SkyscraperCity banner
1 - 17 of 17 Posts

·
Registered
Joined
·
8,985 Posts
Discussion Starter · #1 ·
LINHA DE BATALHA

Na zona leste, moradores derrubam paredão para atravessar linha férrea; em 4 km, há dez aberturas

Muro refeito em estação dura 23 minutos


Muro da CPTM é destruído por moradores


DO AGORA

Na estação de trem da Penha, perto da favela Tiquatira (zona leste), trabalhadores do sistema prisional, contratados pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), reerguem um muro para evitar que moradores atravessem a linha férrea.
Mas, 23 minutos depois, ele já está no chão, depredado por chutes e pauladas de pessoas que moram ao redor da linha férrea.
A ação foi flagrada pelo "Agora" na última quarta-feira (veja fotos à esq.). Enquanto o muro era refeito, moradores pulavam o paredão, de 2,5 metros de altura.
Segundo a CPTM, fazer e refazer muros no mesmo ponto é recorrente, principalmente no entorno de nove favelas próximas à linha férrea. Em um trecho de 4 km, entre as estações São Miguel e Itaim Paulista, contam-se, pelo menos, dez aberturas.
O chefe de departamento de manutenção da CPTM, Fernando Jorge Gouveia, diz que em alguns pontos as equipes não conseguem iniciar o trabalho. "Moradores se aglomeram, impedindo que o trabalho seja feito. Quando deixam fazer, quebram em seguida."
Só no ano passado foram refeitas 26 aberturas em muros. Neste ano, a CPTM espera consertar outros 10 mil metros de muro.
A irregularidade ocorre em toda a extensão de linhas. Além de destruir o paredão, moradores levam parte do material -uma mulher, por exemplo, pegou um madeirite que sustentava o concreto.

Crianças na linha
O problema é freqüente nas linhas E (Luz/Estudantes) e F (Brás/Calmon Viana), consideradas as piores do transporte sobre trilhos. O local faz parte do trajeto de várias crianças, muitas desacompanhadas, para ir à escola.
A dona-de-casa Neide Belizardo Gimenez, 42 anos, passa todos os dias pela linha férrea da favela Tiquatira e diz que essa é a maneira "mais rápida" de chegar às ruas comerciais da Penha. "Já vi muita gente morrer, mas olho bem para os lados para depois atravessar", conta Neide, mãe de três crianças, que também fazem a travessia diariamente para ir à escola.
A outra opção -passar por um túnel a poucos metros de distância- é descartada por Neide. "O túnel é escuro e estreito. Pela linha é bem mais fácil." Sua vizinha, Márcia Macedo, 35, discorda. Grávida, prefere o caminho "mais longo". "Tenho medo de cair e morrer." (GIOVANNA BALOGH)

Prefeitura e CPTM divergem sobre passarela

DO "AGORA"

A principal queixa dos moradores que pulam os muros é que os túneis para atravessar estações de trem são estreitos e sujos. Assim, uma das alternativas estudadas para reduzir as ocorrências de aberturas dos muros e de atropelamentos é construir mais passarelas que transpusessem a linha férrea.
A idéia é aprovada, mas o maior problema é que, na capital, a construção dessas passarelas não sai do papel porque prefeitura e CPTM empurram uma para a outra a responsabilidade pela construção.
A CPTM argumenta que uma lei federal impõe às prefeituras a obrigação de construir passarelas, já que a linha férrea foi construída antes do desenvolvimento das regiões que sofrem com invasões.
Por outro lado, a prefeitura acha o contrário. De acordo com a Secretaria Municipal das Subprefeituras, o entendimento jurídico da pasta é que, em alguns casos, essa responsabilidade seria da CPTM.
A prefeitura informou, no entanto, que irá estudar a possibilidade de fazer uma passagem sobre a favela Tiquatira.
Construir passarelas, porém, nem sempre resolve o problema. Muitos dos buracos nos muros, segundo a CPTM, estão situados perto ou até mesmo embaixo das passarelas.
(GB)
 

·
Registered
Joined
·
81 Posts
Caramba.. a que pontos chegamos hein !! Esses dias eu passei pela linha F.. e realmente senti medo daquilo.. e olha que estou acostumado a pegar a linhas A e B da CPTM, que são conventos em comparação..

A culpa é quase inteiramente da população, que destrói tudo o que vê pela frente.. talvez se construirem passarelas.. eles vão destruir.. e levar o concreto ! não sei o que rola na cabeça.. pobreza não é motivação pra isso.. sei lá..

Alias.. estive ontem pegando trem na estação Tamanduateí de trem, aquele que futuramente terá uma estação de metrô.. e enão vi condições algumas de ter uma estação ali.. pra se chegar lá.. tem que passar por um caminho de terra.. atravessar um córrego esgoto.. uma semi-favela.. e chegar numa estação horrivel.. Eles vão ter que refazer tudo... inclusive o bairro.. pra implantar uma estação de metrô ali..
 

·
Registered
Joined
·
632 Posts
^^ se houvesse fiscalização dura e boas condições para sanar os problemas, isso não aconteceria...
Quanto à Tamanduateí, realmente aquilo é um caos e vão ter q refazer tudo.. eu faria um projeto para haver entradas do shopping para o lado da estação, inclusive interligando via subterrâneo o shopping (que é a salvação do local) à estação.
 

·
Registered
Joined
·
686 Posts
A gente se queixa as vezes do trasporte público, que demora, é velho, está depedrado... mas a culpa é da propria população, destruir um muro feito com o objativo de proteger a população, a 23 minutos de refeito, é simpesmente um ato sub-humano, nem animal faz isso....
 

·
Inconsciente Coletivo
Joined
·
6,114 Posts
Passa por cima, sem dó! Povo burro não merece piedade!

Depois quando uma criança morre atropelada pelo trem, dae vão xingar a prefeitura, o governo do estado, e quem mais puderem!

Santa ignorãncia!
 

·
Annoying ex-moderator
Joined
·
17,643 Posts
^ Concordo com o Tarcisio, a empresa faz a parte dela erguendo o muro e esses vagabundos vão e derrubam num ato claro de vandalismo. Depois que criança é atropelada os mesmo vagabundos vão depredar trens como forma de protesto se achando os donos da razão.
 

·
Inconsciente Coletivo
Joined
·
6,114 Posts
Sei lá Hed, acho que essa é mais uma questão de educação doque infra-estrutura em si! Que construam uma passarela no mesmo local, vão continuar passando pela linha, porque o caminho da passarela é "mais longo"! Sempre vão achar um caminho mais rápido e prático, é o maldito jeitinho brasileiro, lei de gerson e afins! Depois vem reclamar dos políticos corruptos, só que são a mesma merda, a única diferença é que não têm poder nem dinheiro!

Sinceramente, não vejo futuro pra esse país enquanto todas essas doenças sociais não sararem! :|
 

·
₪₪₪₪₪₪₪&
Joined
·
8,897 Posts
Esse é o caso típico em que a polícia deveria agir...
Vandalismo e dano ao patrimônio público (ou privado, não sei qual o caso do metrô).
 

·
**16º ano**
**17º ano**
Joined
·
25,736 Posts
Tem mais é que descer o sarrafo nessa gente estúpida!! Bando de vândalo FDP
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Se fosse eu, desativaria a linha F, ou aumentaria o intervalo de hora em hora....ai quero ver eles sofrerem espremidos nos busões....

Motivo? custo dos muros quebrados, mortes, processos e trens depredados por irresponsabilidades de vcs mesmos (a população da região)

Por isso que o governo só tá investindo na linha C, pq a população daquela região está dando valor aos trens alemães que rodam lá e a linha está Impecavel....

Qto ao pessoal da linha F...Eles tem o que merecem!!!
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Não é preconceito.....é uma questão de sensibilidade, eles reclamam que não tem serviço de qualidade, mas depredam tudo que veêm pelo caminho....muros, trens, etc...
A CPTM cheia de boas intenções e preocupada em melhorar aquela linha, mas não consegue nem manter os muros em pé por mais que 1 hora que logo quebram, gerando novos custos de reparos...
como lidar com gente assim? tirando tudo e deixando-os a deriva, pois mais parece que é o que querem...

agora se fossem espertos como a população da linha C e D, a linha não estaria assim "podre"

Se eles tem isso é pq merecem, já que não tem um pingo de bom senso e só acham que são os donos da razão.

Pra dar valor teriam que perder, pq é só dessa forma que aprende....
 

·
Registered
Joined
·
559 Posts
mas é muito mais um problema cultural do que distinção de bairros...a Linha B corta a Zona Oeste e também está em situação deprimente...
 

·
Registered
Joined
·
8,985 Posts
Discussion Starter · #16 ·
Alexpira said:
mas é muito mais um problema cultural do que distinção de bairros...a Linha B corta a Zona Oeste e também está em situação deprimente...
Chamar Barra Funda e Lapa de Zona Oeste é forçar um pouco o conceito...

Algo a diferenciar nessa questão são os usuários da linha e os moradores de seus arredores. Por mais que a CPTM alegue que a linha veio antes dos moradores, o fato é que estamos numa cidade de salários decrescentes e custo de moradia crescente. Eu acho que vale um esforço para diminuir o impacto da presença do trem nessas regiões, como alterar alguns trechos para linha elevada e melhorar a circulação local. Se quem tiver que pagar for a prefeitura, que ela pague; mas só dizer "cheguei primeiro" não resolve o problema.
 

·
Registered
Joined
·
591 Posts
richter30 said:
Se fosse eu, desativaria a linha F, ou aumentaria o intervalo de hora em hora....ai quero ver eles sofrerem espremidos nos busões....

Motivo? custo dos muros quebrados, mortes, processos e trens depredados por irresponsabilidades de vcs mesmos (a população da região)

Por isso que o governo só tá investindo na linha C, pq a população daquela região está dando valor aos trens alemães que rodam lá e a linha está Impecavel....

Qto ao pessoal da linha F...Eles tem o que merecem!!!
Quem que vc quer ver espremido nos busões? Os vândalos? Será que eles usam o trem? Os vãndalos não são 100% da população, uma medida como esta penalizaria quem usa o sistema e não é vândalo (muitas e muitas pessoas...). É um problema de falta de urbanidade, o mesmo que faz os endinheirados estacionarem seus carros importados sobre calçadas e instalarem sistemas de som estupidamente potentes (os "pancadões"...).
 
1 - 17 of 17 Posts
Top