Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 18 of 18 Posts

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Na contramão da crise mundial que afeta a economia brasileira – com queda de 22% nas exportações –, o município de Luziânia aumentou em 58% as vendas externas nos cinco primeiros meses do ano, frente ao mesmo período de 2008. O excelente desempenho econômico fez com que o município saltasse do terceiro lugar para o topo da lista das cidades goianas que mais exportaram de janeiro a maio de 2009, desbancando municípios gigantes como Catalão e Rio Verde. Luziânia torna-se a nova potência da economia de Goiás.

O prefeito de Luziânia, Célio Silveira (PSDB), comemora o boom econômico e atribui o crescimento significativo das exportações à combinação do trabalho de planejamento estratégico da prefeitura à abertura do mercado asiático, em especial a China, o que possibilitou a ampliação do comércio dos produtos industrializados no município. O curioso de tudo isso é que o município está encravado na superpopuloso Entorno de Brasília, conhecida com uma das regiões mais carentes e problemáticas do País.

Os números de Luziânia realmente surpreendem. Com a alta nas vendas externas e a economia voltada principalmente para a área de grãos, a produção do complexo soja acompanhou a expansão e cresceu 79% de janeiro a maio. Entre grandes e médios, os 54 produtores de soja do município colheram 366 mil toneladas do grão nos primeiros cinco meses de 2009, contra 250 mil toneladas no mesmo período do ano passado. E há projeção de novo recorde de produtividade para a próxima safra.

O superintendente de Comércio Exterior da Secretaria de Indústria e Comércio de Goiás (Sic), Ronnie Pessoni, destaca que, atualmente, Luziânia, localizada a 188 km de Goiânia e 56 km de Brasília, diferencia-se das outras cidades do Entorno porque investiu em infraestrutura. “O sucesso nas exportações, além de garantir ao município uma maior arrecadação de impostos locais, está criando novos empregos e melhorando a qualidade de vida da população”, diz.

De acordo com dados da Secretaria da Fazenda de Goiás, Luziânia saltou do décimo para o sétimo lugar entre os municípios que mais arrecadam ICMS e, nesse ritmo de expansão, deve chegar entre os cinco maiores nos próximos dois anos. “A cidade entrou num clima de grande efervescência, mas estamos exercendo um controle firme desse crescimento para que ele se consolide e não haja problemas no futuro”, ressalta Célio.

A geração de empregos e o aumento da renda são as prioridades da administração do prefeito Célio Silveira. Para alcançar a meta, a estratégia é atrair mais indústrias para a cidade, que já conta com cerca de 10 grandes grupos, que chegam a gerar mais de 10 mil empregos diretos em Luziânia. Entre as grandes empresas que já produzem no município estão a Bunge Alimentos, Multigran e Brasfrigo, compradoras de grãos da região. Estão instaladas na cidade também a Minuano e Goiás-Verde.

Atualmente a cidade aguarda a chegada de dois grandes grupos: Asa Alimentos e Coca-Cola. Para incentivar a implantação das duas empresas no município a Prefeitura de Luziânia chegou a investir R$ 1,6 milhão em dois terrenos para serem fornecidos às indústrias, num total de 40 hectares. Além de doar os terrenos, a prefeitura também isenta os grupos das taxas municipais. O prefeito informa que mais três indústrias já sinalizaram investimentos em Luziânia. Uma delas atua no setor de alimentos e outra no segmento de móveis.

Célio Silveira frisa a importância da parceria com o governo estadual, por meio da SIC, Celg e Saneago, para a atração de indústrias para Luziânia. Para o prefeito, o mercado consumidor do Distrito Federal também é atrativo para os grupos se instalarem na cidade. “A prefeitura hoje procura criar condições para que os empresários venham pra cá, disponibilizando estudos de viabilidade econômica e técnicos para auxiliar nos projetos”, diz. Célio garante que o governo municipal é comprometido com o desenvolvimento e com a qualidade de vida da população local. “Lutamos por uma cidade com bons hospitais e lazer para os cidadãos”, afirma.

Investimentos beneficiam a infraestrutura
Entre os fatores que colaboraram para a expansão da economia de Luziânia, estão os investimentos em infraestrutura. Só durante o primeiro mandato de Célio Silveira (2004/2008), a cidade recebeu 1 milhão de metros quadrados de asfalto. A instalação das duas hidrelétricas Corumbá 3 e 4 impulsionou o crescimento da cidade. Desde que Célio assumiu a prefeitura, em 2004, a arrecadação do município subiu cerca de 70%, de acordo com dados da Secretaria de Finanças de Luziânia.

Só o ISSQN passou de até R$ 5 milhões em 2004 para mais de R$ 10 milhões em 2008. O Valor Adicionado (VA) do ICMS também subiu de R$ 700 milhões, quando Célio assumiu a prefeitura, para R$ 1,7 bilhão em 2008. A receita total do município foi de R$ 178 milhões em 2008. A previsão é de que o montante alcance mais de R$ 205 milhões no final deste ano.

A alta na arrecadação permite à prefeitura fazer investimentos e trabalhar com as contas no azul. “As certidões estaduais e federais estão em dia e não possuímos nenhuma dívida ou financiamento”, comemora Célio Silveira. Atualmente, a cidade tem cerca de 230 mil habitantes e se prepara para receber investimentos no setor da construção civil, em franca expansão no município. Casas já começam a ser derrubadas para dar lugar a edifícios. Um deles – previsto para ser finalizado no próximo ano – possui 32 andares. O prédio será o mais alto e primeiro residencial de alto padrão do local. Contará também com um centro comercial. O valor de venda dos apartamentos pode chegar a R$ 700 mil.

Perfil do município

* Prefeito de Luziânia: Célio Silveira (PSDB) – desde 2004
* População: 230 mil habitantes
* Arrecadação: média de R$ 16 milhões mensais
* Número de servidores: 3,5 mil
* Valor bruto da folha salarial: R$ 5 milhões
* Quantidade de empresas: 7,5 mil
* Volume exportado de janeiro a maio: US$ 130 milhões
* Carro-chefe da economia local: grãos (soja)

http://www.dm.com.br/materias/show/t/luziania_a_nova_potencia_de_goias
 

·
Arq
Joined
·
2,417 Posts
A notícia é boa, de fato, mas cidades como Luziânia, próximas ou no entorno do DF ainda estão longe de atingir um bom nível de qualidade de vida, em termos gerais. Ainda falta muito investimento social nessas cidades.

Catalão e Rio Verde, municípios gigantes?! :lol:
 

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #3 ·
A notícia é boa, de fato, mas cidades como Luziânia, próximas ou no entorno do DF ainda estão longe de atingir um bom nível de qualidade de vida, em termos gerais. Ainda falta muito investimento social nessas cidades.

Catalão e Rio Verde, municípios gigantes?! :lol:

Gigantes em economia dentro do estado.
 

·
Arq
Joined
·
2,417 Posts
Gigantes em economia dentro do estado.
É verdade, cidades como Rio Verde e Catalão são bem importantes para Goiás, mas também fiquei pensando o que seria Anápolis perto delas :nuts:

O Entorno está longe de atingir um índice social razoável.

Sinceridade, me sinto envergonhado quando estou chegando a Capital Federal e olho a sua periferia. São dois opostos, uma África e uma Europa lado a lado! E isso é muito triste, as desigualdades são um dos abismos do DF!:eek:hno:
^^^^

Falou e disse, você pode vir de qualquer lugar do Brasil, mas dificilmente ficará mais abalado do que passar pelo entorno, é muito deprimente, a situação de vida das milhares de pessoas que vivem por aqui, a violência, alto índice de homicídios.. dá vontade de pegar tudo e ir embora da ilha da fantasia cercada por tantas lástimas que é Brasília
 

·
Registered
Joined
·
60 Posts
O Entorno está longe de ser gigante e atingir um índice social razoável.

Sinceridade, me sinto envergonhado quando estou chegando a Capital Federal e olho a sua periferia. São dois opostos, uma África e uma Europa lado a lado! E isso é muito triste, as desigualdades são um dos abismos do DF!:eek:hno:
O entorno de Brasília é mesmo uma região muito castigada. Mesmo que alguns municípios consigam um crescimento econômico razoavelmente bom, ainda precisará caminhar e crescer muito para atingir o mínimo da na área social.
 

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #6 ·
O Entorno está longe de ser gigante e atingir um índice social razoável.

Sinceridade, me sinto envergonhado quando estou chegando a Capital Federal e olho a sua periferia. São dois opostos, uma África e uma Europa lado a lado! E isso é muito triste, as desigualdades são um dos abismos do DF!:eek:hno:
Não é pra tanto também né.

Nem o entorno parece com a Africa e nem Brasília com a Europa!

O Entorno é sim castigado, mas Luziânia, Valparaizo, Novo Gama são até bem desenvolvidas, não tão quanto Brasília, mas longe de se igualar as regiões pobres da Africa.
 

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #9 ·
^^

Calma gente, do mesmo jeito que Brasília tem maravilhas tem coisas parecidas com o Entorno....

Tem regiões e bairros no entorno que chegam a ser mais desenvolvidas que algumas Regiões Administrativas de Brasília.

Não devemos tapar o sol com a peneira, você está correto, mas também não podemos generalizar como estão generalizando.
 

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #11 ·
^^

Talvez na hora de digitar eles inverteram na pressa de editar o jornal e trocaram o 0 pelo 3. :lol:
 

·
Registered
Joined
·
2,292 Posts
Todos tem consciência da situação triste do entorno do DF, um local que ainda precisa de muito desenvolvimento..Mas, isso é muito positivo e deve ser comemorado, pois quem sabe nesse ritmo em pouco Luziânia impulsione o resto do entorno para uma melhoria contínua.
Só mais uma observação ao DM, que falou mais do prefeito que a cidade.
 

·
Registered
Joined
·
5,480 Posts
Prefiro ver essa notícia por uma ótica otimista. Torço muito para que Luziânia se desenvolva e se transforme num grande pólo do Entorno.
 

·
Registered
Joined
·
6,607 Posts
Também vejo com uma ótima notícia, esse negócio de entorno de Brasília ser feio e fraco socialmente, pode ser atualmente, mas uma cidade como Brasília com toda sua riqueza e desenvolvimento, irá desenvolver toda a região.

É só esperar o crescimento populacional diminuir, e começará o Boom da região do entorno, assim como está acontecendo com Curitiba.
 

·
Registered
Joined
·
2,372 Posts
vejo com otimismo o crescimento do entorno(região que ficou durante decadas recebendo uma boa parte dos migrantes que se destinavam a brasilia), acho cedo fazer comparação e até criar paradigmas, cidades como valparaiso e luziania estão crescendo e isso é bom tanto para o lado goiano como o lado brasiliense
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
A notícia é boa, de fato, mas cidades como Luziânia, próximas ou no entorno do DF ainda estão longe de atingir um bom nível de qualidade de vida, em termos gerais. Ainda falta muito investimento social nessas cidades.

Catalão e Rio Verde, municípios gigantes?! :lol:
^^Aí que você se engana, tem muitos municipios ao redor de Brasília, tem vocação turistica e que dá um banho de profissionalismo, algo que em Brasília não se encontra.
 

·
Registered
Joined
·
22,320 Posts
Que bom que Luziânia esta sendo considerada uma nova potência no estado, a região do entorno realmente nescessita de muito investimento para melhorar a qualidade de vida da população, tomara que a cidade continue exportando para aumentar seu pib e criando mais oportunidades para os seus cidadãos.

Quanto a matéria com seus erros, posso ate imaginar a quantia que o Sr. Célio Silveira teve de desembolsar para ter essa propaganda no DM...
 
1 - 18 of 18 Posts
Status
Not open for further replies.
Top