SkyscraperCity banner

1 - 20 of 29057 Posts

·
Registered
Joined
·
1,027 Posts





Introdução

O Metrô de São Paulo planeja construir uma linha de monotrilho entre Vila Prudente e Cidade Tiradentes, na zona leste da capital, em
substituição ao projeto anterior – continuação do corredor de ônibus Expresso Tiradentes (ex-Fura Fila).

A linha completa até Cidade Tiradentes, com 17 estações e 24,54 km de extensão, está prevista para ser entregue em fins de 2015.
Estima-se que 550 mil usuários serão transportados por dia quando a obra estiver totalmente concluída.

O modelo do monotrilho foi escolhido por ser o de menor impacto visual, ambiental e sonoro. Além disso, exige menos desapropriações, não
interferindo no trânsito, sendo mais amigável urbanisticamente. O traçado da via elevada acompanhará a Av. Professor Luis Ignácio de
Anhaia Mello, seguindo pela Av. Sapopemba, Av. Ragueb Chohfi e estrada do Iguatemi, tendo ponto final as proximidades do Hospital de
Cidade Tiradentes.

O Metrô abriu concorrência internacional em novembro de 2009 para a construção do prolongamento da Linha 2-Verde (Vila
Madalena—Vila Prudente) em forma de monotrilho elevado. A licitação foi considerada fracassada em junho de 2010 pelo não atendimento
das proponentes às condições do edital. Orçada em 2 bilhões de reais, a oferta de valor mais baixo foi de 2,8 bilhões. Uma nova
concorrência foi aberta em julho de 2010 com valores e prazos mais realistas. O vencedor da licitação será responsável pelo projeto,
fabricação, fornecimento e implantação do sistema e aquisição de 54 trens.


Perspectiva artística das estações


Implantação

O monotrilho da linha 2 - Verde deverá ser implantado em 3 fases:

  1. Na primeira fase, prevista para entrar em operação comercial no primeiro semestre de 2013, a Linha 2 - Verde deve ser implantada
    entre a estação Vila Prudente e o terminal São Mateus, num trecho de 13,06 km, com dez estações;

  2. Na segunda fase, prevista para operar em 2014, deverão ser implantados os 11,48 km finais, mas apenas com as estações
    Jacu-Pêssego, Cidade Tiradentes e Hospital Cidade Tiradentes;

  3. A terceira fase entrará em operação até o final de 2015 com as estações Iguatemi, Jequiriçá, Érico Semer e Márcio Beck.




Demanda:

  • Fase 1 (Vila Prudente—São Mateus): 339.820 usuários/dia;
  • Fase 2 (Vila Prudente—Hospital Cidade Tiradentes sem quatro estações intermediárias): 499.260 usuários/dia (+159.440);
  • Fase 3 (Vila Prudente—Hospital Cidade Tiradentes completa): 550.320 usuários/dia (+51.060).
Dados operacionais:

  • Headway (intervalo) mínimo de 108 segundos na primeira fase e 90 segundos nas demais; headway máximo de 300 segundos (5
    minutos), independente de dia ou horário;
  • O carregamento, em regime normal de operação, deverá ser de 33.330 passageiros por hora e por sentido na primeira fase, 39.816 na
    segunda e 40.278 na terceira;
  • A velocidade comercial deverá ser de 35km/h. A velocidade operacional máxima deverá ser de pelo menos 80km/h.
Frota:

  • Os trens deverão ter capacidade para transportar no mínimo 1000 passageiros, sendo pelo menos 12% sentados; comprimento
    limitado em 90 metros;
  • Fase 1 (Vila Prudente—São Mateus): 27 trens;
  • Fase 2 (Vila Prudente—Hospital Cidade Tiradentes sem quatro estações intermediárias): 44 trens (+17);
  • Fase 3 (Vila Prudente—Hospital Cidade Tiradentes completa): 54 trens (+10).
Pátios:

  1. Pátio Oratório, entre as estações Oratório e São Lucas; construído na primeira fase; capacidade para 28 trens;
  2. Pátio Ragueb Chohfi, entre as estações Jacu-Pêssego e Érico Semer; construído na segunda fase; capacidade para 30 trens.
Outras características:

  • Os trens deverão ter ar refrigerado e engates automáticos;
  • A operação deverá ser UTO - Unattended Train Operation;
  • Vias e estações em elevado – altura entre 12 e 15 m;
  • Duas subestações primárias para a alimentação do sistema: uma entre as estações São Lucas e Camilo Haddad e outra entre as
    estações Iguatemi e Jequiriçá;
  • Portas de plataforma em todas as estações.








Veja no Google Earth:
a linha e as estações
as áreas a serem desapropriadas


Status das estações

  1. Vila Prudente ................ Em construção desde 23/11/2009
  2. Oratório ..................... Em construção desde 23/11/2009
  3. São Lucas .................... Em licitação
  4. Camilo Haddad ................ Em licitação
  5. Vila Tolstói ................. Em licitação
  6. Vila União ................... Em licitação
  7. Jardim Planalto .............. Em licitação
  8. Sapopemba .................... Em licitação
  9. Fazenda da Juta .............. Em licitação
  10. São Mateus ................... Em licitação
  11. Iguatemi ..................... Em licitação
  12. Jequiriçá .................... Em licitação
  13. Jacu-Pêssego ................. Em licitação
  14. Érico Semer .................. Em licitação
  15. Márcio Beck .................. Em licitação
  16. Cidade Tiradentes ............ Em licitação
  17. Hospital Cidade Tiradentes ... Em licitação


Fontes e créditos:
Aberta licitação para construção do metrô leve entre Vila Prudente e Cidade Tiradentes <http://www.metro.sp.gov.br/aplicacoes/news/tenoticiasview.asp?id=65655766AE&categoria=6561F2&idioma=PO>
Banner, estações e mapa .kmz das áreas a serem desapropriadas: pdm
Mapa em .kmz da linha e estações: Reid Dead
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Espero que esse thread seja muito util para as discussões sobre o monotrilho, agora oficialmente como linha 15 - Prata e que as obras comecem o qto antes.....
 

·
&#9835; l&#305;&#305;.lll&#305;&#305;l&#305;..lll&
Joined
·
2,076 Posts
Parabens pelo thread pdm!
Admiro muito o trabalho e as dicussões
de vcs nesse fórum.
:)
 

·
Registered
Joined
·
667 Posts
Atualizei o primeiro post com o esquema da linha, nos próximos dias coloco o KMZ etc., só ficar de olho. :eek:kay:
Muito obrigado, pdm. Parabéns pelo esquema que ficou muito bonito! :applause: Gostei que você já colocou o polêmico símbolo novo da EMTU, em São Mateus. Pode deixar que ficarei de olho nas próximas atualizações.
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
60,315 Posts
Mas, será que a demanda vai realmente justificar um monotrilho entre a Vl. Prudente e a Cidade Tiradentes? Aquela região da zona Leste é uma das maiores de toda a capital.

De qualuqer modo, é um projeto interessante, que visa tirar Cidade Tiradentes do "isolamento"; mas, acho que a prefeitura poderia fazer também um corredor de ônibus entre o bairro e a Estação Guaianazes do Expresso Leste, como forma de dar mais uma opção de acesso ao sistema metroferroviário da RMSP para os moradores deste que já foi um dos bairros mais pobres e violentos de São Paulo.
 

·
Do... well...Enough!
Joined
·
972 Posts
Mas, será que a demanda vai realmente justificar um monotrilho entre a Vl. Prudente e a Cidade Tiradentes? Aquela região da zona Leste é uma das maiores de toda a capital.

De qualuqer modo, é um projeto interessante, que visa tirar Cidade Tiradentes do "isolamento"; mas, acho que a prefeitura poderia fazer também um corredor de ônibus entre o bairro e a Estação Guaianazes do Expresso Leste, como forma de dar mais uma opção de acesso ao sistema metroferroviário da RMSP para os moradores deste que já foi um dos bairros mais pobres e violentos de São Paulo.
Concordo com vc, a demanda de Cidade Tiradentes é monstruosa, todas as linhas que saem de lá em direção ao centro andam lotadas, não importando a via que usam seja Ragueb Choffi ou as linhas que vão pela Celso Garcia ou Radial Leste.

Mas também não podemos contar somente com a demanda de Tiradentes City, já que no caminho dela até o centro tem também outros bairros com altas demandas. Eu mesmo estou no caminho do monotrilho e o que vejo é uma alta demanda, alto numero de linhas mas péssima infraestrutura já que não possui corredor de onibus na região.

Vide exemplo do atual trecho 3 do expresso tiradentes.... a demanda já extrapolou o limite... a plataforma no term Vila Prudente fica completamente cheia a ponto do pessoas da Socicam e da Via Sul bloquearem as catracas por alguns minutos, as pessoas saem andando até a proxima parada (Parada Dianópolis) e vira uma bagunça só......
 

·
Do... well...Enough!
Joined
·
972 Posts
No caso do ET, teria que reduzir os intervalos....
Sim, mas a "gambiarra" feita no trecho 3 torna isso uma ardua tarefa...
Os onibus saem do elevado e apos a Parada Dianópolis o corredor não é mais segregado, encarando o transito da Av Luiz Ignacio de Anhaia Melo até a proxima parada apos o cruzamento com a Rua Ibitirama. Se já não fosse o bastante, após essa parada, o onibus precisa dar uma volta no quarteirão, encarar o transito das ruas José dos Reis e Rua Ibitirama (essa segunda de manhã é puro transito no cruzamento com a Anhaia Melo) para só então cruzar a Anhaia Melo e chegar no term Vila Prudente, não é rara as vezes que vejo 3 onibus parados a poucos metros um do outro, esperando cruzar a avenida.....


E conversando com o fiscal de linha da via sul, o que ouvi foi que a CET bateu o pé e não vai alterar os semaforos desse trecho.......
 

·
Sou do eixo, sou do mal!
Joined
·
4,595 Posts
Odeio essa idéia de chamá-la de linha 2A. Porra, não tem nada a ver com a nossa linha 2 - Verde. Espero que eles ainda mudem de idéia.
 

·
Registered
Joined
·
536 Posts
Caraca! Vejamos.

Linha 15: Vila Prudente - Tiquatira
Linha 16: Lapa - Cachoeirinha
Linha 17: Morumbi - Congoonhas/São Judas

Qual será o trajeto da Linha 18-Bronze?

Mas se for assim, que tal Linha 19? Assim o GESP faz propaganda de que São Paulo tem 19 linhas de trens. :lol:
 
1 - 20 of 29057 Posts
Top