
A melhor forma de industrializarmos o interior é buscar agregar o valor dos produtos que aqui são gerados. Taí o pólo cítrico de Paranavaí dando o exemplo, inclusive com essa multinacional. Ao invés de exportar laranja, exporta sucos prontos que irão direto pra mesa do consumidor. A geração de impostos é muito maior.

Por sorte, temos grandes cooperativas, como a Cocamar, que investem pesado na fabricação de produtos com o soja, milho, canola e etc. Custa caro para começar, mas os ganhos compensam mais do que simplesmente vendem grãos in natura.
 

·
Humildade
Joined
·
1,253 Posts
Candidato derrotado atira em frente a casa de deputado do PR, diz polícia

Candidato a vereador em Arapongas (PR) 'surtou', segundo o delegado.
Deputado estadual Waldyr Pugliesi era candidato a prefeito da cidade.

O atual prefeito de Arapongas, no norte do Paraná, Beto Pugliese, e o deputado estadual Waldyr Pugliesi (PMDB), que concorreu à prefeitura nesta eleição, foram ameaçados por um candidato a vereador da cidade que não se elegeu. O candidato tentou invadir o condomínio onde mora o atual prefeito e chegou a atirar três vezes em frente a casa do deputado, segundo a polícia.

De acordo com o delegado Pedro Lucena, o candidato "surtou" com os resultados das urnas. “Ele foi na casa do prefeito o ameaçou de morte e xingou ele de vários adjetivos. Ele tentou invadir o prédio, mas foi contido pelo motorista do prefeito e pelo porteiro. Daí, foi na casa do deputado, chutou o portão, o carro e ameaçou o deputado. Em seguida fez três disparos para intimidar”, explicou o delegado.

Depois da confusão, o candidato a vereador fugiu e segundo Lucena, “misteriosamente” foi internado em um hospital da cidade com um tiro no braço.

“Ele pode, veja eu não estou afirmando, ele pode ter efetuado o disparo no próprio braço para se fazer de vítima”, cogitou o delegado.

Em depoimento, o deputado disse não conhecer o candidato que fez as ameaças. Será aberto um inquérito policial para se investigar o caso.

As eleições em Arapongas
A cidade tinha quatro candidatos a prefeito. O eleito foi Padre Beffa (PHS), com 29.847 votos, 47,88% do eleitorado. O deputado Waldyr Pugliesi ficou em segundo lugar, 13.360 votos, 21,4%. Beto Pugliese é sobrinho do deputado. Como ele termina o segundo mandato neste ano, não concorreu. A Câmara Municipal possui 11 cadeiras.
http://g1.globo.com/parana/eleicoes/2012/noticia/2012/10/candidato-derrotado-atira-em-frente-casa-de-deputado-do-pr-diz-policia.html
 

·
Banned
Joined
·
19,270 Posts
Nota Mental do dia: Eu nunca mais vou reclamar das estradas do sudoeste do Paraná, depois de hoje, dar um tour pelas estradas do oeste de santa catarina.

É de chorar da situação de ambas. Mas Pato-Beltrão ainda está boa.
 

·
Australo-brasileiro
Joined
·
5,132 Posts
Ter abundância e alternativas de geração energética (minimizando cortes repentinos de transmissão) é estratégico na hora de atrair empresas de fora.


A melhor forma de industrializarmos o interior é buscar agregar o valor dos produtos que aqui são gerados. Taí o pólo cítrico de Paranavaí dando o exemplo, inclusive com essa multinacional. Ao invés de exportar laranja, exporta sucos prontos que irão direto pra mesa do consumidor. A geração de impostos é muito maior.

Por sorte, temos grandes cooperativas, como a Cocamar, que investem pesado na fabricação de produtos com o soja, milho, canola e etc. Custa caro para começar, mas os ganhos compensam mais do que simplesmente vendem grãos in natura.
Seria bom se parte da cadeia da soja ficasse por aqui também...

No passado, Maringá tinha 3 grandes indústrias de óleo... a da Bunge inclusive era a maior do Brasil... porém, foi desmontada e os equipamentos foram tudo para Rondonópolis...

Há tantos produtos derivados da soja...

Não entendo do assunto, mas o Brasil, como um dos maiores players do agronegócio, deveria estimular a industrialização dos produtos agrícolas...

É café, soja, açúcar bruto, etc... tudo vai direto para Europa, EUA e China para lá ser industrializado e muitas vezes, exportado para outros lugares...
 
1 - 20 of 18913 Posts
Top