SkyscraperCity banner

221 - 234 of 234 Posts

·
Registered
Joined
·
4,562 Posts
Norte: Belém e Manaus;
Nordeste: Fortaleza e Salvador;
Sudeste: Sāo Paulo e Rio de Janeiro;
Sul: Porto Alegre e Florianópolis.
Centro-oeste: Goiânia
 

·
Go Brazel!
Joined
·
18,319 Posts
Costumo dizer que a Anhanguera divide a cidade simbolicamente em duas partes: na banda norte é formada por regiões de alto padrão (inclusive as famosas Mansões Sto Antônio) e a parte sul é onde fica a escória da cidade.
Primeiro esculacho contra Campinas na história desse fórum 😮

Cê sabe que tá bem longe de ser escória, né ;)

Em termos de urbanismo não difere muito do lado de cá da Anhanguera, o traçado é organizado, os lotes são regulares, inclusive o google ta aí, quem quiser identificar as favelas é só ver onde tem telhado cinza. A única escória que eu vejo é o Royal, um resort de luxo com diárias que ultrapassam os R$ 1.000,00 ao lado de um favelão.
O grande problema dessa região é o deslocamento, hoje quem mora em Hortolândia chega muito mais rápido ao centro de Campinas do que quem mora na região de Viracopos. E o curioso é que na porção leste da região sul estão Valinhos e Vinhedo com seus condomínios de luxo gigantescos.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
30,346 Posts
E digo mais, melhor morar no centro de sp do que no morumbi, butantan e outros bairros do outro lado dos rios...
A verdade é que o centro das grandes e médias cidades se tornaram um "câncer" para muita gente. Cracudos e moradores de rua é algo comum. Mas o que os gestores fazem para mudar ou melhorar esse panorama? Há solução?

Quanto ao Centro do Rio, eu não me sinto inseguro de segunda a sexta-feira na parte da manhã e da tarde. A noite nem pensar e, finais de semana tem que andar com todos os radares ligados.
 

·
Registered
Joined
·
22,946 Posts
Primeiro esculacho contra Campinas na história desse fórum 😮

Cê sabe que tá bem longe de ser escória, né ;)

Em termos de urbanismo não difere muito do lado de cá da Anhanguera, o traçado é organizado, os lotes são regulares, inclusive o google ta aí, quem quiser identificar as favelas é só ver onde tem telhado cinza. A única escória que eu vejo é o Royal, um resort de luxo com diárias que ultrapassam os R$ 1.000,00 ao lado de um favelão.
O grande problema dessa região é o deslocamento, hoje quem mora em Hortolândia chega muito mais rápido ao centro de Campinas do que quem mora na região de Viracopos. E o curioso é que na porção leste da região sul estão Valinhos e Vinhedo com seus condomínios de luxo gigantescos.
Você entendeu o que eu quis dizer com escória.

Sim, porque laaaaaaaa em Campo Grande não tem nem como dizer que é a mesma coisa do Taquaral, mesmo tendo organização semelhante.
 

·
Australo-brasileiro
Joined
·
5,272 Posts
A verdade é que o centro das grandes e médias cidades se tornaram um "câncer" para muita gente. Cracudos e moradores de rua é algo comum. Mas o que os gestores fazem para mudar ou melhorar esse panorama? Há solução?
Tenho a impressão que não querem mudar.

Não vou discutir a questão de remoção ou não dos andarilhos, mas pensando do ponto de vista de empreendimentos imobiliários, quanto mais degradados os centros, mais interessante ficam os prédios ao redor de shoppings nos subúrbios das grandes cidades...
 

·
Registered
vira-lata caramelo
Joined
·
26,337 Posts
E digo mais, melhor morar no centro de sp do que no morumbi, butantan e outros bairros do outro lado dos rios...
Acredito que haja uma certa romantização nisso. Pelo menos pelo que eu vi dos centrões Brasil afora. Uma coisa é morar em um bairro denso saudável, outra coisa morar em uma região decadente, suja e perigosa. Sem especificar nenhum centrão, mas centrões do país de uma forma geral.
 

·
Registered
Joined
·
3,272 Posts
Conheço o centro das 3 MAIORES metrópoles do BR (SP, Rio e BH) o da capital paulista é tão gigante e diverso que não da pra fazer uma definição única, ou seja, existe partes convidativas a morar ou frequentar e tbm existem verdadeiros purgatórios a céu aberto como as cracolandias da parte velha. BH eu achei bastante degradante nas proximidades da rodoviária, muito mesmo. Quem é de lá sabe do que tô falando. Subindo pra região da Savassi é que as coisas melhoram. No Rio eu já achei que é um centro bom pra frequentar e usufruir de tudo que é oferecido, se morrasse no Rio de fato eu iria muitas vezes porque vale a pena, sem falar que a questão metrô ajuda muito na logística de lá. Morar já é outra história.
 

·
Registered
Joined
·
820 Posts
A verdade é que o centro das grandes e médias cidades se tornaram um "câncer" para muita gente. Cracudos e moradores de rua é algo comum. Mas o que os gestores fazem para mudar ou melhorar esse panorama? Há solução?

Quanto ao Centro do Rio, eu não me sinto inseguro de segunda a sexta-feira na parte da manhã e da tarde. A noite nem pensar e, finais de semana tem que andar com todos os radares ligados.
Isso vale para qualquer lugar: horário comercial=movimento=segurança. Tudo fechado=só ficam as pessoas suspeitas.
 

·
Registered
vira-lata caramelo
Joined
·
26,337 Posts
Conheço o centro das 3 MAIORES metrópoles do BR (SP, Rio e BH) o da capital paulista é tão gigante e diverso que não da pra fazer uma definição única, ou seja, existe partes convidativas a morar ou frequentar e tbm existem verdadeiros purgatórios a céu aberto como as cracolandias da parte velha. BH eu achei bastante degradante nas proximidades da rodoviária, muito mesmo. Quem é de lá sabe do que tô falando. Subindo pra região da Savassi é que as coisas melhoram. No Rio eu já achei que é um centro bom pra frequentar e usufruir de tudo que é oferecido, se morrasse no Rio de fato eu iria muitas vezes porque vale a pena, sem falar que a questão metrô ajuda muito na logística de lá. Morar já é outra história.
Mas aí já não é Centro mais. É Savassi. Eu até não acho que o Centro é todo degradado não. A Afonso Pena é aceitável e na rua Rio de Janeiro perto do Shopping Cidade é até agradável. A degradação absurda é, como você falou, perto da rodoviária até a Praça da Estação seguindo a curva que a Contorno faz, a região conhecida como Baixo Centro.

Na Praça Sete:

http://instagr.am/p/CCwfMdQF7pw/
 

·
Registered
Joined
·
22,946 Posts
Acredito que haja uma certa romantização nisso. Pelo menos pelo que eu vi dos centrões Brasil afora. Uma coisa é morar em um bairro denso saudável, outra coisa morar em uma região decadente, suja e perigosa. Sem especificar nenhum centrão, mas centrões do país de uma forma geral.
Todo centro de cidade grande no Brasil tem um quê de decadência. Não chega a ser um Detroit da vida, mas é inegável que a concentração em comércio e bares aumenta um pouco a degradação.

Tive oportunidade de morar no centro do Rio (Lapa) e no centro do Recife (Boa Vista). São bairros perfeitos, autônomos, qualquer coisa mais exótica que precisar basta caminhar 10 minutos e já se está no centro comercial do estado. Mas em ambos os casos, só saía do apartamento no fim de semana trancado dentro do carro e quase arrancando o portão da garagem de tanta pressa, porque era tudo deserto.

A situação se torna mais dramática durante a madrugada. Qualquer marquise tem alguém dormindo embaixo, independente da região ser degradada ou não.
 

·
Registered
BOLSOLULA
Joined
·
22,974 Posts
Pois é... Toda grande metrópole passa por essas mazelas que todos nós já conhecemos. É o preço a ser pago. Há cidades não tão populosas e até lindas, não obstante, eu não conseguiria viver nelas, pois me falta a diversidade a qual estou acostumado. É o preço a ser pago...rs
Já faz 6 anos que não vou à Sampa. Queria voltar esse ano e passar uns dias, mas a praga da pandemia me impediu, ou melhor, me desmotivou rs
Subscrevo,isso que me demove sempre que penso em mudar de São Paulo.
 

·
Tudo pela Amazônia !
Joined
·
20,762 Posts
Manaus
Belém
Santarém
Salinópolis
Boa Vista
São Paulo
Santos
João Pessoa
Itacoatiara
Iranduba
 
221 - 234 of 234 Posts
Top