SkyscraperCity banner
1 - 3 of 3 Posts

·
Expansão São Paulo
Joined
·
636 Posts
Discussion Starter · #1 ·
plataforma de embarque e o mezanino da estação Imigrantes, uma das três novas estações da linha 2 do Metrô, que iniciará operação em 2006, já estão em estágio avançado de construção. Cerca de 150 empregados trabalham no local e os serviços avançam ininterruptamente.

A oeste da estação, parte da obra bruta da plataforma já foi concluída e está pronta para receber a cobertura que será de pórticos de metal. A leste, a laje do mezanino, que abrigará as salas técnicas, as bilheterias e os bloqueios num mesmo nível, abaixo da plataforma, foi executada e os pilares de sustentação das vias e do restante da plataforma já estão sendo erguidos.

Para a execução dessa laje, foram utilizados 1350 metros cúbicos de concreto, o equivalente a 193 caminhões, e 240 toneladas de gelo, para diminuir a temperatura causada pela reações químicas do cimento com a água e evitar trincas. O gelo foi misturado ao cimento na usina para que os caminhões chegassem no local da obra e despejassem a mistura direto na construção.

Novas desapropriações

Na rua Paulo Figueiredo, próximo à esquina com a rua Vergueiro, os últimos imóveis estão em fase de desapropriação e uma nova frente de trabalho escava o poço que dará acesso ao emboque de dois novos túneis. Estes seguirão no sentido da estação Chácara Klabin, situada entre as estações Ana Rosa e Imigrantes. Nesse ponto há uma vala que será o local onde os trens sairão dos túneis para o elevado que passa sobre a avenida Ricardo Jafet.

No próximo final de semana o elevado receberá as últimas placas pré-moldadas de concreto, que formam o tabuleiro onde serão apoiadas as vias de circulação dos trens.

Túneis de interligação

Os túneis paralelos de interligação entre as estações Imigrantes e Ipiranga começaram a ser escavados em março. Um deles já tem 51 metros e o outro, 68 metros, construídos pelo método de mineração, o NATM (New Austrian Tunneling Method). A extensão total desses túneis será de 850 metros. Depois dos 144 metros iniciais esses túneis se aproximam, tornando-se um único túnel de maior diâmetro, em que transitará um trem de cada lado.

O tipo de túnel a ser utilizado é uma definição de projeto, que considera as necessidades operacionais, como instalação de aparelhos para que o trem mude de uma via para outra, ou o tipo de plataforma a ser utilizada na futura estação.

Do poço de obras Sepaco, de 16 metros de profundidade, na rua Vergueiro, em direção à estação Imigrantes há outros dois túneis com escavação também pelo método NATM, desde o dia 10 de janeiro. Um já atingiu 167 metros e o outro, 220 metros. Do Sepaco até o elevado da estação Imigrantes são 612 metros.

Entre as estações Imigrantes e Ipiranga há o poço Domingos Ferreira, com 34 metros de profundidade, onde há outra frente de trabalho na escavação de dois túneis. No sentido da Imigrantes, já foram concluídos 120 metros e em direção ao Ipiranga, 101 metros.

Características da Estação Imigrantes

A estação Imigrantes, com 136 metros de comprimento e 20 metros de largura, será a segunda da extensão de 3,4 quilômetros da Linha 2 - Verde, que sairá da estação Ana Rosa, passará pela estação Chácara Klabin, estação Imigrantes e chegará ao bairro do Ipiranga.

Ela será semi-enterrada e a plataforma será central, medirá 10,70 metros de largura e terá a cobertura do vão central em material translúcido e aberturas contínuas ao longo de todo o comprimento da estação, o que permitirá a entrada de iluminação e ventilação natural.

O acesso à plataforma será feito por três escadas rolantes e uma fixa, além do elevador para deficientes físicos e idosos. A estação receberá cerca de 4,2 mil passageiros por hora, no 'pico', por meio de duas entradas, uma na rua Professor Oswaldo L. Gomes Cardim (passeio do viaduto Saioá) e outra na rua Engº Guilherme Winter.

Hoje, a Linha 2 opera entre as estações Ana Rosa e Vila Madalena, com 7 km de extensão, e transporta cerca de 280 mil usuários por dia. Com a implantação das três novas estações, prevê-se o acréscimo de 90 mil usuários na 'linha Paulista', diariamente, que passará a transportar 370 mil pessoas.

As obras da expansão da linha 2 - Verde tiveram início em 31 de março de 2004 e prevêem investimentos de R$ 854 milhões. Os recursos, até agora, têm sido bancados exclusivamente pelo orçamento do Governo do Estado de São Paulo. Está previsto um financiamento de R$ 394 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ainda não liberado.


 

·
Registered
Joined
·
19,701 Posts
Quando será que sai a estação Sacomã? E as seguintes, Tamanduateí e Vila Prudente? A Tamanduateí devia ser prioridade porque se integra à linha D da CPTM, daí quem vem da linha 2 ou 5 pode ir pra zona leste ou até pro centro na linha D, aliviando a linha 1. Imagina como vai ficar a linha 1 no trecho Paraíso-Sé depois que a linha 5 estiver completa!!!
 

·
Expansão São Paulo
Joined
·
636 Posts
Discussion Starter · #3 ·
mopc said:
Quando será que sai a estação Sacomã? E as seguintes, Tamanduateí e Vila Prudente? A Tamanduateí devia ser prioridade porque se integra à linha D da CPTM, daí quem vem da linha 2 ou 5 pode ir pra zona leste ou até pro centro na linha D, aliviando a linha 1. Imagina como vai ficar a linha 1 no trecho Paraíso-Sé depois que a linha 5 estiver completa!!!
Mopc, pensei que com o financiamento do BNDES, teria dinheiro disponível para construir a estação Sacomã, mas acredito que devido a proximidade das eleições será anunciada sua construção. Também concordo que até a estação Tamanduateí deveria ser prioridade para o governo. Com certeza até setembro teremos novidades, pois acredito que o Estado ainda nesta gestão fará a construção deste trecho.
 
1 - 3 of 3 Posts
Top