SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 2 of 2 Posts

·
Banned
Joined
·
5,008 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Micro e Pequenas Empresas do Amazonas têm R$ 2 bilhões em linhas de crédito​


24 de junho de 2009

Fonte: Sebrae



MANAUS - Cerca de R$ 2 bilhões é o volume de recursos, no Amazonas, disponível em linhas de crédito para microempresas e empresa de pequeno porte. A oferta é das instituições financeiras do Estado, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Anazônia, que, juntas, oferecem diversas oportunidades de financiamnetos a juros baixos.

Segundo o superintendente do Banco do Brasil no Amazonas, Rui Saturnino Ruas, a insituição destina para o Estado um volume de R$ 1 bilhão para empresas de pequeno porte.

- Hoje, no Brasil, só 42% da população tem acesso ao crédito. Queremos ampliar essa porcentagem. Para tanto, devemos, primeiramente, ensinar os empreendedores que o fato de ter a documentação em dia é o primeiro critério para conseguir créditos em um banco. Sem isso, não há financiamento”, enfatizou Saturnino.

Rui Saturnino e os representantes da Caixa Econômica, do Banco da Amazônia e da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) estiveram no Sebrae Amazonas, na última terça-feira (23), como palestrantes do workshop 'Linhas de Crédito para Micro e Pequenas Empresas', evento realizado pelo Sebrae para esclarecer e divulgar informações sobre linhas de crédito para empreendedores formais e informais. Na ocasião, os bancos e a Afeam apresentaram suas opções de crédito para o seguimento.

O coordenador de Análise de Crédito do Banco da Amazônia, Superintendência do Amazonas e Roraima, José Joaquim, disse que o Banco reservou R$ 600 milhões em linhas de crédito aos micro e pequenos empresários e destacou o programa Amazônia Giro MPE, por meio qual os pequenos empresários financiam matérias-primas, insumos, bens ou produtos para formação ou manutenção de estoque até limites de cheque especial em conta corrente.

- Qualquer micro e pequena empresa que queira beneficiar-se do Amazônia Giro MPE pode procurar os gerentes de nossas agências para ter acesso ao crédito. Para as microempresas os encargos financeiros são de 6,75% ao ano. Para as pequenas empresas, 8,25% ao ano”, disse José Joaquim. Ele explicou que não poderão ser contempladas as filiais, cooperativas, fundações, associações e outras entidades sem fins lucrativos. Ainda segundo ele, a empresa deve ter uma atividade de, pelo menos, um ano, não ter restrição cadastral no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin), nem nos cadastros do Serasa, SPC.

A gerente regional de negócios e pessoa jurídica privada da Caixa Econômica, Adeilza de Cássia, informou que a instituição destinou R$ 500 milhões em linhas de créditos para os micro e pequenos empresários e ressaltou, entre outros, o GiroCAIXA Fácil, uma linha de crédito que a empresa tem capital de giro para utilizar como quiser, disponibilizado na forma de limite de crédito pré-aprovado na conta corrente e pode ser movimentado por meio do Internet Banking CAIXA ou terminais de auto-atendimento.

“À medida que as empresas acessam ao crédito, há maior investimento e geração de emprego e renda”, avaliou.

http://portalamazonia.globo.com/pscript/noticias/noticias.php?pag=old&idN=87016
 

·
Banned
Joined
·
5,008 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Lembro há 10 anos atrás dos planos das minhas tias em criar uma empresa em Manaus, ninguém acreditava que ia dar certo..., abriram um micro empresa e hoje sao grandes empresarias da alta sociedade!:yes: E acredito que muitas dessas micro e pequenas empresas crescerao ainda mais, gerando mais emprego e renda pra populaçao de Manaus, eu também já fiz planos e quem sabe um dia serei uma grande empresária!:lol:
 
1 - 2 of 2 Posts
Status
Not open for further replies.
Top