SkyscraperCity banner

541 - 560 of 589 Posts

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
Amazonas deve ganhar 3 usinas de etanol

A Millenium Bioenergia pretende implantar três usinas de etanol de milho no Amazonas. A previsão é que as usinas comecem a operar no final de 2021.

Elas serão construídas em Rio Preto da Eva, Itacoatiara e Manaus e serão abastecidas por produtores locais, relata o site BNC Amazonas.

A construção das usinas do Amazonas deve iniciar nos próximos meses, e depende agora apenas de um projeto de terraplanagem que está em fase de conclusão.

Estratégia logística

O investimento é de pelo menos R$ 4,4 bilhões e geração de 36 mil empregos só no Amazonas. Segundo o site BNC Amazonas, a informação das novas unidades é do diretor comercial da Millenium Bioenergia, Acácio Rozendo. Ele anunciou os projetos no sábado (08/12), durante o lançamento da pedra fundamental que marcou o início das obras da usina de Bonfim (RR).

O município fica a 550 km do Porto de Georgetown, na Guiana Inglesa, ponto estratégico por facilitar a rota comercial pelo Atlântico. Segundo Rozendo, as três usinas de etanol do Amazonas irão compor, junto com a usina de Bonfim, a maior cadeia produtiva de biocombustíveis da Região Norte. (...)

As três usinas do Amazonas terão capacidade de produção semelhante à de Bonfim, cerca de 600 mil litros de etanol por dia.

Cinco produtos à base de milho serão produzidos na fábrica, são eles:

  • etanol,
  • farelo de milho DDGS [Dried Distillers Grains With Solubles],
  • gás dióxido de carbono (CO2) alimentício engarrafado,
  • bio-óleo comestível
  • excedente será empregado na geração de energia.
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
23,364 Posts
Milho tem um valor por tonelada muito baixo. E como o frete de grão é por peso, quanto menor o valor do produto, maior é o impacto do frete.
Qualquer vegetal que seja rico em carboidrato e açúcar pode produzir álcool etílico. Mas produzir de milho é burrice, já que o da cana é um dos mais eficientes.
 

·
HAHA!
Joined
·
2,674 Posts
Qualquer vegetal que seja rico em carboidrato e açúcar pode produzir álcool etílico. Mas produzir de milho é burrice, já que o da cana é um dos mais eficientes.
Mas e o custo de produção de cana?! Além disso, nem toda terra que é boa para o milho é boa para a cana.

A cana basicamente faz só açúcar e etanol, entra uma Dilma na presidência, que segura o preço da gasolina, e o setor de etanol de cana quebra (como aconteceu). O milho pode servir de alimento, ração, substitui outros cereais na dieta e também faz etanol. Isso sem contar que ele ainda ajuda a terra para o plantio de soja.
 

·
Registered
Joined
·
6,567 Posts
Qualquer vegetal que seja rico em carboidrato e açúcar pode produzir álcool etílico. Mas produzir de milho é burrice, já que o da cana é um dos mais eficientes.
mas qual é o prazo?
milho dá para enfiar rapidinho entre uma safra de soja e outra. E usando os mesmos equipamentos para semear e colher, snme.
Cana, por exemplo, precisaria de colheitadeiras próprias, caminhões próprios, etc.
 

·
Registered
Joined
·
89,986 Posts
Líder na geração de energia, Bahia comemora 10 anos de eólica no país

Os dados, que fizeram a Bahia liderar a produção de energia eólica este ano, são divulgados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE)



Foto: Divulgação/Enel Green Power




A Bahia foi responsável por 31,84% da geração nacional de energia eólica, de janeiro a outubro de 2019, o que representou um valor acumulado de 13,8 mil Gigawatts (GW). A geração cresceu 55,5% quando comparada ao mesmo período do ano anterior. Os dados, que fizeram a Bahia liderar a produção de energia eólica este ano, são divulgados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), neste mês de dezembro, quando completam 10 anos do primeiro leilão para contratação exclusiva de fonte eólica, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), no Brasil.


Em uma década, o país saiu do zero para se tornar o 8º maior produtor de energia eólica no mundo, de acordo com o ranking do Conselho Global de Energia Eólica (Global Wind Energy Council – GWEC) e a Bahia foi um dos estados que mais contribuiu nessa escalada de sucesso, de acordo com a SDE.

“Temos um dos melhores ventos do mundo para geração de energia e isso nos possibilitou alavancar a economia, gerar empregos e renda, especialmente nos municípios do semiárido. Nesses 10 anos foram investidos R$ 16,3 bilhões nos 165 parques que estão em funcionamento e têm 4 GW de potência instalada. Foram 23 cidades baianas beneficiadas com 60,5 mil empregos gerados”, afirma o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Os ventos vão continuar soprando forte e prometem um futuro promissor para o estado. Conforme dados da Aneel, nesta quinta-feira (19), 70 novos parques eólicos serão instalados na Bahia e adicionarão 1,8 GW à rede elétrica, até o final de 2025, levando o estado à marca de 5,8 GW. A perspectiva é que sejam investidos R$ 7 bilhões e gerados mais de 27 mil empregos diretos e indiretos nos parques que estão em construção e em construção não iniciada.

Componentes

Além dos parques que funcionam com a força dos ventos, a Bahia tem um polo nacional consolidado para fabricação de componentes. A cadeia produtiva conta com seis grandes empreendimentos instalados: GE/Alstom, Siemens/Gamesa, Nordex/Acciona, Torrebras, Torres Eólicas do Nordeste (TEN) e Wobben Windpower. Juntos somam investimentos de R$ 754 milhões, geram 1,4 mil empregos e beneficiam os municípios de Camaçari, Simões Filho, Jacobina e Juazeiro.


https://www.trbn.com.br/materia/I22921/lider-na-geracao-de-energia-bahia-comemora-10-anos-de-eolica-no-pais
 

·
Go Brazel!
Joined
·
16,998 Posts

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
23,364 Posts
Mas e o custo de produção de cana?! Além disso, nem toda terra que é boa para o milho é boa para a cana.

A cana basicamente faz só açúcar e etanol, entra uma Dilma na presidência, que segura o preço da gasolina, e o setor de etanol de cana quebra (como aconteceu). O milho pode servir de alimento, ração, substitui outros cereais na dieta e também faz etanol. Isso sem contar que ele ainda ajuda a terra para o plantio de soja.
mas qual é o prazo?
milho dá para enfiar rapidinho entre uma safra de soja e outra. E usando os mesmos equipamentos para semear e colher, snme.
Cana, por exemplo, precisaria de colheitadeiras próprias, caminhões próprios, etc.
Enfim, milho e cana tem suas vantagens e desvantagens.
No contexto brasileiro a cana parece valer mais a peana. :)

Já que a cana produz muuuuuito mais "álcool por hectare" em relação ao milho.
 

·
Registered
Joined
·
26,627 Posts
Pq não vale a pena transportar ?
Também tenho essa dúvida.. Desconheço como é o escoamento da produçao agricola local, mas se em tese de acordo com voce vale a pena plantar soja e transportar.. porque nao vale a pena o milho?

mas na real mesmo, o questionamento foi sobre a produção de milho em Roraima.. não sabia que era tao grande assim a ponto de justificar uma usina de etanol a partir do milho... achei que o setor agrícola do Estado tinha sido penalizado por conta da reserva Raposa Serra do Sol e que o Estado era forte na produção de arroz.. nao de milho.

Mas se estao investindo lá pra isso, devem saber o que fazem. Muito bom
Desculpe a demora em responder, mas e' o que o dr. ozzy falou mesmo. Milho produz mais toneladas por ha. que soja, mas o valor e' bem mais baixo. A soja tem um preco 3x maior por tonelada. Como o Brasil depende de transporte rodoviario para escoar a producao a maioria dos produtos sequer planta o milho, mesmo ele se encaixando muito bem no ciclo da soja e aproveitando as mesmas maquinas.

Por isso os produtores do CO estao investindo em alcool, eles agregam valor suficiente para valer a pena transportar o "milho", em forma de etanol, para os centros de producao. Por isso tambem que ferrograo e hidrovia araguaia/tocantins tem um potencial imenso de rapidamente catapultar a producao de graos do Brasil (em toneladas).


Milho tem um valor por tonelada muito baixo. E como o frete de grão é por peso, quanto menor o valor do produto, maior é o impacto do frete.
Mas e o custo de produção de cana?! Além disso, nem toda terra que é boa para o milho é boa para a cana.

A cana basicamente faz só açúcar e etanol, entra uma Dilma na presidência, que segura o preço da gasolina, e o setor de etanol de cana quebra (como aconteceu). O milho pode servir de alimento, ração, substitui outros cereais na dieta e também faz etanol. Isso sem contar que ele ainda ajuda a terra para o plantio de soja.
mas qual é o prazo?
milho dá para enfiar rapidinho entre uma safra de soja e outra. E usando os mesmos equipamentos para semear e colher, snme.
Cana, por exemplo, precisaria de colheitadeiras próprias, caminhões próprios, etc.
Coloquei no Termometro de Economia algo relacionado, esse ano SP ira liderar o Brasil em aumento da area de graos, basicamente pessoal largando cana e indo para soja+milho exatamente por esses fatores que o dr. ozzy citou, quem planta cana, planta so' cana, tem maquina so' de cana e morre e vive de cana, risco bem alto. Quem planta grao e' outra historia, muito mais flexibilidade, e sendo em SP boa parte do problema logistico do milho esta' resolvido.

O problema e' que por ha. a cana ainda produz mais litro, dependendo da produtividade do milho, mas a questao do maquinario, riscos e a conjugacao com a soja devem estar convencendo muitos produtores paulistas a migrar. Tambem deve colocar na conta que o produtor paulista nunca teve tradicao de graos, foram do cafe para a cana/laranja, bem diferente dos sulistas.
 

·
Registered
Joined
·
5,798 Posts
Algumas do ES:

Finalmente uma empresa de peso para Cachoeiro :banana::banana:

Fábrica de papel da Suzano no ES será em Cachoeiro de Itapemirim

A fábrica de papel que a Suzano vai construir no Espírito Santo ficará em Cachoeiro de Itapemirim e serão investidos R$ 130 milhões no negócio. As informações foram confirmadas na manhã desta quinta-feira (19) pelo presidente da companhia, Walter Schalka, em coletiva de imprensa realizada no Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, com o governador Renato Casagrande.

A Gazeta antecipou na noite de quarta-feira (18) os planos da companhia em construir uma planta para produção de papéis higiênicos no Sul do Espírito Santo. Segundo o diretor-executivo de Bens de Consumo, Luís Bueno, o local exato onde a fábrica vai ser instalada deverá ser decidido nos próximos dias.

Alguns terrenos estão sendo avaliados pela empresa. Mas o executivo adiantou que será um espaço com área de aproximadamente 100 mil metros quadrados (m²), sendo 40 mil m² deles de área construída e acessos para a unidade.

A perspectiva é que a fábrica fique pronta no quarto trimestre de 2020 e tenha capacidade de produzir 30 mil toneladas por ano de papel higiênico. A unidade, que vai fabricar papéis higiênicos de folhas duplas e triplas das marcas Mimo e Max Pure, vai ter o foco no mercado interno, sendo o Espírito Santo, o Rio de Janeiro e Minas Gerais os principais clientes. A matéria-prima que abastecerá a unidade será produzida pela própria Suzano na unidade Mucuri, no Sul da Bahia.

O empreendimento vai gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos durante a obra e 200 empregos diretos e indiretos na operação, além de fomentar a cadeia de fornecedores de suprimentos e insumo. De acordo com os executivos, a prioridade será por mão de obra local.

https://www.agazeta.com.br/es/economia/fabrica-de-papel-da-suzano-no-es-sera-em-cachoeiro-de-itapemirim-1219
Empresa de eletrodomésticos deve gerar quase dois mil empregos em Linhares

O investimento deve ser de quase R$ 400 milhões para a construção da nova unidade



Mais uma fábrica deve chegar a Linhares. Desta vez, a paranaense Britânia Eletrodomésticos. O anúncio foi feito pelo prefeito de Linhares, Guerino Zanon. A previsão é a de que a empresa comece a operar no município em 2021. As conversas entre o município e a empresa já aconteciam há, pelo menos, três anos. E, na semana passada, o prefeito Guerino Zanon esteve no Paraná em reunião com diretores da empresa. “São vários fatores que contribuem para instalação dessas empresas em Linhares. Nos últimos anos, temos potencializado a infraestrutura do município com diversas obras, além de termos uma localização estratégica, ambiente de negócios favoráveis e vocação logística que atraem os potenciais investidores”, disse o prefeito.

O investimento previsto é de R$ 394 milhões para a construção de uma unidade da fábrica. Com o início da operação, previsto para o primeiro semestre de 2021, quase 2 mil empregos devem ser gerados, a maioria para quem tem ensino médio completo.

Segundo a prefeitura, a fábrica vai funcionar às margens da BR-101, na região dos distritos de Bebedouro e Rio Quartel. A unidade deve ocupar uma área construída de 65 mil metros quadrados. Lá, vai produzir geladeiras, fogões, micro-ondas, ventiladores, circuladores de ar, bebedouros, espremedores de frutas, tanquinhos de lavar roupas, purificadores de água e outros produtos. A previsão é a de que 16 milhões de itens sejam fabricados anualmente.

A Fábrica

Fundada em 1956, a Britânia Eletrodomésticos, com sede em Curitiba (PR), começou fabricando fogões, fogareiros e móveis metálicos, para, em seguida, entrar no mercado de eletroportáteis. As linhas de produção envolvem cerca de 160 produtos, desde casa e cozinha a beleza, som, ventilação e climatização.

A empresa é detentora da marca americana Philco no Brasil, e comercializa equipamentos de áudio e vídeo da marca.



https://www.folhavitoria.com.br/economia/noticia/12/2019/empresa-de-eletrodomesticos-deve-gerar-quase-dois-mil-empregos-em-linhares
Parque industrial de grupo gaúcho vai gerar mais de 800 vagas de emprego em Linhares, ES

O Espírito Santo receberá R$ 50 milhões em investimentos com a implantação do parque industrial. O início oficial das operações está previsto para 2 de janeiro.


Cidade de Linhares, no Espírito Santo — Foto: Felipe Reis/Divulgação/Prefeitura de Linhares

O Espírito Santo receberá R$ 50 milhões em investimentos com a implantação do parque industrial do Grupo Brinox no município de Linhares. O grupo está implantando a primeira linha de montagem da fábrica. Ao todo, serão gerados 240 empregos diretos e mais 600 indiretos. O início oficial das operações está previsto para 2 de janeiro.

O anúncio foi feito durante reunião com o governador Renato Casagrande, no Palácio Anchieta, em Vitória. Na ocasião, também foi assinado o Termo de Constatação de Investimentos.

A planta que será desenvolvida no Estado é a primeira do grupo fora do Rio Grande do Sul, onde atua há 30 anos. Atualmente, a área ocupada é de 10,5 mil metros quadrados, mas a expectativa é de que chegue a 35 mil metros quadrados. A nova fábrica terá capacidade de produzir até 600 mil panelas de inox por mês.

A planta capixaba terá capacidade para atender o mercado interno, com envio de produtos de forma direta para as regiões Norte, Nordeste e Sudeste do país.

O grupo também pretende concentrar no Estado as operações de importações de insumos produtivos, além de atividades de e-commerce.

https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2019/12/24/parque-industrial-de-grupo-gaucho-vai-gerar-mais-de-800-vagas-de-emprego-em-linhares-es.ghtml

Investimento

Governo assina convênio de R$ 30 milhões para obras do Aeroporto de Linhares

Serão cerca de R$ 25,7 milhões de recursos federais e R$ 4,5 milhões do Estado para a segunda etapa de obras. A expectativa é que a pista seja concluída entre março e abril de 2020



O governador Renato Casagrande (PSB) anunciou na noite desta segunda-feira (30) a assinatura de um convênio com a Secretaria Nacional de Aviação Civil que vai direcionar mais de R$ 30 milhões para as obras do aeroporto de Linhares, na região Norte.

Serão investidos R$ 25,7 milhões de recursos federais e R$ 4,5 milhões de recursos do Estado. Atualmente, as obras do aeroporto se concentram na construção da nova pista que terá 1.860 metros de extensão, bem maior que a existente, de 1.350 metros. O anúncio foi feito nas redes sociais do governador.
O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno disse que a verba já está disponível para o Estado e vai sendo liberada de acordo com o avanço das obras. “Nós já aprovamos os projetos junto ao governo federal e estamos começando a elaboração de edital para a contratação das obras para o terminal de passageiros, sessão de combate contra incêndios e outros equipamentos como radar, sensores, uma série de equipamentos que precisam ser contratados”, explica.

A expectativa é que as obras da pista sejam concluídas entre março e abril 2020 e, até lá, já esteja lançado o edital para início da construção da segunda etapa.

“A previsão, após todo o trâmite, é que depois da licitação o período seja de 16 meses de projeto e obras. Agora, a gente começa a elaboração do projeto, vamos começar o trâmite dentro do administrativo do governo e eu espero em breve lançar o edital. As obras da pista devem ficar prontas entre março e abril e nesse período vamos elaborando os editais, para em abril lançar a licitação”, ressalta.

Para o secretário, os investimentos vão auxiliar na projeção de novos negócios e beneficiar a cadeia produtiva da região. “O benefício é o Espírito Santo passar a contar com um aeroporto regional conectando o Estado a outras regiões, fomentando o turismo de lazer, o turismo de negócio, o transporte de cargas e também a aviação particular”, reforça.

O novo terminal de passageiros do aeroporto de Linhares terá 2.160 metros quadrados e central de utilidades. Já o novo pátio terá capacidade de oito posições, sendo duas para aeronaves de modelo A319-100; duas para EMB-110; duas para EMB-120 e duas para S-76 (helicóptero). Segundo o governo do Estado, também está prevista a construção de um estacionamento com capacidade para cerca de 200 veículos.

https://fanoticias.com.br/governo-assina-convenio-de-r-30-milhoes-para-obras-do-aeroporto-de-linhares/


nesse abaixo link do instagram esta sendo divulgado a maquete digital do aeroporto pronto.

https://www.instagram.com/tv/B6sT1f3hrvQ/?utm_source=ig_web_copy_link
 

·
Registered
Joined
·
6,462 Posts
Do Bradesco Boletim de Investimentos


Na semana encerrada no dia 05 de janeiro, o valor total de investimentos anunciados foi de cerca de R$ 51,2 bilhões

• Nos próximos 5 anos, a distribuidora CPFL Energia investirá cerca de R$ 10 bilhões para distribuição de energia. O projeto contemplará os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.

• O consórcio formado por China Communications Construction Company (CCCC) e China Railway 20 Bureau Group (CR20) aplicarão R$ 6 bilhões nas obras de construção da ponte que liga Salvador (BA) à Ilha de Itaparica (BA), dos quais R$ 1,5 bilhão será fornecido pelo Governo da Bahia.

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) irá investir R$ 1,25 bilhão por ano, entre 2021 e 2024, totalizando R$ 5 bilhões. Cerca de R$ 800 milhões serão destinados para a expansão e manutenção da rede de água e esgoto, outros R$ 250 milhões destinados ao cumprimento de compromissos de concessão, e os R$ 200 milhões restantes na reposição
de ativos depreciados.

A Companhia Saneamento de Goiás (Saneago) planeja investir R$ 4,6 bilhões em obras dos sistemas de abastecimento de água e tratamento de esgoto, no intervalo de 2020 a 2024.

A Geoterra fará a implantação de um novo parque eólico em Pedro Avelino (RN). O montante está estimado em R$ 3,5 bilhões.

• O Governo do Amazonas pretende investir R$ 2,9 bilhões em educação, com foco em melhorias na estrutura e gestão administrativa da rede estadual.

• A siderúrgica Gerdau vai investir mais de R$ 2 bilhões em Minas Gerais. Os valores serão destinados a modernização de usinas, para melhorar o desempenho e produção de aço e minério de ferro e trabalhos de reciclagem.

A Prefeitura de Campos dos Goytacazes (RJ) anunciou um investimento de R$ 2 bilhões para geração de energia limpa, por meio da construção de uma energia fotovoltaica e um terminal de gás natural liquefeito. Espera-se que nos próximos meses sejam gerados mais de 3 mil empregos diretos e 7 mil indiretos.

O Governo de Piauí pretende investir R$ 1,6 bilhão em educação em 2020. Os recursos já possuem um plano pronto, denominado Educar Piauí.

A Prefeitura de Fortaleza (CE) anunciou investimentos na ordem de R$ 1,5 bilhão para o ano de 2020, distribuídos em diversas áreas, como saúde, educação e infraestrutura, como construção de novas unidades de saúde e pavimentação de vias.

Com investimento total estimado em R$ 1,3 bilhão, o projeto de condomínio logístico Complexo Andaraguá deve conseguir a licença de instalação no primeiro semestre de 2020. Localizado em Praia Grande (SP), estima-se que o empreendimento irá gerar 17.000 postos de trabalho permanentes.

A CCR Via Sul irá aplicar R$ 1,24 bilhão nas vias BR-101, BR-290, BR-386 e BR-448. Obras preveem manutenção e recuperação das estradas.

A Prefeitura de Salvador (BA) pretende investir R$ 1,2 bilhão para continuidade de obras da cidade, como pavimentação de avenidas e reformas de viadutos e praças, além de construção de novas vias.

Porto Seguro (BA) receberá nos próximos anos o segundo aeroporto internacional, construído pelo Governo da Bahia em parceria com um grupo alemão. O terminal irá ficar entre Eunápolis (BA) e Porto Seguro (BA). O investimento é da ordem de R$ 1 bilhão.

• A Prefeitura de Teresina (PI) anunciou investimentos de R$ 1 bilhão em áreas como saúde, educação e mobilidade urbana nos próximos dois anos.

A Via Varejo pretende realizar investimentos entre R$ 700 milhões e R$ 800 milhões e estimativa de abertura de 70 a 90 lojas durante o ano de 2020.

A incorporadora e gestora imobiliária Tishman Speyer pretende realizar um aporte de R$ 700 milhões na cidade de São Paulo (SP) em 2020. O valor será destinado à aquisição de terrenos para a construção de empreendimentos residenciais e comerciais.

A Ambev pretende investir R$ 300 milhões na implantação de nova unidade fabril no estado do Pará e R$ 155 milhões em melhorias na unidade de Itapissuma (PE), totalizando investimentos de R$ 455 milhões.

A Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS) anunciou investimentos de R$ 410 milhões para os próximos 5 anos. Aproximadamente 80% dos recursos serão destinados à implantação de mais de 390 quilômetros de rede de distribuição. O restante será utilizado para demais obras, elaboração de novos projetos, desenvolvimento de tecnologias e aprimoramento de máquinas e equipamentos de operação.

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia (GO) investirá R$ 400 milhões em 2020. Os recursos serão destinados a diversas áreas do município, com destaque para os eixos estruturantes, cujo investimento será da ordem de R$ 135 milhões.

O Governo do Goiás e o Grupo Rumo Engenharia, anunciaram a construção da Plataforma multimodal da ferrovia Norte Sul do Brasil no estado. O investimento previsto é de R$ 400 milhões, divididos ao longo dos dois próximos anos. Espera-se sejam gerados cerca de 4.000 empregos diretos e indiretos.

A empresa paranaense Britânia anunciou a abertura de uma nova fábrica em Linhares (ES). O investimento previsto é de R$ 394 milhões, gerando quase 2 mil empregos e com início da operação previsto para o primeiro semestre de 2021.

A Tigre anunciou um investimento no valor de R$ 300 milhões para o ano de 2020. Os recursos serão destinados para o aumento da capacidade produtiva, bem como a modernização das fábricas.

A Prefeitura da Serra (ES) pretende investir cerca de R$ 300 milhões no ano de 2020, com foco nas áreas de infraestrutura, educação e saúde, como entrega de escolas, obras de drenagem e pavimentação, entre outras.

A Prefeitura de Curitiba (PR) anunciou um pacote de investimentos no valor de R$ 250 milhões, que serão destinados a vários projetos de infraestrutura urbana, saneamento básico, drenagem e mobilidade urbana.

A montadora de veículos CAB Motors, fará a instalação de uma fábrica no Polo JK, em Santa Maria (DF). O montante de investimentos é de R$ 200 milhões e espera-se gerar 420 empregos a partir de 2021.

• A Construcap pretende investir R$ 180 milhões no parque Ibirapuera e em outros parques do lote de concessão em São Paulo (SP), dentre eles, Jacintho Alberto, Jardim da Felicidade, Tenente Brigadeiro Faria Lima, Lageado e Eucaliptos.

A empresa italiana Planet Smart City vai lançar um novo projeto de cidade inteligente no município de Aquiraz (CE), em 2020. O empreendimento será construído em uma área de 200 hectares e tem investimento total de US$ 40 milhões. Espera-se que 18 mil pessoas morem no condomínio.

Mantendo plano de expansão, a Unimed Fortaleza projeta investir R$ 150 milhões em 2020, que serão destinados a ampliação, modernização e expansão de unidades da operadora em Fortaleza (CE).

A empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) possui R$ 136 milhões de investimentos previstos para obras de esgotamento sanitário, em 14 municípios do estado.

O Governo do Acre assegurou R$ 20 milhões de investimento para a Segurança Pública do Estado. Também serão investidos R$ 100 milhões em recuperação de ramais no estado, a partir do verão de 2020.

A Masterboi implantará frigorífico em Canhotinho (PE). Investindo um total de R$ 112 milhões, com final das obras previsto para meados de 2022. Estima-se que 800 vagas de emprego serão geradas.

Investindo R$ 100 milhões, a Domino’s Pizza pretende ampliar sua plataforma online, trazendo tecnologia internacional para entrega de pedidos.

A Mob Telecom pretende investir cerca de R$ 100 milhões para expandir a atuação da empresa na região Nordeste. O projeto terá duração até 2024 com destaque para os municípios de Campina Grande (PB), Patos (PB), Quixadá (CE), Quixeramobim (CE), Natal (RN) e João Pessoa (PB).

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realizará dois grandes investimentos, totalizando R$ 90 milhões, com objetivo de ampliar o abastecimento de água de Recife (PE) e dar eficiência para algumas áreas.

A Golden Distribuidora planeja construir uma linha de montagem de geradores e equipamentos fotovoltaicos no estado de São Paulo com investimento de R$ 80 milhões.

A Roma Jeans instalará uma fábrica em Toritama (PE). Com um montante de R$ 75 milhões, espera-se que as obras sejam finalizadas em 2021.

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) divulgou um pacote de investimento de R$ 72,2 milhões em obras de abastecimento de água e sistemas de esgotamento sanitário em Farroupilha, Ijuí, Rio Grande, São Borja, Santo Ângelo, São Sebastião do Caí e Tramandaí, municípios do Rio Grande do Sul. O prazo da conclusão das obras é de 36 meses.

O Governo do Rio Grande do Norte entregará mil unidades residenciais em 60 municípios em todo o estado, totalizando R$ 55 milhões de investimento.

A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) investirá R$ 55 milhões na pavimentação da PA-462 em 2020. A rodovia possui 42 km de extensão e liga os municípios de Augusto Corrêa à Vila de Fernandes Belo.

A Oxford vai aumentar a produção de louças na fábrica de São Bento do Sul (SC) e ampliar a fábrica de São Mateus (ES). Com um investimento total de R$ 51 milhões, R$ 9 milhões serão destinados a fábrica catarinense e os demais recursos serão aplicados na planta de São Mateus (ES).

• O Grupo Liberty Duty Free pretende inaugurar quatro free shops em 2020, nas cidades de Porto Xavier (RS), Barracão (PR), Santo Antônio do Sudoeste (PR) e Foz do Iguaçu (PR), com um investimento de R$ 50 milhões.

A Tamboré Urbanismo vai construir um condomínio residencial em Uberlândia (MG), com investimento de R$ 43 milhões. O Valor Geral de Vendas (VGV) está estimado em R$ 110 milhões.

O Governo do Rio Grande do Norte assinou oito convênios, com um investimento total na ordem de R$ 41,9 milhões, para a segurança pública. Os recursos devem ser usados para aquisição de equipamentos e estruturação de órgãos ligados ao setor.

A Anglo American pretende investir R$ 37 milhões em obras de infraestrutura em municípios de Minas Gerais. Do montante, R$ 20 milhões serão destinados à Conceição do Mato Dentro (MG), R$ 12 milhões à Alvorada de Minas (MG) e R$ 5 milhões a Dom Joaquim (MG).

A Quimex ampliará sua produção de produtos químicos na unidade de Uberaba (MG). O valor do projeto está estimado em R$ 32 milhões e pretende gerar 240 vagas de emprego. Na primeira fase, o investimento deve ser de aproximadamente R$ 17 milhões. Na segunda, a previsão é investir mais R$ 15 milhões.

A Tamboré Alumínios pretende instalar uma fábrica em Sorocaba (SP) ainda em 2020. Com um investimento de R$ 30 milhões, pretende-se gerar 60 novos empregos.

A Prefeitura de Campo Grande (MS) anunciou a reforma da antiga rodoviária da cidade com investimento de R$ 15,3 milhões. Além disso, a prefeitura também assinou convênios de R$ 11,9 milhões, destinados a recapeamento e pavimentação na cidade totalizando R$ 27,2 milhões. O início das obras deve ocorrer no primeiro semestre de 2020.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) prevê investir, no Programa Estadual de Transplantes (PET) do Rio de Janeiro, cerca de R$ 25 milhões. O objetivo é ampliar equipes nos hospitais e melhorar a estrutura logística e operacional.

A empresa Equatorial Energia Piauí investe R$ 21 milhões para a conclusão de duas novas subestações na cidade de Teresina (PI). A previsão de entrega das obras é abril de 2020.

A Superintendência de Água e Esgotos de Ituiutaba (MG) pretende investir R$ 20 milhões em 2020, com objetivo de alcançar cobertura de esgotamento sanitário de 100%.

A Prefeitura de Blumenau (SC) anunciou a construção de três novas pontes no município. O valor do projeto está previsto em R$ 16 milhões e obras deverão ser iniciadas em março de 2020.

O Governo do Pará assinou dois convênios com a Prefeitura de São Miguel do Guamá (PA) para a implantação de três sistemas de abastecimento de água e obras de pavimentação e recapeamento de vias públicas, totalizando um investimento de quase R$ 14 milhões.

A Prefeitura de Santo André (SP) pretende investir R$ 14 milhões em reformas de 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na construção de duas novas unidades.

A Prefeitura de Santa Maria (RS) planeja investimento de R$ 10,5 milhões para a reforma e ampliação do Aeroporto Municipal de Santa Maria. Os recursos serão provenientes do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC).

A distribuidora Fios & Cia irá realizar um projeto de expansão física do atual centro de distribuição, com um investimento total de R$ 10 milhões e gerar cerca de 30 empregos diretos no município de Santa Cruz do Sul (RS).

A Shennong Drones prevê a instalação de uma fábrica de drones em Uberaba (MG). Com um investimento de R$ 10 milhões, a unidade deve gerar cerca de 215 vagas de trabalho diretas e indiretas

 

·
Moderator
Joined
·
26,330 Posts
Nossa.. 6 bilhoes de investimentos na ponte Salvador - Itaparica!

Sabia que ia sair caro, mas estava por fora de que ia custar tudo isso.
Impressionante os chineses terem topado.. devem ter feito as contas e visto que era viável.
 

·
Registered
Joined
·
26,627 Posts
Acho que o governo da Bahia vai pagar uma boa parte pela PPP.

So' acho que tem que tomar cuidado com esse tanto de PPP, porque esse dinheiro vai ter que sair de algum canto, SSA ja' tem o metro mais moderno fora de SP financiado nesse regime, agora vai ter a maior ponte desde a Rio-Niteroi e ao contrario dessa nao sera' o GF pagando.. As obrigacoes de PPP acabam sendo divida do mesmo jeito e deveriam ser contabilizadas na divida estadual, assim como passivo atuario.
 

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
Indústria chinesa de processamento de milho começa a operar em outubro

Fábrica vai gerar 300 empregos diretos com o início da produção

As obras da fábrica chinesa, BBCA, de processamento de milho em Maracaju seguem aceleradas. A produção de amido e farelo de milho já deve ser iniciada em outubro deste ano. As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (22) em visita do governador ao estande da BBCA na Showtec.

De acordo com o titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, a notícia é positiva para a economia estadual. “A BBCA nos apresentou uma série de produtos que a empresa já fabrica na China, como tecidos e produtos biodegradáveis. Também foram apresentados os produtos que serão feitos na fábrica em Maracaju, iniciando pelo amido. Eles informaram que as obras da indústria estão em ritmo forte e, em outubro, inicia a produção de amido e farelo de milho. Essa é uma notícia positiva, pois consolida mais um investimento em Mato Grosso do Sul, o que é fundamental na geração de mais empregos no Estado”, informou Verruck.

Segundo o diretor-geral da BBCA no Brasil, Hailong Huang, nessa fase da obra estão sendo gerados 64 empregos brasileiros. Quando a indústria iniciar a produção serão gerados 300 empregos diretos. Atualmente, 104 pessoas trabalham nos escritórios da empresa no Brasil, em Maracaju e São Paulo.

A unidade da BBCA em Maracaju vai processar 200 mil toneladas de milho por ano na produção de amido e farelo de milho. Esta primeira unidade consumiu US$ 100 milhões de dólares em investimentos.

Conforme informado ao Correio do Estado, o grupo começou a compra do cereal produzido na última safrinha na região. “São dois silos, de 60 mil toneladas cada um, que vamos encher, para a nossa produção”, afirmou Leo Yan, engenheiro sênior da BBCA, durante encontro entre empresários chineses e brasileiros em Campo Grande, em junho do ano passado. (...)

Outros produtos

O projeto de instalação da indústria teve início em 2013, com a promessa de investimento de US$ 1,2 bilhão (R$ 4,4 bilhões). Para o futuro, de acordo com as informações de Huang, o plano é que a indústria produza produzir o plástico PLA (ácido polilático). Para que isso ocorra o investimento será superior a US$ 1 bilhão serão aplicados na fabricação de produtos químicos voltados à indústria alimentícia e de embalagens.

A BBCA em Maracaju será a primeira unidade do Brasil a produzir o plástico PLA em escala industrial. A resina é praticamente idêntica ao plástico produzido a partir de combustíveis fósseis, com a diferença de que é biodegradável. Os executivos da BBCA informaram que o plástico PLA feito em Maracaju será exclusivamente para abastecer o mercado brasileiro e latino-americano.

A planta ainda atuará na cogeração de energia. O projeto – que no auge deve processar 1,2 milhão de toneladas de milho – também terá a capacidade de produção anual de 150 mil toneladas de ácido cítrico, 60 mil toneladas de xarope de maltose, 300 mil toneladas de amido de milho, 60 mil toneladas de dextrose cristalina, 150 mil toneladas de lisina e outros subprodutos relacionados.

A capacidade levará a chinesa ao topo da produção mundial de ácido cítrico, além de consolidar o grupo como um dos maiores produtores de vitaminas A, B, C e E.
 

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
Empresa israelense, que extrai água potável do ar, construirá fábrica com a tecnologia no Brasil

Uma instalação que fabrica tecnologia israelense que extrai água limpa e potável a partir do ar será construída no Brasil. O plano é voltado para enfrentar os desafios atuais do Brasil, relacionados à escassez de água e à seca.

O acordo comercial ocorreu durante a Cúpula de Inovação Brasil-Israel no hotel David Citadel, em Jerusalém, em 2 de abril do ano passado, quando o Ministro Marcos Pontes estava em Israel como parte de uma missão do Brasil, na conferência Cybertech 2019 em Tel Aviv.

A instalação da fábrica é um projeto da empresa israelense Watergen e proporcionará benefícios econômicos e ambientais ao Brasil.

Em uma carta de intenções ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Cesar Pontes, o presidente e visionário da Watergen, Dr. Michael Mirilashvili, explicou: “Os efeitos dessa operação de fabricação serão tremendos: nossas linhas podem empregar milhares de brasileiros, melhorando a saúde pública e segurança, e fornecendo a água limpa necessária. Além disso, nossa solução promove segurança ambiental e economia de custos, evitando a necessidade de sistemas caros de transporte de água e evitando a necessidade de jarros e recipientes de plástico”.

Geradores de água atmosférica

A instalação fabricará geradores de água atmosférica como o GENNY, GEN-350 e de grande escala.

O GENNY pesa 50 kg e é adequado principalmente para residências e escritórios. Usando o ar ambiente, o GENNY pode produzir até 27 litros de água por dia. (...)


https://conexaopolitica.com.br/brasil/empresa-israelense-que-extrai-agua-potavel-do-ar-construira-fabrica-com-a-tecnologia-no-brasil/
 

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
Drop inaugura, em Manaus, a primeira fábrica de patinetes elétricos do Brasil

A Drop inaugurou no início deste ano a primeira fábrica brasileira de patinetes elétricos, na Zona Franca de Manaus. A produção anual prevista é de 13 mil patinetes, ou 10% da capacidade de fabricação, de 120 mil. São dois modelos de potência e voltagem diferentes.

Serão fabricados o GO-08, com 350 watts de potência e 36 volts para carregamento; e o GO-10, com 450 watts de potência e 48 volts. Segundo a empresa, “ambos são leves e portáteis e trazem grandes trunfos para o consumidor brasileiro, especialmente para aqueles acostumados com os conhecidos patinetes de aluguel”. (...)

A Drop

A Drop é uma marca 100% brasileira. No caso dos patinetes fabricados no Brasil, eles são produzidos em CKD – peças importadas de fabricantes da China, com cerca de 20% de itens nacionais.

A empresa informa ainda que ” a fábrica conta com três linhas de montagem, apta a produzir até 120 mil unidades por ano”. O investimento na planta foi de R$ 4,2 milhões. (...)


https://moneytimes.com.br/drop-monta-primeira-fabrica-de-patinetes-eletricos-no-brasil/


Royal Enfield planeja fábrica no Brasil e lança 2 motos com 650cc

Unidade deve ser aberta em Manaus: executivos chegam ao país na próxima semana para conversar com fornecedores e iniciar nacionalização

Apesar dos números ainda modestos para o mercado brasileiro a Royal Enfield anunciou, nesta noite, que já estuda construir uma fábrica em Manaus/AM. Em visita ao Brasil, Vinod Dasari, CEO da companhia, conversou com o R7 Autos Carros: “Na próxima semana nosso diretor de manufatura estará no Brasil para um estudo de nacionalização de produtos com sistemistas e parceiros”, disse.

A ideia de uma fábrica foi lançada quando a Royal Enfield chegou ao país, em 2017. De lá para cá a marca expandiu a rede de concessionários para cinco pontos de vendas e até março irá inaugurar mais três: Rio de Janeiro, Florianópolis e uma segunda loja em São Paulo. “Começamos com um revendedor e estamos prestes a chegar a dez o que nos deixa muito entusiasmados”. (...)


https://noticias.r7.com/prisma/autos-carros/royal-enfield-planeja-fabrica-no-brasil-e-lanca-2-motos-com-650cc-22012020


Rio concede licença para instalação de 2ª termelétrica no Porto do Açu

A empresa Gás Natural Açu terá capacidade de 1,3 gigawatts

O governador Wilson Witzel assinou hoje (27) a licença de instalação para a segunda usina termelétrica da empresa Gás Natural Açu (GNA), uma joint-venture formada pela Prumo Logística, BP e Siemens. O empreendimento será instalado no Porto do Açu, em São João da Barra, município do Norte Fluminense. A primeira termelétrica já está em construção no mesmo local. As duas produzirão energia suficiente para atender cerca de 14 milhões de residências, o que é três vezes mais do que tem a cidade de São Paulo. (...)


Brookfield estreia em energia solar no Brasil com compra de projetos no Ceará

São Paulo (Reuters) - O grupo canadense Brookfield fechou a aquisição de um conjunto de projetos de energia solar no Nordeste, em movimento que marca o primeiro investimento da companhia nessa fonte de geração no Brasil.

O negócio envolveu nove parques pré-operacionais que pertenciam ao grupo de engenharia e construção Steelcons e serão instalados em Limoeiro do Norte, no Ceará, com um total de 278 megawatts em capacidade, segundo nota da empresa à Reuters nesta terça-feira. (...)

A Brookfield disse que a construção dos parques "será iniciada ainda neste semestre e concluída até o final de 2021".

O investimento da Brookfield vem em momento em que a energia solar tem crescido rapidamente no Brasil, em meio a uma acelerada queda nos preços da tecnologia. (...)
 

·
Go Brazel!
Joined
·
16,998 Posts
Janeiro/2020



Rede D'Or recebe aval para obras de hospital

É um grande passo para a melhoria da Saúde de Campinas e para a revitalização do bairro Botafogo. O terreno da antiga Rodoviária de Campinas — que esteve desocupado nos últimos 11 anos — receberá o novo hospital e maternidade que prevê 430 leitos, 120 UTIs e dez salas de cirurgia robótica, gerando 4 mil empregos diretos.


Fedex express investe US$ 2 mi em armazém de Viracopos e dobra capacidade

A FedEx Express concluiu seu investimento de US$ 2 milhões em seu armazém no aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo. Com o aporte, a empresa mais do que dobrou a capacidade do local, que alcançou 10 mil m². Os investimentos contemplaram aquisição de novos equipamentos e a expansão da área alfandegada do armazém. Viracopos é a principal base de importação e exportação da empresa no País.


Fiesp vai patrocinar projeto de colégio militar de Bolsonaro em São Paulo no valor de R$ 60 milhões

A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) vai patrocinar projeto arquitetônico do Exército para construção de um colégio militar na capital paulista. A implantação da escola, a 14ª no país, é prioridade de Jair Bolsonaro, que pretende gastar R$ 60 milhões na obra. Presidente da Fiesp, Paulo Skaf (MDB) é o principal articulador da base do governo em São Paulo e está sendo cotado para presidir o Aliança pelo Brasil no Estado.


São Paulo terá mais R$ 1 bilhão por ano do pré-sal

O Governo do Estado espera arrecadar R$ 1 bilhão por ano em royalties e participações especiais com a exploração do campo de Carcará pela petroleira norueguesa Equinor a partir de 2023, segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.


Maior procura por galpões estimula projetos em SP

A demanda por áreas de galpões por parte de varejistas de comércio eletrônico e tradicionais, empresas de transporte e do setor farmacêutico, e a perspectiva de melhora da economia têm estimulado a busca de terrenos para desenvolvimento de projetos do segmento. No momento, por exemplo, duas varejistas de vestuário - uma delas ainda não presente no país - estão buscando o total de 7 mil metros quadrados de galpões.


Um antigo galpão da Votorantim abriga novo hub de inovação de SP

A proximidade da USP e de polos como o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e o Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia), são outro aspecto citado. Bem como o fato de a região estar no centro de um projeto do governador João Doria, batizado de Citi, que planeja transformar a área hoje ocupada pelo Ceagesp em um grande hub de inovação.


Startup Loft se torna 11º unicórnio do País após nova rodada de investimento

Após uma rodada liderada pelos fundos americanos Vulcan Capital e Andreesen Horowitz, a startup de compra, reforma e venda de imóveis Loft está avaliada em mais de US$ 1 bilhão, segundo apurou o Estado. Embora a Loft não confirme o valor, isso faz da empresa o 11º unicórnio unicórnio brasileiro.


Réveillon na Paulista 2020 movimenta mais de R$ 648 milhões na economia da capital

A festa do Réveillon na Paulista 2020 movimentou R$ 648,72 milhões na economia paulistana. O número é resultado de pesquisa e levantamento realizados pelo Observatório de Turismo e Eventos da cidade, que entrevistou 1.257 pessoas. De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a festa levou à Avenida Paulista cerca de 2 milhões de pessoas (público rotativo).


Após inaugurar aeroporto, JHSF espera alcançar 5% do mercado de aviação executiva de SP em 5 anos

A companhia que atua nos segmentos de incorporação, shopping, além de hotéis e restaurantes voltados para a "ultra alta renda", inaugurou um novo aeroporto privado voltado à aviação executiva do Brasil. A expectativa da empresa é ter 200 aviões hangarados em cinco anos, ou seja, 5,1% da frota executiva de São Paulo, que é de 3942 aviões. Em uma área de cerca de 90,4 mil metros quadrados a JHSF já prepara o lançamento do Catarina Resort para o ano que vem, além da expansão do Catarina Fashion Outlet, um empreendimento que hoje conta com mais de 200 marcas.


Olímpia (SP) recebe quase três milhões de turistas em 2019

Em 2019, Olímpia (SP) recebeu quase três milhões de turistas, um aumento de 12,8% em relação ao ano anterior, quando o município registrou um pouco mais de 2,6 milhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (6) pela Pesquisa de Ocupação Anual da secretaria de Turismo, considerando apenas os meios de hospedagem regularizados - que somam mais de 23 mil leitos.


Comgás obtém empréstimo de R$ 2 bilhões do BNDES para financiar plano de investimentos

Os recursos vão apoiar até 2021 o plano de investimentos da empresa do grupo Cosan (CSAN3), que prevê aportes de 2,937 bilhões de reais no período. Serão construídos cerca de 1.000 km de rede e conectados cerca de 100 mil clientes a cada ano em diversos municípios da área de concessão.


Governo anuncia financiamento especial para despoluição do Rio Pinheiros

Os investimentos chegam a casa dos 1,5 bilhão de reais. Segundo a administração estadual, cerca de 3,3 milhões de pessoas serão beneficiadas pela medida. Além de moradores da cidade de São Paulo, o projeto deve beneficiar Embu das Artes e Taboão da Serra.


Ascenty anuncia segundo data center em Vinhedo, completando 18 empreendimentos

A Ascenty, provedora de data centers com foco na América Latina, adiciona mais um data center ao seu conjunto de infraestruturas. Localizada em Vinhedo (SP), no mega campus da companhia no município, a unidade entra em operação no segundo semestre de 2020. A infraestrutura tem um investimento de R$ 200 milhões e conta com 24 mil m², completando 40 MVA de energia total no campus.


Consórcio de Pátria Investimentos e GIC oferece R$1,1 bi e vence leilão de rodovias em SP

A concessão de 30 anos da Rodovias Piracicaba-Panorama (Pipa) prevê investimentos de 14 bilhões de reais para a infraestrutura rodoviária que atravessa São Paulo desde a região de Campinas até o extremo oeste do Estado, na divisa com o Mato Grosso do Sul, informou a agência estadual de transportes, Artesp.


João Doria diz que vai leiloar todas as rodovias de São Paulo

O governo de São Paulo quer aproveitar o sucesso do leilão da rodovia Piracicaba-Panorama (PiPa) para emplacar outras concessões e usar recursos privados em projetos de infraestrutura. O governador João Doria afirmou na quarta, 8, logo após o pregão, que vai “seguir na mesma toada de fazer a concessão de todas as rodovias e aeroportos regionais” do Estado de São Paulo.


São Paulo eleva área de grãos e produzirá 8% mais neste ano

Tradicionalmente longe das lavouras de grãos, devido à produção de cana-de-açúcar e de laranja, São Paulo terá uma área de 2,3 milhões de hectares dedicados à produção de grãos. É pouco, em relação aos 16,5 milhões de Mato Grosso, mas superará em 5% a área de 2018/19. O aumento médio no país será de 1,5% neste ano, conforme o levantamento da Conab.


Hotelaria paulista fatura mais de R$ 11 bilhões em 2019, diz ABIH-SP

Uma das ações da ABIH-SP previstas para 2020 está a participação direta da entidade no fortalecimento da marca “SP PARA TODOS”, que tem como objetivo estimular a promoção turística paulista. “Também faremos reuniões setoriais com a hotelaria e turismo em todo o Estado, além de várias parcerias estratégicas para gerar economia, aumentar competitividade e ampliar os recursos financeiros da hotelaria paulista”, ressaltou.


Doria altera ICMS para incentivar agronegócio e indústria alimentícia em SP

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta 6ª feira (10.jan.2020) novas regras de lançamento e aproveitamento de créditos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para a aquisição de máquinas e equipamentos utilizados pela agroindústria do Estado.


Estação João Dias, da Linha 9-Esmeralda CPTM, tem início de obras autorizado

A futura Estação João Dias, construída a partir de uma parceria com a iniciativa privada, não beneficiará apenas as pessoas que trabalham no empreendimento, mas também levará mais opções de mobilidade a todos que circulam pela zona sul de São Paulo.


Beneficiárias de isenção investirão R$ 1,4 bilhão

Cinco grandes empresas receberão incentivos fiscais da Prefeitura para reforma, modernização do parque fabril, construção, ampliação, adequação e desenvolvimento da indústria 4.0 e programam investir R$ 1,43 bilhão em Campinas nos próximos cinco anos. O investimento deve gerar 6,6 mil novos empregos, dos quais 2,7 mil diretos. Elas serão beneficiadas pela recente lei de incentivo municipal a empresas de todos os setores instaladas nos últimos quatro anos e que vierem a se instalar, em especial, as que atuam na área de energia renovável.


JBS investe para ampliar produção de unidade da Friboi em Lins para exportação

A Friboi, unidade de negócios de carne bovina da gigante do setor JBS, divulgou nesta terça-feira que está investindo 11 milhões de reais em sua unidade em Lins (SP) a fim de ampliar em cerca de 30% o abate de bovinos a partir de março. "A produção adicional será destinada aos principais mercados globais", disse a companhia, acrescentando que os recursos fazem parte dos 8 bilhões de reais que a empresa investirá no Brasil de 2020 a 2024.


Governo assina contrato para conclusão da linha 17-Ouro

A Constran foi a empresa que venceu a licitação, com uma proposta de 494,8 milhões de reais para a conclusão; cerca de 86% do trajeto está concluído. Antes as obras eram de responsabilidade do Consórcio Monotrilho Integração, que teve o contrato rescindido em 2019 após atrasos nos prazos de entrega.


Vale do Paraíba integra projeto que vai tentar desvendar 'mistérios do universo'

A maior parte da construção é financiada pela Fapesp (Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo), o que evitou que o projeto fosse afetado pelos cortes do governo federal na área da ciência. Bingo será instalado na Serra do Urubu, na Paraíba, longe de metrópoles e fontes de poluição eletromagnética.


Fábrica da Caoa Chery no Vale pode ter nova montadora chinesa

A Caoa detém 50% das operações da Chery no Brasil e terá um novo parceiro chinês, de outra marca automotiva. Analistas de mercado apontam a montadora Changan como a nova parceira.


Avanço do comércio online faz de Cajamar a ‘Faria Lima dos galpões'

Estudo da plataforma SiiLA Brasil mostra que Cajamar reúne 1,3 milhão de metros quadrados de galpões logísticos de alto padrão. No quarto trimestre de 2019, o preço pedido para locação era de R$ 21,87 por metro quadrado, o maior valor desde o segundo trimestre de 2016 – e montante 13% mais caro do que no mesmo período de 2018.


Azul anuncia compra de 75 aeronaves da Embraer

O presidente da Azul, John Rodgerson, anunciou nesta quinta-feira, 16, que a companhia assinou contrato para a compra de 75 jatos da Embraer, durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro, ontem, em Brasília. A informação mexeu com os papéis da companhia na Bolsa paulista.


Governo federal fará novo repasse para obras da Linha 9-Esmeralda da CPTM

Apesar da relação às vezes conturbada, os governos Bolsonaro e Doria devem anunciar na próxima sexta-feira, 17, o repasse de R$ 151,7 milhões para obras da extensão até Varginha da Linha 9-Esmeralda, da CPTM. É o que afirmou nesta quarta-feira o jornal Valor Econômico, citando o Ministério do Desenvolvimento Regional.


Doria terá 32 encontros bilaterais em Davos e pretende atrair investimentos

Convidado para participar do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, 17, em coletiva de imprensa, que terá 32 encontros bilaterais no evento, com o objetivo de atrair investimentos para o Estado, por meio de 20 projetos de privatizações e desestatizações.


SP planeja R$ 30 bilhões em obras de mobilidade

O governo paulista vê 2020 como o ano chave para viabilizar, ainda nesta gestão, um pacote ambicioso para a área de mobilidade urbana. A carteira é extensa e soma quase R$ 30 bilhões de investimentos em linhas de metrô e trens urbanos. Muitos deles são projetos herdados que ficaram travados por conta da crise de empreiteiras envolvidas na Lava-Jato.


De olho em entretenimento, fundo Mubadala vai disputar Ibirapuera

Um dos maiores fundos soberanos do mundo, o Mubadala, de Abu Dabi, está se preparando para fazer pesados investimentos no Brasil para ampliar sua participação nos setores de esporte e entretenimento. O fundo avalia participar, por meio de sua empresa IMM, da licitação do complexo do Ibirapuera, um investimento que não deverá sair por menos de US$ 100 milhões.


Governo anuncia investimento de R$ 100 milhões da P&G em São Paulo

O Governador de São Paulo, João Doria, e a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, participaram nesta segunda-feira (20) de reunião com Selina Jackson, Vice-Presidente Global da Procter & Gamble, multinacional americana que já está presente no Brasil. Na ocasião, foi anunciado novo investimento de R$ 100 milhões da P&G em sua fábrica em São Paulo.


Bracell anuncia investimento adicional de R$ 1 bilhão no estado de São Paulo

Em abril de 2019, a Bracell anunciou um projeto de expansão para sua fábrica de celulose em Lençóis Paulista (SP), denominado Projeto Star, com investimentos da ordem de R$ 7 bilhões. Em janeiro de 2020, a Bracell anuncia R﹩ 1 bilhão adicionais em investimentos focados em processos inovadores e sustentáveis. O primeiro investimento será uma das maiores instalações de gaseificação de biomassa existentes para apoiar a operação do forno de cal. A planta de gaseificação usará biomassa 100% renovável como matéria-prima para produzir biogás. "Esse é um firme compromisso da Bracell de buscar um conceito de biorrefinaria "livre de fósseis"", afirma Per Lindblom, Vice-Presidente Executivo da Bracell.


Embraer inaugura instalações em Eugênio de Melo

A Embraer inaugura nesta terça-feira as novas instalações da unidade de Eugênio de Melo, distrito de São José dos Campos na região leste, em evento interno dedicado aos funcionários, que retornaram de férias coletivas. O investimento foi de US$ 30 milhões --cerca de R$ 125 milhões na cotação atual.


Praia Grande lança novo shopping que deve gerar 5 mil vagas de emprego na região

Proposta do Grupo Mendes será analisada, e a expectativa é que o Villamar Shopping seja inaugurado em 2024


JBS Embalagens constrói nova fábrica no interior de São Paulo

A JBS Embalagens Metálicas deve investir mais de 80 milhões de reais na nova planta em Guaiçara, no interior de São Paulo. A construção da planta está no início, sob execução da Susman, de São José do Rio Preto (SP), que realiza as fundações, apurou o Grupo ConVisão. O projeto prevê uma unidade exclusivamente voltada para a produção de latas de aerossóis de aço (flandres) e de alumínio.


Governo de SP assegura investimento de R$ 8,8 bi do Grupo Iberdrola

Iniciativa, revelada no Fórum Mundial em Davos, faz parte do plano de investimentos da multinacional espanhola no Brasil até 2023


CPTM vende direito de exploração de mídia; Eletromídia dá maior lance

Realizado na Bolsa Eletrônica de Compras (BEC), o pregão teve 630% de ágio na outorga inicial, partindo de R$ 16 milhões e chegou a R$ 109,5 milhões. A Eletromídia deu o maior lance e terá o direito de exploração por 10 anos. A documentação está sendo analisada e a homologação será anunciada nos próximos dias.


Exportação de suco de laranja do Brasil cresce 27% no 1º semestre de 19/20, diz CitrusBR

Em dezembro, o Fundecitrus estimou a safra de laranja 2019/20 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro —principal área produtora do maior exportador global de suco de laranja— em 385,31 milhões de caixas de 40,8 kg, salto de 35% em relação à temporada anterior. Principal destino do suco de laranja do Brasil, a União Europeia importou 450.051 toneladas do produto entre julho e dezembro, avanço de 36% ante a safra anterior, informou a CitrusBR.


Em Davos, Doria capta R$ 17,2 bi em investimentos para São Paulo



Programa de pré-incubação induzirá formação de startups em Araraquara

O programa de pré-incubação prevê investimentos de cerca de R$ 2 milhões, divididos entre os governos estadual e federal, e será realizado inicialmente nos câmpus de Araraquara, Bauru, Botucatu, Jaboticabal e Registro.


Trecho Norte do Rodoanel deve ser retomando neste ano, diz Valor

Os atrasos fizeram com que o governo rescindisse os contratos com as empreiteiras, sendo de três lotes em 2018 e mais três em maio do ano passado. Para evitar uma disputa judicial, as pendências foram levadas a arbitragem. Agora, para que o trecho seja concluído, a estimativa é que precise de mais R$ 1,7 bilhão, sem considerar R$ 250 milhões em desapropriações. Esse valor erá arcado pelo governo paulista, mas isso não deverá ser um entrave.


SP libera R$ 32 milhões para obras de saneamento na capital e interior

Foram assinados contratos com as prefeituras de Avanhandava, Batatais, Cafelândia, Cássia dos Coqueiros, Cerquilho, Clementina, Cravinhos, Franca, Guarantã, Ipeúna, Itaoca, Itapira, Júlio de Mesquita, Martinópolis, Meridiano, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Nantes, Nova Canaã Paulista, Nova Europa Nuporanga, Oriente, Santa Cruz da Conceição, Santo Anastácio, Santo Expedito, São Bento do Sapucaí, São João da Boa Vista, São Pedro do Turvo, São Sebastião da Grama, São Simão, Tambaú e Taubaté.


LATAM ampliará capacidade de manutenção em São Carlos (SP)

A LATAM Airlines Brasil ampliará em 15% sua capacidade operacional no Centro de Manutenção (MRO), o maior da América Latina, localizado em São Carlos, com a execução de 21 novos checks adicionais de aeronaves, em 2020.


Cresce a expectativa acerca de uma das maiores praias artificiais do Brasil

A grande expectativa do momento para banhistas do Brasil é a piscina de ondas do Thermas Hot World localizada em Águas de Lindóia, no Estado de São Paulo. Esta é uma das maiores praias artificiais do Brasil e chega finalmente ao ponto crucial de suas obras.


Governo de SP libera mais de R$ 9,5 milhões para rede assistencial de 39 municípios

Os serviços são oferecidos a pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social, pessoas em situação de rua e violência, pessoas com deficiência, em situação de discriminação em decorrência de orientação sexual/raça/etnia, adolescentes em conflito com a lei e migrantes, entre outros.


“Chineses serão agressivos” nas privatizações em SP até 2022, afirma Dória

Na avaliação do governador, quem virá com força nesse processo de concessão será a China. Depois de abrir um escritório em Xangai em agosto de 2019, o governo do estado destaca que fechou o ano com compromissos de empresas chinesas de investir US$ 24,6 bilhões no estado até 2022. De acordo com ele, os chineses destinarão US$ 20 bi em infraestrutura para disputar concessões rodoviárias, ferroviárias, em portos e aeroportos.


Consórcio assume Pacaembu com desafio de tirar o estádio do vermelho

O consórcio Allegra Pacaembu inicia a gestão neste sábado na decisão da Copa São Paulo de Futebol Junior que terá o clássico entre Grêmio e Internacional. A nova administração terá como objetivo principal tirar o estádio do vermelho. O presidente da concessionária, Eduardo Barella, disse em entrevista ao Estado que espera faturar R$ 20 milhões com o Pacaembu somente em 2020.


Seade confirma mais R$ 10 bilhões de investimentos empresariais

Investimentos no Interior: Nestlé - R$ 370 milhões (que se somam aos R$ 630 milhões divulgados no trimestre anterior) para modernização das fábricas de Araçatuba e Caçapava. Volkswagen - R$ 2,3 bilhões para desenvolver novo automóvel, o New Urban Coupé, na planta de São Bernardo do Campo. R$ 1 bilhão da montadora Toyota, para expansão do parque fabril de Sorocaba e R$ 730 milhões do grupo Zanchetta Alimentos, para construção de complexo industrial avícola em Conchal. Comgás - R$ 3,5 bilhões, entre 2019 e 2024, para expansão da rede de distribuição de gás natural no Estado de São Paulo em 5.500 km e melhorias na rede existente, além de serviços de tecnologia da informação.


Confederação inaugura em São Paulo espaço para prática de curling e hóquei no gelo

Com investimento total entre R$ 2 milhões e R$ 2,5 milhões, todo privado, será inaugurada neste sábado em São Paulo a Arena Ice Brasil, empreendimento da Confederação Brasileira de Desporto no Gelo (CBDG) para popularizar as modalidades de inverno no País. Entre outras coisas, o local, no Morumnbi, contará com três pistas de curling de tamanho oficial, as primeiras da América Latina.


Consórcio ITI 7 entregará 4ª etapa do Projeto Tietê em abril/2020

O Consórcio ITI-7, integrado pelas construtoras Telar, Trail, Augusto Velloso e Vad, iniciou as obras da 4ª etapa do Projeto Tietê em 2015 e tem previsão para conclusão este ano. A obra beneficiará 740.000 habitantes nos bairros da Bela Vista, Consolação, Vila Buarque, Santa Efigênia, República, Anhangabaú, Luz, Sé, Liberdade, Aclimação, Cambuci, Ipiranga e Sacomã.


GLOBAL CITIES INVESTMENT MONITOR 2019NEW RANKINGS, TRENDS AND CRITERIA

São Paulo surge na 10 posição no mundo, e como principal centro de atração para investimentos internacionais na América Latina, estando à frente de lideres globais como Tókio, Frankfurt, Toronto, Madri.


Estação Santo Amaro começa a ser ampliada a partir desta segunda-feira, 27

Parte do contrato de concessão da Linha 5-Lilás, a ampliação da estação Santo Amaro teve os trabalhos iniciados nesta segunda-feira, 27, pela ViaMobilidade. Os trabalhos, que durarão cerca de dois anos, prevêem várias melhorias para facilitar o fluxo de passageiros entre as duas estações homônimas (onde é feita a conexão com a Linha 9-Esmeralda da CPTM).


Promoção, centro de inovação e novos produtos: a agenda de São Paulo na Fitur

Uma das apostas do estado está na criação de dois produtos, um primeiro, para promover o Vale do Ribeira, e o segundo, que visa a criação de um produto do Litoral Norte de São Paulo. Outro projeto que ganhou fôlego durante a Fitur 2020 é a criação de um centro de inovação turística na cidade de São Paulo. O projeto, inclusive recebeu o apoio da OMT, em reunião entre Lummertz e o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili.


Nova fábrica da SKG em SP atende frigoríficos com itens para corte

Localizada em Valinhos, no interior de São Paulo, a nova fábrica de serra fita da SKG foi desenvolvida em parceria com a Munkfors, empresa sueca que figura entre as líderes mundiais no segmento.


Tecnologia criada para o Sirius amplia mercado de empresa paulista

Os bunkers de proteção atualmente usados em exames para o diagnóstico de cânceres, por exemplo, precisam de paredes de 2 metros de espessura, pesam 900 toneladas e demoram dois anos para ficar prontos, afirma Costa. “Por isso são sempre construídos no térreo ou subsolo e aquela região do hospital fica inutilizada para sempre”, diz o diretor de Engenharia da Biotec. As novas cabanas desenvolvidas pela Biotec, se os estudos em andamento vingarem, poderão ser desmontadas e transportadas de uma área para outra dentro de um hospital. “Também achamos que será possível instalá-las, por exemplo, em barcos ou navios, o que permitiria a realização de exames no interior da Amazônia”, exemplifica Costa.


Meritor investe R$ 200 milhões em nova fábrica em SP

A fabricante de eixos Meritor vai construir uma nova fábrica em Roseira (SP), cidade do Vale do Paraíba a 162 quilômetros da capital paulista. A unidade será erguida em um terreno de 160 mil metros quadrados com investimento de R$ 200 milhões, um dos maiores feitos em fábrica pela companhia nas duas últimas décadas. A área construída será de 30 mil m². A capacidade produtiva inicial será de 2 mil eixos/mês, podendo chegar a 8 mil/mês. A inauguração está prevista para abril de 2021.


Embraer assina contrato com SkyWest para venda de 20 jatos E175

O pedido tem um valor de US$ 972 milhões, com base nos preços de lista da Embraer de 2019, e estará incluso na carteira de pedidos (backlog) do quarto trimestre de 2019. As entregas estão previstas para começar no segundo semestre.


SP registra melhor resultado primário desde 2010, com superávit de R$ 18,3 bilhões

O ano de 2019 terminou como um dos melhores da história de São Paulo. Graças a um intenso trabalho de gestão financeira, controle de despesas e incentivos para setores estratégicos, o Estado teve um de seus melhores desempenhos fiscais dos últimos anos, com a diminuição da dívida consolidada e, principalmente, o aumento das receitas tributárias, sem criação de tributos ou aumento de alíquotas.


Governo de SP lança programa para capacitar exportadores

O Governador João Doria lançou nesta quinta-feira (30) o Exporta SP, Programa Paulista de Capacitação para Exportações, que vai preparar empresas de micro, pequeno e médio portes para acessar o mercado internacional. A meta do projeto é qualificar 150 empresas este ano e chegar a 1.200 até 2024, fazendo com que um número maior de companhias passe a exportar os produtos de origem paulista. O programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com a InvestSP.


Governo de SP libera R$ 1 bilhão para beneficiar escolas

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Educação Rossieli Soares anunciaram nesta quinta-feira (9) a liberação de R$ 1 bilhão em um pacote de melhorias para escolas da rede estadual de São Paulo. Do total, R$ 630 milhões já foram repassados via programa Dinheiro Direto na Escola para atender demandas essenciais de 5.004 unidades escolares.



https://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=2107759&page=237
 

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
GDF e CAB Motors assinam cessão de terreno para construção de fábrica de veículos no DF

A obra começa ainda em 2020 e a empresa deve investir R$ 200 milhões na construção

O Distrito Federal vai ganhar sua primeira fábrica de automóveis. Com produção 100% nacional, a CAB Motors desembarca na capital para construção de uma montadora com produção inicial de 100 carros da Stark por mês.

A Concessão de Direito Real de Uso (CDRU) de um terreno de 70 mil metros quadrados no Polo JK, em Santa Maria, foi assinada nesta sexta-feira (10/01) pelo governador em exercício Paco Britto e pelo presidente da Terracap, Izidio Santos, no Palácio do Buriti. (...)

A CAB Motors prevê investir R$ 200 milhões na construção da fábrica e na aquisição de suprimentos e equipamentos. A ideia é direcionar 80% das vendas dos veículos de tração 4×4 para o segmento corporativo e 20% para o particular. Inclusive, o governo local fará um estudo para a aquisição de veículos pela Polícia Militar. (...)


https://diariodopoder.com.br/gdf-e-cab-motors-assinam-cessao-de-terreno-para-construcao-de-fabrica-de-veiculos-no-df/


Com obras adiantadas, cervejaria será inaugurada no mês de julho

A construção da fábrica do Grupo Petrópolis em Uberaba está em ritmo acelerado, com o cronograma adiantado e programada para ser inaugurada em julho.

Segundo José Renato, na sexta-feira (31) ele visitou o canteiro de obras por quatro horas e, atualmente, são cerca de 1.800 trabalhadores envolvidos na construção. Até agora já foram utilizados mais de 52.000 metros cúbicos de concreto. “É uma coisa grandiosa que nós conseguimos para nossa cidade e movimenta toda cadeia produtiva. A Fundação Getulio Vargas divulgou recentemente que a cada emprego direto nesse ramo, outros 50 empregos indiretos são gerados no país. Então, essa fábrica deve movimentar outras 20 mil pessoas indiretamente no país”, pontua. (...)


https://jmonline.com.br/novo/?noticias,2,CIDADE,191960
 

·
Jeito de Mato
Joined
·
14,821 Posts
Empresa italiana de helicópteros Finmeccanica Leonardo vai instalar fábrica em Itapevi (SP)

Após reunião com representantes da empresa na Itália, o prefeito Igor Soares confirmou, na tarde desta terça-feira (4), que o conglomerado Finmeccanica Leonardo Company vai se instalar em Itapevi.

“O segundo maior grupo industrial da Itália, que atua nas áreas de aeronáutica, helicópteros, espaço e sistemas de segurança terá unidade de montagem em nossa cidade”, declarou o chefe do Executivo por meio das redes sociais.

“Serão montados e realizados serviços de manutenção em helicópteros da marca AgustaWestland. Mais investimento, oportunidade de emprego e receita para o município”, continuou Igor Soares. (...)


Contrato bilionário para a construção de navios em estaleiro de Itajaí será assinado em março pela Marinha

O contrato para a construção de quatro navios no estaleiro Oceana, localizado em Itajaí-SC, deverá ser assinado no dia 4 de março pela Marinha do Brasil e o consórcio Águas Azuis, em Brasília. O projeto é avaliado em mais de 6 bilhões de reais, com expectativas de gerar 2 mil empregos diretos e cerca de 6 mil indiretos no pico da produção. (...)

A construção das corvetas, embarcações destinadas a navegação da Marinha do Brasil, terá tecnologias do Brasil e Alemanha e será sob responsabilidade do consórcio capitaneado pela companhia alemã Thyssenkrupp e a Embraer.

Santa Catarina concentrará indústria de construção naval brasileira militar

Com investimentos no setor, Itajaí, que já é reconhecida nacionalmente como a capital da construção naval, deve em breve se tornar referência na América Latina. (...)
 
541 - 560 of 589 Posts
Top