SkyscraperCity banner

321 - 340 of 388 Posts

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #322
Série que revive a cena cultural do Recife na década de 1990 reestreia no Canal Brasil



Nesta quinta (02), o Canal Brasil volta a exibir “Lama dos Dias”, série de ficção que revive a cena cultural do Recife no início dos 90 e retrata o surgimento do movimento manguebeat. Os sete episódios da primeira temporada vão ao ar sempre às quintas, às 20h.

Com direção de Hilton Lacerda e Hélder Aragão, o DJ Dolores, produção de Malu Campos e produção executiva de João Vieira Jr., a série resgata, de forma livre e sem fundo documental, o nascimento desse movimento – que tem em Chico Science, Jorge Du Peixe e o próprio DJ Dolores os principais representantes – e mostram como ele foi capaz de mudar a história da cidade, e transformá-la em uma urbe pulsante, com uma cena cultural intensa.
A atração mostra os detalhes desse período a partir de dois núcleos principais: a trajetória da banda Psicopasso, um conjunto cuja sonoridade mescla a agressividade do rock com a batida do maracatu; e de um grupo de amigos de uma universidade, insatisfeitos com o sistema e frequentadores da cena musical local. O elenco, formado principalmente por atores amadores, conta com a participação especial de Maeve Jinkings e Julio Machado, e da atriz Louise França, filha de Chico Science.
“Lama dos Dias” estreia dia 02 de julho, às 20h no Canal Brasil.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #323
Abrasel-PE critica decisão do governo em adiar a reabertura de bares e restaurantes em Pernambuco


Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Na noite desta terça-feira (30), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Pernambuco (Abrasel-PE), divulgou uma nota em que descreve receber com surpresa e frustração a notícia de que o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, decidiu adiar a reabertura de bares e restaurantes. No texto, a associação pede ao governo do estado que reconsidere, imediatamente, a posição quanto à reabertura dos bares e restaurantes e que permita a retomada do setor no dia 6 de julho.

No final da tarde desta terça, o governo do estado detalhou a nova etapa de flexibilização em Pernambuco. A partir da próxima segunda-feira, as atividades comerciais de vendas de veículos vão poder abrir em sua totalidade e os serviços de escritório poderão funcionar com 50% do efetivo. O avanço é válido para 50 municípios das gerências regionais de saúde do Recife, Limoeiro e Goiana, e seguem protocolos específicos. Leia mais.

A Abrasel esperava que o plano de reabertura de bares e restaurantes acontecessem na Etapa 6, já na próxima semana, na Região Metropolitana do Recife. O texto cita ainda boletim de dados sobre a Covid-19. "Embora o secretário de Planejamento, Alexandre Rebelo, tenha dito, em entrevista coletiva nesta tarde de terça-feira, que há seis semanas Pernambuco vem apresentado queda no número de casos graves e de óbitos, puxados pelos avanços nos números da Saúde na Região Metropolitana do Recife. Neste sentido, entendemos que está havendo o mesmo tratamento para regiões com situações distintas", diz trecho da nota.

A associação também fez um alerta sobre o setor. "Essa decisão atinge em cheio um setor que vem sendo duramente penalizado, apesar de estarmos com todos os protocolos prontos, os mesmos que estão sendo usados em outros estados que já permitiram a retomada deste segmento. Esses protocolos nos permitem voltar às atividades com responsabilidade e cuidados, tanto com o nosso público, quanto com os colaboradores".

Para a Abrasel, o estado vem tratando a situação com "dois pesos e duas medidas". No fim do texto, a associação lamenta o que chama de falta de sensibilidade do governo com o setor. "Assistimos, dia a dia, pessoas nas ruas sem máscaras, aglomerando-se nas periferias, no transporte público, e pouca ou nenhuma fiscalização. São dois pesos e duas medidas".

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #324
Drive-in marca estreia no Recife em 16 de julho
Franquia paranaense Planeta Drive-In vai se instalar no Pina prometendo filmes, palestras e shows

DIVULGAÇÃO

Sucesso no Recife nos anos 1950, Planeta Drive-In vai retomar os cinemas ao ar livre seguindo todos os protocolos de saúde - FOTO: DIVULGAÇÃO
Com a liberação da Prefeitura do Recife nesta terça-feira (30) para o funcionamento de estabelecimentos drive-in - com público dentro de automóveis - uma franquia criada em Curitiba acaba de marcar sua inauguração na capital pernambucana. Trata-se do Planeta Drive-In, que vai instalar uma arena entre a Avenida Boa Viagem e Antônio de Góes, no Pina, Zona Sul do Recife, com estreia programada para o dia 16 de julho.

Segundo informações da assessoria do empreendimento, serão três sessões de filmes na data de estreia - 16h, 19h e 22h - com pré-venda a partir de 9 de julho no site oficial, com o custo de R$70 por automóvel com até 4 pessoas. Os primeiros longas escalados são Era Uma Vez em Hollywood, Sonic - O Filme, 1917 e Parasita.

ESTRUTURA E CUIDADOS

As exibições no Recife acontecerão com telão de 4K com 144m² em alta resolução, com o áudio sendo transmitido via rádio direto aos sistemas de som dos carros. Refeições para acompanhar a sessão também será possível através de pedidos via aplicativos, sem contato, e os atendentes levam os petiscos aos veículos. O uso do app será também utilizado para organizar as filas aos banheiros, assim evitando qualquer tipo de aglomeração. O calendário do drive-in ainda pretende incluir palestras e shows em datas a serem divulgadas em breve.

O Planeta Drive-In Recife também afirma que vai seguir todos os rígidos processos de segurança alinhados com os órgãos competentes do município. "Vivenciamos um novo formato de socialização e os drive-ins, depois das lives, tomam conta do cenário do entretenimento mundial. Vamos colocar Recife nesta rota ao unir o resgate de um formato de cinema a uma nova infraestrutura de gastronomia e serviços com comodidade e segurança ", comenta a produtora de eventos Juliana Cavalcanti, responsável pela vinda do projeto.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #325
De olho no mercado de segurança cibernética, Embraer compra empresa do setor que começou no Recife
A empresa faz dois negócios que incluem compra do controle de líder no setor, que chega a girar R$ 8 bi/ano


EDOUARD NGUYEN

O negócio não teve os valores revelados - FOTO: EDOUARD NGUYEN

Terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo, a Embraer decidiu entrar para o mercado de segurança cibernética. A empresa comprou a Tempest Serviços de Informática, que começou no Recife, em 2001, e é líder do setor no País. O negócio não teve seus valores revelados. Atualmente, a Tempest tem um time de 300 funcionários e 250 clientes no Brasil e no exterior, incluindo o grupo que edita a revista britânica The Economist.

A Embraer fez também um aporte de R$ 20 milhões na empresa Kryptus, que fornece soluções de criptografia para as Forças Armadas do Brasil, entre outros. As finformações são do jornal Folha de S.Paulo.

Subsidiária de sistemas tecnológicos da Embraer, a Atech deverá coordenar os esforços das três empresas no mercado, que movimentaram, em 2019, US$ 1,5 bilhão, que são equivalentes a R$ 8,1 bilhões nesta terça-feira (30), no Brasil. O presidente da Embraer Defesa e Segurança, Jackson Schneider, afirma que elas "são empresas complementares".

Esse movimento vem na esteira da derrocada do acordo para a venda da área de aviação comercial da Embraer para a Boeing e o impacto da pandemia do novo coronavírus nos negócios desse setor.

Schneider acredita que o investimento que a Embraer passa a fazer na área de cibersegurança é o maior do gênero na América Latina e já estava previsto. "Isso está no DNA de inovação", diz, ressaltando também que a pandemia da covid-19 "vem acelerando tendências" em todo o mundo.
"O trabalho será mais virtual, assim como os processos e ferramentas. É preciso atender a necessidade de segurança no tráfego de dados", complementa.
Isso é óbvio na área civil. Crimes cibernéticos contra instituições bancárias somam pelo menos US$ 10 bilhões (R$ 54 bilhões) por ano no Brasil, que é o segundo mercado para bandidos digitais, perdendo para a Rússia.

A Embraer vê também um potencial de sinergia com um mercado que anda de 'mãos dadas' com o de cibersegurança: o espacial. Afinal, tudo passa por satélites. A empresa possui uma subsidiária, a Visiona, que deve lançar, em 2021, o primeiro monossatélite de uma constelação nacional.
A Tempest já era apoiada pela Embraer através do Fundo de Participações Aeroespacial, que conta com o BNDES e a DesenvolveSP, entre outros. A equipe da Tempest seguirá sem sofrer alterações.

O aporte na Kryptus, que mira, além da área militar, uma expansão internacional, será feito por meio do Fundo de Participações.
O fim do negócio da Embraer com a Boeing levou especulações sobre o futuro. Sua sobrevivência fora do duopólio produtivo global, dos americanos e dos europeus da Airbus, é interrogada.

Francisco Gomes Neto, o presidente da empresa, confirmou, em maio, que existe um interesse na busca de novos parceiros no mercado mundial. As opções são inúmeras. Os analistas apostam na estatal chinesa de aviação comercial Comac, que busca se posicionar no mercado.
A questão é que uma parceria hoje com a China pode colocar qualquer empresa de um lado da Guerra Fria 2.0, estabelecida entre Washington e Pequim. Isso teria interferências importantes para os produtos de defesa da Embraer, o novo cargueiro C-390 Millennium à frente.

Scheider disse à Folha de S.Paulo que a Embraer está "absolutamente aberta para conversar" com parceiros externos.
"Mas nós respeitamos todos as limitações impostas por nossos fornecedores europeus e americanos na área de defesa”, disse. "Assim, especificamente para a Embraer Defesa, “há países ‘off-limits’ [fora do limite de operação]”, completou.

Contudo, o presidente da Embraer ressalta que, pela natureza dos negócios da empresa, "nada será diferente do que o Estado brasileiro" preconizar.
Ele lembra ainda que a Embraer nasceu em 1969 como uma estatal, e a sua linha de defesa foi desenvolvida de acordo com necessidades da Força Aérea, mesmo depois da privatização de 1994.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #326
Porto Digital: saiba quais empresas mais faturaram e empregaram em 2019
Faturamento no parque cresceu 24%. Em 2020, espera-se abertura de 3 mil vagas


Foto: Divulgação/Porto Digital

Faturamento no parque cresceu 24%. Em 2020, espera-se abertura de 3 mil vagas - FOTO: Foto: Divulgação/Porto Digital

Andando a passos largos à frente da chamada "economia real", a economia digital tem crescido em todo o mundo, e no Recife isso não é diferente. Parque Tecnológico da capital pernambucana, o Porto Digital fechou 2019 com um crescimento de 24% no faturamento das empresas, que chegaram ao número de 339, com um total de 11,6 mil colaboradores. Para 2020, a expectativa do parque é abrir cerca de 3,2 mil vagas de trabalho, que só serão preenchidas mediante esforço para formação de mão de obra qualificada.

De acordo com pesquisa realizada pelo próprio Porto Digital, o faturamento de R$ 1,8 bilhão em 2018 subiu para R$ 2,3 bilhões em 2019, com 32% dos postos de trabalho sendo ocupados por mulheres e os negócios segmentados nas áreas de tecnologia (41%), educação (19,7%) e saúde (8,2%), obviamente todas tendo como base a tecnologia da informação.

Em 2019, algumas empresas se destacaram em relação à média de faturamento e o número de postos de trabalho gerados mesmo com a escassez de mão de obra qualificada. No que pode se chamar de um "Top 3" do PD, em termos de faturamento, estão, em ordem alfabética, In Loco, Insole e Fusion, com segundo o próprio Porto Digital, um faturamento em torno dos R$ 10 milhões.

Saiba quais as demais empresas que mais faturaram no parque e, mais embaixo, quais as oportunidades de qualificação para empregos nessa área este ano.

Empresas que mais faturaram no Porto Digital em 2019 (em ordem alfabética):

1- Accenture
2- Acqio
3- Avanade
4- Avantia
5- Cesar
6- InLoco
7- Insole
8- Neurotech
9- Serttel
10- Tempest


Empresas que mais empregaram no Porto Digital em 2019 (em ordem alfabética):

1- Accenture
2- Avanade
3- Avantia
4- Cesar
5- Globo
6- Pitang
7- Speed +
8- Stefanini
9- Serttel
10- Tempest


Qualificação e emprego no Porto Digital

Mesmo com o crescimento no faturamento das companhias instaladas no Porto Digital, o parque, assim como outros hubs tecnológicos mundo afora ainda esbarra na falta de mão de obra. Por ora, estima-se que estejam abertas de 900 a 1 mil oportunidades só nas empresas instaladas o Porto Digital e para 2020 a expectativa é abrir pelo menos 3 mil vagas.

Para ocupar essas vagas, o PD tem fechado parcerias com universidade públicas e privadas. Ao longo do ano passado, três universidades fecharam parcerias com o Porto, e em 2020, o foco será em novos cursos de graduação gratuitos, ofertados através da Universidade de Pernambuco e de um quarto parceiro privado que será ainda será anunciado.

"Temos com a Unit um curso de graduação já rodando, com turma, para Programação. Dura dois anos e meio. Estamos lançando Engenharia de Software agora. Com a Unicap, já está no vestibular deste ano, começando agora em fevereiro, o curso de sistema para internet, também durando dois anos e meio. O que queremos, a partir de agora, é encontrar forma para não fazer curso só para quem pode pagar, para incluir a população pobre", diz o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena.
Atualmente, segundo ele, 1,5 mil pessoas se formam em cursos de tecnologia nas universidades pernambucanas, com um custo médio de R$ 18 mil para formação em dois ou dois anos e meio.

Para trazer oportunidade para a população mais pobre, segundo o secretário de ciência, tecnologia e inovação de Pernambuco, Aluísio Lessa, deverá ser lançado na UPE o curso para bacharel em Ciência e Tecnologia, com duração de 4 a 5 anos para formação, mas também com alternativas modulares para qualificar mão de obra de forma mais rápida.

O projeto, conforme ele, já foi apresentado ao governador do Estado e conta com total interesse da UPE, devendo ser lançado ao longo de 2020. Outra oportunidade para graduação deverá ser anunciada pelo Porto Digital ainda esta semana. Desta vez, a promessa é uma parceria com uma universidade privada, para oferta de cursos gratuitos na área de TI.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #327
Complexo Industrial e Portuário de Suape

Fábrica da Shineray completa cinco anos em Pernambuco


Inauguração aconteceu no dia 29 de junho de 2015. (Foto: Paulo Paiva/DP)

A fábrica da Shineray em Pernambuco completou, nesta segunda-feira, cinco anos desde sua inauguração no Complexo Industrial Portuário de Suape. A expectativa é de fechar este ano com crescimento em relação ao ano passado, passando de 18,9 mil unidades produzidas em 2019 para uma estimativa de 30 mil até o final de 2020. Seguindo na contramão de muitos setores, o impulso vem justamente dos efeitos da pandemia do coronavírus em relação ao uso dos meios de transporte. Porém, ainda assim, as projeções atuais não chegam nem perto do que havia sido planejado para a planta industrial da montadora chinesa em Pernambuco na época de sua abertura, já que as perspectivas davam conta de dobrar a produção ao longo desses cinco anos. Em 2016, primeiro ano completo de funcionamento, foram produzidas 186 mil unidades.

Segundo Paulo Perez, diretor da Shineray, a fábrica pernambucana passou por momentos difíceis ao longo de sua história. "As vendas despencaram com todos os problemas que houveram. Um deles foi a crise do desemprego, que acaba pegando um universo grande de clientes dos nossos produtos", explica. Porém, apesar de a taxa de desocupados continuar alta - Pernambuco registrou taxa de 14,5% no primeiro trimestre deste ano, segundo a Pnad Contínua - e o cenário ser de instabilidade econômica, as perspectivas são mais positivas para este momento. "No final de 2019, a gente projetava chegar a 50 mil unidades produzidas, agora esperamos 30 mil. Ainda assim, estamos em um franco processo de recuperação. Acreditamos que é uma retomada para voltar os números de 2016", afirma.

A pandemia, que tem sido levantada como um dos fatores negativos para várias atividades econômicas por sofrerem os impactos das medidas do isolamento social, é justamente o que é tido como um impulso para as vendas dos modelos produzidos pela Shineray. "No auge da pandeia, tudo foi ruim. Mas a evolução do coeficiente de crescimento vem justamente com essa questão porque existe um olhar voltado ao transporte individual. Além disso, também há um incentivo ao sistema de delivery. Então achamos que esse ano conseguiremos crescer", ressalta Paulo Perez, que ainda acrescenta o valor dos produtos da Shineray como um incentivo. "O valor de entrada do produto é muito baixo, na faixa de R$ 5,9 mil. E ainda tem cartão para dividir", complementa.

A fábrica da Shineray em Suape foi inaugurada no dia 29 de junho de 2015, em uma área de aproximadamente 200 mil metros quadrados, sendo a primeira planta fabril de motos inaugurada no Brasil fora da Zona Franca de Manaus, naquela época. No anúncio, a montadora anunciou que produziria 20 modelos de veículos ciclomotores, triciclos e quadriciclos da marca. Atualmente são produzidos quatro modelos na planta pernambucana.




 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #328
Olinda

Feira Artesanal Nordeste é adiada para 2021 por causa do novo coronavírus


Foto: Priscilla Buhr/ Acervo/JC Imagem

A Feira Artesanal Nordeste, com produtos e técnicas de artes manuais e artesanato, prevista para setembro de 2020, foi adiada para 21 a 25 de abril de 2021. O evento será realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

A inviabilidade de realização de feiras como a Artesanal Nordeste se deu em razão da pandemia da covid-19.

Levantamento

De acordo com pesquisa realizada pela WR, organizadora do evento, com empresas da indústria e comércio de insumos para artesanato, os consumidores que ainda não tinham bastante estoque fizeram uma corrida inicial, com compras únicas de grande volume para estocar matéria-prima em casa, e depois puseram-se a produzir.

As máscaras lideraram a lista dos itens mais produzidos.

As entrevistas levantaram também que as compras, apesar de mais volumosas, se concentraram em itens de menor valor, como é o caso dos materiais para fazer amigurumis (bonecos em crochê ou tricô) por exemplo.

Com a obrigatoriedade do fechamento das lojas físicas, quem já vendia online (72,5%), concentrou esforços para direcionar os consumidores para o site, mas também abriu a possibilidade de vendas por e-mail, WhatsApp e telefone, antes ainda indisponíveis. A flexibilidade permitiu um impacto negativo menor no faturamento com relação ao ano anterior.

Quem ainda não tinha familiaridade com o digital, correu para as redes sociais e as vendas, em geral, finalizaram via WhatsApp.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #329
Compesa - sete anos à frente do novo marco legal do saneamento
João Bosco de Almeida
Engenheiro, é presidente do Conselho de Administração da Compesa



Um novo marco legal do saneamento, projeto de lei 4.162/2019, foi aprovado pelo Congresso Nacional na semana que passou, comemorado com grande euforia pelos investidores e grandes empresas da área de infraestrutura brasileiras e internacionais.

O maior apelo para aprovar o novo marco legal foi a falta de recursos públicos para o investimento, principalmente, para o esgotamento sanitário. De fato, é vergonhosa a cobertura dos serviços de esgotamento sanitário no Brasil. A nova legislação vem em boa hora, desde que as novas concessões ao setor privado sejam feitas com rigorosas metas para o aumento da cobertura dos serviços de coleta e tratamento dos esgotos sanitários, uma vez que, a cobertura do abastecimento de água é elevada no Brasil.

O que poucas pessoas sabem é que, sete anos atrás, a Compesa já firmava com o setor privado a maior PPP do Brasil para universalizar a coleta e tratamento de esgotos sanitários na Região Metropolitana do Recife. Por iniciativa visionária do então governador Eduardo Campos, a Região Metropolitana do Recife é a única do Brasil a ter meta de cobertura dos serviços de esgotamento sanitário definida em um contrato, enquanto no novo marco legal há apenas uma expectativa de cobertura.

A PPP da Compesa tinha como objetivo, desde sua concepção, universalizar o serviço de coleta e tratamento de esgotos da RMR (15 municípios) até 2037, devendo para isso implantar novos sistemas, recuperar os já existentes e realizar a manutenção e a operação de todos, existentes e novos. Importante ressaltar que o de relacionamento dos usuários continua sendo com a Compesa.
...

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #330
Itaú tem mais de 100 vagas de emprego abertas. Veja salários
Processo seletivo inclui cargos com salários de até R$ 11 mil. Envio da candidatura é feito pela internet.



O Itaú Unibanco está com mais de 100 vagas abertas em diversas cidades do Brasil, sobretudo para a área de tecnologia. Há oportunidades para analistas no setor de segurança, engenharia de software, cientista de dados, T.I, arquiteto de soluções, engenharia, etc.

As chances também se estendem para as áreas administrativas, bancárias, comerciais e de engenharia. O destino dos aprovados na seleção incluem as cidades de São Paulo, Goiana, Salgueiro, Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Vitoria de Santo Antão, Olinda, Petrolina, Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe.

O Itaú valoriza um quadro de profissionais baseado na diversidade. O banco busca candidatos com pluralidade de origens, culturas, crenças, experiências, raças, gêneros, orientações sexuais e idades diversas. Além disso, há vagas destinadas especificamente às pessoas com deficiência.

Salários

O Itaú não divulgou oficialmente a remuneração de cada cargo oferecido. Contudo, em plataformas de emprego, como Glassdoor, usuários anônimos, geralmente ex-funcionários da instituição, informaram os salários de 15 cargos:
CargoSalário médioNúmero de salários postados na plataforma
EstagiárioR$ 2.3042.272
Analista júnior R$ 4.893595
Gerente R$ 6.305513
Operador de caixa R$ 2.924489
Analista pleno R$ 6.285457
Agente comercial R$ 2.915397
Analista sênior R$ 8.844314
Jovem aprendiz R$ 1.040295
Gerente de relacionamento R$ 5.172233
Analista de sistemas júnior R$ 5.917223
Analista de sistemas sênior R$ 11.121211
Engenheiro de software pleno R$ 7.62331
Engenheiro de software júnior R$ 5.08026
Cientista de dados júnior R$ 6.83125
Arquiteto de soluções R$ 11.92517
...

Fonte:
 

·
Registered
Joined
·
3,559 Posts
FCA anuncia 1ª mulher chefe de fábrica; SUVs de Fiat e Jeep chegam até 2022

Antonio Filosa, presidente da FCA na América Latina, concedeu entrevista exclusiva a UOL Carros na tarde de hoje. Por videoconferência, o executivo contou ao colunista Jorge Moraes que a empresa manterá os investimentos no Brasil, apesar da pandemia do coronavírus.

Filosa também deu detalhes sobre futuros lançamentos das marcas Jeep e Fiat no País, que terão alguns meses de atraso, e revelou que o Polo Automotivo Jeep em Goiana (PE) será comandado por uma mulher pernambucana e "muito jovem". "Será a primeira mulher a dirigir uma fábrica da FCA na América Latina", contou o presidente, sem revelar o nome,

O mistério acabou pouco depois da entrevista, quando a companhia divulgou comunicado informando que Juliana Coelho, de 30 anos, assume a função em uma das fábricas mais modernas da FCA no mundo.

Ela substitui o italiano Pierluigi Astorino, de 38 anos, promovido ao cargo de diretor de manufatura da Fiat Chrysler na América Latina.

Novo Jeep Compass vem aí




Ele também sinalizou que no ano que vem o Compass receberá uma atualização importante, revelada há alguns dias pela FCA na Europa. Seria ele o primeiro a receber motor turbo?

"Será muito mais do que um simples facelift. Haverá uma reformulação importante no Compass em termos de motor e tecnologia, com uma plataforma de serviços conectados. Nosso programa de sistemas de infotainment virá muito, muito forte. A central multimídia da nova Fiat Strada, com tela tátil de sete polegadas e conexão sem fio de celulares via Android Auto e Apple Carplay é só o começo".

Para finalizar, o presidente da empresa na América Latina destacou que a pandemia não afetou as negociações e estudos técnicos para a fusão com a PSA, anunciada no fim do ano passado.

"Está indo bem, conforme o cronograma. A previsão é de que a fusão seja concluída no primeiro semestre do ano que a fusão seja concluída no primeiro semestre do ano que vem. O coronavírus não gerou nenhum atraso".


https://www.uol.com.br/carros/noticias/redacao/2020/07/01/fca-anuncia-1-mulher-chefe-de-fabrica-suvs-de-fiat-e-jeep-chegam- ate-2022.htm
 

·
Registered
Joined
·
15,026 Posts
Governo planeja desestatizar 12 empresas

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, afirmou ontem que o governo pretende fazer a privatização ou concessão de 12 estatais em 2021. Os planos seguem o cronograma do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e também podem incluir outras desestatizações, a depender da duração da crise do coronavírus.

O projeto inicial para o próximo ano inclui a privatização da ABGF (Associação Brasileira Gestora de Fundos), Eletrobras, Nuclep (Nuclebrás Equipamentos Pesados), Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), Ceasaminas (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais), Codesa (Companhia de Docas do Espírito Santo) já no primeiro semestre.

A CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre), Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), Dataprev (Empresa de Tecnologia de Informações da Previdência), Correios e Telebrás estão previstas para acontecer entre julho e dezembro do próximo ano.

Segundo Mattar, ainda não há expectativa de quando o governo deve fazer a revisão das metas de privatizações para 2020. O planejamento contava com a venda de 300 ativos e cerca de R$ 150 bilhões ainda neste ano. A média prevista para desestatização é de 43 meses.

“Sem termos uma previsão de até quando a crise do coronavírus vai acontecer, não conseguimos fazer uma revisão sobre a venda de ativos. A expectativa é de retomada ao longo de 2021”, afirmou em uma transmissão ao vivo promovida pelo Banco Safra ontem.

Sobre a privatização da Eletrobras, o secretário afirmou que a modelagem de privatização da companhia já está em processo de finalização entre o Congresso e o poder executivo. O processo será feito via capitalização -o que significa que empresa emitirá novas ações, diluindo a participação do governo. (Folhapress)

Fonte:Governo planeja desestatizar 12 empresas
 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #333
Itapemirim quer voar em 2021 com classe executiva e serviço top como Varig


Empresa já definiu como será a pintura de seus aviões Imagem:
Reprodução/montagem


A crise da aviação mundial causada pela pandemia do novo coronavírus não esfriou os planos do grupo Itapemirim, voltado ao transporte rodoviário, de entrar no setor de aviação com sua própria companhia aérea. Em entrevista exclusiva ao UOL, o CEO do grupo, Rodrigo Villaça, e o CEO da Itapemirim Linhas Aéreas, Tiago Senna, afirmaram que a expectativa é assinar o contrato de leasing dos primeiros aviões ainda neste mês de julho para começar a voar no primeiro trimestre do ano que vem.

A ideia de criação de uma nova companhia aérea brasileira surgiu em fevereiro deste ano durante uma viagem do governador de São Paulo, João Doria (PSDB) aos Emirados Árabes Unidos. Na ocasião, o empresário Sidnei Piva, presidente da Itapemirim, anunciou um aporte de US$ 500 milhões de um dos fundos soberanos dos Emirados Árabes Unidos.

Uma parte desse dinheiro seria usada para a criação da companhia aérea do grupo Itapemirim. Logo depois, no entanto, estourou a crise do novo coronavírus. O dinheiro ainda não veio, mas o CEO do grupo garante que, mesmo sem ele, a nova Itapemirim Linhas Aéreas irá decolar. Em uma rede social, Villaça tem dado dicas de que o projeto está andando e recentemente divulgou algumas maquetes de modelos de aviões que podem voar pela Itapemirim.

Três modelos de avião na disputa

A intenção do grupo é iniciar as operações no primeiro trimestre do ano que vem com dez aviões. O modelo ainda não foi definido. Estão na disputa o Airbus A319, o Boeing 737-700 e o Embraer 190/195. "Queremos um avião com capacidade entre 100 e 140 passageiros", afirmou Senna. A empresa cogitou voar com o turbélice Q400, mas essa opção já foi descartada.

Na prática, no entanto, os aviões da Itapemirim devem voar com menos assentos do que a capacidade máxima do modelo escolhido. É que a nova companhia aérea pretende operar um modelo de negócio diferente do oferecido atualmente pelas empresas que voam pelo país.

Classe executiva em voos domésticos

A Itapemirim promete ir na contramão das companhias de baixo custo. A empresa pretende oferecer um serviço premium, com serviço de bordo diferenciado e classe executiva nos voos domésticos.

"A intenção é voltarmos com as bebidas alcoólicas, com pelo menos uma dose de uísque para cada passageiro. Vamos voltar a dar um conforto a mais para o passageiro, que quer ter esse conforto. Resgataremos um pouquinho o que o passageiro da Varig não encontra mais no mercado", disse.

A primeira inovação virá com a divisão do avião em duas classes de serviço, a econômica e executiva. "Se for um avião de 140 lugares, vamos operar com 120, 115 ou 110 lugares", afirmou Senna. "Vai ter mais espaço também na econômica", completou.

Para justificar a necessidade de um serviço premium, Senna relembrou até os anos dourados da aviação. "Voei muito na ponte aérea e o avião mais requisitado, independentemente de ser turboprop [truboélice], barulhento e turbolento, era o Electra. Todo mundo queria fazer o último voo do dia no Electra, às 5h da tarde para ir lá atrás na salinha fazer seu happy hour e tomar seu uísque para ir para casa depois de um dia de trabalho. E continua existindo isso [essa demanda]", afirmou.


Grupo Itapemirim já atuou no setor aéreo com o transporte de carga
Imagem: Wikimedia


Sem promoções agressivas

Com essas características, o foco da Itapemirim deverá ser o passageiro corporativo. "Esses são os passageiros frequentes e não existe uma classe específica para eles", afirmou Senna.

O mercado corporativo costuma pagar tarifas mais altas nas passagens aéreas. E o CEO da Itapemirim já adiantou que a empresa não pretende entrar na competição de preço. Para Senna, o momento de pós-pandemia deve ajudar a empresa nesse sentido.

"Não vamos ter uma redução de tarifa no mercado. Acho que vai acontecer o contrário, e todas as aéreas que estão no mercado vão elevar as tarifas. Por todas as perdas que as aéreas estão amargando em 2020, de alguma forma precisa compensar. Com isso, vamos estar na média do mercado. O que não vamos fazer é competir com tarifa promocional", disse.

Apostar em um serviço com mais qualidade voltado ao público corporativo era uma das estratégias da Avianca Brasil. "É exatamente esse público da Avianca que está nos chamando bastante atenção", disse Senna.

A empresa, no entanto, teve sérias dificuldades financeiras, entrou em recuperação judicial, perdeu aviões por falta de pagamento e foi obrigada a suspender todos os seus voos. "A Avianca tinha um serviço premium, mas tarifas promocionais", avaliou Senna.

50 aviões em cinco anos

A empresa pretende iniciar suas operações com dez aviões, tendo como principais aeroportos de operação os de Guarulhos (SP), Brasília (DF) e Recife (PE). Para evitar uma concorrência predatória das companhias aéreas que já estão no mercado, Senna afirmou que a empresa deve ter rotas alternativas.

Os primeiros aviões que a empresa receber deverão ficar pouco tempo em operação. É que a Itapemirim já definiu que em três anos deve ter uma frota de aeronaves do modelo Airbus A220, um concorrente dos aviões da Embraer.


Maquete de um avião do modelo Airbus A220 com a pintura da Itapemirim
Imagem: Reprodução


"Toda empresa pensa em crescer e já foi demonstrado no mundo inteiro que frota única é rentável e muito mais fácil de lidar. Então, se estou trabalhando com uma frota única de Airbus e se começarmos a ter uma demanda maior de mercado que justifique um avião maior, consigo crescer na linha Airbus em número de assentos, o que não me acontece com a linha Embraer", disse.

O CEO do grupo Itapemirim já chegou até mesmo a divulgar uma maquete do Airbus A220 no Linkedin. Segundo ele, é exatamente essa a pintura que o avião deve ter. A fuselagem amarela deve ser mais uma diferencial da empresa nos aeroportos por onde passar.

Para dar início às operações, a Itapemirim prevê contratar 600 funcionários nos próximos meses, sendo 160 pilotos e 320 comissários de bordo para os dez primeiros aviões da frota. "Devemos começar a seleção já em julho e os primeiros testes serão online", afirmou Senna.

Para o futuro, a empresa também pretende operar no segmento de cargas, um setor no qual já teve uma companhia aérea no passado.

Fonte:
 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #334
Caruaru

Caruaru amanhece com forte nevoeiro nesta quinta-feira Caruaru amanhece com forte nevoeiro nesta quinta-feira



Um forte nevoeiro toma conta da cidade de Caruaru, Agreste de Pernambuco, na manhã desta quinta-feira (02). Com isso, houve redução de visibilidade na cidade e nas rodovias. Com a cerração, os motoristas devem redobrar as atenções. O dia começou com temperatura baixa na Capital do Agreste: 18ºC.

A previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) é de chuva rápida de forma isolada na Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e Agreste.

Fonte:
 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #335
Há 70 anos Recife recebia primeiro jogo de uma Copa do Mundo
Em 2 de julho de 1950, a ilha do Retiro foi palco para a vitória do Chile sobre os Estados Unidos

ARQUIVO JORNAL DO COMMERCIO

EUA e Chile duelaram na Ilha do Retiro. - FOTO: ARQUIVO JORNAL DO COMMERCIO

No último jogo de Copa do Mundo em Pernambuco, mais de 40 mil pessoas na Arena em São Lourenço e dezenas de milhões acompanhando pela TV, rádio ou internet a classificação da Costa Rica às quartas de final, após superar a Grécia, nos pênaltis. Bem diferente da audiência da primeira partida de um Mundial no Estado. E ela completa nesta quinta-feira 70 anos.

Naquele 2 de julho, a Ilha do Retiro recebeu pouco mais de oito mil pessoas, para ver o Chile bater os EUA por 5x2, os Ianques, como os jornais da época se referiam aos norte-americanos. Outras dezenas não pagaram ingressos, subindo nas árvores ao redor do então maior estádio pernambucano.

Em comum ao duelo da Arena de Pernambuco, em 2014, apenas a falta de alambrado. Só isso. Com torcedores sentados ao lado de uma das quatro linhas. Privilegiados. Num jogo sem transmissão por TV (só chegaria no Brasil meses depois) nem rádio. Pela falta de energia nas imediações da Ilha.

A vitória chilena foi comemorada com entusiasmo, diante de um time que vinha de surpreendente triunfo sobre a Inglaterra. Antes de longa viagem até o Recife, alternando transporte rodoviário e marítimo. Numa saga registrada em poucas linhas nos jornais da época, que nem davam tanta bola para a Copa.

Mesmo com a presença de Jules Rimet na capital pernambucana. E fazendo elogios também a Olinda. Bons tempos.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #336
Paulista

Indústria de embalagens chega a Paulista com investimento de R$ 10 milhões


A probabilidade é que o quantitativo de colaboradores, atualmente de 60, dobre em 2021. (Foto: Arquivo / Agência Brasil)

Geração de emprego no município de Paulista. A indústria especializada na fabricação e comercialização de embalagens, Ibe Embalagens, instalada no Distrito Industrial de Abreu e Lima desde 2010, passará a funcionar no Complexo Industrial de Paratibe, em Paulista. O projeto de expansão da fábrica terá início ainda neste ano com um investimento de R$ 10 milhões e a expectativa de geração de empregos diretos e indiretos. A probabilidade é que o quantitativo de colaboradores, atualmente de 60, dobre em 2021.

A empresa ocupará uma área de sete mil metros, três mil a mais do que a estrutura anterior. Nesse novo espaço, a indústria, que também atua na terceirização da produção e envase de produtos de limpeza, ampliará sua capacidade de produção, que atende a segmentos como materiaia de higiene, cosméticos e gêneros alimentícios.

O secretário-executivo de Desenvolvimento Econômico do Paulista, Raimundo Lopes, comemorou a futura abertura de novos postos de trabalho na região. "Gerará renda para a população da nossa cidade. Além disso, ficará instalada em um condomínio que poderá abrigar outras cinco ou seis empresas", frisou. Um dos proprietários da indústria, Miguel Zottis, destacou que a estrutura da cidade permitiria a nova instalação. "Percebemos que seria possível e decidimos, então, nos mudar para Paulista”, revelou.vv



 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #337
Companhias aéreas retomam mais voos em julho

Aeroporto Internacional do Recife
Aeroporto Internacional do Recife - Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco


O avanço da pandemia do coronavírus provocou a paralisação de diversos voos no Brasil. Em Pernambuco, a malha também ficou bastante reduzida. Agora, a partir do mês de julho, as companhias aéreas vão retomar mais dos seus destinos, adicionar novos voos e reabrir bases de operação. A retomada está sendo gradual e com protocolos sanitários para funcionários e passageiros.

Neste mês, a Azul vai reforçar suas operações no Recife, uma das principais bases de atuação da empresa. Com os novos mercados, a companhia chegará a cerca de 22 voos diários na capital de Pernambuco. A partir do dia 6, Recife voltará a ser conectada com Guarulhos (SP), Santos Dumont (RJ), Belo Horizonte (MG) e Maceió (AL). Já a partir do dia 13, serão retomados voos para João Pessoa (PB) e Teresina (PI). As passagens para os novos voos já estão disponíveis em todos os canais oficiais da companhia.

“A malha que estamos construindo para julho fortalece a conectividade da Azul para todas as regiões do País, reconectando o Brasil por meio do modal aéreo”, afirmou Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul. Ao todo, a companhia deve operar 242 voos diários em dia-pico em julho, o que representa um acréscimo de 42% em comparação com a malha que estava sendo operada em junho.


Pela Gol, haverá reforços de voos a partir do Aeroporto do Recife para Fortaleza (FOR), Galeão (GIG), Brasília (BSB) e Salvador (SSA), com dois voos diários. A companhia também amplia para quatro frequências diárias a rota Recife-São Paulo, com partidas para Guarulhos (GRU) e Congonhas (CGH). No Aeroporto de Petrolina, Sertão de Pernambuco, haverá ampliação de voos para Guarulhos (SP). Os bilhetes para o mês de julho estão disponíveis.

Em comparação com a malha de junho, a operação de julho representa um aumento de 170% nas decolagens da Gol. "Na Gol, a demanda dos clientes é parte da importante decisão de oferecer o serviço de uma rota, sempre levando em conta as medidas de segurança, em conformidade com os órgãos competentes tanto no Brasil como no exterior”, afirma Celso Ferrer, vice-presidente de Operações da Gol.

Na Latam, em julho, a programação de voos da companhia para Pernambuco são as rotas do Recife para Brasília (BSB) e para Guarulhos (SP). A operação da companhia deve atingir 18% da sua capacidade pré-crise, dando sequência ao aumento gradual de seus voos após forte redução em virtude da Covid-19.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #338
Escola de inovação da Fundaj lança curso online de Design Thinking


A Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP) da Fundação Joaquim Nabuco fica na unidade do Derby (Foto: Fundaj/Divulgação)

A Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP) da Fundação Joaquim Nabuco anunciou, nesta quarta-feira (1º), um curso de Design Thinking (em português, algo como 'desenvolver pensando') que lança luz no gerenciamento de necessidades do mercado de forma colaborativa, prática e criativa. O curso aplica esse conceito no setor público e será ministrado pela instrutora Camila Medeiros, Coordenadora-Geral de Gestão do Conhecimento, Tecnologia e Prêmios da Escola Nacional de Administração Pública (Enap). A formação tem início no próximo dia 14, das 9h às 12h, através de plataforma virtual. As inscrições podem ser feitas através do Sympla (clique aqui para acessar).

De acordo com o diretor de Formação Profissional e Inovação (Difor), Wagner Maciel, a oferta integra a grade de cursos que foram pensados ainda em dezembro de 2019 e reformuladas para atender às novas necessidades. “Durante o redesenho do planejamento e processos internos, optamos pela Inovação no Setor Público como eixo. Diversos cursos dialogam com esta temática, a exemplo de Governança, IN-05 e Transformação Digital. Design Thinking também surge da necessidade de capacitar e qualificar o servidor público com novas ferramentas de gestão. Está presente no setor privado e se transporta agora para o setor público. Com servidores capacitados teremos melhores serviços e resultados. Quem ganha é a sociedade”, celebrou o diretor.

Com carga horária de 21 horas/aula, estão sendo oferecidas 100 vagas para público geral, com preferência de seleção para funcionários públicos. A realização acontece ao longo de dois meses e está dividida em seis encontros via Hangouts Meet, nas terças e quintas-feiras (14, 16, 21, 23, 28 de julho e 4 de agosto). O processo seletivo avaliará os seguintes critérios: currículo (40%) e carta de intenções (60%). Além de aulas expositivas e trocas entre os alunos da sala virtual, os participantes contarão com atividades em grupo e discussão de casos práticos. Origem, conceitos, valores e etapas do Design Thinking, além da imersão, concepção, criatividade e desenvolvimento de protótipos estão entre os temas abordados nesta modalidade de ensino à distância (EAD).

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Brasília (UnB), Camila Medeiros é especialista em Design Gráfico e Comunicação Web 2.0. Ao longo de sua trajetória, atual como facilitadora de inovação no gerenciamento de projetos, a exemplo da política de inovação da Anvisa. É co-fundadora do coletivo iGOVnights, movimento de servidores públicos para a discussão de temas relacionados à inovação no governo. Atualmente é coordenadora-geral de Gestão do Conhecimento, Tecnologias e Prêmios da Enap. “O mundo competitivo exige mais das instituições e corporações. É preciso buscar por ferramentas que implementem a inovação como diferencial capaz de elevar o status a um novo nível”, destacou Medeiros.

SERVIÇO
Curso de Design Thinking, com Camila Medeiros
Onde
: Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP)
Quando: A partir de 14 de julho, das 9h às 12h
Plataforma: Hangouts Meet
Vagas: 100

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #339
11º Festival do Videogame-PE ganha versão on-line


Imagem do game How to be a Dragon, desenvolvido em Pernambuco (Foto: Divulgação)

Com o cancelamento da edição presencial do 11º Festival do Vídeogame-PE, provocado pela pandemida do novo coronavírus, a Organização do Power-Kon anunciou que o evento ganhará uma versão on-line no dia 15 de agosto, das 14h às 23h. Durante a transmissão realizada pelo canal do Power-Kon TV, será possível fazer doações para os hospitais que precisam de materiais para ajudar no combate do vírus.

Além de trazer diversas atrações para o público como jogos online, convidados especiais do Mundo dos Games e tecnologia, apresentações de Cosplay, shows de K-pop, esta edição disponibilizará amostras de jogos de forma gratuita para o público de todas as idades e contará com a participação do público de diversos países.

 

·
Moderator
Recife | Brasil
Joined
·
42,588 Posts
Discussion Starter #340
Serra Talhada

Serra Talhada ganha Banco 24 Horas
Os caixas eletrônicos estão disponíveis no Assaí Atacadista, no bairro do Alto Bom Jesus

Banco 24 horas
Banco 24 horas - Foto: Reprodução/Tecban


Moradores e visitantes de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, têm agora a opção de realizar ações bancárias em um Banco 24 Horas. Caixas eletrônicos estão disponíveis no Assaí Atacadista, localizado no bairro do Alto Bom Jesus.

Os caixas eletrônicos ficam disponíveis conforme o horário de funcionamento do estabelecimento onde estão instalados, e clientes de mais de 100 instituições financeiras podem realizar diversas transações, como sacar dinheiro e pagar contas.

No Banco 24 Horas, a população tem acesso a saques, consultas de saldo, emissão de extrato, pagamento de contas, a possibilidade de sacar o "coronavoucher", entre outras transações. Entre as instituições financeiras disponíveis no serviço, estão Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander.

 
321 - 340 of 388 Posts
Top