SkyscraperCity banner

1 - 3 of 3 Posts

·
Avatar: Juca Pato
Joined
·
4,575 Posts
Discussion Starter #1 (Edited)


- NÃO POSTE FOTOS NESTE TÓPICO!

- NÃO COMENTE NESTE TÓPICO!

- VAMOS RESTRINGIR AS FOTOS E COMENTÁRIOS, AO TÓPICO OFICIAL.

- O OBJETIVO DESTE TÓPICO, É A VISUALIZAÇÃO DAS FOTOS DA LINHA B QUE ESTAVAM "ABARROTANDO" A PÁGINA PRINCIPAL DO TÓPICO OFICIAL!




Fotos das Estações:

Júlio Prestes:

Fotos do Forista @Heilig







Foto do Forista @bs.eduardo



Foto do Forista @RRC (panorâmica)



Barra Funda

Foto do Forista @RRC - A Estação vista de uma forma bem abrangente.

http://i14.tinypic.com/8giqmu0.jpg[img]

[I]Fotos do Forista @[B]Heilig[/B][/I]

[img]http://xs414.xs.to/xs414/07141/linhab_2.jpg



Fotos do Forista @RRC:





































Lapa

Domingos de Morais

Imperatriz Leopoldina

Presidente Altino

Osasco

Comandante Sampaio

Quitaúna

General Miguel Costa

Carapicuíba

Santa Terezinha

Antônio João

Barueri

Jardim Belval

Jardim Silveira

Jandira

Sagrado Coração

Engenheiro Cardoso

Foto do Forista @Evandro



Itapevi

Foto do Forista @Evandro



Parada Santa Rita

Parada Cimenrita

Parada Amador Bueno

Fotos Gerais

Fotos do forista @rkj, sobre a extensão operacional Amador Bueno-Itapevi:



















Fotos do Forista @Salustiano sobre a Extensão Operacional da Linha B (Itapevi - Amador Bueno)





















Fotos do Forista @Evandro, mostrando os "flagrantes" da linha B (agradáveis e desagradáveis) no dia 8/04/2007.











Entorno da Estação Santa Terezinha, em Carapicuíba - SP, mostrando muito material "estocado" pela CPTM, além dos bolsões de pobreza da Região Metropolitana de São Paulo]



Fotos do Forista @Heilig, mostrando os TUEs Francorail MTE, em uso na Linha B da CPTM, adquiridos no final da década de 70/início da década de 80 pelo "programa de modernização dos subúrbios" do Governo do Estado, ainda por meio da antiga FEPASA - Ferrovia Paulista S.A.









Aguardo Colaboração dos Forumers para obter fotos das Estações que estão faltando!
 

·
Avatar: Juca Pato
Joined
·
4,575 Posts
Discussion Starter #2 (Edited)



Este, de Autoria de Ricardo Koracsony mostra a linha B, e mais alguns TUEs (Trens-Unidade Elétricos) e Locomotivas Diesel (usadas para manutenção) utilizadas pela CPTM.


E Este, do mesmo autor, mostra a extensão operacional entre Amador Bueno e Itapevi.


Vídeo Produzido pelo Forista @tlag


Vídeo Produzido pelo Forista @Evandro, mostrando o trecho entre as estações Jardim Belval e Barueri.


Vídeos produzidos pelo Forista @RRC:

TUE da Linha B chegando na Barra Funda, sentido Júlio Prestes:


TUE em Osasco, visto do interior de outro TUE:


Vídeos do forista Tiago Costa, mostram o percurso feito pelos TUEs em alguns trechos da linha:

Júlio Prestes a Palmeiras-Barra Funda


Palmeiras-Barra Funda a Lapa


Lapa a Domingos de Moraes


Domingos de Moraes a Imperatriz Leopoldina


Imperatriz Leopoldina a Presidente Altino


Presidente Altino a Osasco

 

·
Avatar: Juca Pato
Joined
·
4,575 Posts
Discussion Starter #3 (Edited)


1 - Revista Veja - Cortesia: Ramos



2 - Jornal Itapevi Agora - Cortesia: Evandro

22/10/2005

Trecho Itapevi-Amador Bueno ficará sem trens por duas semanas

"O tráfego de trens de passageiros entre Itapevi e Amador Bueno estará suspenso durante 15 dias (até o início de novembro), até que a CPTM conclua a sindicância aberta para investigar as causas da perda de freio do último vagão de uma composição de três trens, que aconteceu por volta das 17h10 de quarta-feira (19). Durante este período, os passageiros serão atendidos por ônibus do PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que passaram a circular naquele trecho da ferrovia.

A assessoria de imprensa da CPTM informou ao Itapevi Agora que a empresa considera o acidente muito grave, principalmente por existir suspeita de vandalismo. O trem partiu de Amador Bueno e, sem freios, passou pela estação de Itapevi e só parou entre as estações Sagrado Coração e de Jandira.

Ao sair da estação de Amador Bueno, o maquinista José Oliveira Martins percebeu que os freios da composição, formada por três trens, não estavam funcionando. Como não pôde parar, ele seguiu em frente e os passageiros entraram em pânico ao perceber que o trem estava desgovernado. A válvula do freio do último vagão tinha sido aberta, provavelmente por vândalos. A válvula fica embaixo do vagão.

Depois da estação de itapevi, o Centro de Controle Operacional Metropolitano (CCOM) da CPTM desviou o trem para a linha em direção à estação Júlio Prestes (São Paulo). Os trens que vinham de Júlio Prestes para Itapevi foram parados na estação de Barueri, para evitar colisões.

O trem desgovernado prosseguiu até a estação Engenheiro Cardoso, onde duas passageiras assustadas conseguiram abrir a porta do lado esquerdo e atiraram-se, caindo na plataforma.

Aos poucos, o trem foi perdendo a velocidade e parou entre as estações Sagrado Coração e de Jandira.

A interrupção do tráfego entre Barueri e Amador Bueno, em plena hora do rush, causou um tumulto e grande aglomeração na praça Carlos de Castro, no centro de Itapevi."

3 - Jornal Itapevi Agora - Cortesia: Evandro

12/11/2005

Trens de Itapevi a Amador Bueno não circularão até o final do mês

O tráfego de trens de passageiros da CPTM no trecho Itapevi - Amador Bueno, que deveria ser sido restabelecido até o dia 2, conforme informação dada ao Itapevi Agora pela empresa no dia 21/10, só deverá ser normalizado no final do mês. Foi esta a resposta transmitida a este jornal na quinta-feira (10), ante a cobrança do prazo prometido, em uma nota que não explicou as verdadeiras causas do adiantamento.

A circulação de trens do trecho - que atende 5 mil pessoas por dia - está suspenso desde o dia 19/10, quando o último vagão do trem que partiu de Amador Bueno às 17h10, conduzida pelo maquinista José Oliveira Martins, perdeu o freio, passou direto pela estação de Itapevi e só parou entre as estações Sagrado Coração e de Jandira. Na ocasião, a Assessoria de Imprensa da CPTM disse que havia suspeita de vandalismo e que, por isso, seiria necessária uma sindicância rigorosa para apurar os fatos.

Desde então, os passageiros estão sendo obrigados a se utilizar dos ônibus do Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), contratadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

Entretanto, para o deputado estadual João Caramez (PSDB), o problema da falta de freios não foi causado por suposto vandalismo, como informou a CPTM, mas sim por falta de peças de reposição, pois os trens que servem o trecho - importados do Japão - têm quase 50 anos de uso.

"A CPTM está fazendo uma operação suicida, praticando o canibalismo para manter precariamente esses trens rodando. Quando falta uma peça, tiram de outro que já está encostado. Neste caso, com certeza, não encontraram a peça. Essa é a verdadeira causa da demora da volta da circulação dos trens", afirmou o deputado, que na próxima semana deverá fazer um pronunciamento a respeito da tribuna da Assembléia Legislativa, cobrando do governo uma solução definitiva para o problema."

E a única solução, segundo ele, é a extensão da linha de bitola larga da CPTM até Amador Bueno, para que os trens da linha Júlio Prestes - Itapevi cheguem até lá. Como isso implica também a modernização da rede elétrica, sinalização e outras melhorias, o custo estimado é de R$ 18 milhões.

Caramez ressalta que há vários anos vem cobrando essa obra da CPTM, por meio de indicações ao governo e emendas ao Orçamento estadual. "Voltei a apresentar essa emenda este ano e creio que, mais do que nunca, é o momento de o governo resolver de vez esse problema", ressaltou.

A nota oficial enviada pela CPTM na quinta-feira ao Itapevi Agora, escrita propositalmente numa linguagem vaga, não explicou nada:

"Sobre a circulação na extensão da Linha B, a CPTM informa que, realmente, no momento não há operação dos trens da empresa nesse circuito, pois problemas técnicos no trecho levaram à paralisação.

Profissionais da empresa realizam avaliações internas, processo que tem prazo para ser concluído até o final deste mês de novewmbro. Assim, a situação operacional está atrelada à definição dessa análise, em curso na companhia.

E para que a população da região não fique sem transporte público, são disponibilizados como alternativa aos trens seis ônibus da EMTU para atender ao trajeto, do sistema Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência)".

_______________________________________________________________________________

- NÃO POSTE FOTOS NESTE TÓPICO!

- NÃO COMENTE NESTE TÓPICO!

- VAMOS RESTRINGIR AS FOTOS E COMENTÁRIOS, AO TÓPICO OFICIAL.

- O OBJETIVO DESTE TÓPICO, É A VISUALIZAÇÃO DAS FOTOS DA LINHA B QUE ESTAVAM "ABARROTANDO" A PÁGINA PRINCIPAL DO TÓPICO OFICIAL!


 
1 - 3 of 3 Posts
Top