Skyscraper City Forum banner
1 - 4 of 4 Posts

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Discussion Starter · #1 ·
SÃO PAULO - O Metrô vai definir, no dia 4 de julho, quais empresas irão administrar a Linha 4-Amarela, que está em construção e vai ligar a Luz (centro da capital) até a Vila Sônia (zona oeste). Será o primeiro contrato do estado feito nos moldes da Parceria Público-Privada (PPP) e valerá por 30 anos.
A concessão foi paralisada em março e questionada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na semana passada, o órgão pediu para que fossem feitas duas alterações na licitação: nos valores do patrimônio líquido e nas garantias das empresas que decidirem participar da concorrência.

Segundo o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, tais alterações serão feitas.
As empresas que administrarem a Linha 4-Amarela terão que investir US$ 340 milhões para a compra de 29 trens. Também terão de implantar a sinalização em parceria com o estado (que vai fornecer, no máximo, R$ 130 milhões, de acordo com a licitação), além de contratar os funcionários.
O governo será responsável por montar a infra-estrutura (túneis, trilhos e estações). Os gastos devem chegar a R$ 1,2 bilhão, informa o presidente do Metrô, Luiz Carlos David.
A Linha 4, que começou a ser construída no ano passado, terá 12,8 quilômetros de extensão, 11 estações e fará integração com as linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô nas estações Luz, Paulista e República.

A previsão é de que a primeira fase de obras seja finalizada no fim de 2008. Nessa data, serão entregues as estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima (todas na zona oeste), Paulista, República e Luz (no centro), além da estrutura das estações intermediárias Fradique Coutinho, Oscar Freire (zona oeste) e Higienópolis (na região central) e do pátio de manutenção na Vila Sônia.
São Paulo, Luciane Scarazzati, Diário de S. Paulo, 25/05/2006.
 

·
Registered
Joined
·
154 Posts
as tarifas não vão mudar pois quem controlará as mesmas é ogoverno e aumentar tarifas é uma atitude não mto popular, no rio o unitario custa 2,00 reais e aqui 2,10, a diferença aqui e e lá, é que lá o metro foi privatizado e aqui o metro continuará a ser publico, a ppp vem reforça uma coisa que já existe no metro e ninguem sabe que o metro é uma empresa de capital misto como a petrobras
 

·
Registered
Joined
·
9,050 Posts
rsalome said:
as tarifas não vão mudar pois quem controlará as mesmas é ogoverno e aumentar tarifas é uma atitude não mto popular, no rio o unitario custa 2,00 reais e aqui 2,10, a diferença aqui e e lá, é que lá o metro foi privatizado e aqui o metro continuará a ser publico, a ppp vem reforça uma coisa que já existe no metro e ninguem sabe que o metro é uma empresa de capital misto como a petrobras
Em parte... eu acho que o Metrô não tem ações ou debêntures no mercado, então não se trata de companhia de capital aberto. Já a Petrobrás é de capital aberto e tem ações negociadas em bolsas brasileira e americana.

Qual é a composição acionária do Metrô, atualmente ?
 
1 - 4 of 4 Posts
Top