SkyscraperCity banner
1 - 1 of 1 Posts

·
Registered
Joined
·
8,986 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Notícia velha, mas que não lembro de ter visto por aqui.
Retirada de um bom site sobre transporte ferroviário, http://paginas.terra.com.br/servicos/maca/ferrovia.html



SÃO PAULO - Duas estações de metrô construídas há mais de 20 anos e que nunca foram inauguradas serão transformadas em museu e em uma 'nova' estação. O projeto do Museu do Metrô começou a ser discutido no final de 2005 e ocupará o subsolo da estação Pedro II da Linha 3-Vermelha (leste-oeste). Já a nova estação República da Linha 4-Amarela (Luz-Vila Sônia) deve ser aberta ao público até o fim de 2008.
A Estação Pedro II da Linha 3-Vermelha foi construída quando Paulo Maluf era governador (1979-1982) e inaugurada em 1980. A estação de transferência da Linha 4-Amarela da República também foi feita sob a gestão Maluf e concluída em 1982. No entanto, o custo para a conclusão daquela obra era elevado e ainda não existia nenhuma estação no ramal.
Como a Estação Pedro II, que integra a Linha 3, é elevada, o Metrô afirma que optou por deixar quase pronta, sob as fundações da atual parada, a estação que também integra a Linha 4, rumo ao Cambuci, Ipiranga e Anchieta. Mas a mudança da demanda e o preço da obra fizeram com que a empresa adiasse o uso do local.
É difícil que hoje se use a Estação Pedro II rumo ao Cambuci. Isso porque a região será atendida em breve pelo Fura-Fila (rebatizado de Expresso Cidade-Tiradentes).
- Um dos dois sistemas ficaria ocioso - explica o diretor de engenharia e construções do Metrô, Sergio Favero Salvadori.
Salvadori lembra que a linha do trem que passa na região deve sofrer melhorias e também irá atender a população local no futuro.
- Mas essa obra não está descartada porque a cada ano de final sete o Metrô faz a Pesquisa de Origem e Destino, que revela quais as demandas e para onde devemos destinar os estudos. No ano que vem, teremos uma nova pesquisa - diz.
Construída em 1980, a estação está praticamente pronta. Falta o acabamento e a continuidade do caminho dos túneis, mas as plataformas de embarque e desembarque e o espaço dos trens estão prontos.
Já a Estação República da Linha 4 precisará de muitos reparos antes de ser entregue à população. Cerca de 50 metros dos 140 metros de comprimento e 40m de largura estão concluídos, mas uma grande reforma será feita. Ela tem dois túneis e duas plataformas prontos, o que encarece e aumenta o tempo de execução da obra. O Metrô irá demolir esses túneis e construir um único túnel, por onde irão passar os dois trens, a exemplo da Estação Sé.
- Na época em que essa estação foi construída, as máquinas só conseguiam abrir buracos de seis metros de diâmetro, o que criou a necessidade de fazermos dois túneis. Hoje, podemos fazer um túnel de 8,43 metros e colocar os dois trens no mesmo espaço - diz Salvadori.
Ele lembra que não haverá economia de dinheiro com o projeto. Para construir uma estação nova, são gastos cerca de US$ 40 milhões.
- Vamos economizar US$ 15 milhões nesta obra. Mas esse dinheiro já foi pago pela sociedade no passado. Eu acho que a grande economia será em menores intervenções urbanas, porque vamos trabalhar embaixo da terra e não vamos precisar interditar a superfície - diz.
O executivo estima que a Estação República ficará pronta junto com as outras 10 paradas da Linha 4.
São Paulo, Marcos Carrieri, Diário de S.Paulo, O Globo, 08/03/2006.
 
1 - 1 of 1 Posts
Top