SkyscraperCity banner
1 - 20 of 24 Posts

·
Future after Past
Joined
·
1,515 Posts
o meu caro amigo está pura e simplesmente a fazer publicidade gratuita a um site comercial, não estou interessado e considero de mau tom o seu post.
 

·
Registered
Joined
·
6,715 Posts
Construção do empreendimento do Alto dos Moinhos vai custar 85 milhões de euros

construção do empreendimento habitacional do Alto dos Moinhos, junto ao Estádio da Luz em Lisboa, vai custar cerca de 85 milhões de euros, revelou ao Jornal de Negócios Online António Santos Carvalho, presidente da J. A. Santos Carvalho, promotora imobiliária do projecto.

--------------------------------------------------------------------------------

Nuno Miguel Silva
[email protected]



O Alto dos Moínhos terá 418 apartamentos.
A construção do empreendimento habitacional do Alto dos Moinhos, junto ao Estádio da Luz em Lisboa, vai custar cerca de 85 milhões de euros, revelou ao Jornal de Negócios Online António Santos Carvalho, presidente da J. A. Santos Carvalho, promotora imobiliária do projecto.

Esta empreitada de construção do maior empreendimento imobiliário a arrancar nos últimos anos na capital, foi adjudicada à Edificadora Luz & Alves, na sequência de concurso internacional de empreitada lançado no início de 2003.

O Alto dos Moinhos prevê 26 edifícios de sete pisos, com 418 apartamentos e um total de 12 mil metros quadrados de área para comércio e escritórios. Os pisos térreos serão ocupados com pequenos escritórios e para actividade do tipo de comércio tradicional.

Inicialmente projectado com tipologias entre T1 e T5, a apetência do mercado obrigou o promotor a alargar a oferta desdeT1 a T8, com um preço indicativo de 2.500 euros por metro quadrado.

A comercialização será feita em planta e de forma faseada, no prazo previsível de quatro anos. A conclusão do empreendimento está prevista para 2010.

As vendas relativas ao primeiro edifício – vendido a uma empresa, que aproveitou as sinergias do projecto, num regime similar ao "franchising", beneficiando das estruturas comerciais e da imagem da marca do condomínio – foram lançadas no segundo semestre de 2004 e estão agora em fase de conclusão, com apenas quatro dos seus 49 apartamentos por comercializar.

A J. A. Santos Carvalho inicia agora a comercialização do segundo edifício, que prevê 84 apartamentos. A comercialização foi entregue a duas sociedades de mediação imobiliária, a António Azevedo Coutinho e a St. Quentin.

«O empreendimento terá uma área de implantação de 80 mil metros quadrados e uma área de construção equivalente, o que lhe confere uma densidade de construção de um, o que revela a preocupação com os padrões de qualidade de vida urbana deste projecto», sublinhou António Santos Carvalho na apresentação pública do empreendimento, que hoje teve lugar.

Cerca de metade da área de implantação, quatro hectares, será ocupada com espaços comuns ajardinados. O empreendimento (na foto) vai ainda usufruir de uma praça principal, que vai começar a receber árvores com oito metros de altura, que serão plantadas à medida que for sendo preparado o terreno para as receber. A praça estará previsivelmente concluída antes do final do próximo Verão.

Assente numa filosofia inovadora de «condomínio aberto» – significa que o empreendimento, não tendo portões nem controlo de acesso, pretende funcionar como se se tratasse de um bairro – vai disponibilizar ainda 1.500 lugares de estacionamento subterrâneo (dos quais cerca de 300 são públicos), acrescidos de mais cerca de 400 lugares de estacionamento à superfície, para uso público.



O empreendimento terá ainda espaços para pequeno comércio e esplanadas. Haverá um centro de dia e um atelier de tempos livres geridos pela Câmara Municipal de Lisboa. Outra das particularidades é que o projecto será quase totalmente vedado à circulação automóvel no seu interior.

A J. A. Santos Carvalho é uma promotora imobiliária que foi responsável por diversos projectos de habitação, como a Villa da Graça, o condomínio do Picoas Plaza (integrado no centro comercial) e os Lagares d’El Rey.

fonte
 

·
Moderator
Joined
·
17,935 Posts
Desculpem la mas os predios sao horriveis alias como a maioria nessa zona, excepcao faz-se aqueles amarelos por detras do estadio e uns novos junto a segunda circular ao lado do estadio.
 

·
Registered
Joined
·
453 Posts
Bonito!

Só não entendo aquela fachada cega (0:19 no vídeo) , e que fica virada para a rotunda :eek:hno: Ou faz parte dum empreendimento mais antigo?

Também há que ter cuidado com a manutenção nos próximos anos.
 

·
Registered
Joined
·
1,088 Posts
Para mim é excelente porque criaram parques de estacionamento para eu deixar o carro quando vou á Luz. :lol:

Pessoalmente não gosto destas mega urbanizações, tornam os locais demasiado monótonos e claustrofóbicos. Não sei se me fiz entender.

Ponto positivo, os espaços verdes, mas vamos ver até quando se mantêm com aquele bom aspecto.
 
1 - 20 of 24 Posts
Top