SkyscraperCity banner

1 - 20 of 64 Posts

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #1 (Edited)
Investimentos do Ceará: Economia, Dados, Informações e Negócios (Em Geral)



A economia do Ceará é uma das mais diversificadas da região Nordeste do Brasil, o estado possui a terceira economia mais forte do Nordeste, sua participação no Produto Interno Bruto (PIB) regional é de 15,0%, atrás dos estados da Bahia (31,5%) e Pernambuco (17,9%). Para o PIB nacional, o Ceará contribui com cerca de 2,0%. O PIB per capita cearense é de R$14.255,05.

O estado vem apresentando melhoras na economia, os incentivos governamentais para a instalação de indústria (isenção de impostos e doação de terrenos) e a mão de obra barata atraíram mais de 600 empresas nacionais e estrangeiras para o Ceará num período de seis décadas (1950 a 2010).

Economicamente, o Ceará nasceu da exclusão da atividade pecuária nas áreas litorâneas, especialmente em Pernambuco e Bahia, produtores de açúcar; o primeiro direcionou a colonização a partir do norte do estado, e o segundo, a partir do sul. Assim, durante séculos o Ceará foi uma "civilização do couro", dedicada, sobretudo, à venda de gado e de sua carne para outras províncias. Em fins do século XVIII, com a Guerra de Independência dos Estados Unidos, o cultivo de algodão teve enorme impulso, tornando-se uma das principais atividades econômicas cearenses. A isso se somava a produção de café nas serras mais altas e, por fim, atividades agrícolas, pesqueiras e pecuárias de subsistência.

A partir dos anos 60, houve uma progressiva industrialização e urbanização, que ganhou impulso a partir da década de 80, em parte devido à política de concessão de benefícios fiscais a empresas que se instalassem no estado. Atualmente, embora sendo ainda uma economia sub-industrializada em relação a vários outros estados do Brasil, a economia cearense não é mais baseada, sobretudo nas atividades agropecuárias, sendo preponderante o setor terciário de comércio e serviços, com grande destaque para o turismo. Apesar disso, aquelas ainda possuem grande relevância na economia do estado, em especial a pecuária, mas há também crescente importância de cultivos não-tradicionais no estado, como a produção de frutas e legumes no Vale do Rio Jaguaribe e de flores na Serra da Ibiapaba e no Cariri. Desde 2004, a economia cearense vem crescendo, moderada, mas sustentadamente, entre 3,5% e 5% ao ano.

Hoje, o estado é a 12ª economia do país. O Produto Interno Bruto (PIB) fechou 2014 com a marca de R$126,054 bilhões, representando pouco mais de 2% da fatia nacional, mas o equivalente a 15% do PIB do Nordeste. Os municípios que mais contribuem para a produção econômica estadual são: Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, Sobral e Juazeiro do Norte. Na divisão do PIB por setor, a agropecuária representa 5,3% da produção econômica estadual, seguida pela indústria (24,9%) e pelo setor de serviços (69,8%).


Fonte: Ipece


Fonte: Ipece



Agricultura




Fonte: Ipece​

Na agricultura, os principais cultivos do estado são: cana-de-açúcar, banana, mandioca, coco-da-baía, milho, maracujá, melão, mamão e castanha de caju. O Ceará é líder nacional na produção de castanha de caju – mais de 51 mil toneladas foram produzidas em 2014. Além disso, o estado possui a segunda maior produção do país em coco-da-baía, maracujá e melão. Já os cultivos de banana, feijão e mamão são o segundo maior de toda a região Nordeste. Entre os rebanhos, o estado tem uma boa produção de galináceos, bovinos, ovinos, suínos e caprinos, despontando como o terceiro maior produtor de ovinos do Brasil e o quarto maior de caprinos.

Ainda com relação ao primeiro setor, o Ceará é líder nacional na produção de camarões. Em 2014, foram pescados mais de 35 mil toneladas destes crustáceos. Além disso, o estado tem a segunda maior produção de tilápias do Brasil. Outro produto que merece destaque é a uva, cultivo tipicamente subtropical, que vem se desenvolvendo em pleno semiárido cearense. Cerca de 25 hectares do estado produzem mais de 573 toneladas da fruta. Cidades como Missão Velha, Barbalha e Barro, localizadas próximas à divisa com Pernambuco, são algumas das produtoras de uva locais, que desenvolvem tal cultura graças às técnicas de irrigação adotadas na região.



Indústria





Fonte: Ipece​

Na indústria, os principais setores do estado são: construção, couro e calçados, alimentos, indústrias de utilidade pública e vestuário. Ao todo, mais de 15 mil empresas industriais atuam no território cearense. A maioria concentra-se na Região Metropolitana de Fortaleza, especialmente na capital e em cidades como Caucaia e Maracanaú. No interior do estado, as cidades industriais que possuem relevante importância para o cenário econômico cearense são: Sobral, na Região Norte do estado e o triângulo Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha) no Cariri Cearense, localizado ao sul do estado. Na exploração mineral, o estado se destaca por possuir a maior jazida de urânio do Brasil, situada no município de Santa Quitéria, no sertão cearense. Mas as imensas e diversificadas jazidas de calcário do Ceará é que se colocam como a maior potencialidade mineral do estado.



Mercado Externo




Na relação com o mercado externo, em 2015, as exportações cearenses atingiram US$1,04 bilhão, as importações ultrapassaram a marca dos US$2,68 bilhões. À frente dos produtos importados estão o gás natural, o trigo e o carvão mineral. Entre os exportados, encabeçam a lista, os calçados, o melão, o couro e a castanha de caju. Os principais destinos dos produtos cearenses são os Estados Unidos, a Holanda e a Argentina. Já os países que mais exportam para o estado são a China, a Colômbia e a Argentina.



As 20 maiores economias do Ceará em 2014, segundo o IBGE
*As cidades em negrito pertencem à Região Metropolitana de Fortaleza (RMF)


O vídeo a seguir detalha a divisão e o funcionamento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), que tem sido a principal aposta do Ceará para desenvolver a sua economia ao longo dos próximos anos:


Vídeo: Governo do Estado do Ceará​


O objetivo deste thread é reunir variadas informações sobre a economia e os investimentos em geral feitos no Ceará, sejam eles industriais, agrícolas, comerciais, turísticos, públicos ou sociais; por meio de notícias, dados, tabelas, mapas...

Sejam todos muito bem-vindos para acompanhar ou contribuir com o tópico, explanando opiniões e gerando debates! :)
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #4
Inauguração de Terminal de Cargas da Latam reforça destaque de Fortaleza no Nordeste


O novo espaço é o maior da companhia no Nordeste e reforça o papel de destaque do Ceará na região

A Latam Cargo Brasil inaugurou, na manhã desta terça-feira (17), seu mais novo terminal de cargas em Fortaleza. Resultado de investimento de R$ 4,1 milhões, o novo espaço é o maior da companhia no Nordeste e reforça o papel de destaque do Ceará na região.

Representando o governador Camilo Santana, o chefe de Gabinete do Governador, Élcio Batista, apontou que investimentos privados como o da Latam Cargo demonstram que o Ceará está "no caminho certo". "A expansão do Terminal de Cargas é uma sinalização forte de que o ambiente de negócios do nosso Estado está sendo aperfeiçoado numa parceira do setor público com o setor privado", destacou.

Élcio Batista reforçou a relação de parceria e confiança que o governador Camilo Santana estabeleceu com a Latam desde o início da gestão, em especial nas tratativas para que o Ceará sedie o centro de conexões aéreas da companhia. "No nosso Estado, diferentemente do Brasil, onde se fala em crise, depressão e salários atrasados, a gente tem um governador que desde o primeiro momento fez um ajuste fiscal que permitiu pagar em dia, dar aumentos e possibilitar que categorias com desequilíbrios de longa data tenham as conquistas negociadas. Estamos mandando uma mensagem diferente para o Brasil. Temos um Governo focado no desenvolvimento econômico e na geração de empregos. Espero que a vinda da Latam gere bons frutos tanto para a empresa como para o Ceará", finalizou.

O diretor-geral da Latam Cargo Brasil, Luis Quintiliano, destacou que Fortaleza é fundamental como um dos principais pontos de conexão com o Nordeste e o Brasil. Ele frisou que, desde 2003, a companhia já investiu R$ 94 milhões no Estado.

O novo terminal


Situado na região do Aeroporto Internacional Pinto Martins, com área total de 1.687 m², possui capacidade para movimentação de cerca de 2 mil toneladas de cargas domésticas ao mês, um aumento de 33% em relação à 1,5
tonelada mensal do terminal anterior. A previsão da companhia é de que a nova estrutura dará mais agilidade e qualidade aos serviços.

O espaço atenderá principalmente os mercados do Norte e Nordeste do
país. Entre as mercadorias mais transportadas em Fortaleza estão
confecções, fármacos e perecíveis.

http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/19178-inauguracao-de-terminal-de-cargas-da-latam-reforca-destaque-de-fortaleza-no-nordeste
 

·
Deus vult
Joined
·
13,005 Posts
Parabéns pela iniciativa, P.E!

Espero que os foristas contribuam com o thread e que a moderação não o apague! :cheers:
 
  • Like
Reactions: P.E

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #6
Governo do Estado discute refinaria com investidores do Irã

A empresa iraniana é responsável pela execução dos investimentos estratégicos no setores de Óleo e Gás e pela distribuição dos produtos comercializados pelas estatais do país


O Governador Camilo Santana estava acompanhado do assessor especial para assuntos internacionais, Antônio Balhmann.

No segundo dia de missão oficial no Oriente Médio, nesta terça-feira (17), o governador Camilo Santanadebateu, em Teerã, capital do Irã, a instalação de uma refinaria no Ceará duranteumareunião com investidores iranianos. O encontro se deu com representantes da NIOC, (National Iranian Oil Company), empresa responsável pela execução dos investimentos estratégicos no setores de Óleo e Gás e pela distribuição dos produtos comercializados pelas estatais do país.

Em seu perfil oficial no Facebook, Camilo afirmou que os iranianos receberam bem o projeto da refinaria. "Houve interesse no projeto e acertamos formalizar uma parceria. Para viabilizar o projeto de uma refinaria são necessários garantir o suprimento de óleo, o financiamento do empreendimento e a demanda do refino", destacou.

“Deixei claro a nossa disposição em trazer uma refinaria para nosso o Estado e expus o interesse em contar com a presença de investimentos do Irã nesse projeto. Tivemos ótima receptividade dos iranianos para a viabilização do negócio”, citou o governador Camilo Santana, que estava acompanhado do assessor especial para Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann.

Apoio da embaixada

Camilo também acrescentou que também se reuniu, em Teerã, com o embaixador do Brasil no país, Rodrigo de Azeredo. Segundo o governador, ele se colocou à disposição para ajudar na relação do Ceará com o Irã. "O Irã possui uma das maiores reservas de petróleo e gás do mundo. É o segundo da OPEP (Organização dos Países Produtores de Petróleo). Tê-lo como parceiro nesse empreendimento é estratégico para o sucesso da nossa refinaria", concluiu.

O encontro com os investidores iranianos também contou com a presença do vice-ministro do Petróleo, Abbas Kazemi, que também é presidente da National Iranian Oil Refining and Distribuition Company (NIORDC); e do diretor de Planejamento Corporativo e Membro do Conselho Gestor da NIORDC, Alireza Arman Moghadam.

http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/online/governo-do-estado-discute-refinaria-com-investidores-iranianos-1.1688571
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #8
Uma usina dessalinizdora para a refinaria cearense


O governador do Ceará, Camilo Santana, está em Terrã, capital do Irã, onde trata, entre outros assuntos, do projeto da refinaria do Pecém, pela qual também está interessada a China.

Pois bem, qualquer que venha a ser a empresa que implantará essa refinaria – iraniana ou chinesa – ela terá de ter do governo do Estado a garantia de fornecimento de água. Mas o fornecimento de água doce, nesta altura do campeonato de açudes secos, é e será impossível de assegurar.
Assim, só haverá uma saída: a construção de uma usina de dessalinização da água do mar (como a da foto acima) no litoral do Pecém, onde a refinaria será instalada.

A Secretaria de Recursos Hídricos tem propostas de empresas interessadas na construção de usinas dessalinizadoras, mas ainda não decidiu sobre que proposta aceitar, mesmo porque isso terá de ser feito por meio de uma licitação. É um assunto que entrará na pauta do Governo do Estado quando o governador Camilo Santana retornar da viagem.

http://blogs.diariodonordeste.com.br/egidio/tecnologia/uma-usina-dessalinizdora-para-a-refinaria/
 

·
Registered
Joined
·
8,539 Posts
Fortaleza é hub de cargas para o NE, diz diretor da Latam

Terminal instalado no Aeroporto Pinto Martins recebeu R$ 4,1 milhões e aumentou em 33% a capacidade total



A indefinição sobre onde implantar o hub de passageiros no Nordeste não impediu a Latam de aplicar R$ 4,1 milhões no Terminal de Cargas da companhia instalado no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Ao justificar o investimento, o diretor-geral da Latam Cargo Brasil, Luís Quintiliano, destacou a localização privilegiada da Capital cearense e ainda afirmou que "Fortaleza funciona como um hub de cargas para a região Nordeste".

"Acreditamos no potencial do Nordeste e Fortaleza funciona como um hub de cargas para a região. Mesmo com a crise econômica, esse é um investimento de longo prazo e, no momento em que a demanda de carga voltar a crescer, prestaremos o melhor serviço", ressaltou.

Ele destacou ainda que o terminal de Fortaleza é um dos principais da companhia no Brasil, transportando, principalmente, tecidos, alimentos, produtos farmacêuticos e confecção.

"Além disso, transportamos de tudo", pontua. "Passamos a ter prateleiras verticalizadas e, na mesma área de antes, conseguimos armazenar 33% a mais. Tínhamos uma doca, agora serão três, temos como localizar a carga com muito mais eficiência, tudo isso ajuda muito", detalhou o diretor-geral sobre o incremento feito para o transporte de cargas domésticas pela subsidiária da Latam.

Espaço verticalizado

Inaugurado ontem (17), o terminal de cargas conta com uma área de 1.687 metros quadrados e, após a reforma, teve o espaço totalmente verticalizado - o mais alto da Latam Cargo no Nordeste - para que pudesse comportar prateleiras de mais de cinco metros de altura e capacidade para 648 pallets.

De acordo com a companhia, "a nova estrutura dará mais agilidade às operações". Agora, a Latam afirma que é possível, a partir do equipamento instalado no Aeroporto Internacional de Fortaleza, "manejar, de forma simultânea, tanto cargas transportadas por cargueiros quanto por aviões de passageiros".

Também foram construídas "áreas exclusivas para armazenamento de cargas perigosas e radioativas, três novas docas de recebimento de cargas, moderno sistema de segurança - por meio de circuito fechado de televisão -, além de novos refeitório e vestiários". Ao todo, a Latam Cargo possui 22 terminais semelhantes ao de Fortaleza no Brasil. Além do investimento feito no equipamento instalado no Ceará, a companhia planeja inaugurar outros em Curitiba (PR) e Imperatriz (MA).

Estrutura

Investimento: R$ 4,1 milhões

Área total: 1.687 m²

Capacidade: 2 mil toneladas movimentadas por mês

Atendimento: 45 clientes simultaneamente

Estacionamento: 21 veículos

Funcionamento:

6h às 22h - segunda a sexta

7h às 20h - sábados

7h às 12h - domingos

Fonte: Diário do Nordeste
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #12
O q vcs acham dessa refinaria? Sai, n sai? Papo furado?
Há mais algumas informações sobre essa refinaria na notícia a seguir. Agora se vai sair mesmo do papel ou não, é outra história...

Iranianos devem visitar o Ceará para tratar de refinaria

Durante missão oficial no Oriente Médio, o governador Camilo Santana conversou com investidores do Irã


Durante o encontro, realizado em Teerã, o governador Camilo Santana apresentou a ZPE Ceará, local destinado à implantação da refinaria Em reunião com o vice-presidente de Assuntos Internacionais da NIOC, Majid Hedayatzadeh, foi acertado formalizar uma parceria para construir a refinaria.

A instalação de uma refinaria no Ceará foi o tema debatido ontem pelo governador Camilo Santana durante reunião com investidores do Irã, no segundo dia de missão oficial do Oriente Médio. De acordo com o governador, houve uma "ótima receptividade dos iranianos para a viabilização do negócio". É esperado que os empresários estrangeiros façam uma visita técnica à Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE) no primeiro trimestre deste ano.

O grupo de empresários iranianos deve conhecer ainda o Complexo Portuário do Pecém e toda a área industrial do entorno, fazendo uma análise da viabilidade do local para a implantação de uma refinaria.

O encontro realizado em Teerã contou com a presença do vice-ministro do Petróleo, Abbas Kazemi, que também é presidente da National Iranian Oil Refining and Distribuition Company (NIORDC) e do diretor de Planejamento Corporativo e Membro do Conselho Gestor da NIORDC, Alireza Arman Moghadam.

A empresa iraniana é responsável pela execução dos investimentos estratégicos no setores de Óleo e Gás e pela distribuição dos produtos comercializados pelas estatais do País. "Deixei claro a nossa disposição em trazer uma refinaria para nosso o Estado e expus o interesse em contar com a presença de investimentos do Irã nesse projeto. Tivemos ótima receptividade dos iranianos para a viabilização do negócio", citou o governador Camilo Santana, que estava acompanhado do assessor especial para Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann.

Formalização de parceria

A agenda do governador contou ontem com uma reunião com o vice-presidente de Assuntos Internacionais da NIOC, Majid Hedayatzadeh, onde também foram apresentados o projeto da Refinaria, o Complexo Portuário do Pecém e a ZPE. "Houve interesse no projeto e acertamos formalizar uma parceria. Para viabilizar o projeto de uma refinaria são necessários garantir o suprimento de óleo, o financiamento do empreendimento e a demanda do refino", destacou.

De acordo com Camilo, o Irã possui uma das maiores reservas de petróleo e gás do mundo, e por isso, ter o país como parceiro nesse empreendimento "é estratégico para o sucesso".

Ajuda na relação

A comitiva cearense também esteve reunida ontem com o embaixador do Brasil no Irã, Rodrigo de Azeredo, que "se colocou à disposição para ajudar na relação do Ceará com o Irã", conta.
Camilo Santana e o secretário Antônio Balhmann seguem hoje (18) para Dubai, nos Emirados Árabes, onde participam de encontro com empresários de multinacional das áreas de óleo, gás, energia e água. Também no País, em Sharjah, Camilo Santana visitará uma das maiores plantas de dessalinização do mundo.

China

Em novembro do ano passado, Camilo Santana assinou, na China, um Memorando de Entendimento com a multinacional de petróleo Guangdong Zhenrong Energy para realização de estudo - que está em andamento - sobre o projeto da refinaria do Ceará. Se concretizada, a previsão é de que a unidade produza até 300.000 barris/dia, com investimento de US$ 4 bilhões.

http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/iranianos-devem-visitar-o-ce-para-tratar-de-refinaria-1.1688715
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #13
Ibiapaba retoma produção de tomate cereja



Boa notícia que está chegando do Polo de Fruticultura da Chapada da Ibiapaba, na divisa do Ceará com o Piauí: O francês Regis Milenat, especialista na área de hortaliças, em sociedade com o empresário paulista Edson Brok, que produz e exporta banana na Chapada do Apodi, retomará dentro de uma semana a produção de tomares em área de um hectare.

Essa área é suficiente para atender à demanda de uma rede de supermercados.

Mas a produção se estenderá pelos próximos oito meses, ao longo dos quais os dois sócios pretendem ampliar a produção, uma vez que já superaram todas as etapas das pesquisas feitas em torno da variedade escolhida -a cereja, que tem tamanho reduzido, muito líquido e sabor refrescante – aquela pequenina, usada em saladas servidas em restaurantes e residências. As sementes desses tomates são todas importadas da Europa.

http://blogs.diariodonordeste.com.br/egidio/agronegocio/ibiapaba-retoma-producao-de-tomate-cereja/
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #14
Ceará assegura R$ 52 milhões para sistema prisional


A secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Socorro França, e o adjunto da pasta, Sandro Camilo, participaram de uma maratona de reuniões, nesta terça (17) e quarta-feira (18), em Brasília, discutindo o sistema penitenciário nacional

O Ceará sai da reunião entre Departamento Penitenciário Nacional (Depen/MJ) e secretários da Justiça de todo o País com a garantia de R$ 8,49 milhões a serem investidos no aparelhamento de suas unidades prisionais. A secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Socorro França, e o adjunto da pasta, Sandro Camilo, participaram de uma maratona de reuniões, nesta terça (17) e quarta-feira (18), em Brasília, discutindo o sistema penitenciário nacional. Na terça-feira, a reunião contou com a presença do ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes.

O valor se soma aos R$ 44 milhões - anunciados pelo Ministério da Justiça no início deste mês – já assegurados pelo Estado. O Ceará deve começar a receber o repasse tão logo o Fundo Penitenciário do Estado seja criado. O projeto de lei que cria o fundo aguarda o retorno da Assembleia Legislativa para ser encaminhado à Casa para análise e votação e, em seguida, sanção do governador Camilo Santana.

“Esse debate conjunto foi muito importante para se mostrar que, apesar de cada estado ter suas peculiaridades, as preocupações são muito semelhantes”, apontou a titular da Sejus, Socorro França. Para ela, esse recurso vai permitir que o Estado possa tocar demandas urgentes para manter a estabilidade do sistema penitenciário cearense.

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado também foi uma das cinco escolhidas de todo o País pelo Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej) para compor a equipe de governança que vai acompanhar de perto as discussões sobre o Plano Nacional de Segurança Pública que está em construção pelo Ministério da Justiça.

Na manhã desta quarta, os secretários da pasta estiveram em uma segunda reunião com o diretor do Depen, Marco Antônio Severo, em que buscaram repostas para demandas específicas para os agentes penitenciários, como verbas para novos equipamentos, veículos e fardamento entre outros. “Investindo no agente penitenciário teremos uma política penitenciária cada vez melhor, com resposta direta no tratamento dado ao interno”, pontua.

http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/19185-ceara-assegura-r-52-milhoes-para-sistema-prisional
 

·
Ela olha no olho...
Joined
·
6,457 Posts
Pedrão, você chegou em 2017 para conquistar com força o título de forista Cearense do ano hein, continue assim garoto, ótima iniciativa e excelente trabalho.

Irei sempre contribuir com esse thread, afinal, como o Will falou, a muito tempo o Ceará já merecia um thread voltado especificamente para essa temática. Um dos estados que mais cresceu da região nas últimas décadas tem muito assunto para abordar, ainda mais devido o estado está passando por uma transição em sua economia de forma silenciosa e que irá surpreender muito daqui a alguns anos, tem muito assunto para ser discutido aqui. Parabéns :applause:
 

·
Registered
Joined
·
8,539 Posts

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #19
Lamentável, uma obra de grande importância para a mobilidade e desenvolvimento da RMF, que até hoje não foi concluída, causando transtornos diários e aumentando os gastos do Governo.

Está no mesmo barco do Acquário e da Linha Leste do Metrofor... :eek:hno:
 

·
Pedro_Eduardo :):
Joined
·
7,104 Posts
Discussion Starter #20
Prefeitura de Fortaleza negocia ajuda de R$ 474 mi

O prefeito Roberto Cláudio tratou, ontem, em Brasília do custeio para garantir a efetivação de ações em áreas como Educação, Infraestrutura e Juventude, em Fortaleza, nos próximos períodos. Na audiência na Casa Civil, a pauta do encontro entre o chefe do Executivo local e ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, foram dois financiamentos internacionais, sendo um do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e outro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que totalizam cerca de U$ 148 milhões, o equivalente a R$ 474 milhões.

A ajuda, segundo a Prefeitura, irá garantir a execução de programas como o Proredes, composto por ações de juventude e saúde, e o Fortaleza Cidade com Futuro, na área da infraestrutura. Nestas intervenções, estão inclusas as obras da nova Av. Beira-Mar, o Polo Gastronômico da Varjota e o sistema de segurança em toda a orla da Capital.

Roberto Cláudio também esteve no Ministério da Educação, acompanhado da secretária de Educação, Dalila Saldanha. Os gestores foram recebidos pelo secretário Executivo Adjunto do MEC, Felipe Sartori, com quem falaram sobre a inauguração de creches e Escolas de Tempo Integral. O prefeito também informou sobre a construção de 21 Centros de Educação Infantil (CEI) e disse que, pelo menos, 10 unidades serão entregues até agosto de 2017.

http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/prefeito-negocia-ajuda-de-r-474mi-1.1688774
 
1 - 20 of 64 Posts
Top