SkyscraperCity banner

1 - 20 of 2282 Posts

·
Les cites obscures
Joined
·
11,117 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Avarias forçam CP a reduzir oferta na Linha de Cascais

Avarias forçam CP a reduzir oferta na Linha de Cascais

07.03.2007

Desde segunda-feira que a cp eliminou cerca de dez comboios por dia entre o cais do sodré e s. pedro do estoril por não ter material circulante para assegurar aquele serviço. em consequência, e sobretudo às horas de ponta, as composições vão agora mais cheias e com muita gente de pé. A empresa fez este ajuste nos horários por ter sido confrontada com cinco comboios avariados que estão encostados nas oficinas devido a falta de peças. o problema está longe de ser resolvido porque se trata de arranjar novos rodados para as ute (unidades triplas eléctricas) que não são fáceis de adquirir. outro problema são os motores de tracção que se queimaram nos últimos meses e que estão em fim de vida. o seu arranjo implica que sejam transportados para o entroncamento para serem rebobinados.

As automotoras da linha de cascais foram alvo de uma modernização nos anos 90, durante o mandato de crisóstomo teixeira na presidência da cp, mas a operação traduziu-se, sobretudo, numa cosmética que as tornou mais agradáveis e mais confortáveis para os passageiros. estruturalmente, os motores mantiveram-se os mesmos (alguns têm 40 anos de idade), bem como os rodados que, desde o verão passado, têm vindo a ser substituídos por outros, alguns dos quais retirados de composições desafectadas. Neste momento, as oficinas de oeiras estão lotadas, tendo a emef (participada da cp que faz a manutenção e reparação do material) que parquear algumas em carcavelos.

No curto prazo a empresa não tem solução para os comboios que estão avariados, devendo os novos horários manter-se durante vários meses. ainda assim, na passada segunda-feira houve pelo menos uma supressão para além das "supressões oficiais" que resultaram do ajuste de horários. carlos cipriano​

http://jornal.publico.clix.pt/
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
agora entendo porque se ve tanta gente no Cais do Sodre, antes havia menos gente no cais á espera do comboio :shocked: é so material velho em circulação...
 

·
Les cites obscures
Joined
·
11,117 Posts
Discussion Starter · #3 ·
Menos 45 comboios por dia a circular na Linha de Cascais

CP suprimiu a circulação de nove comboios por dia na linha de Cascais, correspondendo a menos 45 comboios nos dias úteis da semana. Os cortes, que a CP comunicou aos passageiros como sendo "temporários", devem-se à falta de material circulante. O DN apurou junto de fonte da ferroviária que, neste momento, se encontram fora de serviço seis unidades.

E a paragem foi provocada por "motores queimados e falta de rodados". As composições aguardam reparação nas oficinas da EMEF, empresa de manutenção da CP, em Oeiras, e os trabalhos só deverão ficar concluídos entre finais deste ano e princípios de 2008.

O principal problema dos comboios que circulam na linha de Cascais prende-se com a idade - existem composições com mais de 40 anos. A CP, na tentativa de prolongar o tempo de vida útil do material, substituiu há cerca de um ano, os rodados de alguns comboios, mas o recurso a peças sobressalentes não resolveu os problemas.

Inicialmente, o reajustamento dos horários previa a supressão de 11 comboios, que no total dos dias úteis corresponderia a menos 55 serviços. Os cortes afectam sobretudo as ligações dos semi-rápidos entre São Pedro e o Cais do Sodré, que em horas de ponta paravam em Paço de Arcos.

Na linha de Cascais, a CP não pode recorrer a material de outras linhas, porque os comboios que circulam neste eixo não são intermutáveis devido à diferente tensão da energia que os tracciona.

A Refer, gestora da infraestrutura ferroviária, e a CP têm vindo a conversar para acelerar os investimentos na infraestrutura ferroviária. Para a Refer, a modernização do sistema de sinalização e as subestações que alimentam a via são consideradas obras "prioritárias".

Fonte da ferroviária adiantou ao DN que, "decorridos vários anos sobre a modernização dos comboios da linha de Cascais, a CP está a equacionar as iniciativas a desenvolver para a respectiva renovação, facto que está dependente também da evolução que a infra-estrutura ferroviária venha a ter, nomeadamente em termos de energia de tracção".

No final dos anos 90, a CP tinha em projecto a aquisição de novos comboios para equipar a linha de Cascais, semelhantes aos que circulam actualmente nos suburbanos do Porto, com a particularidade de uma parte da encomenda se destinar a comboios de bitensão, que podem circular em qualquer linha ferroviária. Na altura, o projecto acabou por ser congelado.

http://dn.sapo.pt/2007/03/07/cidades/menos_comboios_dia_a_circular_linha_.html
 

·
Les cites obscures
Joined
·
11,117 Posts
Discussion Starter · #4 · (Edited)
Esses comboios iguais aos do Porto estiveram numa exposição na Gare do Oriente (paineis com imagens, renders, obras de modernização) ha uns anos. Lembro-me que nessa altura as composições para cascais tinham pintura AZUL, mas iguaizinhas aos novos suburbanos do Porto.

 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Deviam era comprar novos comboios e deixarem-se de coisas!
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
pois, o k gastam em arranjos era compenssado com maquinas novas, tb podiam acabar de vez com esses comboios e fazer da linha de Cascais prolongamento á superficie do metro :yes:
 

·
Les cites obscures
Joined
·
11,117 Posts
Discussion Starter · #7 ·
podiam acabar de vez com esses comboios e fazer da linha de Cascais prolongamento á superficie do metro :yes:
isso é demasiado complicado. A cp desperdiçava assim milhares de clientes. As únicas hipoteses seria enterrar a linha em certas zonas dentro de Lisboa.
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
se a CP e o Metro são do estado era só transferir a linha e o pessoal para o metro, não me parece assim tão complicado :sly:
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Carruagens separaram-se de comboio em andamento na Linha de Cascais

Carruagens separaram-se de comboio em andamento na Linha de Cascais

Um parafuso que se partiu no sistema de ligação entre duas carruagens esteve na origem de um quase-acidente ontem de manhã na Linha de Cascais, quando uma composição se separou em duas partes.
O comboio parou imediatamente porque as condutas de ar comprimido entre as carruagens também se partiram, o que, nestas circunstâncias, leva - automaticamente - à frenagem imediata da composição em escassos segundos. Não houve vítimas porque naquele momento ninguém ia a passar de uma carruagem para a outra através do passadiço que liga os dois veículos.
A única consequência foram os atrasos provocados naquela linha suburbana por o tráfego ferroviário ter ficado reduzido a via única entre Paço de Arcos e Santo Amaro, das 11h30 às 14h00, já depois da hora de ponta.
Há alguns meses aconteceu uma situação idêntica quando um engate se partiu e uma composição ficou separada em duas partes. Esse caso foi menos perigoso porque se tratava do engate que unia as duas unidades por que é formada uma composição, não havendo ali a possibilidade de os passageiros circularem entre as duas partes.
Situação mais grave terá sido a de ontem, porque se trata de um engate semi-rígido, supostamente inquebrável, que junta os três ou quatro veículos que formam uma "unidade indeformável", como é designada.
A CP debate-se actualmente com um problema de material circulante na Linha de Cascais, cuja frota, apesar de um lifting realizado nos anos 90, está envelhecida e com alguns equipamentos com um prazo de vida útil ultrapassado.

Fonte: PUBLICO

Segunda-feira quando ia a circular na Avenida paralela à linha vi muita gente parada a olhar para um comboio. Pensei que tinha sido alguém que se tinha atirado à linha e nem olhei. Hoje abri o jornal e percebi o que realmente aconteceu.
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
:eek2::eek2::eek2: olha se era em hora de ponta, como é que não verificam diáriamente se ha problemas? :dunno:
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Eles têm é de comprar composições novas, aquelas já estão ultrapassadas.
 

·
Registered
Joined
·
176 Posts
aquelas carruagens sao as mesmas desde q me lembro...fizeram um upgrading mas ja foi a uns anos....e ao pe dos urbanos do porto ou dos de 2 andares de lx...
 

·
Registered
Joined
·
1,883 Posts
se fosse na Fertagus, coisas destas nao aconteciam. se ha coisa que eles tem de bom, é a manutencao dos equipamentos
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Qualquer dia ainda morre alguém e depois quero ver quem é que vai assumir a responsabilidade.
 

·
rfsapiens
Joined
·
1,045 Posts
Sim, pk o problema não é o material ser velho mas sim o estado em que circula.Por exemplo a CP ainda tem locomotivas electricas de 1956 a circular e não se ouve falar em problemas :p
Agora que me falam nesta noticia é por isso que quando fui a entrar para o Metro no Cais do Sodré aí por volta das 11:45h é k ouvi a dizer k o comboio da linha de cascais tinha sofrido um atraso e k o proximo comboio só ia sair só ao 12:20h.
Segundo a CP esta série que circula na linha de Cascais tem sido uma desilusão pk não é fiavel e a performance é áquem do esperado.

Cumps,

Rfthunder.
 

·
Les cites obscures
Joined
·
11,117 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Não deve faltar muito para que decidam comprar comboios novos para a linha de Cascais...

Ha uns anos a CP esteve parar comprar uns iguais aos usados no Porto (Bombardier), mas dp optaram por medernizar os antigos.
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Na altura optou-se por modernizá-los mas a verdade é que apesar dos interiores serem bons os comboios estão obsoletos.
 
1 - 20 of 2282 Posts
Top